Grey's Anatomy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Seattle Grace Hospital)
Ir para: navegação, pesquisa
TV Future Icon.svg
Grey's Anatomy é uma série em exibição.
As informações podem mudar rapidamente. Editado pela última vez em 26 de junho de 2017.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Gray's Anatomy.
Grey's Anatomy Logo.svg
A Anatomia de Grey (PT)
Anatomia da Grey (BR)
Informação geral
Formato Série
Gênero Drama médico
Duração 42 min. aprox.
Estado Em exibição
Criador(es) Shonda Rhimes
País de origem  Estados Unidos DJCTQ - 14.svg
Idioma original Inglês
Produção
Cinematografia Herbert Davis
Câmera Câmera única
Distribuída por Disney-ABC Domestic Television
Narrador(es) Ellen Pompeo (principalmente), e vários outros personagens
Elenco Ellen Pompeo
Justin Chambers
Jessica Capshaw
Kevin McKidd
Chandra Wilson
James Pickens Jr.
Sarah Drew
Jesse Williams
Caterina Scorsone
Kelly McCreary
Camilla Luddington
Jerrika Hinton
ver todos
Tema de abertura Cosy in the Rocket
Tema de encerramento Cosy in the Rocket (instrumental)
Compositor da música tema Psapp
Exibição
Emissora de televisão original ABC
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Formato de áudio Estéreo
Dolby Digital 5.1
Transmissão original 27 de Março de 2005 - presente
N.º de temporadas Renovada Para 14 Temporada
N.º de episódios 293 (lista de episódios)
Cronologia
Private Practice
Programas relacionados Private Practice

Grey's Anatomy é um drama médico norte-americano exibido no horário nobre da rede ABC. Seu episódio piloto foi transmitido pela primeira vez em 27 de março de 2005 nos Estados Unidos.[1] O folhetim é protagonizado por Ellen Pompeo , interpretando Dra. Meredith Grey, residente do fictício hospital cirúrgico Seattle Grace (mais tarde Hospital Memorial Grey-Sloan), em Seattle, Washington, um dos programas de residência em cirurgia médica mais rígidos do país. A série é focada nela e seus colegas, também internos: Cristina Yang,Isobel ''Izzie'' Stevens, George O'Malley e Alex Karev, mostrando suas vidas amorosas e as dificuldades pelas quais passam no trabalho.

O título do seriado[2] é uma brincadeira com Grey's Anatomy (Anatomia segundo Grey), o famoso livro de anatomia de Henry Grey. A série, exibida nos Estados Unidos.

Tal sucesso se repete no Brasil, onde a série é exibida pelo canal Sony em horário nobre.

No dia 19 de fevereiro de 2017 a ABC informou que a série foi renovada para a décima quarta temporada.[3]

Produção[editar | editar código-fonte]

Nome[editar | editar código-fonte]

Antes da transmissão, foi anunciado que o título da série iria mudar de "Grey's Anatomy" para "Complications", mas isso nunca chegou a acontecer.[2] O nome Grey's Anatomy é derivado de Henry Gray, autor do livro médico Gray's Anatomy. Impresso sob o título atual, "Henry Gray's Anatomy of the Human Body", tendo sua 40.ª edição britânica sendo lançada em setembro de 2008, o livro didático sobre a anatomia humana se tornou um clássico nas escolas médicas, desde sua primeira publicação em 1858. Eles propositadamente alteraram "Gray", para "Grey", para fazer referência ao sobrenome de Meredith Grey.

Locais[editar | editar código-fonte]

Fisher Plaza, que é o edifício sede da empresa de mídia Comunicações Fisher e Fisher ABC KOMO filiados (Canal 4 / 1000 AM/97.7 FM) rádio e televisão para Seattle, é utilizado para algumas filmagens externas do Seattle Grace Hospital, tais como helicópteros-ambulância aterissarem no KOMO-heliponto newscopter TV's. Isso coloca Seattle Grace convenientemente perto da Space Needle, do Seattle Monorail e outros marcos locais. No entanto, o hospital utilizado para a maior parte das cenas exteriores e a maioria das tomadas interiores não fica em Seattle. Essas cenas são filmadas no VA Sepulveda Ambulatory Care Center em North Hills, Califórnia. Enquanto o interior da casa de Meredith é um conjunto construído em estúdio, a verdadeira casa usada para tomadas externas é em Seattle. Eles também gravam nos bairros de North Hills

Apogeu

Em 2005, a ABC deu ao show um voto de confiança ao anunciar que Grey's Anatomy iria receber o cobiçado pós-Super tempo slot Bowl, que foi ao ar em 5 de Fevereiro de 2006.[4] O episódio especial acarretou um recorde de 38,1 milhões de telespectadores. A fé da rede no show foi provada ainda mais quando ele foi removido de seu posto confortável de âncora "Desperate Housewives" e agendado contrariando os votos da CBS no programa CSI: Crime Scene Investigation no outono de 2006. A aposta deu certo, com a estreia da temporada de desenho 3 milhões de espectadores a mais que CSI, CSI embora ligeiramente batidos Grey's 2006–2009. A guerra entre os dois seriados voltou a ocorrer na tv brasileira, porém desta vez CSI venceu, o seriado era transmitido pela Rede Record, as nove depois da novela das 20h, e antes da novela das 22h, e Grey's Anatomy, por sua vez era transmitido no mesmo horário no SBT, porém a Record transmitia CSI de forma exclusiva no Brasil, enquanto Grey's Anatomy, ja era trasmitido pelo Canal Sony quando chegou ao canal de Silvio Santos. A baixa audiência de Grey's Anatomy, resultou no fechamento do horário de séries na faixa nobre do SBT. Algumas semanas depois, a rede record trocou o horário da novela das dez, com o de CSI, que exibido às 22h alcancava a liderança com facilidade.

Música[editar | editar código-fonte]

Além de serem utilizadas na série, algumas músicas foram fundamentais para a promoção de Grey's Anatomy. Antes da estreia da série, o "The Postal Service 's song" "Such Great Heights" foi usada como parte da amostra da série que foi ao ar no canal ABC. Como a série foi continuada, tem sido fundamental para o sucesso de canções como Snow Patrol 's "Chasing Cars" e The Fray's e "How to Save a Life", ambas as quais tornaram-se hits top 5 depois de aparecer na série. Anna Nalick Breathe "(2 AM)", também recuperou a popularidade, depois de aparecer no episódio "As We Know It" (a segunda parte de um episódio de duas partes, que estreou após o Super Bowl XL). "Chasing Cars" adquiriu na popularidade após a sua utilização no final da segunda temporada, e foi usada em um videoclipe da segunda temporada. "How to Save a Life" foi a canção usada para a série na 'terceira temporada music vídeo promocional, e todas prévias da Grey's Anatomy para essa temporada. Brandi Carlile' s "The Story" e Mat Kearney 's "Breathe In, Breathe Out" foram também utilizados com destaque.

