Guns N' Roses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guns N' Roses
Guns N' Roses em concerto durante o Chinese Democracy Tour em 2010
Informação geral
Origem Los Angeles, Califórnia [1]
País  Estados Unidos
Gênero(s) Hard rock, heavy metal[2]
Período em atividade 1985- 1994 1998 – presente
Gravadora(s) Geffen, UZI Suicide
Página oficial www.gunsnroses.com
Integrantes W. Axl Rose
Dizzy Reed
Tommy Stinson
Chris Pitman
Richard Fortus
Ron "Bumblefoot" Thal
Frank Ferrer
DJ Ashba
Ex-integrantes Ole Beich
Rob Gardner
Tracii Guns
Steven Adler
Izzy Stradlin
Slash
Duff McKagan
Gilby Clarke
Matt Sorum
Josh Freese
Paul Tobias
Buckethead
Bryan Mantia
Robin Finck

Guns N' Roses (às vezes abreviado como G N' R ou GnR) é uma banda americana de hard rock, formada em Hollywood, Los Angeles, Califórnia, em 1985. A banda já lançou seis álbuns de estúdio, três EPs e um álbum ao vivo. O co-fundador e líder Axl Rose e o tecladista Dizzy Reed são os únicos membros da formação clássica no atual Guns N' Roses.

A banda já vendeu 100 milhões de cópias em todo o mundo,[3] [4] sendo cerca de 43 milhões somente nos Estados Unidos.[5] O seu álbum de estréia em 1987, Appetite for Destruction[6] vendeu cerca de 28 milhões de cópias no mundo todo, sendo certificado 17 vezes platina pela RIAA (Associação da Indústria de Gravação da América).[7] [8]

A formação atual inclui o vocalista e pianista Axl Rose, guitarristas solo Ron "Bumblefoot" Thal e DJ Ashba, guitarrista rítmico Richard Fortus, o baixista Tommy Stinson, tecladistas e backing vocals Dizzy Reed e Chris Pitman, e o baterista Frank Ferrer.

História[editar | editar código-fonte]

Formação (1985-1986)[editar | editar código-fonte]

O grupo foi formado no início de 1985 pelos membros do Hollywood Rose Axl Rose (vocais) e Izzy Stradlin (guitarra rítmica), membros do L.A. Guns Tracii Guns (guitarra), Ole Beich (baixo) e Robbie Gardner (bateria). A nova banda criou o seu nome através da combinação de dois dos nomes dos membros do grupo. Depois de pouco tempo (vários relatórios indicam apenas 2 ou 3 shows foram feitos com o Guns, Beich & Gardner), o baixista Ole Beich foi substituído por Duff McKagan enquanto a falta de Tracii Guns nos ensaios levou à sua substituição por Slash.

Slash tinha tocado com McKagan no Road Crew e com Stradlin durante um curto período no Hollywood Rose. A nova line-up se reunira rapidamente, mas pouco antes de embarcar em uma turnê, curta o bastante e desorganizada de Sacramento, Califórnia, para a cidade de Duff casa de Seattle, Washington, o baterista Rob Gardner saiu e foi substituído por um amigo de Slash, Steven Adler. A banda, que continuou a ser chamada Guns N' Roses, mesmo depois da partida de Tracii Guns, estabeleceu a sua primeira linha estável até no chamado "Hell Tour". Em uma entrevista, Slash disse: "Isso [viagem para Seattle] é realmente o que consolidou a banda" e estabeleceu a sua química.

A estréia nos palcos da nova formação aconteceu em 6 de Junho de 1986, no conhecido Troubador em Hollywood, para cerca de 150 pessoas. Após isso, a banda seguiu para Seattle onde teve a sua turnê de estreia, conhecida por Hell Tour. Sobre esta turnê do Guns, pode-se afirmar que foi um fracasso, pois no caminho entre Los Angeles e Seattle, a van onde os gunners viajavam quebrou, não restando alternativa a não ser abandonar o veículo e pedir carona. E esta carona, demora mais de dois dias para chegar, atrasando seu primeiro compromisso em Seattle, causando, como consequência, o cancelamento da turnê inicial do Guns N' Roses pelos Estados Unidos, fazendo com que Axl e cia vendessem parte do equipamento para voltar para casa.

Morando em Los Angeles, sem contrato e competindo com centenas de bandas do mesmo estilo, o Guns N’Roses contava com algo além da música para sobreviver: roubaram, venderam drogas e mulheres durante algum tempo. Em 1986, contornando as dificuldades, gravaram um EP (disco de menor duração) com quatro músicas. O nome do disco, lançado de forma independente, era Live ?!*@ Like a Suicide, e continha quatro músicas gravadas ao vivo (inclusive um cover de Mama Kin, do Aerosmith).

O disco foi anunciado como uma gravação ao vivo, embora Rose revelaria anos mais tarde, que foi simulado. O EP composto por quatro músicas de fitas da banda demo com o ruído da multidão sobreposta. Continha covers de Rose Tattoo, "Nice Boys" e do Aerosmith "Mama Kin", juntamente com duas composições original: o hino punk "Reckless Life" e o rock clássico inspirado "Move to the City", ambos dos quais foram co-escritas por membro fundador Hollywood Rose, Chris Weber. O vinil original de Live ?!*@ Like a Suicide tornou-se um valioso e procurado após o item de colecionador, mesmo que as faixas foram re-emitidos dois anos mais tarde, no álbum G N' R Lies.

