Cambambe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cambambe
Cambambe - panoramio.jpg

Área rural do município de Cambambe, em 2007.
Província Cuanza Norte
Características geográficas
Área 5 212 km²
População 92 000 hab.
Densidade 18 hab./km²

Projecto Angola  • Portal de Angola

Cambambe é um município da província do Cuanza Norte, em Angola, que tem sede na cidade de Dondo.

Tem 5 212 km² e cerca de 92 mil habitantes. É limitado a norte pelos município do Dande e Pango Aluquém, a leste pelos municípios de Golungo Alto, Cazengo e Cacuso, a sul pelos municípios de Libolo e Quissama, e a oeste pelo município de Ícolo e Bengo.[1]

O município é constituído pela comuna-sede, correspondente à cidade de Dondo, e pelas comunas de Massangano, Danje-ia-Menha, Zenza do Itombe e São Pedro da Quilemba.[2]

História[editar | editar código-fonte]

A colonização portuguesa na região iniciou-se em 1604. Sua sede situava-se originalmente em Cambambe-Velho, sendo transferida para o Dondo.

Em 1771 o português Francisco Inocêncio Coutinho ergueu uma fábrica de fundição de ferro em Nova Oeiras, hoje situado na comuna de Massangano. É tida como a primeira fábrica do seu género em África e originou o desenvolvimento da região.[3]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

No município está instalada a planta da Central Hidroelétrica de Cambambe, que a própria vilarejo do Cambambe-Velho margeia.

O muncípio é servido pelo Ramal do Dondo do Caminho de Ferro de Luanda, dispondo das estações ferroviárias de Zenza do Itombe, Cassoalala e Dondo.

Cultura e lazer[editar | editar código-fonte]

Sua arquitectura estrutural, do século XVII, resiste ao tempo, visualizada na Fortaleza de Cambambe e no Forte de Massangano, bem como nas ruínas de Cambambe-Velho.

Musica[editar | editar código-fonte]

O instrumento musical mais tradicional da região de Cambambe é a marimba, de origem das terras de Malange.

Referências

  1. Geohive [1]
  2. Comunas. Ministério da Administração do Território e Reforma do Estado. 2018.
  3. BNP adquire quatro valiosos manuscritos
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia de Angola, integrado no Projecto Angola, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.