A música desempenha um papel fundamental na criação de Grey's Anatomy. Cada episódio da série possui o nome de uma canção. Os títulos dos episódios geralmente têm algo a ver com o tema ou a moral da história do episódio e esta moral é narrado pelo voice-overs ouvido no início e no fim de cada episódio. Artistas que participaram da Grey's Anatomy incluem Lily Allen, Dido, Greg Laswell, Metric, Little Dragon, Jont, Meiko, Selena Gomez, Adele, Beck, Tegan and Sara, The Boy Least Likely To, Nouvelle Vague, Kate Havnevik, Róisín Murphy, Gemma Hayes, Snow Patrol, Kanye West, Interpol, Ida Maria, Maria Taylor, Mat Kearney, Three Days Grace, Medeski Martin & Wood, Ingrid Michaelson, Joshua Radin, Jem, Brandi Carlile, Anya Marina, Erin McCarley,Kendall Payne, Duffy, Corinne Bailey Rae, Chris Garneau, Devics, KT Tunstall, Sia, Anna Nalick, Emiliana Torrini, Taylor Swift, Santigold, Coldplay, Keane, Jon Foreman, Missy Higgins, Joe Jonas, Demi Lovato & Miranda Cosgrove.

Private Practice[editar | editar código-fonte]

Em 21 de fevereiro de 2007, o The Wall Street Journal informou que a ABC estava perseguindo um spin-off de Grey's Anatomy com a personagem de Kate Walsh, Addison Montgomery.[5] Relatórios subsequentes afirmaram que uma transmissão ampliada de duas horas de Grey's Anatomy (que foi ao ar dia 3 de maio de 2007) serviria como um piloto secreto para a cisão. O episódio piloto apresenta a clínica fictícia de Los Angeles, intitulada Oceanside Wellness Center.[6] A transmissão serviu como os episódios 22 e 23 da temporada 3 de Grey's Anatomy, e foi dirigido por Michael Grossman, de acordo com a Variety.[7] Os colunistas Kristin Veitch e Michael Ausiello relataram que o spin-off seria definido em Los Angeles. A atriz Caterina Scorsone, que interpreta a Dr. Amélia Shepherd, teve suas primeiras aparições em Private Practice e depois tornou-se parte do elenco fixo de Grey's Anatomy na décima primeira temporada, após ter algumas aparições esporádicas na série anteriormente.

Disambig grey.svg Nota: Para uma extensa lista dos episódios, incluindo sinopses resumidas, consulte a Lista de episódios de Grey's Anatomy.

Primeira temporada (2005)[editar | editar código-fonte]

Meredith Grey, filha da renomada cirurgiã Ellis Grey, é selecionada como interna do Hospital Seattle Grace. Lá, conhece Cristina Yang, Izzie (Isobel) Stevens, George O' malley e Alex Karev também internos, e que virão a se tornar seus melhores amigos durante o período como interna. Entre as outras personagens, se encontram a Dr.ª Miranda Bailey, apelidada de "Nazista" por sua rigidez e dureza com os alunos; os cirurgiões Dr. Derek Shepherd (par romântico de Meredith) e o Dr. Preston Burke. Além deste, há o Dr. Richard Webber, cirurgião-chefe e administrador do hospital.

A temporada mostra os primeiros meses das personagens como internos e como é seu dia-a-dia. Entre as tramas, destacam-se os esforços de Meredith para manter em segredo seu relacionamento com o Dr. Shepherd e o fato de que sua mãe possui Alzheimer, assim como a rivalidade entre Burke e Shepherd pela futura direção do hospital.

Segunda temporada (2005-2006)[editar | editar código-fonte]

A primeira temporada, inicialmente, deveria ter tido treze episódios, quantidade pedida para o show antes de ele estrear no midseason. Contudo, a ABC decidiu encerrar a temporada no nono episódio, ao ver que ele constituía um final de temporada mais dramático e chamativo, com George esmurrando Alex ao descobrir que ele fora, indiretamente, responsável por ele ter contraído sífilis, e Meredith descobrindo que Derek era casado quando sua esposa, Addison, chega ao hospital. Assim, os 4 últimos episódios deveriam ser realocados para a 2.ª temporada, se tornando os quatro primeiros episódios desta. Como a ABC já havia encomendado 22 episódios para a segunda temporada, esta acabou ficando bastante extensa, com 26 episódios. Mais tarde, um 27.º episódio acabou sendo adicionado aos planos. Tal contagem não inclui os capítulos especiais de recapitulação "Straight to the Heart" e "Under Pressure".

A segunda temporada foi para o ar pela primeira vez em 25 de setembro de 2005 e chegou ao fim nos dias 14 e 15 de Maio de 2006, com um fim de temporada de cerca de três horas que cobriu as duas noites.

Terceira temporada (2006-2007)[editar | editar código-fonte]

No dia 16 de maio de 2006, na manhã seguinte ao encerramento da segunda temporada, a ABC anunciou seu planos de colocar a terceira temporada de Grey's Anatomy como carro-chefe das noite de Quinta-feira da emissora.[8] Sendo à Quinta-feira, há anos, o dia mais competitivo da televisão americana, essa mudança, segundo muitos analistas e críticos, prova o enorme voto de confiança que a série tem da emissora.

A mudança, entretanto, não foi impensada, pois a ABC já havia testado o potencial da série para as Quintas-feiras em 9 de Fevereiro de 2006, ao exibir, após o Super Bowl, o episódio "It's The End of the World". No dia 16 de Fevereiro, a Quinta-feira seguinte, a ABC repetiu a segunda parte desse arco, o episódio "(As We Know It)". Em ambos os dias, apesar de ter enfrentado gigantes do horário, como os seriados CSI e Without a Trace da CBS e o já tradicional seriado médico da NBC, E.R. - Plantão Médico, a série apresentou uma performance sólida, com as reprises mantendo, com segurança, o segundo lugar. Tal desempenho provavelmente foi essencial para que a emissora reposicionasse a série.

A terceira temporada de Grey's Anatomy é extremamente explosiva. É marcada pela morte de Denny, as dificuldades de Preston (Isaiah Washington) e Yang (Sandra Oh) pós-cirurgia, a doença do pai de George (T.R. Knight) e as dificuldades de relacionamento de Derek (Patrick Dempsey).

Quarta temporada (2007-2008)[editar | editar código-fonte]

