Minute-Man

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Minute-Man
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por Fawcett Comics (1941–1953)
DC Comics (1976–presente)
Primeira aparição Master Comics #11 (Dezembro de 1941)
Criado por Charlie Sultan
Características do personagem
Alter ego Jack Weston
Espécie Humana
Afiliações Crime Crusaders Club
Esquadrão da Justiça
Codinomes conhecidos O Exército de Um Homem Só
Habilidades Excelente lutador e acrobata
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Minute-Man é um personagem de quadrinhos estadunidenses, super-herói inicialmente publicado pela editora Fawcett Comics e depois pela DC Comics. No Brasil, o personagem é conhecido também como "Homem-Minuto" [1] e já foi publicado com o nome de "Minuto, o Homem-Exército" (Ebal) [2] e "Hércules" (revista O Guri da Editora O Cruzeiro) [3] . Foi criado por Charlie Sultan e sua primeira aventura foi na revista Master Comics #11, de dezembro de 1941. A identidade secreta é Jack Weston, soldado que lutou na Segunda Guerra Mundial. Seu uniforme é inspirado na bandeira dos Estados Unidos.

História da publicação[editar | editar código-fonte]

O nome original faz referência a como eram conhecidos milicianos americanos durante a Revolução Americana, geralmente fazendeiros que rapidamente se organizavam em tropas para enfrentar ingleses ao lado do exército regular. Inicialmente publicado pela Fawcett Comics, o super-herói depois passou juntamente com outros dessa editora para a DC Comics. Por essa segunda editora fez uma breve aparição em 1976 na revista do Capitão Marvel, chamada Shazam! e depois reapareceria em Power of Shazam!, publicada entre 1995 e 1996.

Biografia ficcional[editar | editar código-fonte]

Durante a Segunda Guerra Mundial, Jack Weston era um soldado raso com excelentes dons físicos e acrobáticos, que resolveu vestir um máscara e um uniforme patriótico e usar o codinome de Minute-Man, o "Exército de um Homem Só". Ele lutava contra espiões e agentes inimigos que agiam no território americano enquanto estava estacionado em Camp Blaine. A identidade secreta de Weston era conhecida do seu oficial superior, General Milton, que enviava Minute-Man para missões não oficiais e de infiltração atrás das linhas inimigas. Minute-Man foi membro de uma equipe de super-heróis de Fawcett City, o "Crime Crusaders Club".

Na Fase Pré-Crise, foi estabelecido que Minute-Man era nativo da Terra S, lar dos personagens da Fawcett. Em sua primeira aventura nesse universo, Minute-Man resgatou Billy Batson do Senhor Cérebro e do Pelotão Arco-Íris (em inglês, "Rainbow Squad"). Nessa fase, Minute-Man foi também membro do Esquadrão da Justiça, equipe de super-heróis da Fawcett que se aliou a Liga da Justiça e Sociedade da Justiça. Após a crise ele foi incorporado ao chamado Universo DC.

Na nova cronologia, Weston defendeu Fawcett City na época do Pós-Guerra junto com seus companheiros. Aposentado da sua carreira heroística, ele aparece agora como um agente governamental e aliando-se ocasionalmente ao Capitão Marvel.

Morte[editar | editar código-fonte]

Na revista Justice Society of America (vol.3) #3, Jack Weston (chamado por engano de Jack Burton), seus filhos e netos são mortos enquanto dormiam por um assassino desconhecido, em seu lar em Clearwater (Flórida). Minute-Man foi um dos super-heróis patrióticos que tiveram suas descendências interrompidas pelo vilão imortal Vandal Savage (os outros foram Mr. America (Tex Tompson), Comandante Aço e General Glória). Savage queria interromper as passagens de poderes e qualidades naturais dos heróis para os respectivos descendentes.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]