Tanabi Esporte Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tanabi
TanabiEC.png
Nome Tanabi Esporte Clube
Alcunhas TEC
Tecão
Índio da Noroeste
Mascote Curumim
Fundação 18 de dezembro de 1942 (80 anos)
Estádio Estádio Municipal Alberto Victolo
Capacidade 11 617 espectadores
Localização Tanabi, SP
Presidente Pedro Roberto Falchi
Patrocinador(a) Refrigerante Cotuba
Material (d)esportivo Pro-X
Competição Paulista - Série B
Website tanabiesporteclube.com
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

O Tanabi Esporte Clube é um clube brasileiro de futebol de Tanabi, interior de São Paulo.

Fundado em 18 de dezembro de 1942, as suas cores são verde e branca.

Atualmente disputa a Série B (Quarta Divisão) do Campeonato Paulista.

História[editar | editar código-fonte]

O Tanabi participa do Campeonato Paulista de Futebol desde 1956, quando se profissionalizou. Logo no seu primeiro ano, torna-se campeão da Terceira Divisão (atual A3). Era apenas o primeiro passo de uma carreira de glórias que orgulha a cidade até hoje.

A partida final de desempate entre Tanabi x Elvira, do campeonato de 1956 que terminou em 1957, foi designada para a cidade de Araraquara.[1]

Entre 1973 e 1998, numa sequência ininterrupta com 24 participações, chegou ao seu apogeu nos anos 1980, quando a equipe se aproximou várias vezes do acesso à elite do futebol paulista, a atual Série A1. Entre 1981 e 1993, foi frequentador assíduo da divisão de acesso, a Segunda Divisão (atual A2).

Túlio Maravilha[editar | editar código-fonte]

Em 2012, o atacante Túlio Maravilha passou pelo Tanabi, em busca do seu milésimo gol. Com 42 anos, Túlio entrou em campo pelo Tanabi em cinco ocasiões diferentes e anotou cinco gols contra times amadores.[2][3] Em partidas oficiais, o atleta não correspondeu às expectativas e deixou o gramado sem balançar as redes na Série B, a segunda divisão do Paulista.[2][4]

Viola[editar | editar código-fonte]

Em 2013, o atacante Viola, então com 44 anos, que atuava em partidas de showbol, foi contratado pelo Tanabi.[5][6][7]

Marco Antônio Boiadeiro[editar | editar código-fonte]

Após contratar Viola, o clube trouxe Marco Antônio Boiadeiro, que, aos 47 anos, largou a aposentadoria que já durava 13 anos, para voltar a treinar e jogar profissionalmente.[8][9]

Salvador Cabañas[editar | editar código-fonte]

Em 2014, o presidente do clube Irineu Alves Ferreira Filho viajou de carro até Itaguá, no Paraguai, para assinar contrato com o atacante paraguaio Cabañas, que estava fora do futebol há quatro anos, desde o tiro que levou na cabeça.[10][11][12] Cabañas assinou com o Tanabi por três meses, para fazer três partidas pelo clube.[10][13] O jogador foi apresentado no dia 1 de abril de 2014, em um trio elétrico.[14][15]

Sua estreia e única partida foi em 18 de maio, em um jogo amistoso com o Grêmio Barueri terminado em 2x2, com o atacante perdendo um pênalti no último minuto.[16]

Sem os documentos necessários, Salvador Cabañas não pôde ser inscrito pelo Tanabi na Federação Paulista de Futebol (FPF) e entrar em campo pela quarta divisão estadual.[17][18]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais
Categorias de base

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Participações em 2020
Competição Temporadas Melhor campanha Anos A Aumento R Baixa
São Paulo Campeonato Paulista Série A2 15 3º colocado (1985) 1957-1958 e 1981-1993 1
Série A3 10 Campeão (1956) 1956, 1964-1966, 1973-1976, 1980 e 1994 2 2
Segunda Divisão 15 Sem dados 1977-1979, 1995-1996, 2005-2006, 2009, 2011-2016 e 2020 1
Série B2 (extinta) 4 7º colocado (1999) 1998-2000 e 2004 1
Série B3 (extinta) 3 Vice-campeão (2003) 2001-2003 1

Últimas dez temporadas[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Temporadas do Tanabi
Últimas dez temporadas da Tanabi Esporte Clube
Brasil Nacionais Flag of the United Nations.svg Internacionais São Paulo Estaduais
Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continentais / Mundial Campeonato Paulista Copa Paulista
Ano Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Div. Pos. Fase Máxima
2011 D Não classificado SD 34º
2012 D Não classificado SD 29º
2013 D Não classificado SD 14º
2014 D Não classificado SD 39º
2015 D Não classificado SD 20º
2016 D Não classificado SD 16º
2017 Licenciado
2018 Licenciado
2019 Licenciado
2020 D Não classificado SD 27°


Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Eliminado nas semifinais
     Classificado à fase de grupos da Copa Libertadores
     Classificado à fase preliminar da Copa Libertadores
     Classificado à Copa Sul-Americana
     Campeão do Campeonato do Interior
     Rebaixado à divisão inferior
     Campeão e promovido à divisão superior
     Vice-campeão e/ou promovido à divisão superior

Grandes jogadores[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «A Gazeta Esportiva (SP) - 1955 a 1958 - DocReader Web». memoria.bn.br. Consultado em 7 de março de 2023 
  2. a b gazetaesportiva. «Túlio faz três e deixa Tanabi para marcar 1000º pelo Botafogo». Terra. Consultado em 7 de março de 2023 
  3. «Túlio comemora mais três gols pelo Tanabi e inicia contagem regressiva para o milésimo». www.uol.com.br. Consultado em 7 de março de 2023 
  4. «Túlio faz três e deixa o Tanabi para marcar o milésimo gol no Bota». VEJA. Consultado em 7 de março de 2023 
  5. «Apresentações no Showbol rendem a Viola uma vaga na Segundona do Paulista». www.uol.com.br. Consultado em 7 de março de 2023 
  6. «Segundona: Tanabi acerta com ex-atacante de Corinthians e Santos de 44 anos». amp.futebolinterior.com.br. Consultado em 7 de março de 2023 
  7. «Atacante Viola, de 44 anos, acerta com o Tanabi». ge. Consultado em 7 de março de 2023 
  8. Tanabi, Por Marcos Lavezo; SP. «Achei! Aos 47, Boiadeiro deixa 13 anos de aposentadoria e volta a jogar». globoesporte.com. Consultado em 7 de março de 2023 
  9. Tanabi, Por SporTV com; SP. «Aos 47 anos, Boiadeiro volta a jogar e lembra início da 'titebilidade'». sportv.com. Consultado em 7 de março de 2023 
  10. a b LavezoTanabi, Por Marcos; SP. «'Foi loucura', diz presidente que foi ao Paraguai de carro contratar Cabañas». globoesporte.com. Consultado em 7 de março de 2023 
  11. SouzaSorocaba, Por Marcus Vinícius; SP. «Presidente do Tanabi vai ao Paraguai de carro e revela acerto com Cabañas». globoesporte.com. Consultado em 7 de março de 2023 
  12. GloboEsporte.comTanabi, Por; SP. «Cabañas volta ao futebol para atuar em time da quarta divisão de SP». globoesporte.com. Consultado em 7 de março de 2023 
  13. LavezoTanabi, Por Marcos; SP. «Fora de forma, Cabañas bate bola e diz: 'Tanabi é a chance de recomeço'». globoesporte.com. Consultado em 7 de março de 2023 
  14. «Com direito a desfile e discurso da prefeita, Cabañas é apresentado no Tanabi-SP». R7.com. 1 de abril de 2014. Consultado em 7 de março de 2023 
  15. LavezoTanabi, Por Marcos; SP. «1º de abril tem carreata, foguetório e apresentação de Cabañas em Tanabi». globoesporte.com. Consultado em 7 de março de 2023 
  16. LavezoTanabi, Por Marcos; SP. «Cabañas estreia pelo Tanabi e perde pênalti no último minuto; Gessé faz gol». globoesporte.com. Consultado em 7 de março de 2023 
  17. «Lembra disso? O dia em que o paraguaio Cabañas foi contratado para jogar a 4ª divisão de SP». ge. Consultado em 7 de março de 2023 
  18. Botta*Tanabi, Por Emilio; SP. «"Decepção geral", diz presidente do Tanabi sobre passagem de Cabañas». globoesporte.com. Consultado em 7 de março de 2023 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.