Polidoro Jordão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de General Polidoro)
Ir para: navegação, pesquisa
Polidoro Jordão
O Visconde de Santa Teresa por volta dos 66 anos de idade, c.1868
Nome completo Polidoro da Fonseca Quintanilha Jordão
Nascimento 2 de novembro de 1802
Rio de Janeiro
Morte 13 de janeiro de 1879 (76 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação General

Polidoro da Fonseca Quintanilha Jordão, o visconde de Santa Teresa, (Rio de Janeiro, 2 de novembro de 1802 — Rio de Janeiro, 13 de janeiro de 1879) foi um general e ministro brasileiro, marcante personagem das guerras dos Farrapos e do Paraguai. Era filho do coronel João Florêncio Jordão.

O marechal Polidoro.

Durante a Guerra do Paraguai foi solicitada pelo general Osório, comandante-chefe do Exército Brasileiro naquela época, a nomeação de um oficial de confiança que o pudesse substituir nos impedimentos. Foi então o General Polidoro nomeado pelo governo, não somente para os impedimentos de Osório, mas também para substituir o visconde de Porto Alegre no comando do 2° Corpo. Tão logo chegou ao Paraguai, com o aumento dos padecimentos do General Osório, assumiu o comando do 1° Corpo, começando os seus trabalhos na Batalha de Curupaiti, em que as forças sobre seu comando fizeram com o maior heroísmo, a metralha do inimigo acorbertado por inacessíveis entricheiramentos.

Foi condecorado com a grã-cruz da Imperial Ordem de São Bento de Avis, dignitário do Ordem do Cruzeiro, comendador da Imperial Ordem da Rosa, com as medalhas do Mérito e Bravura Militar e a da Guerra do Paraguai.

Foi também por muitos anos o diretor da Escola Militar do Rio de Janeiro.

Seu nome foi dado à antiga rua Berquó, no bairro carioca de Botafogo, em memória a seus serviços prestados, em sessão da câmara municipal de 17 de fevereiro de 1870. A rua com seu nome localiza-se defronte o Cemitério São João Batista. No Recife, no bairro da Várzea, há também uma importante avenida com o nome do general Polidoro.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Manuel Marques de Sousa
Ministro da Guerra
1862 — 1863
Sucedido por
José Mariano de Matos


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.