No dia 28 de março de 2007, foi confirmada a renovação da série para a quarta temporada, que segue firme e forte na lista das 10 mais vistas nos Estados Unidos. A temporada é marcada pela saída do doutor Burke. Os internos protagonistas (com exceção de George, que foi reprovado em seu teste na temporada passada) são agora residentes, e têm seus próprios internos. Um dos grandes problemas que as personagens vão enfrentar será a traição de George com Izzie e o relacionamento deles com Callie, agora chefe-residente. As personagens passam a ter problemas com seus novos internos, e o pior acontece quando logo no começo da temporada Meredith descobre que um dos internos de Cristina é a sua meia-irmã Lexie, uma relação que trará grandes desafios pela frente. Erica Hann, a médica que fez a cirurgia no pai de George, é contratada para ficar no lugar de Burke, e Cristina sofre nas mãos dela, pois está se recusa a ensiná-la. Lexie tem alguns encontros com Alex, mas os dois se afastam quando Ava, a "Joana Ninguém" da 3.ª temporada retorna e se envolve com Dr. Karev. Ava tem um distúrbio psicológico, o mesmo que a mãe de Karev teve quando ele era criança. George agora é um interno do primeiro ano novamente e a residente responsável por ele é a Dr.ª Meredith Grey. O relacionamento de Meredith com Derek parece ir por água abaixo, quando eles terminam o namoro logo no primeiro episódio. Callie e George acabam se divorciando. Derek sai com outras mulheres, como Sidney Heron (Na segunda temporada substituiu Bailey enquanto esta estava de licença; na terceira temporada foi conselheira de Izzie e disputou o lugar de chefe-residente com Bailey e Callie.) e a enfermeira Rose, uma enfermeira-atendente. Richard permite George refazer os testes, Callie descobre que está atraída por Erica Hann. Derek e Meredith estão envolvidos com uma pesquisa científica, porém seus pacientes não conseguem sobreviver à técnica. Até que no último episódio, eles obtêm sucesso. Separadamente os dois ficam cientes do sucesso da pesquisa, e saem procurando um ao outro. A quarta temporada tem apenas 17 episódios e todos foram já exibidos no Brasil pela Sony Entertaintment Television e em Portugal pela Fox Life. Um dos episódios, "Piece of My Heart", inclui uma visita de Kate Walsh (a dra. Addison Montgomery, recentemente na série derivada Private Practice) ao hospital.

Nessa temporada, o ator da Disney, Sterling Knight faz uma participão especial no último episódio dessa temporada Freedom, com o personagem Kip.

Quinta temporada (2008-2009)[editar | editar código-fonte]

A quinta temporada de Grey's Anatomy estrou no dia 25 de setembro nos Estados Unidos e chegou ao Brasil em Fevereiro de 2009. Em Portugal, chegou através da Fox Life, no dia 20 de novembro de 2008.

George passa no teste para residente e assume novos internos. Como novidade temos um Crossover, com Private Practice, onde Addison e sua turma vem a Seattle Grace, para tratar de seu irmão que tem um parasita no cérebro. Derek finalmente decide pedir Meredith em casamento, mas ao descobrir que a maioria de seus pacientes morreram na mesa de operação, pede demissão do Seattle Grace. Ele fica por 2 episódios recluso no trailler antigo e tem uma briga feio com Sloan. Izzie começa a ter uma série de alucinações com Denny Duquette que estão relacionados com um cancro que ela tem que se alastra ao cérebro, à pele e ao fígado e com apenas 5% de sobrevivência. A mãe de Derek Shepherd decide conhecer a "Famosa Meredith". Callie conhece Arizona, com quem engata um romance complicado. O pai de Torres ameaça cortar sua mesada e a obriga a voltar para a casa dos pais.

A temporada terminou com um episódio de 2 horas, no dia 14 de maio de 2009, com a tensão da piora da doença da Izzie. Izzie decide fazer uma cirurgia arriscada, assina um termo de "não-ressuscitar" e tem perda de memória curta enquanto George resolve se alistar no exército. Nesse meio tempo, Owen parece finalmente superar o trauma e Cristina volta com ele. Meredith vê o que aconteceu com Izzie e para não perder mais tempo decide se casar com Derek num contrato feito em "Post-it". Miranda desiste da pediatria pois com o divórcio não teria tempo para fazê-lo e decide voltar para a residência em cirurgia geral. George sofre um acidente onde fica desfigurado, onde ninguém o reconhece até que escreve 007 na mão de Meredith. O episódio termina com os dois a beira da morte, mas deixa uma dúvida no ar, onde Izzie entra no elevador com o vestido rosa de festa antes ver o Denny morrer e entra no outro andar onde encontra George uniformizado como soldado numa outra dimensão como metáfora para passagem até a morte e um último adeus.

Sexta temporada (2009-2010)[editar | editar código-fonte]

A sexta temporada estreou nos Estados Unidos no dia 24 de setembro de 2009. O episódio duplo começou a ser gravado a 15 de julho de 2009. Começa exatamente onde terminou o episódio anterior: Izzie com parada cardíaca sendo ressuscitada pelos médicos, O´Malley na sala de operação cada vez piorando mais, até morrer. Esse episódio duplo é cronometrado de acordo com os dias passados desde a morte de George, e como seus amigos reagem ao luto.

Essa temporada é marcada pela fusão do Seattle Grace Hospital com o Mercy West, para tentar recuperar fama, pacientes e recursos perdidos após falhas e escândalos no SGH. Com a fusão, há a entrada de novos personagens, que disputarão com os residentes da casa pacientes, atenção dos atendentes e domínio no SGH. Como é dito muitas vezes durante a fusão, é um período de caos, com perdas de pacientes e erros de diagnósticos. Junto com a fusão, há corte de pessoal: Izzie, entre outros médicos e enfermeiros, é demitida.

Demi Lovato, atriz da Disney será uma paciente do Hospital Seatle Grace/Mercy West, que todos achavam sofrer de esquizofrenia, e Danielle Panabaker também atriz da Disney que será uma paciente que sofrerá de bulimia e que serão as duas tratadas por Alex (Justin Chambers) e Arizona (Jessica Capshaw). Esta temporada marca também a saída de Katherine Heigl da trama, que primeiramente afastou-se da trama devido a licença maternidade, e logo após, rescindindo o contrato com a série. Após o "casamento em post-it", Derek e Meredith vão morar juntos na casa dela. Izzie e Alex vão morar no trailer de Derek, mas com a demissão e fuga de Izzie, Alex volta a morar com Mer. Lexie e Mark Sloan resolvem morar juntos, mas uma filha não assumida de Sloan aparece grávida, e Lexie termina o namoro, voltando novamente para a casa de Meredith.

Callie e Arizona passam metade da temporada como o casal perfeito, mas a relação fica abalada com o deseja de Callie de adotar uma criança e a recusa absoluta de Arizona em ter filhos. Casal mais complicado da temporada, Owen e Cristina discutem sobre a frieza dela com relação aos traumas pós iraque do médico. Com a chegada da nova cirurgiã cardio-torácica, Dr.ª Teddy Altman, cria-se um triângulo amoroso entre os três, sendo resolvido apenas no fim da season finale.

Nos 8 primeiros episódios, Meredith aparece muito pouco, pois na trama ela acaba por doar uma parte de seu fígado para seu pai, que está entre a vida e a morte e não pode entrar na fila de transplante por não ter completado 1 ano longe do álcool. Mer continua narrando os episódios, mas ou está no quarto do hospital se recuperando, ou em repouso em casa. Quando retorna, Izzie já foi demitida, o número de residentes aumentou consideravelmente e ela fica um tempo sem conseguir entrar em boas cirurgias.

