Carlos Senna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Senna
Informação geral
País  Brasil
Ocupação(ões) compositor

Carlos Senna ([onde?],[quando?]) é um compositor brasileira. É integrante da ala de compositores da escola de samba Império Serrano.[1]

No ano de 1999, a Império Serrano desfilou no Carnaval com um samba de sua autoria, defendido por Jorginho do Império - Uma rua chamada Brasil -, feito em parceria com Arlindo Cruz, Maurição e Elmo Caetano. No ano seguinte, com o samba-enredo O rio corre para o mar, em parceria com Arlindo Cruz, Maurição e Elmo Caetano, a Império Serrano desfilou no Grupo Especial.[2]

Em 2002, a Império Serrano classificou-se em 9º lugar com um samba-enredo de sua autoria, Aclamação e coroação do Imperador da Pedra do Reino: Ariano Suassuna, em parceria com Maurição, Aluízio Machado, Lula e Elmo Caetano.[3]

Em 2003, em parceria com Maurição, Elmo Caetano, Aluizio Machado e Arlindo Cruz, compôs o samba-enredo E onde houver trevas... Que se faça a luz!, com o qual a Império Serrano desfilou no carnaval.[4]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.