Fábio Ricardo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fábio Ricardo
Informações pessoais
Nome completo Fábio Ricardo
Data de nasc. 1 de setembro de 1975 (45 anos)
Local de nasc. São Gonçalo, RJ, Brasil
Informações profissionais
Escola atual Mocidade Independente
Escolas de samba
Anos Escolas
2008 - 2010
2011 - 2013
2014 - 2017
2018
2020
2021 -
Acadêmicos da Rocinha
São Clemente
Grande Rio
Império Serrano
Unidos de Padre Miguel
Mocidade Independente

Fábio Ricardo (São Gonçalo, 1 de Setembro de 1975), ou simplesmente Fabinho, é um carnavalesco brasileiro. Atualmente a frente do carnaval da Mocidade Independente de Padre Miguel para 2021.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi durante muito tempo, assistente de carnavalescos renomados, como: Joãozinho Trinta e de Max Lopes, em seguida seguiu carreira-solo de carnavalesco, na Acadêmicos da Rocinha com um bom gosto no desfile sobre o Nordeste, depois repetindo no ano seguinte. Seu desempenho na escola de São Conrado, fez com que outras escolas o procurassem, sendo que Fabinho foi para a São Clemente onde não fez feio na sua estreia no Especial. e em 2012, num enredo sobre os musicais, inovando como sendo o melhor carnaval da preto e amarelo nos anos 2010. sendo sondado para ser carnavalesco de escolas, como: Imperatriz. mas preferiu continuar na preto e amarelo, por lhe dar condições[1][2] e foi convidado também a fazer o o carnaval da Porto da Pedra[3][4], mais saindo a poucos dias do carnaval [5].

Em 2014, Fabinho acertou com a Grande Rio[6]. Em 2014 já na Grande Rio[7], Fábio promove o melhor desfile plástico do ano, conquistando o 6° Lugar. Renova seu contrato desenvolvendo o enredo A Grande Rio é do Baralho conquistando o 3° Lugar e segue com contrato renovado para 2016. Entretanto depois da homenagem a cantora Ivete Sangalo, no carnaval de 2017, deixou na tricolor de Caxias. Para o carnaval seguinte, acertou com o Império Serrano, que havia acabado de subir para o Grupo Especial[8][9]. Cantando a China, o Império ficou na última colocação, não sendo rebaixado devido a vira de mesa definida em plenária da LIESA.[10]

Após ficar de fora do carnaval de 2019, em março daquele ano foi anunciado como carnavalesco da Unidos de Padre Miguel para o carnaval de 2020.[11] Retratando a capoeira, levou a escola da Vila Vintém ao vice-campeonato.

Para o carnaval de 2021, continuará assinando o carnaval de uma escola da Zona Oeste, foi anunciado como carnavalesco da Mocidade Independente.[12] Com isso, Fabinho voltará a assinar um desfile do Grupo Especial após dois anos. Na semana seguinte, foi anunciado o enredo que assinará, Batuque ao Caçador, terá Oxóssi, padroeiro da Mocidade, como figura central.[13]

Desfiles assinados por Fábio Ricardo[editar | editar código-fonte]

Ano Escola Colocação Divisão Enredo
2008 Rocinha Vice-campeã Grupo A A Rocinha é Minha Vida... Nordeste é Minha História!
2009 Rocinha 3º lugar Grupo A Tem francesinha no salão... O Rio no meu coração
2010 Rocinha 10º lugar Grupo A Ykamiabas
2011 São Clemente 9º lugar Grupo Especial O seu, o meu, o nosso Rio, abençoado por Deus e bonito por Natureza
2012 São Clemente 11º lugar Grupo Especial Uma aventura musical na Sapucaí
2013 São Clemente 10º lugar Grupo Especial Horário Nobre
2014 Grande Rio 6º lugar Grupo Especial Verdes olhos de Maysa sobre o mar, no caminho: Maricá
2015 Grande Rio 3º lugar Grupo Especial A Grande Rio é do Baralho
2016 Grande Rio 7º lugar Grupo Especial Fui no Itororó beber água, não achei. Mas achei a bela Santos, e por ela me apaixonei...
2017 Grande Rio 5º lugar Grupo Especial Ivete do Rio ao Rio!
2018 Império Serrano 13º lugar Grupo Especial O Império do samba na Rota da China
2020 Unidos de Padre Miguel Vice-campeã Série A Ginga
2021 Mocidade Grupo Especial Batuque ao Caçador

Referências

  1. Bernardo Moura, para o SRZD-Carnaval (29 de março de 2012). «Fábio Ricardo continua na São Clemente». 19h31. Consultado em 18 de maio de 2012 
  2. «Fábio Ricardo renova com a São Clemente». O Terminal/Carnavalesco. 29 de março de 2012. Consultado em 29 de março de 2012. Arquivado do original em 4 de julho de 2015 
  3. Diogo Silva, para o SRZD-Carnaval (24 de abril de 2012). «'Espero que santo de casa faça milagre', diz Fábio Ricardo». 17h32. Consultado em 18 de maio de 2012 
  4. Guilherme Alves - Carnavalesco (18 de setembro de 2012). «Fábio Ricardo diz que vai resgatar 'o carnaval que todo mundo gosta'». 13:48. Consultado em 28 de outubro de 2012 
  5. Carnavalesco (30 de dezembro de 2012). «Através do site CARNAVALESCO, Fábio Ricardo divulga carta aberta sobre saída do Porto da Pedra». 23:54. Consultado em 3 de janeiro de 2013 
  6. O Dia na Folia (26 de fevereiro de 2013). «'Retorno mais experiente', diz Fabio Ricardo após fechar com a Grande Rio». 15h37. Consultado em 3 de março de 2013. Arquivado do original em 4 de julho de 2015 
  7. Carnavalesco (7 de março de 2014). «Presidente da Grande Rio diz que já renovou com Fábio Ricardo e Ricardo Fernandes». Consultado em 3 de julho de 2015 
  8. Carnavalesco (16 de março de 2017). «Fábio Ricardo é confirmado novo carnavalesco do Império Serrano». Consultado em 21 de maio de 2017 
  9. Sambarazzo (16 de março de 2017). «Império Serrano contrata Fábio Ricardo: 'Império nunca deixou de ser grande'». Consultado em 21 de maio de 2017 
  10. Tesi, Romulo (28 de fevereiro de 2018). «Virou a mesa: Grande Rio e Império escapam do rebaixamento». Band. Setor 1. Consultado em 28 de fevereiro de 2018 
  11. SRZD (28 de março de 2019). «Fábio Ricardo é o novo carnavalesco da Unidos de Padre Miguel». Consultado em 28 de março de 2019 
  12. Mocidade Independente (3 de março de 2020). «Fabio Ricardo é o novo carnavalesco da Mocidade». Consultado em 3 de março de 2020 
  13. Carnavalesco (10 de março de 2020). «Mocidade terá enredo afro após 45 anos no Carnaval 2021». Consultado em 10 de março de 2020