O último episódio dessa temporada Season Finale foi o mais falado de toda a história de Grey's Anatomy. Sr. Clark, cuja mulher teve morte cerebral, retorna ao hospital para se vingar de Dr. Shepherd e do Dr. Webber e Dr.ª Lexie Grey, médicos que diagnosticaram e autorizaram o desligamento dos aparelhos da Sr.ª Clark. Ele entra no hospital e vaga em busca de Derek. Ao encontrar médicos, atira neles, pois acredita que "está evitando mais mortes causadas dentro desse hospital". Karev, um dos primeiros a ser atingido pelo atirador, está sangrando sem parar e sua vida está nas mãos de Sloan. Bailey escapa do atirador, mentindo ao afirmar que é enfermeira, mas seu residente não mente e recebe um tiro. Derek leva um tiro no peito; Cristina é a única cirurgiã no andar que pode salvá-lo. Meredith convence o atirador que ela é o vínculo mais forte dos 3 médicos que ela deseja matar, pois é esposa de Derek, irmã de Lexie e "filha postiça" de Richard Weber. Owen tenta desarmá-lo, mas acaba ferido também. Cristina está em uma sala de cirurgia com a vida de Derek nas mãos. Meredith, que descobriu que estava grávida no começo do episódio duplo, aborta enquanto remove a bala que atingiu Owen.

Esse episódio foi assistido por 15 milhões de pessoas somente nos Estados Unidos, e encerrou com chave de ouro a temporada.

Sétima temporada (2010-2011)[editar | editar código-fonte]

Grey's Anatomy foi apanhada para uma sétima temporada de 2010–2011 em 14 de maio e retornou em 23 de setembro de 2010. Jesse Williams e Sarah Drew, interpretantes dos doutores Jackson Avery e April Kepner na sexta temporada, foram promovidos à série regular. James Tupper foi escalado como o Dr. Andrew Perkins, um conselheiro de trauma em pelo menos, dois episódios da sétima temporada. Foi também revelado que April Kepner e Jackson Avery estarão movendo-se com Meredith e Derek nesta temporada. Embora Katherine Heigl deixou o show na 6.ª temporada foi confirmado que sua personagem, Isobel Stevens, terá um encerramento adequado ao seu relacionamento com Alex Karev. Isso não significa necessariamente que Heigl estará de volta na 7.ª temporada. Shonda Rhimes diz que ela "não sabe" sobre a possibilidade de retorno de Heigl. No fim a atriz nunca mais retornou. A temporada termina com 22 episódios com a Season Finale, "Unaccompanied Minor".

Oitava temporada (2011-2012)[editar | editar código-fonte]

A estreia, nos EUA, foi no dia 22 de Setembro de 2011, na ABC. Estreou em Portugal no dia 8 de Dezembro de 2011 na FoxLife. Veja a sinopse da temporada divulgada pela mesma emissora:

Meredith, Cristina, Alex, Jackson e April estão no 5º ano como residentes. E nesse ano eles podem fazer com que tudo dê certo, ou podem acabar com as suas carreiras de cirurgiões. Os residentes tem a tarefa de fazer a sua primeira cirurgia-solo, e dessa vez sem a supervisão dos seus atendentes na sala de operação.

Dilacerada pela interferência bem intencionada, mas devastadoramente prejudicial ao estudo cínico de Derek, Meredith e o marido estão morando separados. A relação do casal está balançada, assim como o destino de sua filha recém-adotada, Zola.

A felicidade conjugal de Cristina e Owen está em risco quando não conseguem chegar a um acordo sobre se deve ou não ter o bebê que Cristina está esperando. Enquanto ela planeja interromper a gravidez, Owen é contra, fazendo com que isso seja a maior dificuldade do relacionamento, até agora. E enquanto isso, Meredith e Cristina, se unem quando seus casamentos são testados.

April, a nova chefe dos residentes tem sua autoridade testada por seus colegas. Enquanto isso, Jackson está constantemente provando que tem habilidades para ser um cirurgião muito talentoso, e ao mesmo tempo está desfrutando de um relacionamento feliz com Lexie. E tentando da melhor forma seguir em frente depois de que seu relacionamento com Lexie acabou, Mark Sloan se torna, cada vez mais, um pai amoroso com a filha Sofia

O amor é abundante nos outros lugares do hospital, como na relação de Bailey com o enfermeiro Eli que continua a crescer, e Teddy que está cada vez mais apaixonada pelo seu paciente Henry. Já Richard Webber se concentra em cuidar de sua amada esposa, Adele, que sofre de Alzheimer.

No episódio final os cirugiões Derek, Meredith, Cristina, Mark, Arizona e Lexie vão fazer uma cirurgia em um hospital e sofrem um acidente de avião. Lexie falece nos primeiros 20 minutos do episódio deixando Mark desolado. Arizona está com a perna quebrada e Mark com um problema no coração. Owen só recebe as mensagens do Hospital no final do episódio e enquanto isso os cirurgiões estão perdidos na floresta em situação de perigo. O episódio termina com Meredith dizendo as palavras, que o Chefe Webber disse no primeiro episódio da série. Eric Dane (Mark Sloan) e Kim Raver (Teddy Altman) sairam da série. Seattle Grace ainda é um lugar onde a vida não é vivida em preto e branco, mas em tons de cinza.

Nona temporada (2012-2013)[editar | editar código-fonte]

Os médicos do Seattle Grace tem que encarar as consequências da queda do avião na última temporada, e os destinos de Meredith (Ellen Pompeo), Derek (Patrick Dempsey), Cristina (Sandra Oh), Mark (Eric Dane) e Arizona (Jessica Capshaw) estão em aberto.

Antes do acidente, os caminhos deles pareciam estar decididos: tendo passado em seus exames, Meredith, Cristina, Alex (Justin Chambers) e Jackson (Jesse Williams) planejaram ocupar posições em hospitais diferentes, deixando o Seattle Grace para trás. Enquanto isso, a carreira de April (Sarah Drew) como médica parecia ter terminado quando ela não passou no exame e foi demitida. Meredith e Derek estavam focados em ser novos pais para a bebê Zola e estavam debatendo se mudariam para sua casa dos sonhos ou se começariam de novo em Boston, durante isso, Meredith tem uma gravidez perigosa de um menino, que acaba ganhando o nome de Bailey, em homenagem a Miranda. O casamento de Cristina e Owen ainda estava em pedaços, Callie (Sara Ramirez) e Arizona estavam felizes se acertando com a maternidade. Bailey (Chandra Wilson) havia decidido dar uma nova chance ao amor com seu novo noivo Benjamin Warren (Jason George), Richard Webber (James Pickens Jr.) encontrou conforto nos braços da mãe de Jackson, Catherine Avery (Debbie Allen).

A queda do avião mudou tudo. Agora, com seus futuros desconhecidos, os médicos do Seattle Grace precisam aprender a se adaptar a mudanças, a lidar com suas perdas e a seguir em frente com seus relacionamentos e suas carreiras. Seattle Grace é um lugar onde a vida não é vivida em preto e branco, mas em tons de cinza.

Décima temporada (2013-2014)[editar | editar código-fonte]

Os médicos lidam com a devastação deixada pela tempestade. Um enorme deslizamento de terra em Seattle prejudica um grupo de socorristas e cidadãos. A vida de Richard segue em risco, enquanto Cristina e Bailey divergem sobre o seu tratamento. Callie enfrenta a realidade da traição de Arizona, April lida com as consequências de seu pedido a Jackson e Alex cuida da ER com a ajuda de Jo e Stephanie. A luta continua para salvar aqueles que foram afetados pela tempestade. Callie e April tomam decisões em relação aos seus relacionamentos e os médicos se unem ao receberem notícias devastadoras. Meredith e Derek se adaptam à vida em casa com um recém-nascido. Arizona tenta corrigir o seu casamento. Alex navega através de seu novo relacionamento com Jo Wilson. Owen confronta Jackson sobre questões financeiras do hospital. Jo, Stephanie, Leah e Shane se preparam para seu exame de internos.

