Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Estádio Mané Garrincha)
Ir para: navegação, pesquisa
Mané Garrincha
Estádio Nacional Mané Garrincha
Brasilia aerea estadionacional.jpg
Vista externa do estádio no dia da sua reinauguração, em 2013. Foto: Elza Fiúza/ABr.
Nomes
Nome Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha [1]
Apelido Mané Garrincha
O Gigante
Antigos nomes Estádio Governador Hélio Prates da Silveira
Estádio Mané Garrincha
Características
Local SRPN (Setor de Recreação Pública Norte) Brasília, DF, Brasil
Gramado (105 x 68 m)
Capacidade Original:
45.200 pessoas

Reconstruído:
69.349 (FIFA)[2]
72.788 (Portal da Copa)[3]

Construção
Data 10 de março de 1974 [4]
Custo Reconstruído: R$ 1,778 bilhão [5]
Inauguração
Data Original: 10 de março de 1974[6]

Reconstruído: 18 de maio de 2013[7]

Partida inaugural Original: CEUB 1x2 Corinthians [6]

Reconstruído: Brasília 0–3 Brasiliense [7]

Primeiro gol Original: Vaguinho (Corinthians)[4]

Reconstruído: Bocão (Brasiliense) [7]

Recordes
Público recorde 69.112 Pessoas[8]
Data recorde 23 de junho de 2014
Partida com mais público Flag of Cameroon.svg Camarões 1x4 Brasil Brasil
Outras informações
Remodelado 2010 - 2013 [7]
Proprietário TERRACAP - Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal
Arquiteto Original: Ícaro de Castro Mello
Reconstruído: Eduardo Castro Mello / gmp
Mandante Brasília FC
Legião FC

Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha [1] , também conhecido como Estádio Nacional Mané Garrincha, Estádio Nacional de Brasília, Arena Mané Garrincha ou simplesmente Mané Garrincha, é um estádio de futebol e arena multiuso brasileiro, situado na cidade de Brasília, no Distrito Federal.

O estádio é apenas uma dentre as diversas estruturas que compõem o Complexo Poliesportivo Ayrton Senna, que engloba também o Ginásio de Esportes Nilson Nelson e o Autódromo Internacional de Brasília Nelson Piquet, dentre outros. Inaugurado em 1974, o estádio possuía capacidade total para 45.200 pessoas.

Após a reforma de 2010-2013, sua capacidade foi aumentada para 72.788 pessoas, tornando-se o segundo maior estádio do Brasil e um dos maiores da América, perdendo apenas para o Maracanã. O estádio atualmente pertence à Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap).

Inicialmente prevista para 31 de dezembro de 2012 [9] e posteriormente 21 de abril de 2013 [10] , a inauguração do novo estádio foi remarcada para o dia 18 de maio de 2013.

Como eventos-teste após sua inauguração, o estádio foi palco da final do Campeonato Brasiliense de 2013, no dia 18 de maio (Brasiliense e Brasília) e recebeu no dia 26 de maio de 2013 a partida entre Santos e Flamengo, válida pelo 1º Rodada do Campeonato Brasileiro (Brasileirão). [11]

Antes da reconstrução do estádio, Brasília não contava com nenhum local considerado totalmente apto a receber grandes eventos. Estes, quando ocorriam, eram realizados em áreas improvisadas, como o canteiro central da Esplanada dos Ministérios e o estacionamento do estádio [12] .

Atualmente não é mais permitido realizar eventos culturais no estacionamento do estádio ou no do Ginásio Nilson Nelson, exceto quando houver interesse da administração. [13]

História[editar | editar código-fonte]

Em 10 de março de 1974, as obras do estádio ainda estavam em andamento, porém os trabalhos foram interrompidos para a inauguração oficial do espaço, que envolveu uma partida de futebol em que o Corinthians derrotou o CEUB por 2 a 1. O primeiro gol no estádio foi marcado pelo jogador do Corinthians Vaguinho [6] .

O recorde de público no estádio foi de 51.200 pessoas, num jogo que ocorreu a 20 de dezembro de 1998, quando Gama derrotou o Londrina por 3-0 na final da Série B de 1998, que deu ao Gama seu primeiro troféu nacional e consequente promoção para a Série A em 1999 [6] .

Inicialmente o estádio havia sido batizado de Estádio Governador Hélio Prates da Silveira, uma homenagem ao governante do DF à época, enquanto o complexo em que se encontrava era chamado de Complexo Poliesportivo Presidente Médici. Na data de sua inauguração, as arquibancadas inferiores estavam prontas, mas peças de ferro e madeira ainda começavam a dar forma à estrutura das tribunas e da arquibancada superior, concluídas mais tarde.

Inicialmente, o estádio se tornou casa de praticamente todos os times do Distrito Federal, uma vez que a maioria ainda não tinha estádio próprio em suas respectivas cidades-satélites.

