Carnavalescos do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Chico Spinoza)
Ir para: navegação, pesquisa

Este é uma lista de carnavalescos atuantes no carnaval do Brasil.

Annik Salmon[editar | editar código-fonte]

Annik Salmon
Nome completo Annik Salmon Carneiro
Nascimento 19 de março de 1981 (34 anos)
Rio de Janeiro (RJ)
Nacionalidade  brasileira
Ocupação Carnavalesca
Designer

Formada pela UFRJ, no curso de Belas Artes. Annik Salmon iniciou sua carreira estagiando na Porto da Pedra. mas em 2004 começa a ser assistente e figurinista de Alexandre Louzada, com quem trabalhou até 2007 e inclusive estando com o própio nesse ano, na Comissão de Carnaval da Cubango[1] . no ano seguinte continuou assistente agora na Vila Isabel, aonde conheceu Paulo Barros que a levou para Unidos da Tijuca onde sua carreira começou a decolar, principalmente estando como braço direito do própio Paulo Barros. no período em que o consagrado carnavalesco esteve nessa agremiação e indo para a Mocidade, onde não quiz mudar. preferindo continuar na escola do Borel[2] .

Em 2015 com a mudança de filosofia da escola do Borel, pelo qual optou por extinguir a figura do carnavalesco e usando a Comissão de Carnaval, que na escola e chamada de Departamento de Carnaval[3] . Annik Salmon fez parte dessa estrutura junto com o consagrado Mauro Quintaes, onde dividiram a criação e mais outros três membros que assim como a própia eram assistentes[4] . permanecendo já para o carnaval 2016

Cebola[editar | editar código-fonte]

Começou em 1986, onde foi decorador de alegorias, quando Fernando Pinto era carnavalesco da Mocidade Independente, e depois como auxiliar de Renato Lage, na própria Mocidade e de Roberto Szaniecki e Miguel Falabella, respectivamente no Salgueiro e Império da Tijuca. estreiando em 2000, como carnavalesco, na escola de samba Tom Maior. Em seguida, passsando pela Império de Casa Verde, Sem Compromisso, Águia de Ouro e Mancha Verde.

Em 2008, voltou para a Mocidade, onde fez parte de uma comissão de carnaval que auxiliava o então carnavalesco Cid Carvalho. no ano seguinte estreou como carnavalesco da Mocidade, mas não mostrou o que fez no Carnaval de São Paulo, o que fez com que a agremiação o demitisse. no ano de 2010 retornou como carnavalesco da Mancha Verde, levando a escola a um das melhores posições no grupo de elite do carnaval paulista. e em 2011 retornou a Águia de Ouro. Para 2015, Cebola continuará na Águia de Ouro em seu oitavo ano pela escola.

Chico Spinoza[editar | editar código-fonte]

Chico Spinoza
Nome completo Francisco Carlos Soares Spinoza
Nascimento 2 de fevereiro de 1952 (63 anos) [5]
Tabapuã (SP)

Iniciou sua trajetória na Estácio. Em seguida teve passagens pela União da Ilha, Unidos da Tijuca, Viradouro, Caprichosos, Nenê de Vila Matilde e Vai-Vai. retornou a Vai-Vai, onde ficou de 2007 a 2009 inclusive conquistando um título e um vice-campeonato e na Estácio, em 2010, onde dividiu com Gebran Smera e onde iria continuar como carnavalesco, mas saiu devido as divergências com a escola.

No ano de 2011, teve uma passagem pela Tom Maior. Em 2012, esteve como carnavalesco da Vila Maria[6] . Permanaceu na mesma até 2013. Ainda esse ano, foi comentarista dos desfiles da Série A e Grupo Especial, pela TV Globo. Em 2014, Chico Spinoza retornou mais uma vez, como carnavalesco da Vai-Vai, não logrando êxito no desfile desta, ficando em 9º lugar. em 2016 retorna novamente a Estácio, agora fazendo parte de uma Comissão de Carnaval[7] .

