Serra Talhada Futebol Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Serra Talhada
SerraTalhadaFC.png
Nome Serra Talhada Futebol Clube
Alcunhas Laranja Mecânica do Sertão

"Laranja Sertaneja" "Lampião" "Cangaceiro" "Barça-Serra" "Barcelona do Pajeú"

Mascote Cangaceiro
Fundação 25 de fevereiro de 2011 (7 anos)
Estádio Pereirão
Capacidade 7.000
Localização Serra Talhada, Pernambuco, Brasil
Presidente Brasil José Raimundo
Treinador Brasil Erik Barreto
Patrocinador Brasil Tupan

Brasil Rota do Mar

Brasil Prefeitura de Serra Talhada

Competição Pernambuco Campeonato Pernambucano
Ranking nacional 140º lugar, 357 pontos[1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Serra Talhada Futebol Clube é uma agremiação esportiva fundada a 25 de fevereiro de 2011, e pertencente à cidade de Serra Talhada, no estado de Pernambuco. É o sucessor do Serrano Futebol Clube, licenciado desde 2010. Em 2015 disputou pela primeira vez na história o Campeonato Brasileiro da Série D, feito inédito para a cidade do interior Pernambucano.

Manda suas partidas no Estádio Nildo Pereira de Menezes, o "Pereirão", com capacidade para 7.000 torcedores.

História[editar | editar código-fonte]

Passados alguns anos da extinção do Serrano Futebol Clube, que representava a cidade no Campeonato Pernambucano, algumas pessoas, entre elas o vereador José Raimundo, decidiram se unir para criar um novo time que fizesse jus ao crescimento do futebol local. Assim, em 25 de fevereiro de 2011 acontecia, no Ginásio Poliesportivo, a solenidade de inauguração do Serra Talhada Futebol Clube, que faz, claramente, uma referência ao nome da cidade, não se distanciando das raízes locais, sendo adotado como mascote o cangaceiro Virgulino Ferreira da Silva. Nesse mesmo ano, o Serra Talhada disputava a segunda divisão do PE, onde fez uma bela campanha, e tanto conseguiu o acesso à primeira divisão como levantou o troféu da segundona. Nessa campanha, o Serra tinha como destaque o centroavante Jessuí, mais conhecido como Chuteira-fone, que foi o artilheiro do campeonato. O título foi conquistado no dia 11 de setembro do corrente ano.

Em 7 de abril de 2012, O Náutico, fazendo 111 anos de existência, recebeu, nos Aflitos, o então promovido à primeira divisão, Serra Talhada Futebol Clube, que precisava de um bom resultado para se livrar do rebaixamento. Assim, o mesmo personagem de 2011, o Jessuí, arrancou uma vitória sobre o Náutico dentro de seus domínios, colocando a Laranja Mecânica em posição confortável, que nos livrou do rebaixamento e que pôs o Timbu em uma crise interna, onde o então técnico Waldemar Lemos foi demitido.

O maior feito da Laranja Mecânica do Sertão aconteceu em 2015, quando após uma excelente campanha na 1ª fase do PE, conseguiu o acesso ao brasileiro da série D. A equipe de 2015 é tida por muitos como o MELHOR TIME que o Serra Talhada já formou. Além, é claro, do já consagrado comandante técnico Cícero Monteiro. Nomes como Paulinho Mossoró e Júnior Juazeiro ficaram marcados na história do clube e na memória dos torcedores sertanejos.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

Sub-15 (Infantil)[editar | editar código-fonte]

Histórico Oficial de Competições[editar | editar código-fonte]

Elenco Atual[editar | editar código-fonte]

Última atualização: 04 de janeiro de 2017.

Legenda
  • Capitão.: Atual Capitão
  • Seleção Brasileira.: Seleção Brasileira
  • Suspenso. : Jogador suspenso.
  • Lesionado : Jogador contundido.
  • + : Jogador em fase final de recuperação.


Goleiros
Jogador
Brasil Carlos Alberto
Brasil Flávio
Defensores
Jogador Pos.
Brasil Lúcio Z
Brasil Leidson Z
Brasil Lucas Floresta Z
Brasil Henrique LD
Brasil Jonatas Salazar Capitão LD
Brasil Carlinhos LE
Brasil Wellington LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Brasil Anderson Quinta-Feira V
Brasil Robinho V
Brasil Fábio V
Brasil Lucas Pinto V
Brasil Joãozinho M
Brasil Ezequiel Baiano M
Brasil Bruno Bareta M
Brasil Charles M
Atacantes
Jogador
Brasil Ferreira
Brasil Augusto
Brasil Caio
Brasil Téo
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Erik Barreto T

 Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Participações
Participações em 2017
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P Aumento R Baixa
Pernambuco Campeonato Pernambucano 6 5º colocado (2015) 2012 2017 1
Série A2 2 Campeão (2011) 2011 2018 1
Brasil Série D 2 26° colocado (2015) 2015 2016

Confrontos em Competições Nacionais e Regionais[2][editar | editar código-fonte]

Atualizado em 22 de Agosto de 2017


Pos Equipes J V E D GP GC SG
1 Bahia Colo Colo 2 1 0 1 3 2 +1
2 Paraíba Campinense 2 1 0 1 1 1 0
3 Rio Grande do Norte Globo 2 0 1 1 1 2 -1
4 Alagoas Coruripe 2 0 1 1 2 5 -3
5 Sergipe Itabaiana 2 0 0 2 1 4 -3
6 Rio Grande do Norte Potiguar 2 0 0 2 0 5 -5
7 Ceará Uniclinic 2 0 0 2 0 5 -5

Desempenho em competições[editar | editar código-fonte]

Brasil Campeonato Brasileiro - Série D[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
2015 26º
2016 67º

Pernambuco Campeonato Pernambucano - 1ª Divisão[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
2012
2013
2014
2015
2016
2017 11° (Rebaixado)

Pernambuco Campeonato Pernambucano - 2ª Divisão[editar | editar código-fonte]

Ano Posição
2011 Campeão
2018 a disputar

Rivalidade[editar | editar código-fonte]

O Serra Talhada tem como maiores rivais as seguintes equipes:

Ver artigo principal: Clássico dos Distritos
Ver artigo principal: Clássico da Serra
Ver artigo principal: Clássico Do Sertão

Ligações externas[editar | editar código-fonte]