Na década de 1980, surgiu a homenagem ao famoso jogador conhecido como anjo das pernas tortas e o espaço foi renomeado para Estádio Mané Garrincha. No fim da década de 1990 e início da década de 2000, o estádio viu o futebol da capital federal passar por seu melhor momento. [4]

Inauguração do Estádio Governador Hélio Prates da Silveira em 1974.

Antes da reconstrução, o estádio abrigava um complexo esportivo com vestiários, sala de fisioterapia, alojamento, restaurante e academias. Além de contar com uma escolinha de futebol, o estádio possuía ambiente, ainda, para a prática de outras modalidades, como judô, ginástica, capoeira e dança.

Após a reconstrução, o estádio passou a contar, na parte interna, com 335 vagas de estacionamento para carros até o terceiro subsolo, além de auditório, posto policial, médico e de saúde, juizado de menores, cinema, centro de convenções e teatro.

Externamente, são quase 100 mil m² de espaço para ônibus e estacionamento VIP com 222 vagas, além de oito mil vagas no estacionamento público. A imprensa tem 2.850 lugares. Ao todo são 74 camarotes, 1.112 salas VIP, 40 bares, 14 lanchonetes e dois grandes restaurantes internos [14] .

Em 8 de dezembro de 2007, a final da primeira edição da Copa do Brasil de Futebol Feminino, vencida pelo Mato Grosso do Sul/Saad, ocorreu no Estádio Mané Garrincha. [15] .

Em 2009, após o Brasil já ser escolhido como sede da Copa do Mundo da FIFA de 2014, a próxima etapa seria a escolha das cidades-sede. Para ser escolhida, a cidade deve seguir uma série de exigências da FIFA em diversos setores, como acomodação, transporte e, principalmente, possuir um estádio que atenda aos requisitos da mesma. O governo do Distrito Federal elaborou um projeto de reforma do maior e principal estádio da cidade, o Estádio Mané Garrincha, e o apresentou à FIFA [16] .

Após ser aprovada em todos os requisitos, bem como o projeto ser aceito, Brasília é escolhida como cidade-sede da Copa, juntamente com outras onze cidades [17] .

No mesmo ano, iniciam-se as obras do estádio, bem como a alteração de seu nome para Estádio Nacional de Brasília. Porém, após pressão popular, o nome é novamente alterado, voltando-se a homenagem ao jogador, dessa vez para Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha [1] .

Segundo projeto apresentado à FIFA para a reforma do estádio.

O custo da obra, totalmente arcada com recursos financeiros do próprio Distrito Federal e inicialmente orçada em R$ 697 milhões, chegou a um total de R$ 1,284 bilhões em maio de 2013, segundo dados da Terracap, tornando-o o segundo estádio mais caro do país. Esse valor corresponde a, além da reconstrução do estádio, obras adicionais em seu entorno. [18]

Canteiro de obras do estádio em reconstrução, em fevereiro de 2012.

Em 18 de maio de 2013, após 1027 dias de obras, repetindo o ocorrido na primeira inauguração do estádio, os trabalhos foram interrompidos para que ocorresse a reinauguração oficial do espaço. As obras estavam a 97% de execução, faltando apenas retoques finais e obras do entorno do estádio. Pela manhã, a presidente Dilma Rousseff, acompanhada do governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz e com a presença de diversas outras autoridades locais e nacionais como o vice-presidente Michel Temer e o presidente do Senado Federal Renan Calheiros, deu o chute inicial no campo da arena, gesto simbólico repetido na inauguração de todos os estádios que serão utilizados na Copa do Mundo FIFA 2014. [7]

Ainda no dia 18 de maio, à tarde, ocorreu a final do Campeonato Brasiliense de Futebol 2013, o "Candangão", disputado entre Brasília e Brasiliense, resultando na vitória deste por 3 a 0. O primeiro gol marcado no jogo foi de autoria do jogador Bocão, do Brasiliense. Cerca de 20.000 torcedores estiveram presentes, o correspondente a 30% da capacidade total do estádio, valor estipulado em recomendação da FIFA para o primeiro evento-teste. A cantora Elza Soares, que já foi esposa do jogador Mané Garrincha, esteve presente para cantar o hino nacional. [7]

Em 26 de maio de 2013, o estádio recebeu o seu segundo e último evento-teste antes da Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013, a abertura do Campeonato Brasileiro através do jogo entre Santos e Flamengo. A cantora vencedora do primeiro The Voice Brasil, Ellen Oléria, esteve presente para cantar o hino nacional. A partida, que marcou também a despedida do jogador Neymar dos clubes brasileiros, terminou com um empate de 0 a 0.

O jogo contou com um público de 63.501 pagantes, quebrando o recorde anterior do estádio, de 51.200 pessoas pela partida entre Gama e Londrina em 1998. [19] .

Em 21 de Abril de 2014, no dia do aniversário de Brasília,o estádio recebeu a decisão de mais um campeonato. O Brasília venceu o Paysandu nos pênaltis por 7x6, depois de cada um dos times ganhar um jogo pelo placar de 2x1, e conquistou a primeira Copa Verde. [20]

O Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha sediou em junho de 2013 a abertura da Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013 [21] , além de sete partidas da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 [17] e partidas preliminares de futebol dos Jogos da XXXI Olimpíada de Verão Rio 2016 [22] .