Derek e Callie trabalham em um projeto de mapeamento cerebral, enquanto Cristina tenta fazer história com uma cirurgia inédita. Richard incentiva os internos a utilizar sua condição física como ferramenta de aprendizagem. Meredith considera continuar a pesquisa de sua mãe. Shane sente-se culpado pela morte de Heather. Alex encontra alguém do seu passado e tem uma grande surpresa, que pode afetar seu relacionamento com Jo.

Décima primeira temporada (2014–2015)[editar | editar código-fonte]

A décima primeira temporada estreou dia 25 de Setembro de 2014 nos Estados Unidos e dia 6 de Outubro de 2014 no Brasil.

Meredith tem que lidar com o facto de que tem uma meia irmã, a Dr. Maggie Pierce (filha de Ellis e Richard) que foi para a adoção sem Richard saber e também enfrentará uma crise em seu casamento com Derek, que se vê diante de uma difícil decisão: ir para Washington D. C trabalhar para o presidente ou ficar em Seattle com Meredith e seus filhos.

Depois de Cristina sair do hospital à procura de um novo rumo profissional deixando uma vaga no conselho administrativo, Bailey luta com Alex para ver quem preenche a vaga de Yang. A Dr. Maggie Pierce assume o lugar de Cristina como Cirurgiã Cardio torácica do hospital.

Callie e Arizona decidem ter um bebê, mas as duas entram em conflito pois não querem se distanciar do trabalho para terem tempo de cuidar de um novo bebê e isso acaba terminando no fim do relacionamento das duas. April anuncia a sua gravidez para o marido Jackson, mas o casal irá passar por uma terrível situação que acaba afetando a personalidade de April.

Amelia Shepherd, irmã de Derek e também neurocirurgiã, se muda para Seattle e começa a trabalhar no Grey Sloan Memorial Hospital. No hospital, Amelia irá passar por uma situação difícil quando a filha de uma paciente sua que precisa de uma cirurgia urgente revela um segredo obscuro de seu passado em frente a todo o hospital, e também por um grande desafio quando tentará salvar a vida da Dr. Nicole Herman. Diante de todas as situações, Amelia também se envolve amorosamente com Owen.

A relação entre Richard e Catherine sofre altos e baixos ao longo da temporada. Jo e Stephanie iniciam seu terceiro ano de residência, após Leah ser demitida e Shane ir embora com Cristina.

Curiosidades sobre a 11ª Temporada

  • Muitas pessoas não perceberam, mas a personagem Cristina Yang estava no velório de Derek, aparecendo rapidamente segurando a mão de Meredith, mas a personagem foi representada apenas por uma figurante. A atriz Sandra Oh que a interpreta, não participou das gravações.
  • Na época, Shonda Rhimes deu uma entrevista dizendo que já "matou" um personagem apenas por não gostar do ator. Muito fãs especulam que a mesma se referia ao ator Patrick Dempsey (Derek Shepherd), com quem possivelmente havia se desentendido.
  • Especula-se de que o piloto do personagem Derek Shepherd, em que ele vai para Washington, foi escrito como uma possível preparação para o público para a despedida do personagem.
  • O episódio 22 da temporada durou 1h22min, enquanto normalmente os episódios são de 45min. Foi o episódio de maior duração da série até então.

Décima segunda temporada (2015-2016)[editar | editar código-fonte]

No décimo segundo ano da série, vemos a protagonista Meredith Grey lidando ainda com a sua recém viuvez. De volta à antiga casa da mãe, Meredith agora divide a casa com sua meia-irmã Maggie Pierce, e sua cunhada Amelia Shepherd. No Grey Sloan Memorial Hospital, Miranda Bailey tem dificuldades em lidar com o cargo de Chefe de Cirurgia. Callie traz para dentro da casa de Meredith, uma das médicas que atenderam Derek antes de morrer e isso causa um tremendo mal-estar entre Meredith e Amelia. Jackson e April lutam para chegarem a um entendimento, enquanto Edwards finalmente encontra um novo amor, que não dura muito. No final da temporada, é revelado um segredo devastador sobre o passado de Jo, e Alex termina a temporada em maus-lençóis.

Décima terceira temporada (2016-2017)[editar | editar código-fonte]

A décima terceira temporada da série estreou no dia 22 de setembro de 2016. Os eventos desta temporada se inciam a partir do momento final da 12ª temporada, onde os médicos estão na festa de casamento de Amélia Shepherd e Owen Hunt, enquanto, Alex Karev (Justin Chambers) está no hospital com Andrew DeLuca (Giacommo Gianniotti) após ter espancado ele, Meredith Grey se encontra em um triângulo amoroso com seu novo "flerte" Nathan Riggs, cirurgião cardiologista, pois sua irmã Maggie Pierce, a revela que está apaixonada pelo médico também. Enquanto nos primeiros episódios, o foco principal está no conflito duvidoso se Alex vai ou não para a cadeia (no que, ele não vai pois DeLuca tira a acusação), os primeiros episódios também abordam Catherine Avery, ordenando para que Miranda Bailey, tire o cargo de chefe de cirurgia do Dr. Richard Webber, e o dê para Eliza Domminick, a nova cirurgiã que chega no hospital. Quem não vai gostar nada disso, são os médicos, principalmente Richard e Meredith (cujo é suspensa no decorrer da temporada por discutir isso).

A segunda parte da temporada, começa a partir do momento em que Arizona (que está apaixonada por Eliza Domminick), Bailey e Jô (que está preocupada com Alex, pois não sabe que DeLuca tirou a acusação) vão para uma prisão de segurança máxima fazer um parto de uma detenta perigosa, logo depois, Eliza começa a exercer suas funções no Grey Sloan Memorial, e April Kepner (Sarah Drew), se alia a Bailey na tentativa de reconciliar Richard e Catherine.

A temporada ainda tem um episódio especial com o casal Jackson e April, que voltam a se apromar, e a mãe de Maggie Pierce chega no Grey Sloan para colocar silicone, e acaba descobrindo cãncer de mama, o que faz os médicos, tentarem de todas as maneiras salvar sua vida, mas infelizmente, ela acaba falecendo ao lado da filha.

Temos também nessa temporada, um episódio passado inteiramente em um avião, onde Meredith e Riggs enfrentam uma turbulência que resulta em cirurgias extraordinárias em pleno vôo, e em uma coletiva de imprensa, Maggie acaba descobrindo o relacionamento dos dois, mas apesar da tristeza e desconfiança de Meredith nos primeiros dias, Maggie acaba aceitando a relação, que faz Meredith se desfazer de objetos importantes de sua vida com Derek Shepherd, como o tumor no quadro e o post-it (que coloca na gaveta).

