N'dalatando

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
N'dalatando
N'dalatando está localizado em: Angola
N'dalatando
Localização de N'dalatando em Angola
Coordenadas 9° 18' S 14° 54' E
Província Cuanza Norte
País  Angola

N'dalatando, também grafada como Nadalatando,[1] é uma cidade e comuna angolana, sede do município de Cazengo e capital da província de Cuanza Norte.

Segundo as projeções populacionais de 2018, elaboradas pelo Instituto Nacional de Estatística, conta com uma população aproximada de 130.000 habitantes.[2]

Até 1975 teve a designação de "Vila Salazar", em homenagem ao então presidente do Conselho de Ministros português, António de Oliveira Salazar.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Transportes[editar | editar código-fonte]

N'dalatando é conectada à nação pela rodovia EN-230A, que a liga à Lucala, além da dar acesso à Luanda, e;[3] a rodovia EN-120 que dá acesso ao Buéla, Dondo, Canhoca e Golungo Alto.

O Caminho de Ferro de Luanda conecta a cidade tanto a Malanje quanto a Luanda, facilitando as trocas comerciais e o transporte de passageiros para toda a região.

A cidade ainda é servida pelo Aeroporto Comandante Ngueto.[4]

Educação[editar | editar código-fonte]

Na cidade há um campus da Universidade Kimpa Vita, que alberga a Escola Superior Politécnica do Cuanza Norte e o Instituto Superior Politécnico do Cuanza Norte.[5]. Outra instituição relevante da cidade é a Escola Superior Pedagógica do Cuanza Norte.

Cultura e lazer[editar | editar código-fonte]

Manifestações culturais[editar | editar código-fonte]

Igreja de São José Baptista, em 2016.

A cidade é sede da diocese de N'dalatando, criada pelo papa João Paulo II, em 1990, pelo desmembramento da arquidiocese de Luanda[6]. Abrange todo o território da província do Cuanza Norte. O seu primeiro bispo foi Dom Pedro Luís Scarpa.[7].

É esta diocese que promove a manifestação cultural-religiosa de Peregrinação ao Santuário de Maria Auxiliadora, no bairro da Quipata, em N'dalatando. É uma das principais celebrações católicas do país.[8][9][10][11]

Espaços de lazer[editar | editar código-fonte]

Os locais de contemplação natural na cidade são o Parque de Santa Isabel e Sobranceiro, onde há muitas nascentes d'água, e; o Centro Botânico do Kilombo, a cinco quilómetros do centro.[12]

Já estruturas arquitetônicas de relevo são o Santuário de Maria Auxiliadora, a Igreja de São José Baptista, o Mercado da Torre do Relógio, o Edifício dos Correios e a Estátua da Rainha Nzinga Mbandi.

A principal prática esportiva da cidade é o futebol, sendo que a principal equipa local é o Porcelana Futebol Clube do Cazengo, que manda seus jogos no Estádios Santos Dinizes.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Nadalatando: Evolução da Mancha Urbana. ONU Angola. Agosto de 2018.
  2. Schmitt, Aurelio. Município de Angola: Censo 2014 e Estimativa de 2018. Revista Conexão Emancipacionista. 3 de fevereiro de 2018.
  3. Acidente no troço Ndalatando/Lucala, na estrada Nacional nº230A. Portal Angop. 24 de setembro de 2016
  4. Aeroporto 'Comandante Ngueto' à altura dos padrões internacionais. Portal Angop. 17 de dezembro de 2011.
  5. Estudantes da Escola Superior Politécnica do Cuanza Norte com estágios na EKA. Portal Angop. 28 de setembro de 2018
  6. Dioecesis Ndalatandensis
  7. Renúncia do Bispo de Ndalatando e nomeação do sucessor[ligação inativa] - Agência Fides
  8. Procissão de velas marca peregrinação ao santuário de Ndalatando. Portal Angop. 24 de maio de 2009.
  9. Cuanza Norte: Procissão de velas marca ponto alto da peregrinação católica. Portal Angop. 27 de maio de 2018.
  10. Peregrinação junta milhares de católicos em Ndalatando. Jornal de Angola. 26 de maio de 2014.
  11. Peregrinação ao Santuário de Maria Auxiliadora em N'dalatando. Dom Bosco de Angola. 6 de fevereiro de 2014.
  12. Centro Botânico do Kilombo. 13 de abril de 2017.