Cronologia[editar | editar código-fonte]

Partidas de futebol após reconstrução[editar | editar código-fonte]

Eventos esportivos marcantes[editar | editar código-fonte]

Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013[editar | editar código-fonte]

O estádio sediou, no dia 15 de junho de 2013, a abertura e o primeiro jogo do evento.

Data Horário
(UTC−3)
Equipe #1 Placar Equipe #2 Grupo Público
15 de junho 16:00 Brasil Brasil 3–0 Flag of Japan.svg Japão Grupo A 67.423

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014[editar | editar código-fonte]

O estádio foi palco de sete jogos, colocando Brasília como a cidade-sede com o maior número de jogos, ao lado do Rio de Janeiro[17] . Entre estes jogos, estão quatro jogos da fase de grupos, incluindo um da Seleção Brasileira; um das oitavas-de-finais; um das quartas-de-finais; e a disputa do 3º lugar. São eles:

Primeiro jogo no Mané Garrincha da Copa do Mundo FIFA de 2014, Suiça vs. Equador.
Data Horário
(UTC−3)
Equipe #1 Placar Equipe #2 Grupo Público
15 de junho 13:00 Suíça Flag of Switzerland.svg 2–1 Flag of Ecuador.svg Equador Grupo E 68.351
19 de junho 13:00 Colômbia Flag of Colombia.svg 2–1 Flag of Côte d'Ivoire.svg Costa do Marfim Grupo C 68.748
23 de junho 17:00 Camarões Flag of Cameroon.svg 1–4 Brasil Brasil Grupo A 69.112
26 de junho 13:00 Portugal Flag of Portugal.svg 2–1 Flag of Ghana.svg Gana Grupo G 67.540
30 de junho 13:00 França Bandeira da França 2–0 Flag of Nigeria.svg Nigéria Oitavas-de-final 67.882
5 de julho 13:00 Argentina Flag of Argentina.svg 1–0 Flag of Belgium (civil).svg Bélgica Quartas-de-final 68.551
12 de julho 17:00 Brasil Brasil 0–3 Países Baixos Países Baixos Decisão do terceiro lugar 68.034

Desafio Internacional de Futsal[editar | editar código-fonte]

A Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) realizou no dia 7 de setembro de 2014 um amistoso internacional contra a Argentina. O jogo teve a quadra de futsal sendo montada no meio do gramado da arena.[60]

Data Horário
(UTC−3)
Equipe #1 Placar Equipe #2 Público
7 de setembro 11:00 Brasil Flag of Brazil.svg 4–1 Flag of Argentina.svg Argentina 56.483[61]

Jogos Olímpicos de Verão de 2016[editar | editar código-fonte]

Além da Copa do Mundo de 2014, o Estádio Nacional de Brasília sediará também partidas do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016. Apesar da cidade-sede do evento ser o Rio de Janeiro, partidas do futebol masculino e feminino também serão realizados em outras quatro cidades,[62] dentre elas está Brasília, onde jogos ocorrerão no Estádio Nacional, aproveitando os investimentos da Copa do Mundo.[62] [63]

Olympic rings with white rims.svg Jogos da XXXI Olimpíada Olympic rings with white rims.svg
Brasil Rio de Janeiro 2016
Faltam
655
dias

Apresentações musicais[editar | editar código-fonte]

Realizadas na parte interna do estádio[editar | editar código-fonte]

Data Artista(s) Público Turnê/Show Notas Ref.
Março de 1985 Porto Rico Menudo  ? - [4]
28 de Novembro de 1987 Inglaterra Sting
Distrito Federal (Brasil) Capital Inicial
 ? Nothing Like the Sun Tour 1987 [64]
18 de junho de 1988 Distrito Federal (Brasil) Legião Urbana 50 mil Que País É Este A banda brasiliense fez uma apresentação oficial no estádio em junho de 1988. Ocorreram diversos imprevistos e confusões com o público de 50.000 pessoas, inclusive bombas de fabricação caseira que eram arremessados contra o palco, precipitando no fim do show. Centenas de jovens foram hospitalizados e muitos decidiram queimar em público os discos da Legião Urbana. Por causa desse incidente, a banda nunca mais se apresentou em sua cidade natal. [65]
17 de Maio de 1991 Noruega A-Ha  ? East of the Sun West of the Moon Tour [66]
1991 Estados Unidos Information Society  ? Hack Tour [67]
2 de março de 1996 São Paulo Mamonas Assassinas 8 mil Mamonas Assassinas O quinteto de Guarulhos realizou no estádio a última apresentação de sua carreira a 2 de março de 1996. Após o show, eles foram ao aeroporto e embarcaram no avião com prefixo PT-LSD, que se chocou contra a Serra da Cantareira às 23:16 do mesmo dia, matando todos os seus tripulantes, deixando o Brasil de luto por uma semana. [68] [69]
19 de março de 2005 Estados Unidos Lenny Kravitz 25 mil Celebration Tour O cantor e guitarrista norte-americano se apresentou no estádio em sua primeira turnê no Brasil. Kravitz estava na turnê do disco Baptism, lançado em 2004. [70]
24 de setembro de 2006 México RBD 25 mil RBD Tour Brasil 2006 [71]
20 de março de 2009 Inglaterra Iron Maiden 25 mil Somewhere Back in Time World Tour Desde que veio ao Brasil pela primeira vez, no primeiro Rock in Rio em janeiro de 1985, a banda inglesa de heavy metal nunca se apresentou na capital federal. Na turnê mundial Somewhere Back in Time, o grupo realizou o sonho dos fãs brasilienses em sua oitava turnê no Brasil. [72]
29 de junho de 2013 Brasil Vários 45 mil Renato Russo Sinfônico O estádio sediou o show "Renato Russo Sinfônico", em homenagem ao cantor e líder da banda de rock Legião Urbana, morto em 1996. O evento teve um holograma do cantor na música "Há Tempos" e teve a participação de outros artistas como Lobão, Zélia Duncan, Luíza Possi, Zizi Possi, Sandra de Sá e Ivete Sangalo, entre outros. [73]
17 de setembro de 2013 Estados Unidos Beyoncé 30 mil The Mrs. Carter Show World Tour [74]
23 de outubro de 2013 Estados Unidos Aerosmith 25 mil The Global Warming World Tour [75]