Appetite for Destruction e G N' R Lies (1987-1989)[editar | editar código-fonte]

Slash on stage in Nijmegen, the Netherlands, 2005
Axl Rose on stage in Tel Aviv, Israel, 1993
O Guitarrista Slash e o vocalista Axl Rose eram os rostos mais conhecidos da banda durante seu auge.

Mas as dificuldades não durariam muito. Appetite for Destruction foi lançado em julho de 1987 e se tornou em pouco tempo o primeiro disco de estréia de uma banda de hard rock a alcançar o primeiro lugar nas paradas e também foi o disco de estréia que mais vendeu na história do rock, com cerca de 18 milhões de cópias vendidas somente dos Estados Unidos.[9] À medida que o disco vendia mais e mais, a banda prosseguia com seus shows, abrindo para bandas maiores como Iron Maiden e Rolling Stones, e posteriormente encabeçando seus próprios shows. Axl inclusive gravou sons pornográficos para colocar na música "Rocket Queen". Hoje conhece-se que os gemidos nessa música provém do ápice de uma gravação real de uma tarde de sexo entre Axl e a namorada na época de Steven Adler.

Foi aclamado pela crítica, mas o álbum e seu primeiro single, "Welcome to the Jungle", ficaram um bom tempo sem muita exposição, quase um ano, até que David Geffen pediu a MTV para transmitir o videoclipe da música.[10] Apesar de inicialmente passar apenas de madrugada, logo o vídeo se tornou um dos mais requisitados da emissora. O segundo single, "Sweet Child o' Mine", foi ainda mais bem-sucedido[11] , e quando o terceiro, "Paradise City", foi lançado, o álbum já tinha alcançado o topo das paradas.

"Welcome to the Jungle" também foi destaque em um filme de Clint Eastwood em 1988, The Dead Pool e membros da banda tiveram uma aparição no filme.

O Guns começou então a abrir shows para grandes bandas como o Iron Maiden, Rolling Stones e Aerosmith, mas à medida que as vendas de Appetite cresciam, partiram para uma turnê mundial sendo eles os cabeças-de-cartaz de muitos concertos. Na turnê o comportamento dos membros atraía a mídia: Duff, Slash e Steven entravam no palco frequentemente sob efeito de drogas ou álcool, e o guitarrista muitas vezes entrava no palco amparado e desmaiava ao final dos shows.

Em 1988, a Geffen decide lançar um novo álbum, G N' R Lies, composto de apenas quatro composições novas e das quatro gravações do EP Live ?!*@ Like a Suicide de 1986. Torna-se claro neste disco o caminho que viria a ser tomado pela banda nos anos seguintes. Enquanto as quatro faixas gravadas em 1986 primam pela agressividade e velocidade, as novas faixas de 1988 introduzem instrumentos acústicos que culminam na melosa Patience. Lies também sobe as paradas e se junta a Appetite for Destruction, que continua a vender cada vez mais.[12]

O Guns N' Roses se torna a primeira banda de hard rock a emplacar dois discos de uma vez entre os mais vendidos. também a maior tour do mundo 198 milhões , de cópias de discos vendidos , nomeado pelo World Tour e Rolling Stone a unica banda de hard rock com a maior tour mundial. Contrastando com o sucesso cada vez maior, os componentes parecem fazer questão de provar que continuam rebeldes e geram escândalos e controvérsias nos anos que se seguem: agressões a vizinhos e repórteres, tumultos constantes gerados durante os shows, brigas, abuso de drogas e bebida, prisões e dezenas e dezenas de processos em todos os países por onde a banda passava.[13]

Use Your Illusions, "The Spaghetti Incident?" (1990–1993)[editar | editar código-fonte]

Use Your Illusion I e II[editar | editar código-fonte]

Axl Rose durante show em Israel, 1993

Em 1990, a banda começou a gravação de seu próximo álbum. Durante a gravação de "Civil War", Steven Adler não conseguia tocar bateria de tão viciado que se encontrava com cocaína e heroína, com mais de 30 takes sendo necessários.[14] Como resultado, Adler foi demitido em julho de 1990 e foi substituído pelo baterista Matt Sorum, que havia tocado brevemente com The Cult, e quem Axl havia creditado para salvar a banda.[15] Poucos meses antes, o tecladista Dizzy Reed se tornou o sexto membro do grupo quando ele se juntou como membro a tempo inteiro. A banda despediu seu empresário, Alan Niven, substituindo-o por Doug Goldstein em maio de 1991. De acordo com uma reportagem de capa de 1991 pela revista Rolling Stone, Rose forçou a demissão de Niven (contra a vontade de alguns de seus colegas de banda), recusando-se a completar os álbuns até que ele foi substituído.

Parte da pintura que inspirou a capa de "Use Your Illusion"

O Guns N' Roses acompanhou os álbuns Use Your Illusion, com muitos vídeos, incluindo "Don't Cry", "November Rain" e "Estranged" - alguns dos vídeos musicais mais caros já feitos. A balada hit "November Rain" (n º 3 dos Estados Unidos) se tornou o vídeo mais requisitado na MTV, e acabou ganhando o MTV Video Music Award de 1992 para a melhor cinematografia. É também a canção mais longa da história do gráfico para alcançar o Top Ten, com duração de 8:57. Durante a premiação, a banda tocou a canção com Elton John que acompanha ao piano.

