Rogerinho (sambista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rogerinho
Gravação do samba-enredo da Renascer de Jacarepaguá 02.jpg
Informações pessoais
Nome completo Rogério Teodoro da Silva
Data de nasc. 29 de novembro de 1967 (51 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro, Brasil
Grito de guerra Alô xxx! Vem comigo!
Informações profissionais
Escolas de samba
Anos Escolas
1991-1997
1995
1996-1997
1998-1999
2004
2005-2013
2006
2009
2013-
2014-2015
2016-2017
Portela (apoio)
Arrastão de Cascadura (apoio)
Em Cima da Hora
Portela
Império Serrano (apoio)
Renascer de Jacarepaguá
Inocentes (apoio)
Porto da Pedra (apoio)
Madureira do Turfe
Portela (apoio)
Império da Tijuca
Última atualização: sábado, 17 de agosto de 2019

Rogério Teodoro da Silva, conhecido apenas como Rogerinho ou Rogerinho Renascer (Rio de Janeiro, 29 de novembro de 1967), é um compositor e intérprete de samba-enredo brasileiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira na Em Cima da Hora, defendendo sambas nas disputas de samba-enredo dessa escola. mas logo foi convidado a integrar o carro de som da Portela, que o levaram para Madureira no início dos anos 90, para ser apoio de Dedé da Portela onde ficou por seis anos. em 1995, fez parte do grupo de apoio do Arrastão de Cascadura. e tendo estreiado como intérprete oficial no ano seguinte, na Em Cima da Hora. e nos anos de 1998 e 1999, assumindo o microfone principal da Portela. Se afastou-se durante um tempo, até 2004 quando passou a ser apoio de Nêgo, no Império Serrano. e no ano seguinte, defendeu a emergente Renascer de Jacarepaguá, escola pelo qual se identificou muito, onde até fez a adotar a denominação Rogerinho Renascer. estando nela durante nove anos.[1][2] Mesmo na Renascer, Rogerinho esteve como apoio da Inocentes de Belford Roxo e Porto da Pedra, respectivamente nos anos de 2006 e 2009.[3] tendo em 2013 dividindo o microfone oficial da Madureira do Turfe com Igor Vianna

No ano de 2014 retorna a Portela, onde ia fazer trio com Wantuir e Rixxah.[4] mas no entanto, retorna ao grupo de apoio da Portela.[5] além de permanecer como cantor principal da Madureira do Turfe.[6] no ano de 2015, foi apoio da Império da Tijuca e continuou na mesma função, na Portela. em 2016, foi elevado ao posto de intérprete oficial da Império da Tijuca.

Referências

  1. O Dia na Folia (5 de abril de 2013). «Renascer confirma saída de Rogerinho e mais dois integrantes da diretoria». 14h38. Consultado em 23 de maio de 2013 
  2. «Rogerinho dá adeus à Renascer de Jacarepaguá». 5 de abril de 2013. Consultado em 23 de maio de 2013  Parâmetro desconhecido |= ignorado (ajuda)
  3. SRZD-Carnaval (25 de novembro de 2008). «Rogerinho na Porto da Pedra». 09h42. Consultado em 23 de maio de 2013 
  4. Galeria do Samba (22 de maio de 2013). «Portela terá trio de cantores». 20:19. Consultado em 23 de maio de 2013 
  5. Carnavalesco (1 de junho de 2013). «Portela vive êxtase coletivo em sua Feijoada da Vitória». 23:45. Consultado em 2 de junho de 2013 
  6. Natália Moraes e Talita Barros (26 de abril de 2014). «Campos Folia 2014». 15:06. Consultado em 28 de abril de 2014 
Precedido por
Rixxah
Intérprete da Portela
1998-1999
Sucedido por
Gera
Ícone de esboço Este artigo sobre carnaval, integrado ao Projeto Carnaval é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.