Eliana de Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eliana de Lima
Informação geral
Nome completo Eliana Maria de Lima
Também conhecido(a) como Rainha do Samba, Dama do Pagode
Nascimento 19 de setembro de 1961 (58 anos)
Origem São Paulo, SP
País  Brasil
Gênero(s) samba enredo, samba, samba-canção, pagode e MPB
Instrumento(s) vocal
Período em atividade 1989-atualidade
Afiliação(ões) Jamelão
Eliana de Lima
Informações pessoais
Informações profissionais
Escolas de samba
Anos Escolas
1980
1985-1988
1989
1990
1992-1995
1999-2000
2002-2003
Príncipe Negro
Peruche
Leandro
Peruche
Leandro
Leandro
Peruche

Eliana Maria de Lima (São Paulo, 19 de setembro de 1961)[1] é uma consagrada cantora e compositora brasileira, que começou sua carreira no Carnaval de São Paulo.

Foi puxadora de diversas escolas de samba e, inclusive, fez um dueto inesquecível com o mestre Jamelão. Mas foi em 1991, com a canção Desejo de Amar, eternizada com o verso undererê que sua carreira decolou, e ela acabou conquistando todo o Brasil. Tem no currículo dez discos e vendeu mais de dois milhões de cópias, que lhe renderam três discos de ouro e dois de platina duplo. Participou dos principais programas de televisão e até foi chamada de A Rainha do Pagode.

Dentre sua trajetória no Carnaval paulistano destaca-se sua passagem pelas escolas de samba Unidos do Peruche e Leandro de Itaquera, onde os sambas cantados eram aclamados pela arquibancada. Os Sambas Filhos de Mãe Preta (Unidos do Peruche 1988) e Babalotim - A História dos Afoxés (Leandro de Itaquera 1989) são os mais conhecidos. No final de 2007, participou de uma edição do programa Qual é a música?, apresentado por Sílvio Santos. Em 2013 a musica "A Xepa" vira tema de abertura da novela Dona Xepa (2013) da Rede Record. Em 2015 ela entra para o reality Além do Peso do programa Hoje Em Dia Da Rede Record sendo a segunda eliminada da atração.

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Referências