Realizadas no estacionamento ou anel externo do estádio[editar | editar código-fonte]

Data Artista(s) Público Turnê/Show Notas Ref.
22 de outubro de 2010 Estados Unidos Black Eyed Peas 12 mil The E.N.D. World Tour [76]
24 de março de 2011 Colômbia Shakira
Estados Unidos Train
Rio Grande do Sul Chimarruts
15 mil Pop Music Festival 2011 O festival pop, organizado pela cantora Shakira, traria esta e também os artistas Train, Chimarruts, Ziggy Marley e Fatboy Slim para um show no estacionamento do estádio, a 17 de março de 2011. Porém, devido a um incomum temporal que caiu sobre a cidade, o show foi remarcado para 24 de março, dessa vez contando apenas com a presença de Shakira, Train e Chimarruts. [77]
30 de março de 2011 Inglaterra Iron Maiden 18 mil The Final Frontier World Tour [78]
20 de outubro de 2012 Brasil Vários 53 mil Samba Brasília 2012 [79] [80]
23 e 24 de agosto de 2013 Brasil Vários 115 mil (dois dias) Samba Brasília 2013 [81] [82]
30 e 31 de agosto de 2013 BrasilEstados Unidos Vários 45 mil (dois dias) Porão do Rock 2013 [83]
07 de dezembro de 2013 Estados Unidos Stevie Wonder
BrasilEstados Unidos Vários
 ? Circuito Banco do Brasil 2013 No festival houve apresentações de artistas como Stevie Wonder, Jason Mraz, Ivete Sangalo, entre outros. [84]
12 de abril de 2014 Tocantins Henrique & Juliano  ? - Gravação de DVD da dupla. [85]
16 de agosto de 2014 Tocantins Henrique & Juliano
Bahia Banda Luxúria
18 mil - Ocorrência de algumas brigas e tumultos, o desmaio de um homem após aparentemente ser agredido foi registrado em vídeo e divulgado pela imprensa. [86]
23 de agosto de 2014 Brasil Vários 80 mil Samba Brasília 2014 [87]
30 e 31 de agosto de 2014 BrasilEstados Unidos Vários 55 mil Porão do Rock 2014 [88]
5 de setembro de 2014 Estados Unidos Steve Aoki
Brasil Vários
10 mil Fusion Stage [89]

Maiores Públicos[editar | editar código-fonte]

Em jogos após a reconstrução[editar | editar código-fonte]

