Anescarzinho do Salgueiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Anescarzinho do Salgueiro
Informação geral
Nome completo Anescar Pereira Filho
Também conhecido(a) como Anescarzinho do Salgueiro
Nascimento 04 de julho de 1929
Origem Rio de Janeiro, RJ
País  Brasil
Morte 22 de fevereiro de 2000 (70 anos)
Gênero(s) Samba

Anescar Pereira Filho, ou apenas Anescarzinho do Salgueiro, (Rio de Janeiro, 4 de julho de 1929 - Rio de Janeiro, 22 de fevereiro de 2000) foi um cantor, compositor e instrumentista brasileiro.[1][2]

História[editar | editar código-fonte]

Nascido em Laranjeiras, mudou-se, ainda criança, para um barraco construído por seu pai na Floresta da Tijuca[3].

Deu seus primeiros passos no samba no Morro da Cruz, perto de Andaraí[4]

De temperamento tímido, tinha, no entanto, o samba-enredo em sua trajetória e sempre presente através dos amigos.[3]

Um dos fundadores da Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro[5], foi autor do samba do Salgueiro no desfile de 1949.

Em 1950, em parceria com o Diretor de Harmonia da Unidos do Salgueiro, Noel Rosa de Oliveira, fez o samba para o desfile e ficou em sexto lugar.[1]

Em 1953 integrou a ala dos compositores do Salgueiro, após a fusão das escolas Depois eu digo, Azul e branco e Unidos do Salgueiro[3].

Em 1960, com o samba-enredo Quilombo dos Palmares, conseguiu o título de campeã para a escola de Samba Salgueiro.[6]

Em 1963, também com parceria de Noel Rosa, fez o samba-enredo Chica da Silva[3], um dos seus mais famosos sambas-enredo.

Participação em conjuntos musicais[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • À sombra do Salgueiro[10];
  • Água do Rio;
  • Amor flutuante;
  • Amor corrente;
  • Bom conselho;
  • Carnaval de Eneida;
  • Carnaval que passou;
  • Chica da Silva;
  • Cuidado, menina;
  • Di-rim-dim-dim;
  • É Bahia;
  • Intriga;
  • Meus dias são de sol;
  • O rei mandou.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.