A Season Finale começa quando, um estuprador invade o hospital e coloca a vida de Stephanie Edwards (Jerrika Hinton) e uma paciente em risco, enquanto Alex vai a uma conferência em que o marido de Jô Wilson está, e tem algumas ilusões. Edwards fica com a vida por um fio, quando o estrupador acaba causando um incêndio no hospital, fazendo todos passarem por muito adrenalina. O Episódio especial ainda traz a revelação de April dizendo que Jackson está apaixonado por Maggie, e Eliza sendo demitida do hospital, para a tristeza de Arizona Robbins.

Curiosidades sobre a 13ª Temporada

  • A personagem Jô Wilson não está presente na season finale pelo fato da atriz Camilla Ludington, que estava grávida, dar a luz a seu primeiro filho.
  • O namorado de Camilla Luddington aparece no episódio 22 da temporada.
  • A personagem Leah Murphy, volta para a série no episódio 06.
  • No momento em que Alex vai falar seu nome na conferência mentindo, ele diz que seu nome é Alex Stevens, fazendo referência a Izzie Stevens, personagem muito querida que saiu da série na 6ª temporada.
  • A prótese de Arizona Robbins, pode ser vista no episódio 10 da temporada, depois de muito tempo sem mostrar.
  • Ellen Pompeo dirigiu o episódio 18, pela primeira vez na série.
  • O episódio 10 da temporada, foi o primeiro em que Meredith Grey não aparece.
  • Arizona Robbins, não aparece nos primeiros episódios porque estava ganhando seu bebê, mas na série, "ela foi visitar a Callie".
  • Amélia ficou desfocada em alguns episódios na casa de Stephanie Edwards porque estava grávida e precisava esconder a barriga.

Décima quarta temporada (2017-2018)[editar | editar código-fonte]

A série foi renovada para uma décima quarta temporada. Foi confirmado por Jerrika Hinton que a personagem Stephanie Edwards não voltará para a série.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Participação
Regular Recorrente Convidado(a) — Ausente
Atores Personagens Temporadas
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14
Ellen Pompeo Meredith Grey
Justin Chambers Alex Karev
Chandra Wilson Miranda Bailey
James Pickens Jr. Richard Webber
Patrick Dempsey Derek Shepherd
Sandra Oh Cristina Yang
Katherine Heigl Izzie Stevens
T.R. Knight George O'Malley
Isaiah Washington Preston Burke
Kate Walsh Addison Montgomery
Sara Ramirez Callie Torres
Eric Dane Mark Sloan
Brooke Smith Erica Hahn
Chyler Leigh Lexie Grey
Jessica Capshaw Arizona Robbins
Kevin McKidd Owen Hunt
Kim Raver Teddy Altman
Sarah Drew April Kepner
Jesse Williams Jackson Avery
Jason George Ben Warren
Caterina Scorsone Amelia Shepherd
Gaius Charles Shane Ross
Tessa Ferrer Leah Murphy
Camilla Luddington Jo Wilson
Jerrika Hinton Stephanie Edwards
Kelly McCreary Maggie Pierce
Giacomo Gianniotti Andrew DeLuca
Martin Henderson Nathan Riggs

Personagens Recorrentes[editar | editar código-fonte]

ATORES PERSONAGENS IDADE TEMPORADAS/EPISÓDIOS
Debbie Allen Catherine Avery 61 ANOS T8, T9, T10, T11,T12,T13,T14
Loretta Devine Adele Webber 57 ANOS T2 - 7 EPISÓDIOS, T3, T4, T5, T6, T7, T8, T9
Jeff Perry Thatcher Grey 61 ANOS T2 - 5 EPISÓDIOS, T3, T4, T5, T6, T7, T8
Kate Burton Ellis Grey 59 ANOS 17 EPISÓDIOS

Elenco Secundário[editar | editar código-fonte]

ATORES PERSONAGENS TEMPORADAS/EPISÓDIOS
Chris O'Donnell Dr. Finn Dandridge 9 EPISÓDIOS
Kyle Chandler Dylan Young 4 EPISÓDIOS
Mare Winningham Susan Grey 6 EPISÓDIOS
Elizabeth Reaser Ava/Rebecca Pope/Jane Doe 17 EPISÓDIOS
Scott Foley Henry Burton 15 EPISÓDIOS
Jeffrey Dean Morgan Denny Duquette T2/E13-19

T3/E16-17

T5/E2-7 a 13-22-23

Corpo Clínico[editar | editar código-fonte]

ATORES PERSONAGENS IDADE TEMPORADAS/EPISÓDIOS
Anjul Nigam Dr. Raj Sen 51 ANOS 7 EPISÓDIOS
Cathy Lind Hayes Enfermeira Debbie NÃO ENCONTRADO
Kali Rocha Dr.ª Sydney Heron 45 ANOS 8 EPISÓDIOS
Sarah Utterback Enfermeira Olivia Harper 34 ANOS 18 EPISÓDIOS
Peter MacNicol Dr. Robert Stark (cirurgião pediátrico) 58 ANOS 14 EPISÓDIOS
Mary McDonnell Dr.ª Virginia Dixon (cardiocirurgiã) 56 ANOS 3 EPISÓDIOS

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Emmy do Primetime

Globo de Ouro

Screen Actors Guild

  • Melhor Atriz em Série Dramática: Sandra Oh (2005)
  • Melhor Atriz em Série Dramática: Chandra Wilson (2006)
  • Melhor Elenco em Série Dramática (2006)

Writers Guild of America

TV Land Awards

  • Futuro Clássico (2006)

NAACP Image Awards

  • Melhor Série Dramática (2006)
  • Melhor Ator em Série Dramática: Isaiah Washington (2006)
  • Melhor Série Dramática (2011)

People's Choice Awards

  • Melhor atriz em Série Dramática: Ellen Pompeo (2013)
  • Melhor atriz em Série Dramática: Ellen Pompeo (2014)
  • Melhor atriz em Série Dramática: Ellen Pompeo (2015)
  • Melhor atriz em Série Dramática: Ellen Pompeo (2016)
  • Melhor Série Dramática (2013)
  • Melhor Série Dramática (2014)
  • Melhor Série Dramática (2015)
  • Melhor Série Dramática (2016)
  • Melhor Série Dramática (2017)
  • Melhor ator em Série Dramática: Patrick Dempsey (2014)
  • Melhor ator em Série Dramática: Justin Chambers (2017)
  • Personagem que Sentimos Mais Falta: Cristina YangSandra Oh (2014)

Indicações[editar | editar código-fonte]

Emmy do Primetime

  • Melhor Atriz Coadjuvante numa Série Dramática: Sandra Oh (2009)
  • Melhor Atriz Coadjuvante numa Série Dramática: Chandra Wilson (2009)
  • Melhor Atriz Coadjuvante numa Série Dramática: Sandra Oh (2008)
  • Melhor Atriz Coadjuvante numa Série Dramática: Chandra Wilson (2008)
  • Melhor Atriz Coadjuvante numa Série Dramática: Chandra Wilson (2007)
  • Melhor Atriz Coadjuvante numa Série Dramática: Sandra Oh (2007)
  • Melhor Ator Coadjuvante numa Série Dramática: T.R. Knight (2007)
  • Melhor Atriz Coadjuvante numa Série Dramática: Sandra Oh (2006)
  • Melhor Atriz Coadjuvante numa Série Dramática: Chandra Wilson (2006)
  • Melhor Atriz Coadjuvante numa Série Dramática: Sandra Oh (2005)