Use Your Illusion Tour[editar | editar código-fonte]

Antes e após o lançamento dos álbuns, o Guns N' Roses embarcou sobre os 28 meses de duração a Use Your Illusion Tour. Tornou-se famoso tanto para seu sucesso financeiro e os muitos incidentes controversos que ocorreram nos shows, e ainda é atualmente a maior turnê da história do rock.

Em janeiro de 1991, a banda tocou para o maior público até então: 140 mil pessoas no dia 20 de janeiro e 120 mil no dia 23, no festival Rock in Rio 2 realizado no estádio Maracanã, Rio de Janeiro. Foram os concertos que marcaram as estreias de Matt e Dizzy na banda, o Guns N' Roses já encabeçava uns dos maiores shows e festivais da época. Em maio do mesmo ano, teve início a turnê mundial dos álbuns Use Your Illusion (que seriam lançados meses depois), começando pela cidade americana de East Troy, Wisconsin, com a turnê durando 26 meses, com 192 shows em 32 países. A banda Skid Row abriu os shows.

Tudo deu certo para Slash, que passou um ano fora tocando com grandes nomes como Bob Dylan, Michael Jackson, Iggy Pop e Lenny Kravitz. Mas longe de se tornar uma estrela menor do cenário, ele preferiu a química do Guns. "Se não fosse Axl, eu poderia estar ainda procurando um cantor", ressaltou. "Sair do nada e chegar a tal ponto foi uma grande virada na minha cabeça. Agora que aconteceu, e nós conseguimos nos manter juntos, eu não acredito que teremos esse tipo de problema de novo".

Uma turnê interminável se seguiu ao lançamento de Use Your Illusion I e II, e foi justamente este o motivo da saída inesperada de Izzy Stradlin, cansado da vida na estrada. A saída de Izzy ocorreu sem maiores danos à relação dele com o resto da banda. Foi substituído às pressas por Gilby Clarke e poucos meses depois lançou seu trabalho solo com a banda Izzy Stradlin and The Juju Hounds, que não obteve a repercussão esperada. A Use Your Illusion World Tour durou aproximadamente dois anos e no começo de 1993, Gilby sofreu um acidente de moto e a banda chama Izzy as pressas para assumir a guitarra rítmica. Izzy afirmou que só aceitou porque "os shows seriam em países tropicais".

A banda continuou causando tumultos, como num show em St. Louis, Minnesota, em que Axl abandonou o palco após brigar com um espectador com uma câmera, que tirava fotos ajustando o flash diretamente para seus olhos. Acabou por gerar centenas de feridos e um processo de milhões de dólares e alguns dias de cadeia para Axl Rose. Outro acontecimento em Montreal, em que a banda abandonou o palco após apenas 9 músicas por problemas de áudio, a atitude gerou revolta - carros quebrados e incêndios. Axl também arrumou atritos generalizados com a imprensa musical dos Estados Unidos e Inglaterra, chegando a citar na música "Get in the Ring" os nomes de vários jornalistas (e as revistas em que eles trabalhavam) com quem ele gostaria de acertar as contas.

A turnê se encerra em julho, no estádio Monumental de Nuñez, na Argentina, com um show transmitido ao vivo pela TV e que foi encerrado com um forte abraço entre Axl e Slash. Este é marcado também por ser o último show da antiga formação do Guns N' Roses. Foi o último show da banda com Slash, McKagan, Matt e Gilby.

Guns N' Roses/Metallica Stadium Tour foi uma turnê conjunta das bandas americanas Guns N' Roses e Metallica.uma das turnês mais fascinantes da história do rock trazendo grandes sucessos de ambas as bandas .

O evento mais famoso durante a turnê ocorreu durante um show em 8 de agosto de 1992 no Olympic Stadium de Montreal. Frontman do Metallica, James Hetfield sofreu queimaduras de segundo e terceiro grau no braço esquerdo depois de pisar muito perto de uma explosão de pirotecnia durante a abertura de "Fade to Black". Metallica foi forçado a cancelar a segunda hora do show, mas prometeu voltar à cidade para mais um show.

Após um longo atraso, durante o qual o público se tornou cada vez mais inquieta, Guns N' Roses, subiu ao palco. No entanto, o tempo reduzido entre as séries não permitiu ajuste adequado de monitores de palco, resultando em músicos não ser capaz de se ouvir. Além disso, o Guns N' Roses notoriamente o vocalista, Axl Rose, alegou que machucou a garganta, fazendo com que a banda saisse do estágio inicial. O cancelamento levou a um motim de membros da audiência.

Desta vez, os membros da audiência prejudicada tomaram as ruas de Montreal, virando carros, quebrando janelas, saqueando lojas locais e definição de incêndios. As autoridades locais eram pouco capaz de trazer a multidão sob controle. A turnê prossegue no Arizona, mas com uma bandagem desportiva no cotovelo ao dedo de Hetfield ele estava incapaz de tocar guitarra até que seu braço estivesse totalmente curado. Ex-roadie do Metallica, Metal Church John Marshall preencheu para o resto da turnê na guitarra base, enquanto Hetfield continuou a cantar.

A turnê foi um grande sucesso financeiro para o Metallica, mas Guns N' Roses fez muito pouco dinheiro. Segundo Slash, em sua autobiografia, auto-intitulado, Axl Rose era muito extravagante em seus gastos.

"The Spaghetti Incident?"[editar | editar código-fonte]

Em 23 de novembro de 1993, o Guns N' Roses lançou uma coleção de punk e glam rock intitulado "The Spaghetti Incident?". Apesar dos protestos de Rose-companheiros de banda, uma capa não divulgada da música do serial killer Charles Manson, "Look at Your Game Girl" foi incluída no álbum, a seu pedido. Anos mais tarde, Rose disse que iria remover a canção da nova prensagem do álbum, alegando que os críticos e a mídia tinha interpretado mal o seu interesse na música de Manson. Axl pode ser vista usando uma camisa preta Manson no vídeo "Estranged" de Use Your Illusion II. Ele também pode ser visto vestindo uma camisa vermelha Manson em cenas de seu show em Milton Keynes, Inglaterra, em 1993, com o texto adicional na parte de trás, "Charlie Don't Surf". "Look at Your Game Girl" não foi removido e ainda está caracterizado em prensagens do álbum. Apesar do sucesso inicial, "The Spaghetti Incident?" não coincidir com as vendas dos álbuns Illusion e sua liberação, consequentemente, levou ao aumento da tensão dentro da banda. "The Spaghetti Incident?" vendeu até hoje cerca de 1,4 milhões nos Estados Unidos, sendo considerado um desempenho fraco.[16]

Hiato, A polêmica sobre o "It's Five O' Clock Somewhere" (1994 - 1999)[editar | editar código-fonte]

Entrevistas com membros do Guns N' Roses sugerem que entre 1994 e 1996, a banda começou a escrever esporadicamente e gravar novo material, a maioria dos quais, de acordo com Slash, tinha sido escrito por Rose. Rose afirmou o oposto na carta aberta no site oficial do Guns, que o álbum era mais um "álbum de Slash" e Rose faltava muito pouco para o álbum. Na época, a banda tinha a intenção de lançar um único álbum com 10 ou 12 canções.

Em relação à disfunção de gravação da banda, nesse momento, Rose é citado como tendo dito: "Nós achamos ainda necessária a colaboração da banda como um todo para escrever as melhores canções. Como nada disso aconteceu, essa é a razão pela qual esse material ficou desfeito."

Em dezembro de 1994, o Guns N' Roses lançou uma gravação cover dos Rolling Stones "Sympathy for the Devil". A canção apareceu no filme Entrevista com o Vampiro, na trilha sonora do filme e também foi lançado separadamente como um single. É o final do Guns N' Roses com Slash na guitarra, Duff McKagan no baixo e Matt Sorum na bateria. Ele também incluiu Paul Huge na guitarra rítmica, cuja presença na pista e na banda criou grande tensão entre Rose e Slash, como Slash não gostava de Huge e sentiu que não tinha lugar nem o "chops" para caber no G N' R.

It's Five O' Clock Somewhere (1995): A polêmica.

Em 1995, Slash sentou com Rose e os outros integrantes da banda para apresentar gravações e demos de músicas e riffs de guitarra compostos por ele. O estilo das gravações era semelhante ao estilo do "Appetite For Destruction" o que faria a banda voltar com o hard rock com que iniciaram a carreira, com bateria pesada e rápidos riffs de guitarra. Apesar de tudo, Axl rejeitou o projeto de Slash, alegando que as gravações não eram fortes o suficiente para serem lançadas em um álbum e não se encaixava em seus planos para a banda. Duff McKagan também não aprovou as músicas. Slash estava organizando a sua banda, o Slash's Snakepit. Pouco tempo depois, Axl chama Slash para conversar e diz que mudou de ideia a respeito das gravações de decide gravar as músicas para lançar em um álbum, porém Slash já havia lançado as músicas com o Slash's Snakepit. O álbum foi batizado de "It's Five O' Clock Somewhere", o episódio deixou Rose bastante irritado.

A gravação de "Sympathy for the Devil", bem como a tensão entre ele e Rose, levou Slash a deixar a banda oficialmente em Outubro de 1996. Ele foi substituído pelo guitarrista de turnê do Nine Inch Nails Robin Finck em janeiro de 1997, que assinou um contrato de dois anos com a banda em agosto de 1997 tornando-o um membro oficial. Matt Sorum, foi demitido em abril de 1997 e, em seguida, o baixista Duff McKagan, se demitiu da banda em agosto de 1997. Como tal, todos os membros que participaram na gravação de Appetite for Destruction (com exceção de Rose) saíram da banda. Várias exibições foram apresentadas na saídas por vários membros da banda (atuais e antigos). Em 1994 Rose realizou uma conferência de imprensa ou realizados até 2001 com o seu novo elenco. Axl, em 1994 fez um dueto com Bruce Springsteen em um cover da música dos Beatles "Come Together".

McKagan foi o último da linha de Appetite para sair, renunciando como baixista em agosto de 1997, sendo substituído mais tarde em 1998 por Tommy Stinson (ex-The Replacements). Sorum foi substituído por Chris Vrenna por um tempo curto em abril-maio ​​de 1997, seguido brevemente pelo Pod, e finalmente por Josh Freese, no verão de 1997. Até o final de 1998, uma nova versão do Guns N' Roses surgiu: muitos músicos vieram e se foram da banda nova, mas o grupo central incluiu Rose, Stinson, o tecladista Dizzy Reed e o multi-instrumentista Chris Pitman.

