Western Wall: The Tucson Sessions

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Western Wall: The Tucson Sessions é um álbum das cantoras estadunidenses Emmylou Harris e Linda Ronstadt, lançado em 1999.

Após várias colaborações mútuas, inclusive em dois álbuns com Dolly Parton (os aclamados Trio, de 1987 e Trio II, de 1998), essas duas cantoras de vozes tão diferentes, porém complementares, lançaram um disco com canções de compositores contemporâneos como Bruce Springsteen, Leonard Cohen e Sinéad O'Connor. A ausência do country tradicional e do bluegrass, que têm forte presença nos dois álbuns citados, deixa o campo livre para o folk moderno, com suas naturais aberturas para o pop e o rock. Emmylou, cada vez se dedicando mais à composição, contribui com três faixas, das quais o destaque é Raise the Dead. Outros grandes momentos são This Is to Mother You (Sinéad O'Connor), 1917 (David Olney), Western Wall (Rosanne Cash), Sisters of Mercy (Leonard Cohen), Across the Border (Bruce Springsteen) e For a Dancer (Jackson Browne).

A produção é do experiente Glyn Johns. Entre os músicos estão Neil Young (harmônica, vocais), Andy Fairweather Low (baixo, vocais) e o ex-Eagles Bernie Lindon (guitarra, violão, mandolin, guitarrón e mandocelo). O disco foi recebido com entusiasmo pela crítica, tendo entrado em várias listas dos melhores lançamentos do ano. Comercialmente, vendeu bem: ficou vinte e sete semanas na parada country da Billboard, tendo atingido a sexta colocação.

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Emmylou Harris é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.