Aires Fernandes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Aires Fernandes (fl. 1550 – Coimbra?, m. c. 1600) foi um compositor português do Renascimento que trabalhou na Sé de Coimbra.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Interior da Sé (Velha) de Coimbra

Da vida de Aires Fernandes quase nada se sabe.[1] Esteve ativo em Coimbra por volta de 1550. Nessa cidade teve como local de trabalho a catedral, embora tenha tido alguma ligação com o Mosteiro de Santa Cruz.[2] Morreu por volta do ano de 1600.[3]

A grande quantidade de obras que dele chegaram à atualidade, transmitidas por manuscritos dispersos pelo país (Coimbra, Arouca, Vila Viçosa[4][5]), e também a sua qualidade fazem deste obscuro compositor um dos mais importantes do Renascimento português.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Na Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra (P-Cug MMs 34, 44, 53 e 217A):[4]
    • "Alleluia" (2 versões) a 4vv
    • "Alma redemptoris mater" a 4vv
    • "Asperges me" a 4vv
    • "Benedicamus Domino" (3 versões) a 4vv
    • "Congratulamini mihi"
    • "Domine ne memineris"
    • "Domine non secundum"
    • "Ego autem stigmata"
    • "Et salutare tuum"
    • "Iste sanctus pro lege"
    • "Jesu redemptor" (2 versões) a 4vv
    • "Libera me Domine"
    • "Lumen ad revelationem"
    • "O crux et decus Hispaniae"
    • "O crux splendidior"
    • "Surge illuminare"
    • "Te lucis" a 4vv
  • No Museu Regional de Arte Sacra do Mosteiro de Arouca (Res. Ms. 032):[4]
    • "Benedicamus Domino" (2 versões) a 4vv

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1993 - Music from Renaissance Portugal. The Cambridge Taverner Choir. Herald. Faixa 12: "Libera me Domine"; Faixa 15: "Alma Redemptoris Mater".
  • 2008 - Caeli Porta - 17th Century Sacred Music from Lisbon & Granada. The Choir of the Queen's College Oxford. Guild. Faixa 19: "Benedicamus Domino".

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ribeiro, Mário de Sampayo (1932). Achegas para a história da música em Portugal, Volume 5: Os Manuscritos Musicais n.º 6 e 12 da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra. Coimbra: Imprensa da Universidade 
  2. Carvalho, Ana (2012). O Códice Polifónico de Arouca Estudo e Transcrição Tomo I (PDF) (Mestrado). FSH - Universidade Nova de Lisboa 
  3. «Música Sacra anima Igrejas da Baixa-Chiado». Agência Ecclesia. 2006 
  4. a b c «Aires Fernandes». Portuguese Early Music Database 
  5. a b Cranmer, David (2005). «European Music Manuscripts: Series Three: From The Biblioteca Da Paço Ducal De Vila Viçosa» (pdf). Gale International Limited e Fundação da Casa de Bragança 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]