Mano Décio da Viola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2009). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mano Décio da Viola
Informação geral
Nome completo Décio Antônio Carlos
Também conhecido(a) como Mano Décio
Nascimento 14 de julho de 1909
Santo Amaro da Purificação
País  Brasil
Morte 18 de outubro de 1984 (75 anos)
Gênero(s) Samba
Instrumento(s) voz

Décio Antônio Carlos (Santo Amaro da Purificação, 14 de julho de 1909 - 18 de outubro de 1984) foi um compositor de sambas do Brasil.[1][2]

Mudou-se com os pais para o Rio de Janeiro com um ano de idade, em 1930, com Bide e João de Barros, compôs seu primeiro samba ‘’Vem, meu amor’’.

Em 1947 ajudou a fundar a escola de samba Império Serrano, que foi quatro vezes campeã cantando sambas compostos pelo, já assim chamado, Mano Décio ao longo de sua vida compôs mais de 500 sambas, e gravou três LPs

Morreu no dia 18 de outubro de 1984, atualmente Mano Décio da Viola é o nome de uma rua onde viveu em Madureira, subúrbio do Rio de Janeiro.

Referências

  1. enciclopedia.itaucultural.org.br (23 de fevereiro de 2017). «Mano Décio da Viola». Consultado em 11 de setembro de 2018 
  2. Dicionário Cravo Albin. «Mano Décio da Viola». Consultado em 11 de setembro de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.