James Lovell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
James Lovell

Astronauta da NASA
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Nascimento 25 de Março de 1928 (86 anos)
Cleveland, EUA
Tempo no espaço 29d 19h 03m
Missões Gemini VII, Gemini XII, Apollo 8, Apollo 13
Insígnia
da missão
Ge07Patch orig.png Gemini 12 insignia.png Apollo-8-patch.png Apollo 13-insignia.png

James Arthur 'Jim' Lovell Jr. (Cleveland, 25 de março de 1928) é um astronauta norte-americano, famoso em todo mundo por ser o comandante da acidentada viagem da nave Apollo 13 à Lua e ter sua odisséia e de seus tripulantes, Fred Haise e John Swigert, retratada pelo cinema no filme Apollo 13, com o ator Tom Hanks representando seu papel.

“Jim” Lovell combateu na Guerra da Coréia servindo na aviação naval americana e assumindo a função de piloto de testes após a guerra. Em 1962, foi selecionado para a equipe de astronautas da NASA e enviado pela primeira vez ao espaço como piloto de missão Gemini VII, para o primeiro encontro espacial com outra nave, a Gemini VI A; em 1966 fez seu segundo vôo, como comandante da Gemini XII, a última missão do projeto Gemini, junto com o astronauta Edwin “Buzz” Aldrin, o segundo homem a pisar na Lua.

Lovell e Aldrin no deck após o pouso da Gemini XII

Em dezembro de 1968, James Lovell fez parte da primeira tripulação a entrar em órbita da Lua na Apollo 8, junto a Frank Borman e William Anders e em 1970 partiu na viagem que o tornaria famoso em todo o planeta.

Com Lovell a frente, a tripulação da Apollo 13 desce no navio de resgate USS Iwo Jima

Em 11 de abril de 1970, Lowell, Fred Haise e John Swigert partiram para Lua na missão Apollo 13, com o objetivo de realizarem o terceiro pouso lunar, na região conhecida como Fra Mauro. Entretanto, durante a viagem de ida, o tanque de oxigênio da espaçonave explodiu, fazendo com que a tripulação perdesse grande parte da energia, oxigênio e água da nave.

Enquanto o mundo acompanhava em suspense por quatro longos dias, Lovell e a tripulação da Apollo 13 cancelaram o pouso e passaram a lutar por suas vidas junto com a equipe de terra no Centro Espacial Lyndon Johnson, em Houston, racionando todo seu suprimento de sobrevivência a bordo, fazendo uma volta em torno da Lua e conseguindo retornar sãos e salvos à Terra apesar de toda a adversidade. Com este acidente na Apollo 13 e depois de fazer parte da tripulação da Apollo 8, Jim Lovell tornou-se o único astronauta a ir à Lua duas vezes sem nunca conseguir pisar nela.

Seus quatro vôos espaciais, na Gemini e na Apollo, fizeram dele o recordista em tempo passado no espaço, antes das estações espaciais, num total de 715 horas.

Em parceria com o escritor Jeffrey Kluger, Jim Lovell escreveu o livro sobre suas experiências na missão Apollo 13, Lost Moon: The Perilous Voyage of Apollo 13, e foi baseado nele que o diretor Ron Howard fez o filme de sucesso mundial. No filme, ele — que foi retratado por Tom Hanks mas preferia ter sido representado por Kevin Costner, com quem se achava muito mais parecido na juventude — faz uma pequena ponta como o comandante do porta-aviões USS Iwo Jima, usado no resgate real do mar da cápsula espacial, quando de seu retorno à Terra.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]