Ícolo e Bengo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ícolo e Bengo
Flag-map of Angola.svg
Província Luanda
Características geográficas
Área 3 819 km²
População 126 935[1] hab. (2018)
Densidade 33,23 hab./km²

Projecto Angola  • Portal de Angola

Ícolo e Bengo é um município da província de Luanda, em Angola, sediado na cidade do Catete.

Em 2011 foi transferido da província do Bengo para a província de Luanda, no seguimento da reforma administrativa das duas províncias.[2].

Segundo as projeções populacionais de 2018, elaboradas pelo Instituto Nacional de Estatística, conta com uma população de 126 935 habitantes[1] e área territorial de 3 819 km².

Localiza-se no leste da província, sendo limitado a norte pelo município do Dande, a leste pelo município de Cambambe, a sul pelo município da Quissama e a oeste pelos municípios de Viana e Cacuaco.

O município de Ícolo e Bengo está subdividido em cinco comunas: Bom Jesus do Cuanza, Cabiri, Cassoneca, Caculo Cahango e Catete.[3]

Neste município está o Pólo Agrícola da Quiminha, o maior projeto integrado de agricultura em Angola, que se beneficia do lago Quiminha para irrigação.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Schmitt, Aurelio. (3 de fevereiro de 2018). «Municípios de Angola: Censo 2014 e Estimativa de 2018». Revista Conexão Emancipacionista 
  2. Lei n.º 29/11 de 1 de Setembro de 2011 - Alteração da Divisão Político-Administrativa das Províncias de Luanda e Bengo. Info Angola. 2011
  3. Comunas. Ministério da Administração do Território e Reforma do Estado. 2018.
  4. Maior projeto agrícola de Angola arranca com exportações para a Europa em outubro. Observador. 17 de fevereiro de 2018.
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia de Angola, integrado no Projecto Angola, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.