A Geffen lançou Live Era: '87-'93, uma coletânea de performances ao vivo de vários concertos durante o Appetite for Destruction e Use Your Illusion tours. A banda devia a Universal / Interscope um álbum ao vivo, que foi principalmente montado por Duff, que na época ainda era um parceiro de banda.

O "Novo" Guns N' Roses, Chinese Democracy (1999-2011)[editar | editar código-fonte]

Izzy Stradlin no palco com o Guns N' Roses em 2006.

Em 1999, a banda lançou uma nova música, "Oh My God", que foi incluída na trilha sonora do filme Fim dos Dias. A faixa de trabalho foi caracterizada pelas guitarras adicionais por Dave Navarro e Gary Sunshine, o professor de guitarra pessoal de Rose. O lançamento da canção foi destinado a ser um prelúdio para o seu novo álbum, intitulado Chinese Democracy.

Também em 1999, durante uma entrevista com Kurt Loder da MTV, Axl disse que ele tinha re-gravadas Appetite for Destruction com a banda então nova, além de duas canções que ele havia substituído por "Patience" e "You Could Be Mine".

Chinese Democracy teria sido feito desde 1994, com Rose o único membro original ainda na banda. De acordo com um relatório publicado em 2005 pelo The New York Times, Rose teria supostamente gasto U$ 13 milhões no estúdio por esse ponto.

Em 1999, o guitarrista Robin Finck saiu da banda para se reunir sua antiga banda, Nine Inch Nails, em turnê. Em 2000, guitarrista de avant-garde Buckethead entrou para Guns N' Roses como um substituto para Finck. O baterista Josh Freese foi substituído por Bryan Mantia (ex-Primus). Robin Finck voltou para a banda no final de 2000, para complementar Buckethead na guitarra solo.

Em 2000, o Guns N' Roses é anunciado como uma das principais atrações do festival Rock in Rio III, que seria realizado em janeiro de 2001 no Rio de Janeiro. Este show foi marcado como 'a volta do Guns N' Roses' e também por ser o maior público na história da banda, com cerca de 240 mil pessoas. A formação consistia em Axl, Dizzy, Tommy, Robin, Paul, Buckethead, Brain e Chris Pitman, este último não reconhecido como membro oficial da banda. No show é apresentada 5 músicas novas (Oh My God, Madagascar, The Blues, Silkworms e Chinese Democracy), além dos antigos clássicos. Em uma homenagem inusitada, Robin Finck tocou uma versão rocker do sucesso "Sossego" de Tim Maia, durante a apresentação da banda no Rock In Rio III.[17]

Em 2002, Paul Tobias abandonou a banda. Foi substituído por Richard Fortus, ex-Love Spit Love. O grupo seguiu com shows em Agosto na Europa e Ásia, seguidos por uma aparição surpresa no MTV Video Music Awards. Em novembro, começaram nova turnê americana, mas o primeiro show, em Vancouver, foi cancelado pelo fato de Axl não conseguir ir para o Canadá (o descontentamento do público foi grande). Dezesseis shows se seguiram, esgotando-se em mercados como Nova Iorque e não vendendo bem em mercados menores. Então, um show em Filadélfia fora cancelado porque Axl supostamente tivera problemas repentinos de saúde. Os 15 mil fãs presentes se revoltaram e destruíram o local, e o resto da turnê foi cancelada.

Dois anos depois, em março de 2004, o guitarrista Buckethead abandona a banda, alegando falta de interesse do Axl em lançamento de material e shows, fato que só seria oficialmente anunciado quatro meses depois. Com a saída de Buckethead, a banda cancela sua apresentação no Rock in Rio Lisboa, que aconteceria no mesmo ano. Nenhum guitarrista substituto fora anunciado. No mesmo mês, a Geffen lançou a coletânea Greatest Hits, já que o novo álbum de estúdio Chinese Democracy não saía há 11 anos. Rose demonstrou seu desprazer com o álbum, já que a lista de faixas fora feita sem seu consentimento, e tentou impedir seu lançamento. Falhou, e o álbum foi sucesso de vendas. No início de 2005, o empresário do Axl, Merck Mercuriadis, afirma que 2005 "é o ano do Guns N' Roses", criando assim uma grande expectativa para o lançamento do álbum Chinese Democracy. Porém não é o que acontece, mais um ano se passa recheado de boatos. Em 2006, o guitarrista Ron "Bumblefoot" Thal foi contratado, e a banda fez uma turnê com shows em Europa (inclusive no Rock in Rio Lisboa) e América do Norte, estendida para México, Ásia e Oceania em 2007. Foram convidados a tocar no Live Earth - mas no Brasil, sendo que a banda estava em turnê na Ásia, levando-os a recusar[18] . Dois shows em um festival na África do Sul foram cancelados após o baixista Tommy Stinson machucar o pulso[19] .

Em maio de 2006, o Guns N' Roses reaparece com 5 shows em Nova York, sendo um acústico. Poucos dias depois, a banda divulga uma grandiosa turnê européia que se inicia em Madrid, no final de maio de 2006, como um show de aquecimento para o festival Rock in Rio Lisboa onde a banda era uma das principais atrações, novamente. Esse ano, com certeza, foi um excelente ano para a banda. Com um público de mais de 700 mil pessoas somente na Europa, a banda ficou entre as 10 mais sucedidas do ano. Estados Unidos e Canadá completaram as passagens do Guns N' Roses em 2006, completando um total de 21 países. Em dezembro de 2006, Axl Rose publica uma carta aberta ao fãs no site oficial do Guns, falando sobre o atraso no lançamento do Chinese Democracy e seu relacionamento com Merck Mercuriadis, seu empresário. Axl explica que quando corcordou em fazer a turnê norta-americana, ele e Merck tinham em mente que o CD seria lançado em 26 de dezembro, o que acabou não acontecendo.

No ano seguinte, em 2007, o Guns N' Roses continua a turnê, que teve seu último show no Japão, em julho. Após mais de 1 ano na estrada, a espectativa para o lançamento do Chinese Democracy era imensa, por parte de todos. Até a marca de refrigerante Dr. Pepper publicou que iria distribuir uma garrafa de bebida de graça para cada cidadão dos Estados Unidos, caso o álbum fosse lançado até 31 de dezembro de 2008. No dia 23 de novembro de 2008, depois de 13 anos de espera, o Chinese Democracy é lançado em todo o planeta. O disco já conseguiu a marca de 5,1 milhões de cópias no mundo e adquiriu um disco de platina nos Estados Unidos. Mesmo com o lançamento, os fãs tem mais um desgosto com Axl já que a banda simplesmente não fez nada para promover o disco: nada de clipes, entrevistas e muito menos shows. A única coisa significativa foi o lançamento do disco no Rock Band. O Chinese Democracy se torna o álbum mais esperado de todos os tempos, tendo até agora um custo de produção de aproximadamente 13 milhões de dólares.[20]

A banda anunciou em fevereiro de 2009 o guitarrista DJ Ashba para substituir o guitarrista Robin Finck, que deixou o grupo para entrar em turnê com sua ex-banda, o Nine Inch Nails. Até agora não se sabe ao certo o motivo de sua saída.

No dia 11 de dezembro de 2009 foi dado o início à Chinese Democracy World Tour (oficial, já que a "Chinese Democracy World Tour" começou em 2001, mas o álbum a ser promovido não havia sido lançado ainda).[21] [22]

Desde que começou a turnê, já chamou a atenção, pois de seus quatro primeiros shows, em Taipei, Seul, e Japão, o último teve mais de três horas de duração. Para a surpresa de muitos fãs, o Guns voltou a tocar covers que não entravam mais no repertório, como "Whole Lotta Rosie" do AC/DC e "Nice Boys" do Rose Tattoo. A turnê também marca o novo visual de Axl, agora com cabelo liso, curto, loiro, e uma bandana, sempre de calça jeans e camisetas de cores variadas. No show em Osaka, o álbum Chinese Democracy foi quase tocado na íntegra, faltando apenas as faixas "Riad N' The Bedouins" e "There Was a Time".[23] and Billboard[24]

No dia 21 de março foi confirmado no site do Rock in Rio a presença da banda, com uma apresentação realizada do dia 2 de outubro de 2011, e no mesmo mês foram feitos shows na Argentina e no Peru.[25]

Próximo álbum, Rock and Roll Hall of Fame e Tour 2012[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista por telefone MTV com Kurt Loder, em 1999, Axl disse que ele e a banda tinha novo havia gravado material suficiente para um álbum duplo. Em uma conversa informal pra Rolling Stone em fevereiro de 2006, Rose disse que a banda tinha 32 canções para o novo álbum. Quando se apresentou em diversos fóruns de fãs em dezembro de 2008 (depois do lançamento do Chinese Democracy), afirmou que tinha várias canções para possíveis álbuns no futuro. Em uma entrevista de 2007, Sebastian Bach, amigo próximo de Axl Rose, declarou que a música "O General" tinha um som "pesado" com "gritos vocais" e também disse que era uma continuação de 1991 da balada clássica "Estranged", do álbum Use Your Illusion II. Bach também afirmou que Chinese Democracy será o primeiro de uma trilogia de álbuns novos, e que Rose tinha dito a ele o terceiro, ainda sem título, o álbum foi programado para 2012.[26]

Em uma entrevista com a estação de rádio australiana Triple M, DJ Ashba disse: Axl tem muitas grandes canções escondidas na manga. Ele provavelmente tem três discos de material gravado". Ele disse que o cantor senta ao piano e toca. "Eu penso, isso é fabuloso. As pessoas têm que ouvir essa música. E ele responde, 'Ah, isso é só uma coisa na qual eu tô matutando.’ Ele é simplesmente um gênio quando o assunto é música e eu mal posso esperar para sentar com um violão e apenas escrever. Ele tem esse dom que é muito, muito raro."[27]

Em 27 de setembro de 2011 a banda foi nomeada finalista para introdução no Rock and Roll Hall of Fame. Os cinco homenageados serão anunciados no fim de 2011.[28] A banda se apresentou no Rock in Rio no dia 2 de Outubro.

Depois de ser finalista para introdução no Hall, foi especulado sobre um possível reunião do grupo. Duff McKagan disse a Associated Press: "Claro que há uma chance. Eu não sei o quão real é essa chance." Slash também falou sobre a reunião a Billboard: "Claro que há especulações sobre como será caso sejamos premiados, mas no caso do Guns N' Roses realmente não há como adivinhar o que pode acontecer. Eu suponho que, se acontecer, todos irão tentar se entender de alguma forma. Mas acho que o primeiro a se fazer é esperar e ver se se seremos incluídos no 'Hall', já que sabemos o quão imprevisível isso pode ser".[29]

Axl deu a entender que talvez exista a possibilidade de um reencontro com Slash. "Eu não sei o que isto significa em relação a mim e à velha banda - eu não sei - tudo ainda está indefinido. É uma honra estar na nominação e eu sei que existe definitivamente uma parcela dos fãs que realmente gostarão disto".[30]

No dia 07 de dezembro de 2011, a banda foi confirmada a introdução ao Rock and Roll Hall of Fame, com a cerimônia para o dia 14 de abril de 2012. Enquanto o guitarrista Slash simplesmente postou em seu twitter: "É uma honra", e o baixista Duff McKagan apenas re-twittou o anúncio original, os ex-bateristas do Guns, Steven Adler e Matt Sorum, recentemente opinaram sobre uma reunião na cerimônia do Hall of Fame. "Significaria muito para mim", Steven Adler disse a revista Rolling Stone sobre a possibilidade de Axl Rose aparecer para uma performance com a formação original. "Eu, pessoalmente, quero terminar o que comecei. Se nós começamos isso, vamos encerrar a carreira tocando juntos, pelo menos uma vez".[31]

Em 20 de janeiro de 2012, Bumblefoot falou sobre uma possível turnê de teatro a decorrer em Fevereiro. Não se sabe por enquanto se viajará em apoio de um novo álbum. Guns N' Roses anunciou shows nos Estados Unidos e Europa.[32]

Em entrevista à revista Metal Hammer, Dizzy Reed reforçou a hipótese da formação original da banda reunida no Hall of Fame:

“Eu sei que toda a banda original vai estar lá. Eu não sei exatamente o que vai acontecer, mas tenho certeza de que será muito legal” [...] “Honestamente, não temos falado nisso. Eu não sei quando, como ou porque, mas tenho certeza de que chegará o dia em que teremos, todos nós, que conversar sobre esse assunto”.[33]

Em 11 de abril Axl Rose emitiu um comunicado na página oficial da banda no facebook dizendo que não irá a cerimonia de indução e que não gostaria de ser homenageado.[34]

Guns N' Roses de volta em força total. (Turnê sul-americana, residência em Las Vegas e lançamento de Appetite For Democracy).[editar | editar código-fonte]

Após alguns anos sem nenhuma novidade sobre a banda, em 2012, o Guns N' Roses fazem uma pequena residência em Las Vegas, no Hard Rock Casino, uma pequena turnê, intitulada Appetite For Democracy, em comemoração de 25 anos do seu álbum de estreia, Appetite For Destruction, e 4 anos do mais recente, Chinese Democracy. As apresentações foram gravadas e prometidas para serem lançadas como um filme concert da banda. Seria o primeiro lançamento em vídeo da banda, desde de 1992, com o lançamento de Use Your I e II, que foram as gravações da turnê Use Your Illusion dividida em dois volumes. No ano seguinte, 2013, a banda seguiu sem mais novidades, apenas realizando diversos concertos por várias cidades. Finalmente, o Guns N' Roses anunciou uma turnê sul-americana para o início de 2014 que passaria por vários países e cidades da América do Sul, a turnê durou em torno de um mês, que abrange o final de março e boa parte do mês de abril. A turnê passou pelo México, Brasil, Argentina, Paraguai e Bolívia. Algumas performances contaram com a presença do ex-baixista da banda, Duff McKagan, devido Tommy Stinson estar reunido com sua outra banda, The Replacements em turnê. As participações de Duff foi de grande satisfação para os fãs, a turnê se encerrou em Fortaleza, em abril. Esse período realmente é de grande auge para a banda. Ao retornar aos EUA, Axl Rose recebeu o prêmio Ronnie James Dio Lifetime Achievement Award, e fez uma pequena apresentação com o Guns N' Roses no Revolver Golden Gods Awards. Axl recebeu o prêmio das mãos de Nicolas Cage e declarou ser um grande fã da banda. Após a turnê sul-americana e da premiação no Golden Gods Awards, Axl e a banda fizeram uma pequena residência no Hard Rock Casino em Las Vegas, uma pequena turnê intitulada NoTrickery! An Evening Of Destruction. Após algumas polêmicas, espera e dificuldades, o Guns N' Roses finalmente consegue lançar o seu filme concert intitulado Appetite For Democracy 3D Live At Hard Rock Hotel & Casino - Las Vegas. O mesmo é a filmagem das apresentações da banda em 2012 durante a turnê Appetite For Democracy, em comemoração aos 25 anos do Appetite For Destruction e aos 4 anos do Chinese Democracy. O filme é também o primeiro lançamento da banda em anos. O filme foi disponibilizado em DVD, Blu-ray, 3D e digital, e em edições Deluxe incluindo CD's e também foi levado a seletos cinemas.