Ilvamar Magalhães[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua trajetória na Cabuçu. Em 1988 ingressou na Vila Isabel, onde ganhou o carnaval do mesmo ano, com o enredo Kizomba, a Festa da Raça. Logo em seguida teve passagens pelas seguintes escolas: Mangueira, Portela, Vai-Vai e Império Serrano. Durante toda a sua vida profissional, Ilvamar Magalhães manteve-se ligado às artes plásticas e à música, como compositor, pianista, intérprete e arranjador.[8]

Jack Vasconcelos[editar | editar código-fonte]

Iniciou como carnavalesco na Império da Tijuca, em seguida passou pela Santa Cruz, onde pertenceu a comissão de carnaval; União da Ilha onde ficou de 2006 a 2007, onde pertenceu a uma comissão de carnaval. ainda em 2007, foi carnavalesco do Império Serrano, onde fez sua estreia no Grupo Especial. retornou a Império da Tijuca e Ilha, aonde ganhou o grupo A, em 2009.Depois disso fez os carnavais da Viradouro e Paraíso do Tuiuti, respectivamente nos anos de 2011 e 2012[9] . e quando tudo ia dizer que permaneceria na Tuiuti, acertou para fazer o carnaval da Estácio de Sá no qual esteve por dois anos[10] [11] até depois do carnaval 2014, acertar seu retorno como carnavalesco da Paraíso do Tuiuti[12] . sendo que além da Tuiti, dará expediente duplo, pois também será carnavalesco da Cabuçu[13] . Em 2016 ele volta ao especial para defender a União da Ilha fazendo dupla com Paulo Menezes.

João Vitor Araújo[editar | editar código-fonte]

Começou como aderecista na Portela no Carnaval 2001. Depois ainda ingressou na equipe de criação de Max Lopes, na Mangueira[14] . atuando como aderecista, chefe de equipe e na produção de alas, carros e figurinos. Em seguida, mudou-se para a Viradouro aonde foi o responsável pela confecção dos protótipos da escola no inesquecível enredo sobre o jogo. Depois disto, atuou três anos como um dos assistentes do então carnavalesco Fábio Ricardo, na Rocinha e retornou a Viradouro novamente fazendo parte da equipe de Max Lopes, em 2013[14] . sendo que nesse ano estreiou como carnavalesco, onde fez o desfile da Independente de São Torquato[15] . em 2014, João Vitor foi efetivado como carnavalesco da Viradouro[14] [16] , a levando de volta ao Grupo Especial. e apesar de a escola abrir, a direção da escola decidiu manter João Vítor.

Jorge Caribé[editar | editar código-fonte]

Estreou em 2000 na Lins Imperial. em seguida além da própria Lins, esteve na Vila Isabel, fazendo parte da Comissão de Carnaval. depois atuou pela Acadêmicos do Engenho da Rainha, Arranco, União do Parque Curicica, Em Cima da Hora, Vizinha Faladeira, Inocentes. depois foi ser carnavalesco da Portela, onde dividiu com Lane Santana e Mangueira, junto com Jaime Cezário[17] . depois ficou um pouco afastado do carnaval, retornando em 2013, na União de Jacarepaguá.

Jorge Caribé em 2014 permaneceu na União de Jacarepaguá e nesse ano ia também assinar o desfile da Sereno de Campo Grande[18] , mas não concluiu. no ano seguinte, acertou com a Renascer de Jacarepaguá[19] .

Lane Santana[editar | editar código-fonte]

Começou através da convivência em barracões de escolas de samba por intermédio de sua mãe, na ocasião costureira e artesã. ingressou na equipe de criação de Joãozinho Trinta, durante oito anos. sendo responsável por desenhos e execução do projeto. estreou como carnavalesco no Acadêmicos da Abolição, por onde ficou de 1999 e 2000, subindo a escola de grupo. em seguida foi para a Viradouro, na qual pertenceu a comissão de carnaval. Em 2002 e 2003, foi carnavalesco da São Clemente. onde foi campeão do grupo A. em 2004, foi para São Paulo, ser carnavalesco da Vai-Vai. Nos anos de 2005 e 2006, de volta ao Rio de Janeiro assina o carnaval da Renascer firmando-a no grupo de acesso A, em 2007 como carnavalesco da Unidos da Tijuca, onde dividiu com Luiz Carlos Bruno. em seguida foi carnavalesco da Caprichosos em 2008; Em 2009 asssina o carnaval da da tradicional Portela onde dividiu com Jorge Caribé,[20] no ano de 2010 fez parte da comissão de carnaval da Vai-Vai e foi carnavalesco da Alegria da Zona Sul, em 2010 e 2011.