Acima de 40 mil pessoas

Interior do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.
Público Mandante Placar Visitante Data Competição Ref.
1 69.112 Flag of Cameroon.svg Camarões 1–4 Brasil Brasil 23 de junho de 2014 Copa do Mundo FIFA de 2014 [8]
2 68.748 Flag of Colombia.svg Colômbia 2–1 Flag of Côte d'Ivoire.svg Costa do Marfim 19 de junho de 2014 Copa do Mundo FIFA de 2014 [90]
3 68.551 Flag of Argentina.svg Argentina 1–0 Flag of Belgium (civil).svg Bélgica 5 de julho de 2014 Copa do Mundo FIFA de 2014 [91]
4 68.351 Flag of Switzerland.svg Suíça 2–1 Flag of Ecuador.svg Equador 15 de junho de 2014 Copa do Mundo FIFA de 2014 [92]
5 68.034 Brasil Brasil 0–3 Países Baixos Países Baixos 12 de julho de 2014 Copa do Mundo FIFA de 2014 [53]
6 67.882 Bandeira da França França 2–0 Flag of Nigeria.svg Nigéria 30 de junho de 2014 Copa do Mundo FIFA de 2014 [51]
7 67.540 Flag of Portugal.svg Portugal 2–1 Flag of Ghana.svg Gana 26 de junho de 2014 Copa do Mundo FIFA de 2014 [50]
8 67.423 Brasil Brasil 3–0 Flag of Japan.svg Japão 15 de junho de 2013 Copa das Confederações FIFA de 2013 [24]
9 63.501 São Paulo Santos 0–0 Rio de Janeiro Flamengo 26 de maio de 2013 Campeonato Brasileiro de Futebol de 2013 - Série A [19]
10 61.767 Rio de Janeiro Vasco da Gama 0–1 Rio de Janeiro Flamengo 14 de julho de 2013 Campeonato Brasileiro de Futebol de 2013 - Série A [93]
11 52.825 Rio de Janeiro Flamengo 2–2 Paraná Coritiba 6 de julho de 2013 Campeonato Brasileiro de Futebol de 2013 - Série A [94]
12 51.701 Distrito Federal (Brasil) Brasília 2–1 Pará Paysandu 21 de abril de 2014 Copa Verde de Futebol de 2014 [95]
13 44.164 Rio de Janeiro Flamengo 0–0 São Paulo São Paulo 18 de agosto de 2013 Campeonato Brasileiro de Futebol de 2013 - Série A [96]
14 40.996 Brasil Brasil 6–0 Flag of Australia.svg Austrália 7 de setembro de 2013 Amistoso [33]

Em jogos no antigo Mané Garrincha[editar | editar código-fonte]

Acima de 40 mil pessoas

Estádio em 2006, antes de sua demolição e posterior reconstrução.
Público Mandante Placar Visitante Data Competição Ref.
1 51.000 Distrito Federal (Brasil) Gama 3–0 Paraná Londrina 20 de dezembro de 1998 Campeonato Brasileiro de Futebol de 1998 - Série B [97]
2 47.531 Distrito Federal (Brasil) Brasília 0–2 Rio de Janeiro Flamengo 2 de fevereiro de 1984 Campeonato Brasileiro de Futebol de 1984 - Série A [97]
3 43.287 Distrito Federal (Brasil) Gama 2–4 Rio de Janeiro Flamengo 3 de setembro de 2000 Campeonato Brasileiro de Futebol de 2000 [97]
4 41.373 Distrito Federal (Brasil) CEUB 0–1 Rio de Janeiro Flamengo 17 de setembro de 1975 Campeonato Brasileiro de Futebol de 1975 [97]

Outras modalidades[editar | editar código-fonte]

Público Mandante Placar Visitante Data Modalidade Competição Ref.
1 56.483 Flag of Brazil.svg Brasil 4–1 Flag of Argentina.svg Argentina 7 de setembro de 2014 Futsal Amistoso [98]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. O público pagante divulgado pela Federação Brasiliense de Futebol foi de 58.875 pessoas.[41] No entanto, o número foi questionado pela imprensa especializada devido à discrepância entre a quantidade divulgada e o número de torcedores que efetivamente estavam no estádio, muito menor.[42]
  2. O público pagante divulgado pela Federação Brasiliense de Futebol foi de 45.461 pessoas.[44] Assim como no primeiro jogo da final, o número de torcedores presentes no estádio também era muito menor do que o divulgado.[45]

