Curoca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Curoca
Flag-map of Angola.svg
Província Cunene
Características geográficas
Área 7 998 km²
População 56 000 hab.
Densidade 7 hab./km²

Projecto Angola  • Portal de Angola

Curoca, também grafada como Kuroca, é um município da província do Cunene, em Angola, com sede na cidade de Oncócua.

A sede é a vila de Oncócua. Tem 7 998 km² e cerca de 56 mil habitantes. É limitado a Norte pelos municípios de Chiange e Cahama, a Este pelo município de Ombadja, a Sul pela República da Namíbia, e a Oeste pelos municípios de Tômbua e Virei.

O município é constituído pela comuna-sede, correspondente à cidade de Oncócua, e pela comuna de Chitado.[1]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra "curocas", como refere o Padre Carlos Estermann, "é um vocábulo que define mais a geografia do que a etnia. São vários os povos que coexistem ao longo do rio Curoca: hubas ou chimbas, cuanhocas, cuepes e quimbares são alguns dos grupos étnicos que habitam a zona."

O Padre Carlos Estermann refere que os habitantes do Vale do Curoca têm sido objecto de observação e estudo desde longa data. O primeiro cronista dos povos do rio Curoca foi Duarte Pacheco Pereira que, no livro Esmeraldo de Situ Orbis descreve as populações entre a "mangua das areas" (Porto Alexandre), actual Tômbua e a "angra das aldeias" (Baía do Namibe), actual Moçâmedes[2]

Referências

  1. Comunas. Ministério da Administração do Território e Reforma do Estado. 2018.
  2. Jacinto Rodrigues. «Viagens e Diários de bordo». Consultado em 8 de janeiro de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia de Angola, integrado no Projecto Angola, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.