Imaculada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Imaculada Conceição.
Município de Imaculada
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 4 de janeiro de 1965
Fundação 7 de Janeiro de1877
Gentílico imaculadense
Prefeito(a) Aldo Lustosa (PSD)
(2013–2016)
Localização
Localização de Imaculada
Localização de Imaculada na Paraíba
Imaculada está localizado em: Brasil
Imaculada
Localização de Imaculada no Brasil
07° 23' 24" S 37° 30' 32" O07° 23' 24" S 37° 30' 32" O
Unidade federativa  Paraíba
Mesorregião Sertão Paraibano IBGE/2008 [1]
Microrregião Serra do Teixeira IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Patos PB.
Municípios limítrofes (Paraíba) Ao norte Catingueira e Mãe d'Água; Ao leste Matureia Ao sul Santa Terezinha e Tabira ambas no estado de Pernambuco (ao suldoeste); Água Branca e ao oeste Olho d'Água [2]
Distância até a capital 370 via Patos; via Taperoá 340 Kms, km
Características geográficas
Área 399,409 km² [3]
População 12,000 hab.
Densidade 0,03 hab./km²
Altitude 767 m
Clima semiárido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,542 baixo PNUD/2000 [4]
PIB R$ 35 863,960 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 047,07 IBGE/2008[5]
Página oficial

Imaculada é um município brasileiro localizado na microrregião da Serra do Teixeira, integrante da Região Metropolitana de Patos e Mesorregião Sertão Paraibano, estado da Paraíba. Sua população em 2014 foi estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 13.000 habitantes.[6] distribuídos em 399,409 km² de área. É a 74ª cidade paraibana em população. A 3ª em altitude, 767 ms na sede.

História[editar | editar código-fonte]

Breve Histórico da fundação, á instalação do município de IMACULADA.

A cidade de Imaculada, teve como primeiro nome Queimadas do Silva, devido a um grande incêndio ocorrido por volta de 1875, deixando uma extensa clareira na região, ficando totalmente desnudada partes das terras do caboclo Manoel Coleta da Silva, proprietário da localidade.

Fundação: Em 1877: No primeiro domingo, aos 7 dias do mês de janeiro de 1877, o Fazendeiro Manoel Coleta, juntamente com Tropeiros procedentes do Vale do Piancó, e Mercadores procedentes do Vale do Pajeú, costumavam fazer parada por vários dias em sua residência, a qual, oferecia como ponto de apoio e encontros entre estes Tropeiros e Mercadores, que juntos, com os habitantes da localidade e vizinhanças, improvisaram a primeira feira livre do lugarejo. (Várias fontes confirmam que foi no primeiro domingo do ano de 1877, (há 7 de janeiro, dia qual, podemos considerar como o dia de fundação da cidade).

Obtendo resultado satisfatório, resolveram então continuá-la semanalmente, o que contribuiu para a vinda de muitas famílias, as quais foram se agregando ao local, construindo novas casas, e formando o povoado.

Em 1877 houve uma grande seca em toda região sertaneja, dizimando rebanhos e ocorrendo mortes por fome e sede em partes da população, que ainda não sabiam conviver com as secas. Daí a necessidade urgente de construir um cemitério público, (hoje conhecido como o cemitério velho). Em seguida, o Cônego Bernardo pároco de Teixeira, convidou o Frei Serafim, da Ordem Franciscana dos Menores, para fezer visitas e várias pregações no Arraial.

Denominação Imaculada

Em 8 de dezembro de 1884, o frade Frei Serafim denominou em homenagem à Santa do dia, Nossa Senhora da Conceição Imaculada. No mesmo ano, foi iniciada a construção da Capela-mor. Em 1889, Padre Rangel, juntamente com o Capitão Delmiro Dantas e com a colaboração das famílias da localidade, construíram a atual Igreja, a qual veio a ser concluída no ano de 1890, na época ficou subordinada à paróquia de Teixeira. A matriz de Imaculada, foi elevada a Paróquia em 15 de agosto de 1951.

Formação Administrativa: Passou à categoria de Vila em 30 de março de 1938, através do Decreto-lei Nº 1.010, no Governo Argemiro Figueiredo. Em 1954 passou a ser distrito de Teixeira PB. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1º de julho de 1960.

Emancipação Política:

Em 04 de Janeiro de 1965. Elevado à categoria de município com a denominação de Imaculada, pela lei estadual nº 3253, de autoria do Deputado estadual Joacíl de Brito Pereira, e sancionada pelo Governador Pedro Moreno Gondim em 04 de Janeiro de 1965, assinando a Lei conjuntamente com o Governador, os Secretários Homero Leal e Sílvio Pélico Porto. Desmembrado-se do município de Teixeira, sede no antigo distrito de Imaculada. Constituído em distrito sede, não houve nomeação de prefeito, entre 04 de janeiro de 1965 a 10 de dezembro de 1966. Quatro lideranças da época: Alice Dantas (líder local, e três deputados: Joacil de Brito, Luiz de Barros e Zé Alves de Lira) queriam apresentar seus candidatos, mas apesar de adversários, houve o primeiro acordo politico de Imaculada, para não nomearem ninguém e haver eleições de imediato, o que acabou não ocorrendo. O vice prefeito de Teixeira à época era o Sr. Francisco Ribeiro Filho (Francisquinho Ribeiro) por um curto período assumiu como prefeito de Teixeira; ele residia em Imaculada e era filho da terra, ficou assumindo de fato, não de direito, porque logo em seguida concorreria as eleições em pleito direto para prefeito da nova cidade, que só ocorreu em 15 de novembro de 1966, tendo como concorrente José Caetano de Brito, sendo este eleito, e tornando-se o primeiro prefeito Constitucional.

Instalação do município

Em sessão solene para Instalação do município aos 10 dias do mês de dezembro de 1966, assinaram a ata de instalação do novo município, e o termo de posse dos eleitos para a primeira Gestão politico-administrativa:

O Prefeito Sr. José Caetano de Brito,

O Vice prefeito Sr. Benone Gomes da Silva;

Os Vereadores:

1º José de Lima Filho (Nozinho Lima);

2º Antonio Serafim de Sousa;

3º Severino Leite de Góes;

4º Pedro Jorge de Lacerda;

5º Luiz da Silva Maia;

6º Sebastião Alves da Costa (Sebastião Pires) e

7º José Firmino da Costa (Zé Pires), e como Secretária "ad hoc", Maria Paz Filha. .[7]

Geografia e hidrografia[editar | editar código-fonte]

A posição geográfica do município de Imaculada é determinada pelo paralelo de 7° 23′ 24″ de latitude sul, em sua interseção com o meridiano de 37° 30′ 32″ de longitude oeste.

Limita-se ao norte com os municípios de Catingueira e Mãe d'Água PB; Ao leste com Matureia PB; ao sul com Santa Terezinha PE. e Tabira, ambas no Pernambuco; ao sudoeste com Água Branca e a oeste com Olho d'Água PB. A distância entre a cidade de Imaculada e João Pessoa (capital), via Patos, é de 375 kms e, via Taperoá, de 340 kms.

Possui uma área de 399 km² e altitude de 767 ms.

É a 3ª cidade em altitude, 767 ms na sede. Sendo o município mais alto do estado, em extensão contínua, em vários locais do território Imaculadense a altitude ultrapassa os 900 metros. Um acidente geográfico marcante o torna assim, é cortado de leste a oeste pela Serra da Borborema, o que faz do município um divisor de águas, formando várias nascentes de três bacias hidrográficas. O riacho da Cruz, principal afluente do Rio Espinharas, e os riachos Cachoeira alta / Bom Jesus e o do Garra, afluentes do Rio Piancó. Fazem parte do grupo dos rios sertanejos, são rios temporários, que vão em direção ao norte em busca de terras baixas e desaguando no litoral do Rio Grande do Norte.

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005[8] . Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. Mapa da Confederação Nacional de Municípios
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
  6. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas IBGE_Pop_2012
  7. IBGE. «Histórico - Imaculada(PB)». Consultado em 22 de setembro de 2012. 
  8. Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro.
  • Paraíba: Desenvolvimento econômico e a questão ambiental / Antonio Sérgio Tavares de Melo, Janete Lins Rodriguez – João Pessoa , Grafset, 2003
  • Atlas Escolar da Paraíba / Coordenadora : Janete Lins Rodrigues – João Pessoa, Grafset, 2002

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios da Paraíba é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.