Esteve como carnavalesco da Santa Cruz e da Antiga Abissínia e atualmente será assistente de Luiz Carlos Bruno, na Rocinha[21] . no ano de 2015, retornou a Santa Cruz compondo a Comissão de Carnaval.

Licia Lacerda[editar | editar código-fonte]

Trabalhou em dupla com Rosa Magalhães no Império Serrano em 1982, quando a escola sagrou-se campeã do carnaval com o enredo "Bumbum Paticumbum Prugurundum".

A dupla ainda faria carnavais para a Imperatriz (1984) e para o Estácio (1987, 1988). após a separação Licia Lacerda trabalharia na Tradição, trazendo a escola para o Grupo Especial pela primeira vez. e retornou junto com Rosa, agora como auxiliar da Vila Isabel[22]

Luiz Carlos Bruno[editar | editar código-fonte]

Esteve na Unidos da Tijuca, onde cresceu e aprendeu tudo o que sabe de carnaval. estando em diversas funções como: diretor de ala, diretor de quadra, chefe do ateliê de fantasias e do barracão de alegorias. estando depois como diretor de carnaval da própia Unidos da Tijuca e Cubango. após a saída de Paulo Barros (carnavalesco) da Tijuca, passa agora a ser carnavalesco. dividindo com Lane Santana, no ano de 2007 e fazendo os de 2008 [23] e 2009.

Após um ano ausente do carnaval, Luiz Carlos Bruno acertou com a Rocinha[24] , onde em 2011, mesmo com pouco dinheiro que essa escola tinha dos anos anteriores, um enredo sobre o vidro, com o enredo "Rocinha, estou vidrado em você!". ainda tendo renovado em 2012, onde assinou o enredo "Vou colocar teu nome na praça" e 2013, sobre a feijoada, denominado "Mistura de Sabores e Raças: Uma Feijoada à Brasileira", fazendo um desfile irreverente sobre as culinária brasileira e mundial[25] .

No ano de 2014, continuando como carnavalesco da Rocinha. Luiz Carlos foi anunciado sua volta a direção de carnaval, dessa vez a Portela[26] .

Márcia Lage[editar | editar código-fonte]

Márcia Lage
Nome completo Márcia Leal de Souza Lage
Nascimento 27 de fevereiro de 1960 (55 anos)
Rio de Janeiro (RJ)
Nacionalidade  brasileira
Ocupação Carnavalesca–Cenógrafa

A carnavalesca trabalhou em dupla com seu marido, na Mocidade em 2002, quando a escola trouxe como enredo "O Grande Circo Místico". a dupla ainda faria carnavais para o Salgueiro — onde ficaram até o carnaval 2008, quando conquistaram o vice-campeonato — Império de Casa Verde, onde fez parte de uma comissão de carnaval — e para o Império Serrano em 2008, quando a escola sagrou-se campeã do grupo de acesso A com o enredo Taí, eu fiz tudo pra você gostar de mim.

No carnaval 2009, Márcia Lage iniciou sua carreira solo como carnavalesca do Império Serrano. A escola ficou em décimo segundo lugar e voltou ao grupo de acesso. para o carnaval 2010, Márcia Lage foi contratada como carnavalesca da Mangueira, mas no dia 5 de setembro de 2009, foi demitida da escola.[27] . desde 2011, voltou a fazer dupla com com seu marido, no Salgueiro.[28] sempre as cinco primeiras. em 2016 novamente Márcia tentaria mais uma vez carreira-solo de carnavalesco, dessa vez estando na Viradouro[29] . mas preferiu além do Salgueiro, desenvolver o carnaval da Vai-Vai.

