José Maria Xavier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
José Maria Xavier
Retrato do padre José Maria Xavier
Informação geral
Nascimento 23 de agosto de 1819
Origem São João del-Rei, MG
País Flag of Empire of Brazil (1822-1870).svg Império do Brasil
Data de morte 22 de janeiro de 1887 (67 anos)
Local de morte São João del-Rei, MG
Gênero(s) música sacra
Ocupação(ões) sacerdote
compositor

Padre José Maria Xavier (São João del-Rei, 23 de agosto de 1819 — São João del-Rei, 22 de janeiro de 1887) foi um padre católico e um compositor de música sacra brasileiro.

Filho de João Xavier da Silva Ferrão e Maria José Benedita de Miranda. Realizou estudos de música, canto, clarineta e violino, com o tio, o compositor e professor Francisco de Paula Miranda.

É o patrono da cadeira de número 2 da Academia Brasileira de Música.[1]

Obras[editar | editar código-fonte]

São conhecidas mais de cem obras de José Maria Xavier, muitas de grandes dimensões, conservadas em arquivos de manuscritos musicais de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás. Suas Matinas do Natal foram editadas na Alemanha e são raro exemplo de música sacra oitocentista mineira com partitura impressa. É autor de obras para o Ofício de Ramos, os Ofícios de Trevas e Sexta-Feira Maior que são tocadas até hoje nas celebrações da Semana Santa em São João del-Rei.

Reconhecimento[editar | editar código-fonte]

Em 1872, recebeu a Medalha de Prata da V Semana Industrial Mineira como prêmio por suas obras. São muitas as referências a ele em obras literárias e históricas, assim como em relatos de viagens e diários.

D. Pedro II do Brasil a ele se refere em seu diário e menciona admiração pela obra do compositor, ouvida em uma de suas viagens (1881) e considerada a melhor obra mineira que conheceu.

Referências

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.