Referências

  1. a b c GDF divulga nota dizendo que Estádio Nacional ainda se chama Mané Garrincha (5 de abril de 2013). Visitado em 7 de abril de 2013.
  2. http://pt.fifa.com/worldcup/destination/stadiums/stadium=5002284/index.html
  3. De ponto cego a atraso - os problemas dos estádios da Copa Exame (12 de fevereiro de 2014). Visitado em 11 de maio de 2014.
  4. a b c d Fabrício Marques (10 de março de 2013). Estádio Mané Garrincha faz 39 anos e ex-jogadores relembram histórias Globo.com. Visitado em 1º de abril de 2013.
  5. Custo do Mané Garrincha em Brasília chega a R$ 1,7 bilhão, diz TC-DF UOL (21 de junho de 2013). Visitado em 11 de maio de 2014.
  6. a b c d O Mané Garrincha - O palco da Copa em Brasília. Visitado em 19 de fevereiro de 2012.
  7. a b c d e f Estádio Nacional Mané Garrincha é inaugurado com festa em Brasília (18 de maio de 2013). Visitado em 19 de maio de 2013.
  8. a b Match Report: Cameroon - Brazil FIFA.com (23 de junho de 2014). Visitado em 23 de junho de 2014.
  9. Governo promete inaugurar o Estádio Nacional de Brasília no último dia do próximo ano Ucho.Info (14 de setembro de 2011). Visitado em 15 de abril de 2013.
  10. Estádio de Brasília só deverá ficar pronto para jogos em abril de 2013. Visitado em 29 de dezembro de 2012.
  11. LANCEPRESS (21 de março de 2013). Brasília terá dois eventos-testes em maio e confirma Santos x Flamengo Lance!Net. Visitado em 1º de abril de 2013.
  12. Investimentos para Copa 2014 Brasília 2014 (29 de abril de 2012). Visitado em 7 de abril de 2013.
  13. Decreto proíbe o uso do estacionamento do Estádio para eventos culturais Correio Braziliense (27 de junho de 2013). Visitado em 1º de julho de 2013.
  14. Estádio Nacional de Brasília terá espelhos fornecidos pela Central Vidros Central Vidros DF (19 de março de 2013). Visitado em 1º de abril de 2013.
  15. Gazeta Esportiva. Nos pênaltis, MS/Saad conquista primeiro título da competição. Visitado em 10 de dezembro de 2007.
  16. Mudanças no Projeto do Estádio Mané Garrincha para a Copa do Mundo do Brasil de 2014. Visitado em 19 de fevereiro de 2012.
  17. a b c Folha Online (31 de maio de 2009). Saiba mais sobre Brasília, uma das cidades-sedes da Copa-2014. Visitado em 19 de fevereiro de 2012.
  18. A terra do “nunca fica pronto” Época (18 de maio de 2013).
  19. a b c Na despedida de Neymar, Santos e Fla fazem jogo sem gols (26 de maio de 2013). Visitado em 26 de maio de 2013.
  20. Brasília bate o Papão nos pênaltis e é campeão da Copa Verde ORMNews (07 de abril de 2014). Visitado em 07 de julho de 2014.
  21. Jogos da Copa das Confederações estão definidos Portal Brasil (14 de fevereiro de 2013). Visitado em 8 de abril de 2013.
  22. UOL Esporte (3 de outubro de 2009). Mais quatro cidades irão abrigar eventos dos Jogos de 2016 (em português). Visitado em 29 de novembro de 2009.
  23. Boletim Financeiro Oficial da FBF: Brasiliense 3x0 Brasília FBFDF.com.br. Visitado em 25 de abril de 2014.
  24. a b Só seleção se salva na abertura da Copa das Confederações (15 de junho de 2013). Visitado em 15 de junho de 2013.
  25. NA ESTREIA DE MANO, FLA SAI NA FRENTE, MAS COXA SE RECUPERA E SEGUE LÍDER Globoesporte.com (6 de julho de 2013). Visitado em 6 de julho de 2013.
  26. FLAMENGO BATE O VASCO POR 1 A 0, SAI DO Z-4 E EMPURRA O RIVAL PARA BAIXO Globoesporte.com (14 de julho de 2013). Visitado em 14 de julho de 2013.
  27. Flamengo tem boa atuação e goleia Atlético-MG em Brasília. Lance! (4 de agosto de 2013). Visitado em 4 de agosto de 2013.
  28. Dez anos depois, Lauro marca sobre o Fla de novo e evita derrota da Lusa Globoesporte.com (7 de agosto de 2013). Visitado em 4 de maio de 2014.
  29. Botafogo cede empate ao Goiás com gol contra, mas dorme na liderança Globoesporte.com (10 de agosto de 2013). Visitado em 4 de maio de 2014.
  30. São Paulo perde pênalti no fim e apenas empata com o Flamengo. Lance! (18 de agosto de 2013). Visitado em 18 de agosto de 2013.
  31. Em jogo truncado, Grêmio bate o Fla por 1 a 0 e vence a quarta seguida Globoesporte.com (24 de agosto de 2013). Visitado em 4 de maio de 2014.
  32. Em jogo emocionante até o fim, Vasco e Corinthians ficam no empate Globoesporte.com (24 de agosto de 2013). Visitado em 4 de maio de 2014.
  33. a b Brasil goleia frágil Austrália e dá 'boa' dor de cabeça a Felipão. Lance! (7 de setembro de 2013). Visitado em 7 de setembro de 2013.
  34. Em clássico igual, Fla e Vasco empatam, mas cruz-maltinos ficam na zona de rebaixamento. ESPN.com.br (6 de outubro de 2013). Visitado em 6 de outubro de 2013.
