Fábio Ricardo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fábio Ricardo
Informações pessoais
Nome completo Fábio Ricardo
Data de nasc. 1 de setembro de 1975 (46 anos)
Local de nasc. São Gonçalo, RJ, Brasil
Informações profissionais
Escola atual Mocidade Independente
Escolas de samba
Anos Escolas
2008 - 2010
2011 - 2013
2014 - 2017
2018
2020
2021 -
Acadêmicos da Rocinha
São Clemente
Grande Rio
Império Serrano
Unidos de Padre Miguel
Mocidade Independente

Fábio Ricardo (São Gonçalo, 1 de Setembro de 1975), ou simplesmente Fabinho, é um carnavalesco brasileiro. Atualmente está a frente do carnaval da Mocidade Independente de Padre Miguel para 2022.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Durante muito tempo, foi assistente de carnavalescos renomados como Joãozinho Trinta e Max Lopes. Seu primeiro trabalho como carnavalesco principal foi na Acadêmicos da Rocinha, onde ficou por 3 anos. No seu primeiro ano na escola, realizou um desfile sobre a região Nordeste, que levou a Rocinha ao 2° lugar do Grupo A. Em 2009, fez um desfile sobre o desenhista J. Carlos, levando a escola ao 3° lugar. No ano seguinte, a escola chegou ao 10° lugar com um desfile sobre as Ykamiabas.

Seu bom desempenho na escola de São Conrado fez com que ele fosse contratado para trabalhar na São Clemente em 2011. Na sua primeira oportunidade no grupo especial, realizou um desfile sobre a cidade do Rio de Janeiro e levou a escola ao 9° lugar. Em 2012, levou a São Clemente ao 11° lugar com um desfile sobre os musicais. Em seu último ano na São Clemente, a escola conseguiu um 10° lugar falando sobre as telenovelas brasileiras. Durante esse período recebeu propostas de outras agremiações, porém preferiu se manter na escola por conta das boas condições de trabalho.[1][2]

Em 2014, Fábio seria o carnavalesco da Grande Rio e da Porto da Pedra, porém saiu da escola vermelha e branca pouco antes do carnaval[3]. Na escola de Caxias, Fabinho promoveu um desfile sobre a cidade de Maricá, alcançando o 6° lugar. No ano seguinte, continuou na Grande Rio e realizou um desfile sobre as cartas e o baralho, levando a escola ao 3° lugar. Em 2016, a cidade de Santos foi homenageada pelo carnavalesco, que levou a Grande Rio ao 7° lugar. Em 2017, seu último ano na escola, homenageou Ivete Sangalo em um belo desfile, que levou a escola ao 5° lugar.

Em 2018, se tornou carnavalesco do Império Serrano, que havia acabado de subir para o Grupo Especial[4][5]. Realizando um desfile sobre a China, o Império ficou na última colocação, mas não foi rebaixado por conta de uma plenária da LIESA que cancelou o rebaixamento naquele ano.[6]

Após ficar de fora do carnaval de 2019, ele foi anunciado como carnavalesco da Unidos de Padre Miguel para o carnaval de 2020.[7] Retratando a capoeira, levou a escola da Vila Vintém ao vice-campeonato da Série A.

Para o carnaval de 2022, Fabinho continuará assinando o carnaval de uma escola da Zona Oeste, retornando ao grupo especial para ser o novo carnavalesco da Mocidade Independente de Padre Miguel.[8] O enredo escolhido foi Batuque ao Caçador, que homenageará Oxóssi, padroeiro da escola.[9]

Desfiles assinados por Fábio Ricardo[editar | editar código-fonte]

Ano Escola Colocação Divisão Enredo
2008 Acadêmicos da Rocinha 2º lugar Grupo A A Rocinha é Minha Vida... Nordeste é Minha História!
2009 Acadêmicos da Rocinha 3º lugar Grupo A Tem francesinha no salão... O Rio no meu coração
2010 Acadêmicos da Rocinha 10º lugar Grupo A Ykamiabas
2011 São Clemente 9º lugar Grupo Especial O seu, o meu, o nosso Rio, abençoado por Deus e bonito por Natureza
2012 São Clemente 11º lugar Grupo Especial Uma aventura musical na Sapucaí
2013 São Clemente 10º lugar Grupo Especial Horário Nobre
2014 Acadêmicos do Grande Rio 6º lugar Grupo Especial Verdes olhos de Maysa sobre o mar, no caminho: Maricá
2015 Acadêmicos do Grande Rio 3º lugar Grupo Especial A Grande Rio é do Baralho
2016 Acadêmicos do Grande Rio 7º lugar Grupo Especial Fui no Itororó beber água, não achei. Mas achei a bela Santos, e por ela me apaixonei...
2017 Acadêmicos do Grande Rio 5º lugar Grupo Especial Ivete do Rio ao Rio!
2018 Império Serrano 13º lugar Grupo Especial O Império do samba na Rota da China
2020 Unidos de Padre Miguel 2º lugar Série A Ginga
2022 Mocidade Independente de Padre Miguel Grupo Especial Batuque ao Caçador

Premiações[editar | editar código-fonte]

  • Estrela do Carnaval

2008 - Revelação [10]

2014 - Melhor Carnavalesco (Grande Rio) [11]

Referências

  1. Bernardo Moura, para o SRZD-Carnaval (29 de março de 2012). «Fábio Ricardo continua na São Clemente». 19h31. Consultado em 18 de maio de 2012 
  2. «Fábio Ricardo renova com a São Clemente». O Terminal/Carnavalesco. 29 de março de 2012. Consultado em 29 de março de 2012. Arquivado do original em 4 de julho de 2015 
  3. Carnavalesco (30 de dezembro de 2012). «Através do site CARNAVALESCO, Fábio Ricardo divulga carta aberta sobre saída do Porto da Pedra». 23:54. Consultado em 3 de janeiro de 2013 
  4. Carnavalesco (16 de março de 2017). «Fábio Ricardo é confirmado novo carnavalesco do Império Serrano». Consultado em 21 de maio de 2017 
  5. Sambarazzo (16 de março de 2017). «Império Serrano contrata Fábio Ricardo: 'Império nunca deixou de ser grande'». Consultado em 21 de maio de 2017 
  6. Tesi, Romulo (28 de fevereiro de 2018). «Virou a mesa: Grande Rio e Império escapam do rebaixamento». Band. Setor 1. Consultado em 28 de fevereiro de 2018 
  7. SRZD (28 de março de 2019). «Fábio Ricardo é o novo carnavalesco da Unidos de Padre Miguel». Consultado em 28 de março de 2019 
  8. Mocidade Independente (3 de março de 2020). «Fabio Ricardo é o novo carnavalesco da Mocidade». Consultado em 3 de março de 2020 
  9. Carnavalesco (10 de março de 2020). «Mocidade terá enredo afro após 45 anos no Carnaval 2021». Consultado em 10 de março de 2020 
  10. «Estrela do Carnaval 2008». Site Academia do Samba. Consultado em 11 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 6 de março de 2016 
  11. «Estrela do Carnaval 2014». Site Carnavalesco. Consultado em 11 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 3 de março de 2016