Globo de Ouro

Screen Actors Guild

  • Melhor Elenco de Série Dramática (2005)
  • Melhor Ator numa Série Dramática: Patrick Dempsey (2006)

Writers Guild of America

  • Melhor Roteiro de Série Dramática (2006)

People's Choice Awards

  • Melhor atriz em Série Dramática: Ellen Pompeo (2013)
  • Melhor Série Dramática (2013)
  • Melhor Série Dramática (2014)
  • Melhor ator em Série Dramática: Patrick Dempsey (2014)
  • Melhor atriz em Série Dramática: Ellen Pompeo (2014)
  • Personagem que Sentimos Mais Falta: Cristina YangSandra Oh (2014)
  • Melhor atriz em Série Dramática: Ellen Pompeo (2016)
  • Melhor Série Dramática (2016)

Recepção[editar | editar código-fonte]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Rankings por temporadas (com base na média total de espectadores por episódio) de Grey's Anatomy.

Temporada Timeslot (EST[nota 1]) Estreia da temporada Final da temporada Estação de televisão Posição Espectadores
(em milhões)
Domingo 10:00 PM 27 de Março de 2005 22 de maio de 2005 2004–05 #9[9] 18.46[9]
25 de Setembro de 2005 15 de maio de 2006 2005–06 #5[10] 19.44[10]
Quinta-feira 9:00 PM 21 de Setembro de 2006 17 de maio de 2007 2006–07 #8[11] 19.22[11]
27 de Setembro de 2007 22 de maio de 2008 2007–08 #10 15.92
25 de Setembro de 2008 14 de maio de 2009 2008–09 #12 14.52
24 de Setembro de 2009 20 de maio de 2010 2009–10 #17 13.25
23 de Setembro de 2010 19 de maio de 2011 2010–11 #31 11.51
22 de Setembro de 2011 17 de maio de 2012 2011–12 #34 10.92
27 de Setembro de 2012 16 de maio de 2013 2012–13 #26 8.99
10ª 26 de Setembro de 2013 15 de maio de 2014 2013–14 #15 8.92
11ª Quinta-feira 8:00 PM 25 de Setembro de 2014 14 de maio de 2015 2014–15 A informar A informar

No Brasil, onde foram exibidas de forma continua as primeiras 5 temporadas no SBT, manteve média de 6 pontos, e a terceira posição, audiência considerada baixa, ainda mais se comparada com a antecessora Supernatural, que chegou a alcançar a vice, com 12 pontos.

DVD[editar | editar código-fonte]

A primeira temporada de Grey's Anatomy foi lançada em DVD no dia 14 de fevereiro de 2006 para a Região 1 (Estados Unidos), contendo todos os 9 episódios da temporada, além de extras como uma sequência de abertura alternativa, comentários de áudio, versão estendida do episódio piloto e um making-of.

Atualmente, no Brasil, encontram-se as doze temporadas à venda, sendo a segunda temporada dividida em dois volumes.

Música[editar | editar código-fonte]

A música de abertura do programa é um trecho de "Cosy in the Rocket", música da banda britânica Psapp. Faz parte do álbum com a trilha sonora do seriado, lançado pelo braço musical da ABC, a Hollywood Records, em 27 de setembro de 2005. Uma lista de todas as músicas exibidas em cada um dos episódios do programa pode ser encontrada no site oficial. Além disso, são tocadas músicas de diversos artistas durante os episódios da série, como por exemplo a neozalandesa Lorde e outros artistas como: John Legend, Birdy, Ed Sheeran, Kanye West, Rihanna, Ellie Goulding, Sky Ferreira, Wiz Khalifa, Of Monsters and Men, Sleeping At Last, The Fray e CHVRCHES.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde maio de 2017).
  • O programa foi um dos primeiros a fazer parte de uma das mais novas tendências das emissoras norte-americanas, que é manter blogues sobre seus seriados. No site da ABC, há o "Grey Matter", atualizado todas as semanas, logo após a exibição de um episódio inédito, ou pela criadora do programa, Shonda Rhimes ou pelo escritor do episódio em questão. Há ainda blogues "escritos" por duas personagens interpretadas por dois actores secundários, ou coadjuvantes, do programa: Joe, o barman e dono do Emerald City Bar e Debbie, uma das enfermeiras do Hospital Seattle Grace. Essas personagens fictícias e seus pontos de vista sobre os acontecimentos do seriado serão a base para um vindouro livro, Grey's Anatomy: Notes From The Nurses' Station and Overheard at the Emerald City Bar (algo como Anatomia de Grey: Notas da central de enfermagem e das coisas ouvidas "por alto" no Emerald City Bar). O livro tem seu lançamento programado para setembro de 2006.
  • A série possui um podcast oficial (outra nova tendência seguida pelo seriado), que contém sempre comentários sobre cada episódio da série pela criadora da série, Shonda Rhimes e algum convidado especial, geralmente um dos produtores ou um dos membros do elenco da série. O podcast é lançado todas as semana, gratuitamente, e está disponível na loja virtual do iTunes.
  • Tanto Sandra Oh quanto Kate Walsh estiveram no filme Under the Tuscan Sun.
  • Cristina Ricci faz uma participação especial na segunda temporada. Ela interpreta uma jovem paramédica que se vê numa situação muito crítica. Cristina participa de dois episódios.
  • Addison Montgomery-Shepherd, a personagem de Kate Walsh, originalmente teria sua participação restrita a apenas 5 episódios, mas, ao constatar que a personagem havia adquirido rapidamente a simpatia dos fãs, os roteiristas e produtores decidiram mantê-la no seriado. Sobre sua personagem, a atriz disse que no começo era "uma bem sucedida médica de Nova York, meio bruxa" e que se os roteiristas não começassem a humanizar mais sua personagem ela acredita que ia "acabar apanhando na rua".[12]
  • Grey's Anatomy' tem um spin-off (série que deriva de outra) chamado Private Practice, onde a protagonista é Kate Walsh no papel de Addison Montgomery.
  • Colômbia fez uma versão de Grey's Anatomy, intitulado A corazón abierto (Coração Aberto).
  • Na 10ª temporada, Isiah Washington voltou à série como convidado especial para participar do episódio 22 (We Are Never Getting back Together) interpretando novamente o cardiologista Preston Burke. O ator havia sido demitido da emissora em 2007 por atos homofóbicos contra seu antigo colega de elenco T.R. Knight (George O'Malley).

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2009, a The CW anunciou que estava em processo de fazer um reality show baseado na série médica. Em 26 de abril de 2010, uma adaptação colombiana do show, intitulado A corazón abierto, estreou com excelentes classificações na RCN Televisión. Com uma quota de 20,4 de rating e 48, quase metade do público assistiu a estreia na Colômbia. A novela estreou em maio de 2010 às 7:00 Oriental / 06:00 Central sobre a Telemundo, mas por causa da baixa audiência foi então mudou-se para uma aeração da meia-noite em julho, e mais uma vez mudou-se ir para um intervalo de tempo no início da tarde.

