João Vitor Araújo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
João Vitor Araújo
João Vitor na final da disputa de samba da UPM para 2018
Nome completo João Vitor Araújo
Nascimento 19 de março de 1985 (34 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Alma mater Universidade Estácio de Sá
Ocupação Carnavalesco
Principais trabalhos Viradouro

João Vitor Araújo (Rio de Janeiro, 19 de março de 1985) é um figurinista, designer gráfico e de indumentária e carnavalesco brasileiro, que está a frente do Paraíso do Tuiuti para o carnaval de 2020. É o único carnavalesco solo negro do Grupo Especial do carnaval carioca.[1][2]

Sua paixão no carnaval começou na adolescência na Ilha do Governador. Lá começou a frequentar a quadra da União da Ilha, ajudando na confecção das fantasias e desfilando pela escola de coração.[1]

No final de 2000, iniciou seu trabalho. Foi na Portela, nos preparativos para o carnaval de 2001 sob o comando de Alexandre Louzada. Passou 5 anos na Mangueira como aderecista e depois chefe de adereço com Max Lopes. Em 2006 trabalhou na Unidos do Viradouro com Paulo Barros, depois acompanhou o carnavalesco Fábio Ricardo na carreira solo dele na Acadêmicos da Rocinha. Trabalhou com o carnavalesco Luis Carlos Bruno e Edson Pereira como figurinista até assumir o carnaval da Viradouro em 2014.[3] Em 2016, esteve na equipe de Paulo Barros, campeã com a Portela. [4]

Desfiles assinados por João Vitor[editar | editar código-fonte]

Ano Escola Colocação Divisão Enredo Ref.
2014 Viradouro Campeã Série A Sou a Terra de Ismael, 'Guanabaran' eu vou cruzar... Pra você tiro o chapéu, Rio eu vim te abraçar [5][6]
2015 Viradouro 12º lugar Especial Nas veias do Brasil, é a Viradouro em um dia de graça [7]
Novo Império 5º lugar Especial A Espelho, espelho meu
2017 Rocinha 6º lugar Série A No saçarico da Marquês, tem mais um freguês: Viriato Ferreira [8]
2018 Unidos de Padre Miguel Vice-campeã Série A O eldorado submerso: Delírio Tupi-Parintintin [9]
2019 Unidos de Padre Miguel 6º lugar Série A "Qualquer semelhança não terá sido mera coincidência" [10]
2020 Paraíso do Tuiuti Especial O Santo e o Rei: Encantarias de Sebastião [11]

Referências

  1. a b UOL (15 de abril de 2019). «Com enredo histórico, novo carnavalesco quer manter Tuiuti em evidência» 
  2. O Globo (25 de abril de 2018). «Destaque da nova safra de carnavalescos, João Vitor Araújo abre o jogo sobre racismo: 'Não posso errar'» 
  3. Folia do Samba (15 de abril de 2016). «PROSA DO FOLIA: João Vitor Araújo, carnavalesco da Rocinha» 
  4. SRZD (30 de janeiro de 2018). «João Vitor Araújo fala sobre desafio na Unidos de Padre Miguel e trabalho com Paulo Barros» 
  5. GRES Unidos do Viradouro. «João Vitor Araújo assume como carnavalesco da Viradouro para 2014». Consultado em 15 de novembro de 2013 
  6. G1 (2 de março de 2014). «Viradouro canta Niterói na Sapucaí e empolga público, que grita 'é campeã!'». 02h49 
  7. Fábio Silva (9 de junho de 2014). «Unidos do Viradouro define título do enredo para o Carnaval 2015». Galeria do Samba. Consultado em 9 de junho de 2014 
  8. «João Vitor Araújo é o novo carnavalesco do Acadêmicos da Rocinha». Portal do Samba. 16 de fevereiro de 2016. Consultado em 16 de fevereiro de 2016 
  9. Redação (10 de maio de 2017). «Confirmado! UPM define enredo para o carnaval 2018». Carnaval Interativo 
  10. Redação (30 de maio de 2018). «Unidos de Padre Miguel homenageará Dias Gomes em enredo de 2019». galeria do samba. Consultado em 18 de junho de 2018 
  11. «Tuiuti comemora aniversário, apresenta enredo e confirma samba encomendado para 2020». Site Carnavalesco. 6 de abril de 2019