Referências

  1. Cubango 2007. Visitado em 11/04/2015.
  2. Ramiro Costa - Extra (15/01/2015). Conheça Annik Salmon, ex-braço direito de Paulo Barros 19:48. Visitado em 11/04/2015.
  3. GRES Unidos da Tijuca (23/05/2014). Unidos da Tijuca divulga nomes do Departamento de Carnaval. Visitado em 11/04/2015.
  4. Swissando. Annik Salmon, a responsável pela criação artística da Tijuca. Visitado em 11/04/2015.
  5. Chico Spinoza - Memória Globo
  6. No mundo do Samba (15.04.2011). Chico Spinosa na Vila Maria. Visitado em 10.07.2011.
  7. Carnavalesco. Chico Spinosa volta para Estácio e vai trabalhar com dupla que venceu em 2015. Visitado em 09/03/2015.
  8. [1]
  9. Rodrigo Coutinho, para o Carnavalesco (10.05.2011). Jack Vasconcelos revela ter ligações antigas com o Tuiuti. Visitado em 15.05.2011.
  10. O Dia na Folia (16.05.2012). Jack Vasconcelos assume o posto de carnavalesco da Estácio de Sá 15h13. Visitado em 28.04.2014.
  11. Bernardo Moura, para o SRZD-Carnaval (02/05/2012). Jack Vasconcelos é o novo carnavalesco da Estácio de Sá 21h22. Visitado em 28/04/2014.
  12. Samba News (06/04/2014). Carnavalesco Jack Vasconcelos retorna à Paraíso do Tuiuti. Visitado em 28/04/2014.
  13. SRZD-Carnaval (19/05/2014). Jack Vasconcelos dará duplo expediente em 2015 18h43. Visitado em 20/05/2014.
  14. a b c João Vitor Araújo assume como carnavalesco da Viradouro para 2014 (13/04/2013). Visitado em 30/04/2014.
  15. O Dia na Folia (10.01.2013). Diretor artístico da Viradouro desponta como grande promessa do carnaval. Visitado em 30.04.2014.
  16. O Dia na Folia (21/01/2014). Estreante, carnavalesco da Viradouro revela rotina e mira 'desfile imponente'. Visitado em 30/04/2014.
  17. Isaac Ismar, para o SRZD-Carnaval (20/04/2009). Mangueira: Jorge Caribé chega para a comissão de carnaval 18h13. Visitado em 21/111/2012.
  18. Carnavalesco (12/06/2013). Jorge Caribé o novo carnavalesco do Sereno de Campo Grande 13:02. Visitado em 12/06/2013.
  19. Joice Hurtado, para o SRZD-Carnaval (28/04/2014). Exclusivo: Renascer já tem carnavalesco e enredo para 2015 22h27. Visitado em 29/04/2014.
  20. Lane Santana e Jorge Caribé são os novos carnavalescos da Portela
  21. SRZD-Carnaval (31/07/2013). Lane Santana será assistente de Luiz Carlos Bruno na Rocinha 13h26. Visitado em 05/08/2013.
  22. Espacofrancabrasil. Rosa Magalhães e Licia Lacerda mostram clima descontraído na Vila. Visitado em 04.03.2011.
  23. Estadão (04/02/2008). Unidos da Tijuca mostra a mania de colecionar. Visitado em 28/12/2012.
  24. SRZD-Carnaval (12/03/2010). Luiz Carlos Bruno é o novo carnavalesco da Rocinha 15h42. Visitado em 28/12/2012.
  25. G1 (09/02/2013). Acadêmicos da Rocinha leva sundae, x-bacon e guloseimas para a Sapucaí 05h41. Visitado em 08/06/2013.
  26. Galeria do Samba (27/05/2013). Novo diretor de carnaval da Portela, Luiz Carlos Bruno segue como carnavalesco da Rocinha 21:11. Visitado em 02/06/2013.
  27. Carnavalesco. Mangueira afasta carnavalesca. Visitado em 5 de setembro de 2009.
  28. O Dia na Folia. Salgueiro: Renato Lage volta assinar enredo e alegorias com a esposa. Visitado em 8 de junho de 2009.
  29. SRZD-Carnaval (26/03/2015). Viradouro contrata Márcia Lage para o Carnaval 2016. Visitado em 29/03/2015.