  35. a b Chocolate e título na capital federal (23 de dezembro de 2013). Visitado em 5 de maio de 2014.
  36. Brasiliense e Gama empatam sem gols no clássico; Luziânia empata e perde os 100% de aproveitamento, e Ceilândia goleia Federação Brasiliense de Futebol (15 de fevereiro de 2014). Visitado em 4 de maio de 2014.
  37. Com Renan inspirado, Goiás segura o Fla em empate sem gols em Brasília Globoesporte.com (20 de abril de 2014). Visitado em 4 de maio de 2014.
  38. Brasília bate o Papão nos pênaltis e é campeão da Copa Verde ORMNews (21 de abril de 2014). Visitado em 21 de abril de 2014.
  39. Boletim Financeiro Oficial da CBF: Brasília 1x3 Sport CBF.com.br. Visitado em 05 de maio de 2014.
  40. Cruzeiro reage duas vezes e consegue virada para cima do Furacão Globoesporte.com (04 de maio de 2014). Visitado em 04 de maio de 2014.
  41. Boletim financeiro do jogo realizado em 10/05/2014 Federação Brasiliense de Futebol. Visitado em 27 de junho de 2014.
  42. Sr. Goool (15 de maio de 2014). Futebol brasileiro e os casos em que há mais torcedor no borderô do que nas arquibancadas. Visitado em 27 de junho de 2014.
  43. Luziânia vence o Brasília por 3 a 2 e fica mais perto do título de campeão candango EBC.com.br (10 de maio de 2014). Visitado em 11 de maio de 2014.
  44. Boletim financeiro do jogo realizado em 17/05/2014 Federação Brasiliense de Futebol. Visitado em 27 de junho de 2014.
  45. Sr. Goool (23 de maio de 2014). Com ingressos doados, finalistas do Candangão também dominam ranking final de público. Visitado em 27 de junho de 2014.
  46. Brasília tenta, mas vantagem no primeiro jogo dá título do Candangão ao Luziânia Superesportes.com.br (17 de maio de 2014). Visitado em 18 de maio de 2014.
  47. Match Report: Switzerland - Ecuador FIFA.com (15 de junho de 2014). Visitado em 15 de junho de 2014.
  48. Match Report: Colombia - Côte d'Ivoire FIFA.com (19 de junho de 2014). Visitado em 19 de junho de 2014.
  49. Match Report: Cameroon - Brazil FIFA.com (23 de junho de 2014). Visitado em 23 de junho de 2014.
  50. a b Match Report: Portugal - Ghana FIFA.com (26 junho de 2014). Visitado em 26 de junho de 2014.
  51. a b Match Report: França - Nigéria FIFA.com (30 de junho de 2014). Visitado em 30 de junho de 2014.
  52. Match Report: Argentina - Belgium FIFA.com (5 de julho de 2014). Visitado em 5 de julho de 2014.
  53. a b Match Report: Brazil - Netherlands FIFA.com (12 de julho de 2014). Visitado em 12 de julho de 2014.
  54. Clássico Vovô no Mané: Botafogo x Fluminense confirmam partida em Brasília Super Esportes (25 de julho de 2014). Visitado em 27 de julho de 2014.
  55. Vila Nova muda partida da Série B para o Mané Garrincha Clube do Esporte DF (9 de agosto de 2014). Visitado em 9 de agosto de 2014.
  56. Botafogo chega a acordo para encarar o São Paulo no Mané Garrincha Globo Esporte (1 de setembro de 2014). Visitado em 1 de setembro de 2014.
  57. Ingressos para Atlético-GO x Vasco, no Mané Garrincha, estão à venda Super Esportes DF (3 de setembro de 2014). Visitado em 3 de setembro de 2014.
  58. Tricolor no Mané Copa DF (18 de setembro de 2014). Visitado em 22 de setembro de 2014.
  59. Seleção Olímpica de futebol fará amistoso no Mané Garrincha Clube do Esporte DF (30 de setembro de 2014). Visitado em 30 de setembro de 2014.
  60. Mané Garrincha será palco de desafio internacional de futsal (11 de agosto de 2014). Visitado em 02 de setembro de 2014.
  61. Na volta de Falcão, Brasil vence a Argentina para um público de 55 mil (7 de setembro de 2014). Visitado em 7 de setembro de 2014.
  62. a b FERNADEZ, Martín (3 de outubro de 2009 às 9 h 1 min). Mais quatro cidades irão abrigar eventos dos Jogos de 2016 (em português). Visitado em 3 de outubro de 2009.
  63. Definidos os estádios que abrigarão partidas das Olimpíadas Rio 2016 (em português) Placar (19 de março de 2014). Visitado em 25 de junho de 2014.
  64. Nothing Like The Sun 1987/88 sting.com. Visitado em 12 de abril de 2014.
  65. Daniel Cariello (16 de junho de 2006). Legião Urbana em Brasília: 18 anos depois. Visitado em 19 de fevereiro de 2012.
  66. Past events a-ha.com. Visitado em 30 de junho de 2013.
  67. Information Society volta à cidade para relembrar seus hits e mostrar músicas novas Correio Braziliense (07 de julho de 2012). Visitado em 13 de abril de 2014.
  68. Erro no pouso de jatinho mata todos os Mamonas Assassinas Jornal do Brasil (04 de março de 1996). Visitado em 30 de junho de 2013.