No mundo[editar | editar código-fonte]

Grey's Anatomy é exibida nos seguintes canais:

No Brasil[editar | editar código-fonte]

A primeira temporada da série estreou no canal Sony no dia 7 de julho de 2005, pouco mais de quatro meses depois da estreia norte-americana, em 27 de março de 2005.

O SBT adquiriu a série e começou a exibir no dia 3 de julho de 2008.[carece de fontes?]

Dublagem[editar | editar código-fonte]

Personagem Dublagem
Ator Em português (no Brasil)1 Frequência Temporadas
Dr.ª Meredith Grey Ellen Pompeo Mônica Rossi
Izabel Lira[13]
Mônica (1ª-presente)
Izabel (11ª/ep. 16 a 24)2
(1ª-presente)
Dr. Alex Karev Justin Chambers Reginaldo Primo Todas (1ª-presente)
Dr.ª Miranda Bailey Chandra Wilson Rita Lopes Todas (1ª-presente)
Dr. Richard Webber James Pickens Jr. Mauro Ramos Todas (1ª-presente)
Dr. Owen Hunt Kevin McKidd Hércules Franco Todas (5ª-presente)
Dr.ª Arizona Robbins Jessica Capshaw Guilene Conte Todas (5ª-presente)
Dr. Jackson Avery Jesse Williams Duda Ribeiro Todas (6ª-presente)
Dr.ª April Kepner Sarah Drew Fabíola Giardino
(?)
Fabíola (6ª-presente)
(?) (12ª/ep.13)
(6ª-presente)
Dr.ª Josephine "Jo" Wilson Camilla Luddington Carina Eiras Todas (9ª-presente)
Dr.ª Amelia Shepherd Caterina Scorsone Aline Ghezzi
Flávia Fontenelle
Miriam Ficher
Aline (7ª-presente)
Flávia (8ª/ep.15)
Miriam (11ª/versão Alcateia)
(7ª-presente)
Dr. Benjamin "Ben" Warren Jason Winston George Ronaldo Júlio Todas (6ª-presente)
Drª Leah Murphy Tessa Ferrer (?) Todas (9ª-10ª/13ª-presente)
Dr. Nathan Riggs Martin Henderson Ettore Zuim
Marcus Jardym
Ettore (12ª-/ep.1 a 12)
Marcus (12ª-/ep.13-presente)
(12ª-presente)
Dr.ª Margareth "Maggie" Pierce Kelly McCreary Izabel Lira
Adriana Torres
Izabel (10ª-presente)
Adriana (11ª/versão Alcateia)
(10ª-presente)
Dr.ª Catherine Avery Debbie Allen Carla Pompílio Todas (8ª-presente)
Dr.ª Stephanie Edward Jerrika Hinton Bárbara Monteiro Todas (9ª-13ª)
Dr.ª Calliope "Callie" Torres Sara Ramirez Iara Riça Todas (2ª-12ª)
Dr. Derek Shepherd Patrick Dempsey Alexandre Moreno Todas (1ª-11ª)
Dr.ª Cristina Yang Sandra Oh Telma da Costa Todas (1ª-10ª)
Dr. Shane Ross Gaius Charles Rodrigo Oliveira Todas (9ª-10ª)
Dr. Preston Burke Isaiah Washington Jorge Lucas Todas (1ª-10ª)
Dr. Mark Sloan Eric Dane Cláudio Galvan Todas (2ª-9ª)
Dr.ª Teddy Altman Kim Raver Marisa Leal Todas (6ª-8ª)
Dr.ª Lexie Grey Chyler Leigh Sylvia Salustti Todas (3ª-8ª)
Dr.ª Addison Montgomery Kate Walsh Mabel Cezar Todas (2ª-8ª)
Dr.ª Isobel "Izzie" Stevens Katherine Heigl Adriana Torres Todas (1ª-6ª)
Dr. George OMalley T.R. Knight Philippe Maia Todas (1ª-5ª)
Dr.ª Erica Hahn Brooke Smith Andréa Murucci Todas (2ª-5ª)
Personagens Recorrentes
Ellis Grey Kate Burton Geisa Vidal Todas (1ª-11ª)
Adele Webber Loretta Devine Vânia Alexandre Todas (2ª-9ª)
Thatcher Grey Jeff Perry Reinaldo Pimenta Todas (3ª-8ª)
Denny Duquette Jeffrey Dean Morgan Eduardo Borgerth Todas (2ª-5ª)

No Brasil, houveram duas dublagens da série, durante a 11ª temporada: uma continuando a ser feita pela Delart para a Netflix e outra feita pela Alcateia (substituindo a Delart) para o canal Sony.
A dubladora Mônica Rossi teve de deixar a série no final da 11ª temporada por questões de saúde, retornando na temporada seguinte. Na versão dublada da Netflix, feita após o fato, Mônica dubla todos os episódios.

Outros Personagens:

Jogo eletrônico[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Grey's Anatomy: The Video Game

Um jogo eletrônico baseado na série foi lançado para Windows, Nintendo DS e Wii.

Notas

  1. Sigla de Eastern Time Zone, um fuso horário que cai principalmente ao longo da costa leste da América do Norte.

Referências

  1. «Grey's Anatomy». Series Empire. 15 de outubro de 2015 
  2. a b Staff writer (4 de fevereiro de 2005). «Breaking News – Development Updates: 4 de fevereiro». The Futon Critic (em inglês). Thefutoncritic.com. Consultado em 1 de julho de 2009 
  3. "Grey's Anatomy Gets Season 14 Renewal On ABC". Release Date, 10/02/2017
  4. «'Anatomy' Lesson Follows on Super Bowl». Zap2It (em inglês). Tv.zap2it.com. 31 de outubro de 2005 
  5. Barnes, Brooks (21 de fevereiro de 2007). «Cirurgia delicada em 'Grey's Anatomy'». Wall Street Journal. Wsj.com. Consultado em 22 de fevereiro de 2007 
  6. Andreeva, Nellie (22 de fevereiro de 2007). «Spin de Grey's Anatomy». The Hollywood Reporter (em inglês). Hollywoodreporter.com. Consultado em 22 de fevereiro de 2007. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2007 
  7. Adalian, Josef (26 de fevereiro de 2007). «Diretor de conjunto para o spin-off de Grey's». Variety (em inglês). Variety.com. Consultado em 28 de fevereiro de 2007 
  8. «Programação da ABC para o outono de 2006» (em inglês). Zap2it.com 
  9. a b «Season Program Rankings from 09/20/2004 through 05/22/2005» (em inglês). ABC Medianet. 24 de maio de 2005. Consultado em 19 de maio de 2010 
  10. a b «Season Program Rankings from 09/19/2005 through 05/28/2006» (em inglês). ABC Medianet. 28 de maio de 2006. Consultado em 19 de maio de 2010 
  11. a b «Season Program Rankings from 09/18/2006 through 6 de março de 2007» (em inglês). ABC Medianet. Junho de 2007. Consultado em 19 de maio de 2010 
  12. «Atores de Grey's Anatomy visitam o Brasil». Terra Networks. Seriesonline.terra.com.br 
  13. «Dublagem em canais de TV paga provoca polêmica» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons