Freddy Vianna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Freddy Vianna
Informações pessoais
Nome completo Frederico Santos Vianna
Data de nasc. 1977 (42 anos)
Local de nasc. Belo Horizonte[1],  Minas Gerais,  Brasil
Grito de guerra "Força xx, Canta Minha Comunidade,
Vem que Vem... Arrebenta Minha Escola!"
Informações profissionais
Escola atual Mancha Verde
Escolas de samba
Anos Escolas
2000
2000-2001
2001-2011
2002
2005-2008
2008-2010
2009
2011-2012
2012-
2012-2013
2013
2019
Peruche
Colorado do Brás
Tucuruvi
Tom Maior
Colorado do Brás
Beira-Rio da Nova Guará
Marujos da Zona Sul
Flor de Lis
Mancha Verde
Império Serrano
A Casamba
Mocidade Dependente do Samba

Frederico Santos Vianna, mais conhecido como Freddy Vianna (Belo Horizonte[1], 1977) é um intérprete de samba-enredo, com passagens em escolas de samba de São Paulo. que atualmente defende as escolas de samba Mancha Verde e Império Serrano.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou no mundo do samba, pelo Bloco do Feijão, em Arraial do Cabo[2]. e quando defendeu um samba para a X-9 Paulistana, foi convidado a ser um dos cantores da Peruche, em 2000. e nesse mesmo ano, foi para Colorado do Brás onde ficou até 2001, quando foi chamado pra integrar o carro de som da Tucuruvi onde teve maior destaque, permanecendo onze anos nessa escola. no ano de 2002, foi a voz principal da Tom Maior ao lado de Carlos Júnior. e retornou a Colorado do Brás onde esteve nos anos de 2005 e 2006 e retornando em 2008. ainda em 2008, foi a voz principal da Beira-Rio da Nova Guará de Guaratinguetá, aonde ficou por três anos.

Em 2012 ele recebe um convite da Mancha Verde, que troca de lugar com Waguinho que por sua vez vai para a Tucuruvi.

E ficando por dois anos, na Flor de Lis da Zona Sul[3]. no ano de 2012, há poucas semanas do carnaval, foi anunciado como interprete oficial do Império Serrano, cantando ao lado de Tiãozinho Cruz[2]. em 2013, com a saída de Nêgo, devido ao regulamento da Série A, que impede o mesmo cantor de ser primeiro em outros grupos. Freddy reassume o microfone principal do Império Serrano[1]. faltando pouco tempo pro desfile desse ano[4]. além de permanecer como voz principal da Mancha Verde e estando no carnaval de Rio Claro, defendendo a escola de samba A Casamba[5]. ainda esse ano foi anunciado, como intérprete oficial da Uirapuru da Mooca[6], mais devido a divergências com a direção da escola, sendo dispensado há dois meses do desfile [7].

Referências

  1. a b c Rodrigo Coutinho - Carnavalesco (9 de janeiro de 2012). «Confira entrevista com o intérprete Freddy Vianna, reforço do Império Serrano». 23:51. Consultado em 20 de janeiro de 2013 
  2. a b Bernardo Moura, para o SRZD-Carnaval (11 de janeiro de 2012). «Fredy Vianna dá seu toque 'mineirocalista' ao Império». 19h29. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  3. SRZD-Carnaval (1 de julho de 2011). «Fredy Vianna, a voz da Mancha Verde para 2012». 00h00. Consultado em 19 de janeiro de 2013 
  4. SRZD-Carnaval (14 de janeiro de 2013). «'O destino reservou mais um encontro', diz Fredy Vianna». 16h22. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  5. Guia Rio Claro (28 de novembro de 2012). «Fredy Vianna nesta sexta na Casamba». Consultado em 15 de janeiro de 2012 
  6. SRZD-Carnaval/SP (4 de maio de 2012). «Uirapuru anuncia Fredy Vianna como intérprete oficial para 2013». 14h12. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  7. SRZD-Carnaval/SP (28 de dezembro de 2012). «Fredy Vianna não cantará mais pela Uirapuru da Mooca». 17h37. Consultado em 15 de janeiro de 2013