  69. VEJA (2 de março de 2011). Mamonas Assassinas.
  70. Brazil (Brasilia), March 19, 2005 Review UltimateGuitar.com (21 de março de 2005). Visitado em 30 de junho de 2013.
  71. RBD REÚNE 25 MIL NO ESTÁDIO MANÉ GARRINCHA, EM BRASÍLIA G1 (25 de setembro de 2006). Visitado em 26 de maio de 2013.
  72. Iron Maiden – Brasília – Mané Garrincha – Review Revista MovinUp (21 de março de 2009). Visitado em 26 de maio de 2013.
  73. Coro de 45 mil vozes canta em show de Renato Russo em Brasília G1 (30 de junho de 2013). Visitado em 30 de junho de 2013.
  74. Beyoncé enfrenta chuva e repete performance de funkeira no DF G1 (18 de setembro de 2013). Visitado em 18 de setembro de 2013.
  75. Mesmo sem todos os hits, Aerosmith levanta público no Estádio Mané Garricha Correio Braziliense (24 de outubro de 2013). Visitado em 24 de outubro de 2013.
  76. Pedro Brandt (22 de outubro de 2010). Black Eyed Peas leva 12 mil pessoas ao estacionamento do Mané Garrincha.
  77. Shakira se apresenta para 15 mil pessoas em Brasília (25 de março de 2011).
  78. Iron Maiden agita 18 mil brasilienses no Mané Garrincha Portal Terra (31 de março de 2011). Visitado em 26 de maio de 2013.
  79. Brasília se transforma na cidade do samba no próximo sábado R7 (16 de outubro de 2012). Visitado em 13 de setembro de 2014.
  80. Samba Brasília traz shows de Arlindo Cruz, Jeito Moleque e Thiaguinho UOL (21 de agosto de 2013). Visitado em 13 de setembro de 2014.
  81. Arlindo Cruz abre o Samba Brasília, evento que reúne o melhor do gênero Correio Braziliense (23 de agosto de 2013). Visitado em 25 de agosto de 2013.
  82. Samba Brasília reúne grandes nomes em 12 horas de festa no Mané Garrincha Terra (22 de agosto de 2013). Visitado em 13 de setembro de 2014.
  83. Porão do Rock 2013 encerra atirando para todo lado Red Bull.com (4 de setembro de 2014). Visitado em 5 de setembro de 2014.
  84. Valeu, Brasília! Circuito Banco do Brasil. Visitado em 26 de junho de 2014.
  85. Dupla Henrique e Juliano grava DVD em show no Estádio Nacional, no DF G1 (28 de março de 2014). Visitado em 13 de setembro de 2014.
  86. Vídeo: homem é espancado e desmaia durante show em área externa do Mané Correio Brasiliense (18 de agosto de 2014). Visitado em 5 de setembro de 2014.
  87. Alexandre Pires e Thiaguinho agitam o Samba Brasília O Fuxico (24 de agosto de 2014). Visitado em 13 de setembro de 2014.
  88. Balanço: Porão do Rock 2014, Brasília Scream & Yell (3 de setembro de 2014). Visitado em 5 de setembro de 2014.
  89. O Steve [Aoki por trás do título de 'the man of the future'] Assim que rola (8 de setembro de 2014). Visitado em 13 de setembro de 2014.
  90. Match Report: Colombia - Côte d'Ivoire FIFA.com (19 de junho de 2014). Visitado em 19 de junho de 2014.
  91. Match Report: Argentina - Belgium FIFA.com (5 de julho de 2014). Visitado em 5 de julho de 2014.
  92. Match Report: Switzerland - Ecuador FIFA.com (15 de junho de 2014). Visitado em 15 de junho de 2014.
  93. FLAMENGO BATE O VASCO POR 1 A 0, SAI DO Z-4 E EMPURRA O RIVAL PARA BAIXO. Globoesporte.com (14 de julho de 2013). Visitado em 14 de julho de 2013.
  94. NA ESTREIA DE MANO, FLA SAI NA FRENTE, MAS COXA SE RECUPERA E SEGUE LÍDER. Globoesporte.com (6 de julho de 2013). Visitado em 6 de julho de 2013.
  95. Brasília bate o Papão nos pênaltis e é campeão da Copa Verde ORMNews (21 de abril de 2014). Visitado em 21 de abril de 2014.
  96. São Paulo perde pênalti no fim e apenas empata com o Flamengo. Lance! (18 de agosto de 2013). Visitado em 18 de agosto de 2013.
  97. a b c d MAIORES PÚBLICOS DO FUTEBOL DO CENTRO-OESTE.. Visitado em 26 de maio de 2013.
  98. Falcão comemora "dia especial" com vitória e recorde de público no Mané Globo Esporte (7 de setembro de 2014). Visitado em 7 de setembro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Maiores estádios do Brasil  Esta caixa: verdicedite 
Estádio Localização Capacidade
Rio de Janeiro
Maracanã (atual)
Brasília
Mané Garrincha
São Paulo
Morumbi (anterior)
Belo Horizonte
Mineirão
1 Maracanã Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 74 738
2 Mané Garrincha Brasília, Distrito Federal 69 349
3 Morumbi São Paulo, São Paulo 66 795
4 Castelão Fortaleza, Ceará 60 342
5 Arruda Recife, Pernambuco 60 044
6 Mineirão Belo Horizonte, Minas Gerais 58 259
7 Arena do Grêmio Porto Alegre, Rio Grande do Sul 55 538
8 Parque do Sabiá Uberlândia, Minas Gerais 53 350
9 Fonte Nova Salvador, Bahia 51 900
10 Beira-Rio Porto Alegre, Rio Grande do Sul 50 128 Fonte: CBF [1]