Kariús

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: se procura pela família linguística pertencente ao tronco linguístico macro-jê e hoje considerada extinta, veja línguas cariris.
Kariú ou Cariús / Cariri
População total
Regiões com população significativa
Ceará , Paraíba e Rio Grande do Norte
Ceará , Paraíba e Rio Grande do Norte
Línguas
línguas cariris - Dialeto Dzubukuá [1] [2]
Religiões
Animismo, Xamanismo e Jurema
Etnia
Indígenas
Grupos étnicos relacionados
Icós,Icozinho, Corema,Cariuane Quixelô,Calabaça,Quixerariú

Os Karíú ou Cariú[3] é um povo indígena nordestino que se autodenominava Quincu pertencem a família indígena Cariri, e sua areá de influencia foram os estados: Ceará , Paraíba e Rio Grande do Norte da Nordeste do Brasil. Vários grupos locais ou etnias [4] são ramificações desta nação. No Ceará:Icó, Icozinho, Cariuane, Quixelô, Calabaça, Quixerariú, Chibata, Tocoiu, Acoci; Rio Grande do Norte:Caicó ou Curema,Caboré, Monxoró ou Mouxoró, Icosinho e na Paraíba:Curema, Icós e Icosinho. Na Históriografia, existe uma grande discussão sobre a qual grupos algumas destas tribos pertencem se é Cariri ou se é tarairiu. Quanto ao Dialeto falado provavelmente seria um de base do Dzubukuá uma vez que esses povos são procedentes do Rio São Francisco e chegaram a essa região pela Serra da Borborema.

Segundo o Intelectual Thomas Pompeu Sobrinho em sua obra publicada no Instituto do Ceará em 1967 Tapuias do Nordeste afirma que que os Cariús ou Caririjús são os mesmos que Elias Herckman[5] classificou de Careryjouws em sua obra "Tapuias do Nordeste" In tomo XLVIII da Revista do Instituto do Ceará,1934.

Quanto a sua a areá de abrangência dos Kariú, Carlos Studart Filho em sua obra " Os Aborígenes do Ceará" publicada pela Revista do Instituto do Ceará em primeira parte em 1962 e Segunda parte em 1963, afirma que o território dos Kariú ou Cariú no Ceará se estendiam das ribeiras do Rio Cariús e do Rio Bastiões até a Serra do Pereiro.

Na Região do Cariri Cearense existe a Serra do Quincuncá [6] localizada entre a cidades de Altaneira e Farias Brito e nesta ultima existe um Distrito denominado Quincuncá [7] . E é região de onde nascem os Rios Cariús e Bastiões. Este fato demostra que é verídica a autodenominação dos Kariú de Quincú uma vez que o nome Cariú é de origem Tupy e não Cariri.

Bibliografia adicional[editar | editar código-fonte]

  • BANDEIRA, M. Ls. Os Kariris de Mirandela: um grupo indígena integrado. Coleção Estudos Baianos. UFBA. nº 6. 1972.
  • CRUZ PIRES, M. I. A guerra dos Bárbaros. Recife. Editora Universitária. 2002. ISBN 85-7315-174-9
  • SIQUEIRA, B. Os cariris do Nordeste. Rio de Janeiro. Livraria Editora Cátedra. 1978.
  • CARVALHO, Maria Rosário “As revoltas indígenas na aldeia da Pedra Branca no século XIX”. In: ELISA REIS et al (orgs.), Ciências Sociais Hoje. São Paulo: Anpocs/Hucitec, 1995: 272-90.
  • POMPEU SOBRINHO, Thomas.Tapuias do Nordeste,Revista do Instituto do Ceará,1939.p. 221-235.
  • HERCKMAN,Elias,"Os Tapuias do Nordeste" e a Monografia de Elias Herckman In tomo XLVIII da Revista do Instituto do Ceará,1934.p.7-28.
  • STUDAR FILHO,Carlos, Os Aborígenes do Ceará,Revista do Instituto do Ceará,Primeira parte,1962.p. 5-75/ Segunda parte,1963.p.154-217.
Ícone de esboço Este artigo sobre povos indígenas é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.