Bernhard Riemann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bernhard Riemann
Matemática
Bernhard Riemann
Nacionalidade Alemanha Alemão
Residência  Alemanha
Nascimento 17 de Setembro de 1826
Local Breselenz, Reino de Hanôver
Morte 20 de Julho de 1866 (39 anos)
Local Selasca, Verbania, Itália
Atividade
Campo(s) Matemática
Instituições Universidade de Göttingen
Alma mater Universidade de Göttingen, Universidade Humboldt de Berlim
Tese 1851: Grundlagen für eine allgemeine Theorie der Funktionen einer veränderlichen complexen Größe
Orientador(es) Carl Friedrich Gauss
Conhecido(a) por Geometria de Riemann, Integral de Riemann, Função zeta de Riemann, Hipótese de Riemann, Superfície de Riemann, Variedade de Riemann, Esfera de Riemann

Georg Friedrich Bernhard Riemann (Breselenz, Reino de Hanôver, 17 de Setembro de 1826 — Selasca, Verbania, 20 de Julho de 1866) foi um matemático alemão, com contribuições fundamentais para a análise e a geometria diferencial.

Vida e Obra[editar | editar código-fonte]

Riemann era filho de um pastor luterano e tinha problemas de saúde desde a infância. Mesmo com a família em condições financeiras precárias, seu pai conseguiu proporcionar-lhe uma boa educação que começou na Universidade de Göttingen e continuou na Universidade Humboldt de Berlim. Obteve o doutorado na Universidade de Göttingen, com uma tese no campo da teoria das funções complexas. Na tese encontramos as equações diferenciais de Cauchy-Riemann, que garantem a análise de uma função de variável complexa e o conceito de superfícies de Riemann, que trouxe considerações topológicas à análise. Com uma definição própria - integral de Riemann, tornou mais claro o conceito de integrabilidade abrindo caminho para a generalização deste conceito no século XX - a integral de Lebesgue e daí para horizontes mais amplos como a relatividade geral.

Função e Hipótese[editar | editar código-fonte]

Na literatura matemática são famosas sua chamada função zeta e sua conhecida hipótese, esta última é uma célebre conjectura que fez parte da famosa lista de problemas de Hilbert e que se encontra ainda em aberto, sendo para a análise o que o último teorema de Fermat é para a teoria dos números.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Eves, Howard: Introdução à História da Matemática. São Paulo : Editora da UNICAMP, 2004. ISBN 85-268-0657-2

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.