Anderson Paz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Anderson Paz
Informações pessoais
Nome completo Anderson Fernandes da Silva
Data de nasc. 12 de dezembro de 1973 (45 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Grito de guerra Sem comparação! Alô xxx! Canta, xxx.
Informações profissionais
Escola atual Império Serrano
Unidos da Barra
Escolas de samba
Anos Escolas
2000
2001-2004
2005-2006
2007
2008-2009
2010
2011-2012
2012
2012
2014-2017
2014
2018
2018
2019-
2019-
Lins Imperial
São Clemente
Rocinha
Estácio
Rocinha
Paraíso do Tuiuti
Rocinha
Peruche
Mocidade Louca
Porto da Pedra
Unidos da Saudade
Inocentes
Bom das Bocas
Império Serrano
Unidos da Barra

Anderson Fernandes da Silva, mais conhecido como Anderson Paz (Rio de Janeiro, 12 de Dezembro de 1973), é um intérprete de samba-enredo brasileiro que defendeu diversas escolas de samba, como: São Clemente, Rocinha, Peruche, entre outras.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Anderson nasceu no Complexo da Maré, onde iniciou suas cantorias no bloco Mataram meu Gato, incentivado pela negra-avó Enedina Adelaide nunca mais parou. sendo integrante de grupos de pagode (Lá Samba, 1992, Só Preto sem Preconceito, Bagagem) e cantando com grandes intérpretes oficiais, como:Rixxah, Dedé da Portela, Carlinhos de Pilares, Celino Dias, entre outros).

Tendo começado a ser intérprete oficial na Lins Imperial. o sucesso foi tanto que ele já começou ganhando o Prêmio S@mba-Net de melhor cantor do grupo B. em 2001, foi para São Clemente por onde ganhou samba, e esteve no Grupo Especial por duas vezes, tendo ficado até 2004. no ano seguinte, continuou na Zona Sul do Rio, agora sendo da Rocinha, por onde entrou faltando pouco meses. em 2007, foi ser cantor da Estácio de Sá. retornou a Rocinha, onde ficou nos carnavais de 2008 e 2009. em 2010, iria ser intérprete oficial do Império Serrano[1], mas foi mandado embora por não coincidir com a escola[2] e depois acertou com a Paraíso do Tuiuti[3]. e no ano seguinte retornou pela terceira vez, como intérprete da Rocinha[4]. e em 2012, além da Rocinha, estreiará no carnaval paulista, como intérprete da Peruche[5]. e nesse mesmo ano, esteve como intérprete da Mocidade Louca, de Campos. para 2013, apesar de sondagens de outras escolas, Anderson decidiu permanacer na escola de São Conrado. mas em julho de 2012, se converteu a evangélico, resolvendo deixar o mundo do samba e preciosamente, como: intérprete de samba-enredo[6][7].

Após um ano sabático, onde resolveu ser converter a Jesus Cristo, Anderson Paz retorna a função de intérprete de samba-enredo, na Porto da Pedra[8]. embora tenha tido boato de que largaria novamente o carnaval, o que foi desmentido pelo cantor[9]. E durante a escolha do samba-enredo da Porto da Pedra, fez uma declaração sobre o Império Serrano[10] que gerou revolta de muitos admiradores dessa agremiação[11] e sendo respaldado pela direção da escola gonçalense[12].

Saiu após quatro anos do Tigre de São Gonçalo, devido a escola optar pelo retorno de Luizinho Andanças[13]. mas em pouco tempo, acertou com a Inocentes, dividindo o microfone oficial com o novato Ricardinho Guimarães[14].

Em 2019, seria inicialmente o cantor da Vizinha Faladeira[15], mas preferiu acertar com o Império Serrano[16] e ainda nesse ano, defenderá a estreante Unidos da Barra.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Anderson Paz

Referências

  1. SRZD-Carnaval (15 de abril de 2009). «Império Serrano anuncia contratação do intérprete Anderson Paz». 16h46. Consultado em 30 de dezembro de 2011 
  2. SRZD-Carnaval (20 de outubro de 2009). «Anderson Paz não é mais a voz oficial do Império Serrano». Consultado em 30 de dezembro de 2011 
  3. SRZD-Carnaval (22 de outubro de 2009). «Anderson Paz no Paraíso do Tuiuti». Consultado em 30 de dezembro de 2011 
  4. SRZD-Carnaval (28 de julho de 2011). «Anderson Paz é o novo intérprete da Rocinha». Consultado em 30 de dezembro de 2011 
  5. SRZD-CarnavalSP (30 de setembro de 2011). «Peruche anuncia a contratação do intérprete Anderson Paz». 17h57. Consultado em 30 de dezembro de 2011 
  6. O Repórter - Carnaval Brasil. «Anderson Paz deixa a Rocinha e anuncia aposentadoria do Carnaval». Consultado em 22 de julho de 2012 
  7. Rodrigo Coutinho - Carnavalesco (22 de julho de 2012). «Anderson agora é 'Paz de Deus'». 22:52. Consultado em 23 de julho de 2012 
  8. Carnavalesco (5 de abril de 2013). «De volta ao carnaval, Anderson Paz é anunciado pela Porto da Pedra». 16:15. Consultado em 6 de abril de 2013 
  9. Carnavalesco (11 de setembro de 2013). «Anderson Paz rechaça novo afastamento do carnaval». 15:26. Consultado em 11 de setembro de 2013 
  10. a b Carnavalesco (21 de setembro de 2013). «'Pelas pessoas', Anderson Paz de Deus diz ter pena do Império Serrano». 7:20. Consultado em 15 de outubro de 2013 
  11. Carnavalesco (24 de setembro de 2013). «Direção do Império Serrano divulga carta sobre episódio com Anderson Paz». 11:22. Consultado em 15 de outubro de 2013 
  12. SRZD-Carnaval (28 de setembro de 2013). «Presidente da Porto da Pedra se pronuncia sobre polêmica com Anderson Paz». 10h48. Consultado em 15 de outubro de 2013 
  13. Carnavalesco (19 de abril de 2017). «Depois de quatro anos, Anderson Paz deixa o carro de som da Porto da Pedra». Consultado em 26 de agosto de 2017 
  14. Carnavalesco (25 de agosto de 2017). «Anderson Paz é contratado para cantar na Inocentes de Belford Roxo». Consultado em 26 de agosto de 2017 
  15. Tudo de Samba. «Anderson Paz é o novo intérprete da Vizinha Faladeira». Consultado em 26 de agosto de 2018 
  16. Sambarazzo (10 de agosto de 2018). «Alô, som! Império Serrano contrata intérprete Anderson Paz». Consultado em 26 de agosto de 2018 
Precedido por
Carlinhos de Pilares
Ronaldo Yllê
Silas Leleu
Intérprete da Rocinha
2005-2006
2008-2009
2011-2012
Sucedido por
Ronaldo Yllê
Silas Leleu
Silas Leleu
Precedido por
Ivan Talarico
Intérprete da Estácio de Sá
2007
Sucedido por
Serginho do Porto
Precedido por
Igor Vianna
Intérprete do Porto da Pedra
2014-2017
Sucedido por
Luizinho Andanças