Matheus Olivério

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Matheus Olivério
Rio de Janeiro- Carnival 2017 2F5A3954.jpg
Matheus em 2017
Informações pessoais
Nome completo Matheus Olivério
Data de nasc. 25 de agosto de 1988 (33 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro, RJ,  Brasil
Informações profissionais
Escola atual Mangueira
Escolas de samba
Anos Escolas
2007-presente Mangueira

Matheus Olivério (Rio de Janeiro, 25 de agosto de 1988) é um mestre-sala do carnaval carioca. Desde 2017, defende o pavilhão da Estação Primeira de Mangueira.

Filho de Xangô da Mangueira, Matheus começou a dançar aos seis anos, desfilando na escola mirim Mangueira do Amanhã. Aos 14 anos tornou-se passista da Mangueira, onde foi premiado. Em 2006, começa a carreira como mestre-sala, atuando como se segundo e terceiro mestre-sala da Mangueira. Para o carnaval de 2017, assume como primeiro mestre-sala da Verde e Rosa, defendendo o pavilhão ao lado de Squel Jorgea, sua sobrinha.[1]

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Abaixo, a lista de carnavais de Matheus Olivério e seu desempenho em cada ano como primeiro mestre-sala.

Legenda:  0  Nota descartada  N  Escola foi campeã
Ano Grupo Escola Classificação Porta-bandeira Notas Ref.
2017 Especial Estação Primeira de Mangueira 4.º Lugar Squel Jorgea 10 10 10 10 - [2][3]
2018 Especial Estação Primeira de Mangueira 5.º Lugar Squel Jorgea 10 10 10 10 - [4][5]
2019 Especial Estação Primeira de Mangueira Campeã Squel Jorgea 10 10 10 10 - [6][7]
2020 Especial Estação Primeira de Mangueira 6.º Lugar Squel Jorgea 9,9 9,9 9,9 10 9,9 [8]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Estandarte de Ouro

  1. 2004 - Melhor Passista Masculino [9]

Referências

  1. «Série 'O Carnaval mudou minha vida': Mestre-sala Matheus Olivério diz 'o samba roubou meu coração'». Carnavalesco. 4 de março de 2020 
  2. «Notas 2017». Site Apoteose. Consultado em 1 de junho de 2017. Cópia arquivada em 1 de junho de 2017 
  3. «Carnaval 2017». Site Galeria do Samba. Consultado em 2 de junho de 2017. Cópia arquivada em 2 de junho de 2017 
  4. «Estação Primeira de Mangueira 2018». Galeria do Samba. Consultado em 27 de abril de 2019 
  5. «Notas 2018 – Grupo Especial». Site Apoteose. Consultado em 8 de junho de 2018. Cópia arquivada em 8 de junho de 2018 
  6. «Estação Primeira de Mangueira 2019». Galeria do Samba. Consultado em 27 de abril de 2019 
  7. «Notas 2019 – Grupo Especial». Site Apoteose. Consultado em 23 de abril de 2019. Cópia arquivada em 23 de abril de 2018 
  8. «Notas 2020 – Grupo Especial». G1. 26 de agosto de 2020. Consultado em 9 de março de 2020. Cópia arquivada em 9 de março de 2020 
  9. «Emoção leva Império a ganhar Estandarte. Verde-e-branco reeditou 'Aquarela Brasileira' e recebeu 5 prêmios». O Globo. 25 de fevereiro de 2004. p. 19. Consultado em 26 de setembro de 2019. Arquivado do original em 26 de setembro de 2019 

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Matheus Olivério