Novos lançamentos:[editar | editar código-fonte]

Além do lançamento do filme Appetite For Destruction 3D Live At Hard Rock Hotel & Casino - Las Vegas, Axl Rose declarou em uma entrevista a uma revista que a banda estava planejando lançar o sucessor do Chinese Democracy. Rose disse que quando a residência em Las Vegas chegasse ao fim, eles se reuniriam para discutir o assunto. Axl declarou que já tem o que ele chama de "a segunda metade do Chinese" pronta, com várias canções e inéditas e canções gravadas antes do lançamento do Chinese Democracy que ficaram de fora do trabalho. Axl foi além e declarou ter um álbum de remixes do Chinese Democracy, pronto para ser lançado. Os trabalhos, tanto o novo álbum de estúdio, como o álbum de remixes não têm nome nem data de lançamento ainda definidos. Rose também declarou que a banda pretende continuar ainda tocando por muitos anos. O Guns N' Roses tem quase 30 anos em atividade e é uma das poucas bandas antigas consagradas ainda em atividade, juntamente com AC/DC, Rolling Stones, Bon Jovi entre outras. O Guns N' Roses se consagrou com o lançamento de Appetite For Destruction, sendo o álbum de estreia mais vendido na história do rock, em seguida se manteve firme nas paradas com o lançamento do segundo álbum, Lies, nos anos 90, a banda conquistou o mundos inteiro com seus dois álbuns Use Your Illusion I e II, em 1993, a banda lançou um álbum de covers punk, o The Spaghetti Incident?, esse não tão bem recebido pela crítica, mas que alcançou o 4º lugar nas paradas. Depois de anos sem lançar nada, com exceção de alguns singles. O Guns N' Roses lançou o seu primeiro álbum ao vivo. Em 2005 lançaram um álbum de grandes sucessos, com um sucesso comercial gigantesco, incluindo a faixa "Sympathy For The Devil" cover dos Rolling Stones. Em 2008, a banda lançou o tão aguardado Chinese Democracy, muito bem-sucedido, porém considerado fraco comparado aos lançamentos anteriores.

Membros[editar | editar código-fonte]

Membros atuais


Discografia[editar | editar código-fonte]

Prêmios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Guns N' Roses at Starpulse StarPulse.com.
  2. http://heavymetal.about.com/od/toppicks/a/1980sbestalbums.htm
  3. Guns N' Roses' 'Chinese Democracy': Appetite for excess Chicago Tribune. Página visitada em 5 de outubro de 2010.
  4. Anna Seaman (20 de outubro de 2010). Guns N' Roses to play Yas Island (em inglês) The National. Página visitada em 17 de março de 2011.
  5. RIAA. RIAA - Gold And Platnium Best Sellers.
  6. All Music - Appetite for Destruction - Charts and Awards. Página visitada em 19 de Julho de 2007.
  7. Search Results Recording Industry Association of America (December 19, 2008). Página visitada em December 19, 2008.
  8. "Guns N' Roses To Release New Album - Axl Rose Is The Only Original Remaining Member", Sky News, October 23, 2008. Página visitada em December 19, 2008.
  9. Appetite for Destruction - Initial Releases Ladydairhean.0catch.com. Página visitada em December 19, 2011.
  10. (July 1999) "Just a Little Patience". Spin.
  11. "100 Greatest Songs of the '80s". The Greatest. VH1.
  12. Hilburn, Robert. "Still the Greatest", October 20, 1989. Página visitada em December 19, 2011.
  13. The History of GN'R: The Shocking Truth 1988 HereTodayGoneToHell.com. Página visitada em December 19, 2011.
  14. "Steven Adler interview", Classic Rock
  15. "Steven Adler interview", Classic Rock, April 2005. Página visitada em 2006-11-18.
  16. http://www.axlrose1.com/guns_n_roses/best_selling_compact_discs_albums.html
  17. Rock In Rio: Guns'N'Roses toca Tim Maia
  18. http://web.gunsnroses.com/news/article.jsp?ymd=20070706&content_id=a1&vkey=news&fext=.jsp
  19. The Power of 5FM | Studio Number 089 11 00 505
  20. Guns N' Roses: News Gunsnroses.com (2008-03-27). Página visitada em 2010-11-11. [ligação inativa]
  21. Three new previously unleaked new tracks leaked as well by the name 'If the World', 'Rhiad and the Beduoins' and an unknown track. On May 10, 2009, track "Atlas Shrugged" leaked onto the internet, in full. Billboard.com. Retrieved June 20, 2008.
  22. The Guardian. Retrieved June 20, 2008.
  23. Music News, Videos, Photos, Artists, Playlists and More Rolling Stone.. Página visitada em 2010-11-11.
  24. GNR's 'Chinese Democracy' Gets Release Date.
  25. Guns N' Roses é confirmado na programação do Rock In Rio 2011, Uol.
  26. Davis, Stephen. Watch You Bleed: The Saga of Guns N' Roses. [S.l.]: Penguin Group, 2008. p. 84. ISBN 978-1-59240-377-6
  27. Triple M, 19 de maio de 2011
  28. Divulgada a lista de indicados ao Hall da Fama do Rock and Roll, Rolling Stone Brasil, 27 de setembro de 2011.
  29. http://www.billboard.com/news/slash-talks-solo-freedom-gnr-s-possible-1005476802.story#/news/slash-talks-solo-freedom-gnr-s-possible-1005476802.story
  30. Axl Rose - Axl Rose 'Honoured' By Hall Of Fame Nomination, Contactmusic.com 14 de novembro de 2011.
  31. http://ultimateclassicrock.com/guns-n-roses-alumni-on-hall-of-fame-induction-possible-reunion/
  32. http://www.heretodaygonetohell.com/tour/pastshows.php
  33. All Original Guns N’ Roses Members Will Be At Hall Of Fame, Metalhamme, 14/02/2012. Visitado em 14-02-12
  34. http://www.facebook.com/notes/guns-n-roses/axls-letter-to-the-rock-and-roll-hall-of-fame-guns-n-roses-fans-and-whom-it-may-/10150928055678222

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons