Digimon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde dezembro de 2011).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Ni hon go2.png Este artigo contém texto em japonês.
Sem suporte multilingual apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de kanji ou kana.
Digimon
デジタルモンスター
(Dejitaru Monsutā)

</gallery> </gallery>
Logotipo de Digimon

Gênero Fantasia, Ação, Aventura, Drama, Shōnen
Mangá
Autor Vários
Editora(s) Japão Shueisha
Revista V-Jump
Público-alvo Shōnen
Data de publicação 1998 – Ainda em publicação
Volumes Vários
Anime
Digimon Adventure
Direção Hiroyuki Kakudou
Estúdio Toei Animation
Exibição original 7 de março de 1999 – 26 de março de 2000
Emissoras de TV Japão Fuji TV
Emissoras lusófonas Brasil Rede Globo
Brasil Fox Kids
Brasil Jetix
Brasil TV Diário Ceará
Portugal TVI
Portugal SIC
Portugal Canal Panda
Nº de episódios 54 (Lista de episódios)
Anime
Digimon Adventure 02
Direção Hiroyuki Kakudou
Estúdio Toei Animation
Exibição original 2 de abril de 2000 – 25 de março de 2001
Emissoras de TV Japão Fuji TV
Emissoras lusófonas Brasil Fox Kids
Brasil Jetix
Brasil Rede Globo
PortugalSIC
Portugal Canal Panda
Nº de episódios 50 (Lista de episódios)
Anime
Digimon Tamers
Direção Yukio Kaizawa
Estúdio Toei Animation
Exibição original 1 de abril de 2001 – 31 de março de 2002
Emissoras de TV Japão Fuji TV
Emissoras lusófonas Brasil Fox Kids
Brasil Rede Globo
Brasil Jetix
Portugal SIC
Portugal Canal Panda
Portugal Panda Biggs
Nº de episódios 51 (Lista de episódios)
Anime
Digimon Frontier
Direção Yukio Kaizawa
Estúdio Toei Animation
Exibição original 7 de abril de 2002 – 30 de março de 2003
Emissoras de TV Japão Fuji TV
Emissoras lusófonas Brasil Rede Globo
Brasil Jetix
Brasil Disney XD
Brasil Rede TV!
Portugal SIC
Portugal Canal Panda
Portugal Panda Biggs
Nº de episódios 50 (Lista de episódios)
Anime
Digimon Savers/Digimon Data Squad
Direção Yukio Kaizawa
Estúdio Toei Animation
Exibição original 2 de abril de 2006 – 25 de março de 2007
Emissoras de TV Japão Fuji TV
Emissoras lusófonas Brasil Fox Kids
Brasil Rede Globo (eps. 1-48)
Brasil Jetix (eps. 1-48)
Portugal Canal Panda
Nº de episódios 48 (Lista de episódios)
Anime
Digimon Xros Wars/Digimon Fusion: Os Malvados Generais da Morte & Os Sete Reinos
Direção Tetsuya Endo
Estúdio Toei Animation
Exibição original 6 de julho de 2010 – 8 de março de 2011
Emissoras de TV Japão TV Tokyo
Emissoras lusófonas PortugalPanda Biggs(eps. 1-30)
BrasilCartoon Network Brasil
Nº de episódios 54 (Lista de episódios)
Anime
Digimon Xros Wars: Toki wo Kakeru Shōnen Hunter-Tachi
Direção Yukio Kaizawa
Estúdio Toei Animation
Exibição original 2 de outubro de 2011 – 25 de março de 2012
Emissoras de TV Japão TV Asahi
Nº de episódios 13 (Lista de episódios)
Especiais de Televisão

Projeto Animangá  · Portal Animangá

Digimon (デジモン, Dejimon?), abreviatura para "Digital Monsters" (デジタルモンスター, Dejitaru Monsutā?, literalmente, Monstros Digitais) é uma franquia de brinquedos digitais, animes, mangás e jogos eletrônicos lançada em 1997, e que aborda a história das criaturas chamadas de Digimon.

Digimon é o nome dado à diversas formas de vida que vivem no DigiMundo, uma dimensão paralela originada a partir da rede de computadores da Terra; e no DigiQuartz, a dimensão intermediária entre a dimensão onde a Terra é localizada e o DigiMundo. Em Digimon Tamers chega a ser feita uma comparação do DigiMundo com mundos mágicos, e dos Digimon com criaturas lendárias como duendes e fadas. Além disso, são apresentados ao público os DigiGnomos, seres habitantes do DigiMundo que não são Digimon. Eventualmente, ao longo da série, podem ser vistos humanos que vivem no DigiMundo, como por exemplo Gennai.

Digimon foi produzido pela Toei Animation e Bandai do Japão. As séries foram transmitidas no Japão pela Fuji Television e pela TV Tokyo; nos Estados Unidos pelos canais Jetix e Disney XD; e no Brasil pela Fox Kids, Rede Globo, Jetix, RedeTV e Disney XD. Atualmente, a série é transmitida pela TV Diário no programa Algodão Doce e também é transmitida pelo Cartoon Network Brasil.

Em 2012 a franquia Digimon foi vendida a Saban Brands LLC[1]

História[editar | editar código-fonte]

A história versa sobre o contato entre certos humanos e Digimon. Quando um humano entra em contato espiritual com um digimon, ele se torna um digiescolhido/general, mesmo sem saber disso.

A digi-evolução, para um digimon, consiste na modificação de sua forma e aparência para um estágio superior, onde seus poderes e mesmo seu tamanho aumentam consideravelmente. Todos os Digimons evoluem conforme seu treinamento e idade, porém no caso dos Digimons treinados por digiescolhidos, esta evolução pode ser "forçada", acontecendo de maneira temporária, de modo que após a luta, o digimon geralmente retorne a seu estágio anterior. A evolução dos poderes dos Digimons é intimamente ligada aos sentimentos dos digiescolhidos, de modo que foram dados aos digiescolhidos aparelhos chamados digivices/Xros Loaders, além de brasões (nem sempre), com representações de virtudes típicas de cada uma das pessoas, com o objetivo de facilitar a evolução de seus Digimons.

O conjunto de pessoas que entra em contato com o DigiMundo muda de sequência para sequência. Foram geradas seis séries: Digimon Adventure, Digimon Adventure Zero Two, Digimon Tamers, Digimon Frontier, Digimon Savers/Digimon Data Squad, Digimon Xros Wars/Digimon Fusion. As duas primeiras tem narrativas relacionadas entre si. A terceira série faz referência às empresas comerciais e televisivas das duas segundas. As revistas Newtype e V-Jump anunciaram que as séries irão juntas fazerem sentido em Digimon Xros Wars: The Time Travelling Hunter Boys/Digimon Xros Wars: Os Jovens Caçadores Que Saltam Através do Tempo/Digimon Xros Wars: Os Caçadores do Tempo!,que é o terceiro arco de Digimon Xros Wars trazendo personagens das séries anteriores para a nova série em comemoração aos 15 anos da franquia.

Somado a isto existem diferentes filmes baseados no universo Digimon, como por exemplo Digital Monsters X-Evolution e Digimon Savers the Movie - Ultimate Power! Burst Mode Invoke!!.

Alguns elementos mudam de acordo com a série, como por exemplo a Cidade do Princípio[2] , local onde Digimons falecidos renascem, não existe na terceira temporada, porém é mencionada posteriormente numa espécie de mitologia do DigiMundo. Por outro lado, ainda na terceira temporada, Digimons guerreiros evoluem a partir da absorção dos dados dos Digimons falecidos em combate.

Em geral, os Digimons possuem 6 níveis evolutivos: Recém-nascido, Em treinamento, Criança, Adulto (também chamado de "Campeão"), Perfeito (também chamado de "Super", "Completo" ou "Ultimate"), Supremo (também chamado de "Mega" ou "Extremo"), além do nível Híper (ou "Modo Explosivo"), um sétimo nível, mais raro. Em toda a franquia, apenas alguns Digimons o alcançaram: Agumon Modo Explosivo e Yggdrasil Modo Cibernético (a forma digimon de Yggdrasil (Digimon)). O DigiXros (fusão entre Digimon) Shoutmon X7 Modo Superior tem poder de um Híper.

Onde vivem os Digimons[editar | editar código-fonte]

Cquote1.svg Monstros que nascem no Mundo Digital, Digimons. Embora sejam feitos de dados, eles podem chorar, sorrir e lutar assim como nós. Eles são amigos importantes! Vamos reunir o maior número de parceiros que conseguirmos! Venha conosco em nossa aventura através desse mundo! Cquote2.svg
Trecho de Digimon Xros Wars

Em geral, Digimons vivem no DigiMundo, porém, em Digimon Xros Wars: Toki Wo Kakeru Shōnen Hunter-Taichi, os Digimons estão sendo atraídos para o DigiQuartz, a dimensão intermediária entre a dimensão que a Terra é localizada e o DigiMundo, sendo atraídos por sentimentos humanos.[3]

Esquadrão de Táticas para Acidentes Digitais[editar | editar código-fonte]

É uma organização do governo estadunidense criada para manter a ordem entre os humanos e os Digimon que aparece em Digimon Savers/Digimon Data Squad.

Criação[editar | editar código-fonte]

Akiyoshi Hongo é atribuído como o criador do conceito de Digimon, mas na verdade, é um grupo de pessoas.[4]

Também ouve um boato que Digimon teve seu início em um jogo de cartas com o nome parecido, mas quem na verdade criou Digimon foi Aki Maita uma mulher de apenas trinta anos. Aki Maita teve a ideia no início dos anos 90 de criar os monstrinhos virtuais. Os Digimon se originaram do Tamagotchi[5] que também são uma criação de Aki Maita, uma inovação que Aki deu a seus monstrinhos os chamados Digital Monsters.

Desde criança Aki sempre gostou de ter animais. Porém ficou com a ideia na cabeça de ter quem sabe um dia um animal no qual ela pudesse levar para todos os lugares, além de não dar tanto trabalho, como os normais, é ai que surge o Tamagotchi.

Associada a Bandai (maior empresa de brinquedos do Japão) Aki Maita teve a oportunidade de levar seus bichinhos Tamagotchi para todo o mundo, o qual se tornou uma febre no Brasil. Aki Maita também pensou nos garotos, pois segundo ela, todos os garotos gostam de lutas. E foi aí então que ela teve a brilhante ideia de colocar seus monstrinhos para lutar, em 1996 ela teve a ideia de criar os Digimon. Junto com Takeichi Hongo (um dos diretores da Bandai, que é responsável pelo marketing dos produtos criados por Aki Maita), ela divulgou os seus queridos monstrinhos virtuais (Digimon) por todo o Mundo.

A história de Digimon por vezes foi marcada pela rivalidade com a franquia de Pokémon, sua contemporânea. Descrito como "o outro mon" por IGN's Juan Castro, a franquia não atingiu o mesmo nível de popularidade, mas manteve da mesma forma um grande número de fãs.[6]


Exibição[editar | editar código-fonte]

Portugal[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, a primeira série foi veiculada pela SIC, pela TVI (sendo esta a única temporada de Digimon a ser transmitida no canal) e pelo Canal Panda, a segunda e a terceira pela SIC e pelo Canal Panda e a quarta pela SIC. Mais tarde, no dia 1 de Dezembro de 2009, Digimon Tamers (temporada 3) voltou a Portugal através do canal Panda Biggs. Este canal também exibiu Digimon Frontier (temporada 4) a partir do dia 1 de Novembro de 2010. Passados 14 meses a série Digimon Adventure e Digimon Adventure 02 voltaram ao Canal Panda, seguido do lançamento da temporada Digimon Savers (Ou Digimon Protetores de Dados, como foi apelidada em português). Os portugueses ficaram super contentes com a decisão da rede Panda.Está a agora a ser transmitida pelo canal Panda Biggs a nova temporada de Digimon (temporada 6) estreada no dia 3 de março de 2014, "Digimon Fusion" baseada na versão americana.

Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, todas as séries, com exceção da quinta e sexta temporada, (sendo a quinta exibida pela Disney XD e Jetix) foram exibidas pelo canal Fox Kids (antiga Jetix e atual Disney XD) na TV a Cabo e pela Rede Globo na TV aberta. O Jetix exibiu da primeira até a quinta temporada, sendo que a primeira temporada continuou sendo exibida pelo canal até 2009, quando houve a transição para a Disney XD. A quarta temporada também foi exibida pelo canal RedeTV!. A Rede Globo chegou a exibir alguns episódios da quinta temporada, mas interrompeu a exibição ainda incompleta. Atualmente, a série é exibida pelo Cartoon Network Brasil, com a compra de Digimon Xros Wars, que no ocidente recebeu o nome de Digimon Fusion.

Listas de Digimons[editar | editar código-fonte]

Animes[editar | editar código-fonte]

Digimon Adventure[editar | editar código-fonte]

Digimon Adventure 02[editar | editar código-fonte]

Digimon Tamers[editar | editar código-fonte]

Digimon Frontier/ Digimon 4[editar | editar código-fonte]

Digimon Savers/Digimon Data Squad[editar | editar código-fonte]

Digimon Xros Wars/Digimon Fusion[7] [editar | editar código-fonte]

Digimon Xros Wars II/Digimon Hunters[editar | editar código-fonte]

Digimon Adventure tri.[editar | editar código-fonte]

Mangás[editar | editar código-fonte]

Manhua[editar | editar código-fonte]

Um manhua chinês foi escrito e desenhado por Yuen Wong Yu (余 远 锽 Yu Yuen-wong), que baseou a sua história na série de televisão. Esta adaptação abrange Digimon Adventure em cinco volumes, Digimon Adventure 02 em dois, Digimon Tamers em quatro e Digimon Frontier em três. As histórias originais são muito resumidas, embora em eventos raros ocasiões jogar fora de forma diferente do anime.

A versão na língua cantonesa foi publicada pela Rightman Publishing Ltd. em Hong Kong.

Duas versões em inglês também foram lançadas. A primeira delas foi publicada por Chuang Yi, em Singapura. A segunda, que foi escrita por Lianne Sentar,[8] foi lançada pela Tokyopop, Estados Unidos.

Os três volumes de Digimon Frontier foram lançados pela Chuang Yi em Singapura. Esses não foram lançados nos Estados Unidos pela Tokyopop. No entanto, a publicação da Chuang Yi de Digimon Frontier foram distribuídos pela Madman Entertainment, na Austrália.

Adaptação[editar | editar código-fonte]

A Dark Horse publicou nos Estados Unidos uma adaptação desenhada pelo brasileiro Daniel HDR.[9]

Divulgação[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o mangá foi publicado pela Abril Jovem na revista semanal Quadrinhos Digimon.[10] [11]

A franquia Digimon também anda sendo divulgada pelas revistas V-Jump, Newtype, Otona, TV Magazine e Televi-Mag.[12] [13] [14] [15] [16]

Na esteira do sucesso da franquia foram criadas as revistas Brasimon (também desenhada por Daniel HDR) e Gamemon.[17] , nenhuma das duas tentativas foram consideradas economicamente (em termos de dinheiro) bem sucedidas em geral.[18]

Também foi lançada a animação Dogmons!.[19]

Jogos eletrônicos[editar | editar código-fonte]

PlayStation[editar | editar código-fonte]

PlayStation 2[editar | editar código-fonte]

GameCube[editar | editar código-fonte]

XBox[editar | editar código-fonte]

Game Boy Advance[editar | editar código-fonte]

Nintendo DS[editar | editar código-fonte]

Sega Saturn[editar | editar código-fonte]

PC[editar | editar código-fonte]

Digimon Online (antecessor de Digimon Master)

Apple iOS[editar | editar código-fonte]

PSP[editar | editar código-fonte]

Cobertura[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o anime foi utilizado numa extensa lista de produtos, além daqueles para os quais foi produzido[20] , tais como balas da Freegells[21] e iogurtes e sucos da Vigor.[22]

Também foram criadas publicações especiais para cobrir a exibição do anime, tais como a Revista Digimon.[23]

Referências

  1. Novo site oficial Saban Brands LLC. Visitado em 29/01/2013.
  2. Rodrigo Ippo (terça-feira, 30 de junho de 2009). A Morte dos Digimon. Visitado em 21/08/2011.
  3. Exibições de Digimon Xros Wars: Toki Wo Kakeru Shōnen Hunter-Taichi
  4. Gamers Hell. Digimon RPG. Visitado em 26 de julho de 2010.
  5. Fábio Yabu (03 de Julho de 2000). Digimon - Digital Monsters Omelete.
  6. Castro, Juan (May 20, 2005). E3 2005: Digimon World. Pokemon is a lot more succesful than Digimon 4 IGN. Visitado em April 4, 2010.
  7. http://www.anmtv.xpg.com.br/digimon-fusion-pode-ser-o-titulo-de-xros-wars-no-ocidente/
  8. Published Works/Works List Site Oficial de Lianne Sentar.
  9. Fonte: Press release (30/06/2001). Mythos Editora lança linha de mangás brasileiros Universo HQ.
  10. Waldomiro Vergueiro (03 de Junho de 2004). HQ: Cowboy Bebop Omelete.
  11. Daniel HDR Anime Pró (21/02/2006).
  12. Revista V-Jump.
  13. Revista Newtype.
  14. Revista Otona.
  15. Revista TV Magazine.
  16. Revista Televi-Mag.
  17. Alexandre Nagado (04 de Março de 2002). GAMEMON – monstrinhos made in Brazil Omelete.
  18. Marcelo Naranjo e Sidney Gusman (12/10/2002). Selo Graphic Talents é suspenso temporariamente Universo HQ.
  19. Alexander Lancaster (28/01/2006). T. dos Bravos 01 - Do lado de cá de Tordesilhas Anime Pró.
  20. Rodrigo Ippo (quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009). Matérias. Visitado em 21/08/2011.
  21. Rodrigo Ippo (sábado, 23 de maio de 2009). Balas Freegells Digimon. Visitado em 21/08/2011.
  22. Rodrigo Ippo (15/08/2009). Suco Vigor Club Digimon. Visitado em 21/08/2011.
  23. Rodrigo Ippo (quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009). Revista Oficial Digimon. Visitado em 21/08/2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]