Xangô do Salgueiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Xangô do Salgueiro
Nome nativo Júlio Expedito Machado Coelho
Nascimento 11 de abril de 1939
Morte 25 de março de 2007 (67 anos)
Cidadania Brasil

Júlio Expedito Machado Coelho (18 de abril de 1939 - Rio de Janeiro, 25 de março de 2007), conhecido como Xangô do Salgueiro, foi um destaque de escola de samba do Rio de Janeiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formado em Direito, Sociologia e História, era professor e em 1962 foi convidado por um de seus alunos para desfilar pelo Salgueiro. Repetiu a experiência nos anos seguintes e, no carnaval de 1969, quando a escola tijucana apresentou o enredo Bahia de Todos os Deuses, fantasiou-se pela primeira vez como o orixá Xangô.[1]

Com a conquista do título pelo Salgueiro, Júlio Coelho passou a desfilar todos os anos como Xangô, até 2007, ano da sua morte.[2]

Recebeu em 2006 a medalha Tiradentes da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.[3]

Referências

  1. Xangô do Salgueiro. Esquina do Samba
  2. Morre Xangô do Salgueiro. Só Samba, 28 de março de 2007
  3. PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 1426/2006 - Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro