Ancara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ankara)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Ancyra redireciona para este artigo. Para Ancyre, veja Balıkesir.
Turquia Ancara

Âncara, Ankara, Ankuwash, Ancira, Angorá

 
—  Área metropolitana (büyükşehir)  —
Do topo, em sentido horário: distrito financeiro de Söğütözü; Anıtkabir; parque Gençlik; praça Kızılay; Mesquita Kocatepe; torre Atakule.
Do topo, em sentido horário: distrito financeiro de Söğütözü; Anıtkabir; parque Gençlik; praça Kızılay; Mesquita Kocatepe; torre Atakule.
Apelido(s): Coração da Turquia
Ancara está localizado em: Turquia
Ancara
Localização de Ancara na Turquia
Coordenadas 39° 52' N 32° 52' E
Região Anatólia Central
Província Ancara
Administração
 - Governador (vali) Alaaddın Yüksel [1]
 - Prefeito (belediye başkanı) Ibrahım Melıh Gökçek (2009, AKP) [2]
Altitude 950 m (3 117 pés)
População (2012)[3]
 - Total 4 630 735
Código postal 06000
Prefixo telefónico 312
Sítio Governo distrital: www.ankara.gov.tr
Prefeitura: www.ankara.bel.tr

Ancara ou Âncara (br) [4] [5] [6] (em turco: Ankara, pronunciado: [ˈaŋkaɾa] ( ouvir)) anteriormente conhecida como Ancira e Angora, é a capital da Turquia, localizada na Anatólia Central. Com uma população de 4.587.558 no centro urbano (2014) e 5.150.072 em sua província (2015),[7] é a segunda maior cidade do país, atrás apenas de Istambul.

Ancara foi a sede de Atatürk desde 1920 e tem sido a capital da República da Turquia desde a sua fundação, em 1923, substituindo Istambul após a queda do Império Otomano. O governo é um empregador importante, mas Ancara é também um importante centro comercial e industrial, localizado em um eixo rodoviário e ferroviário. O nome da cidade vem da lã de angorá. A área também é conhecida por suas peras, mel e uvas moscatel. Apesar de estar situada em um dos lugares mais secos da Turquia e rodeada principalmente por vegetação de estepe, exceto para as áreas de floresta na periferia do sul, Ancara pode ser considerada uma "cidade verde" em termos de áreas verdes por habitante, que é de 72 m² per capita.[8]

A capital turca é uma cidade muito antiga, com vários sítios arqueológicos hititas, frígios, helenísticos, romanos, bizantinos e otomanos. O centro histórico da cidade é um monte rochoso que sobe a 150 metros sobre a margem esquerda do Ankara Çayı, um afluente do rio Sakarya. A colina permanece coroada pelas ruínas da antiga cidadela. Ainda há exemplos bem preservados da arquitetura otomana e romana em toda a cidade, sendo o mais notável sendo o Monumento de Ancira, construído entre os anos 25 a.C. e 20 d.C.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A cidade foi fundada pelos Hititas ca. 1200, que lhe chamaram Ankuwash.[9] [10] [11] A partir do século IV a.C. os Gregos chamaram-lhe Ancira (em grego: Áγκυρα; transl.: Ankyra),[10] [11] que significa "âncora", um nome também usado pelos Romanos e Bizantinos. Mais tarde, foi conhecida na Europa durante séculos como Angorá,[carece de fontes?] Ângora ou Angora.[12] Em turco foi também conhecida como Engürü. A pronúncia em português brasileiro do nome atual é proparoxítona (com acento na primeira sílaba): "âncara" — pronúncia essa que é quase idêntica à pronúncia turca para o nome da cidade, embora em turco o segundo "a" da palavra seja pronunciado fechado. Em português europeu a pronúncia é usualmente paroxítona (com acento na segunda sílaba): "ancára".

História[editar | editar código-fonte]

Cidadela de Ancara, originalmente construída entre os séculos VII e IX pelos Bizantinos[carece de fontes?]

A entrada da cidade de Ancara na história remonta à Idade do Bronze e ao surgimento da civilização Hatti. Cerca de 2 000 a.C. chegaram os Hititas, depois seriam os Frígios, os Lídios e os Persas, os Gregos, comandados por Alexandre, o Grande, que conquistou a cidade em 333 a.C. vindo de Gordium, ficando lá por um tempo.[13]

Segundo Pausânias, uma cidade frígia com o nome de Ancira foi fundada por Midas, filho de Górdio. O nome da cidade vem de uma âncora (Ancyra) que Midas encontrou no lugar e que ainda existia no santuário de Zeus no século II d.C. Na cidade também existia uma fonte (fonte de Midas), cuja água o rei misturou com vinho para capturar Sileno, seguidor de Dionísio.[14]

No século III a.C., os Gálatas, um povo celta, após invadirem a Grécia, atravessarem o mar e serem expulsos da costa pelo Reino de Pérgamo, estabeleceram sua capital em Ancara.[14] Os gálatas se dividiam em três tribos; os Trocmnos ficaram com Ancara, os Tolistóbogos em Távia e os Tectósagos em Pessino.[15] Ancara e Pessino foram posteriormente conquistadas por Pérgamo.[14] Em 189 a.C.,[16] os romanos capturaram Ancara,[17] e a Galácia foi dividida em quatro tetrarquias,[18] tornando-se a capital da província de Galácia [19] na época de Augusto.[20] Posteriormente, tornou-se uma importante localidade bizantina.[carece de fontes?] Em 1073[necessário esclarecer] foi conquistada pelo sultão seljúcida Alp Arslan.[13] Orhan I, o segundo bei (chefe) do otomano, conquistou a cidade em 1356.[13]

No momento da fundação da República da Turquia, Ancara não era mais do que uma pequena povoação que não superava os 15 000 habitantes. Apesar disso, foi designada como capital, enquanto Istambul se encontrava ocupada pelos aliados entre 1919 e 1922. Após o fim da Guerra de independência turca (13 de outubro de 1923), Ancara continuou sendo a capital por desejo expresso do fundador da República Turca, Mustafá Kemal Atatürk, que chefiou as operações contra a ocupação dos aliados na mesma cidade, [13] que evitava deste modo a excessiva vulnerabilidade geoestratégica da cidade de Istambul.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localizada nas coordenadas geográficas 39º 52 ‘30" Norte e 32º 50’ Leste, Ancara foi construída sobre uma colina escarpada e rochosa, que possui 176 metros de altura sobre a margem esquerda do Enguri Su, afluente do rio Sakarya (Sangário).

Clima[editar | editar código-fonte]

A cidade localiza-se em uma das regiões mais secas secos da Turquia, rodeada por uma vegetação de estepe, devido ao solo e ocasiões de extremo clima continental semiárido com invernos muito frios, com abundantes precipitações em forma de neve e verões muito secos e quentes. O período das chuvas acontece durante toda a primavera e outono.

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para Ancara Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima absoluta (°C) 11,1 17,7 27,2 27,7 31,1 38,8 37,2 42,2 33,3 30,0 21,1 17,2 42,2
Temperatura máxima média (°C) 1,6 4,4 10,0 15,5 20,0 24,4 27,7 28,3 24,4 18,3 10,5 4,4 16,1
Temperatura mínima média (°C) -6,6 -5,0 -1,6 3,3 6,6 9,4 12,7 12,7 8,3 3,8 -1,1 -3,3 3,3
Temperatura mínima absoluta (°C) -31,1 -31,1 -27,2 -7,2 -6,1 0,5 3,8 3,8 -2,2 -8,8 -12,2 -17,2 -31,1
Precipitação (mm) 40 31 36 51 52 39 17 15 18 32 36 48 417
Dias com chuva 8 8 11 17 17 13 7 5 5 10 11 10 122
Fonte: Serviço Meteorológico do Estado Turco (DMI),[21] WeatherBase.com [22]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Imagem de satélite da região metropolitana de Ancara à noite

Segundo estatísticas oficiais, a área metropolitana de Ancara tinha, em 2012, 4 630 735 habitantes (2 306 980 homens e 2 323 755 mulheres).

População de de Ancara (1927 – 2012)
1927 1950 1955 1960 1965 1970
75 000 287 000 453 000 646 000 906 000 1 209 000
  Aumento 282,7% Aumento 57,8% Aumento 42,6% Aumento 40,2% Aumento 33,4%
1985 1990 2000 2007 2009 2012
2 251 533 2 583 963 3 203 362 3 763 591 4 513 921 4 630 735
Aumento 86,2% Aumento 14,8% Aumento 24% Aumento 17,5% Aumento 19,9% Aumento 2,6%


Governo e política[editar | editar código-fonte]

Ak Saray, o palácio presidencial da República da Turquia

Ancara é um campo de batalha político triplo entre o conservador Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP), o oposicionista e kemalista de centro-esquerda Partido Republicano do Povo (CHP) e o nacionalista e de extrema-direita Partido de Ação Nacionalista (MHP). A província de Ancara é dividida em 25 distritos. O reduto político fundamental e quase único do CHP em Ancara encontra-se dentro da área central de Çankaya, que é o distrito mais populoso da cidade. Enquanto o CHP sempre ganhou entre 60% a 70% dos votos em Çankaya, desde 2002, o apoio político em outros lugares da cidade é mínimo. A elevada população dentro de Çankaya, bem como em Yenimahalle, tem permitido ao CHP tomar o segundo lugar na classificação geral por trás do AKP em ambas as eleições locais e gerais, com o MHP em terceiro lugar, apesar do fato de que o MHP é politicamente mais forte do que o CHP em quase todos os outros distritos. No geral, o AKP goza de maior apoio por toda a cidade. O eleitorado de Ancara, assim, tende a votar a favor da direita política, muito mais do que em outras grandes cidades turcas mais liberais, como Istambul e Izmir. Em retrospecto, os Protestos na Turquia em 2013 contra o governo do AKP foram particularmente fortes em Ancara, sendo fatal em várias ocasiões.[23]

Melih Gökçek tem sido o Prefeito Metropolitano de Ancara desde 1994, como um político do Partido do Bem-Estar. Mais tarde, ele se juntou ao Partido da Virtude e, em seguida, ao AKP. Inicialmente eleito nas eleições locais de 1994, ele foi reeleito em 1999, 2004 e 2009. Na eleição local de 2014, Gökçek foi eleito para um quinto mandato. O candidato a prefeito metropolitano do MHP para as eleições locais de 2009, o político conservador Mansur Yavas, manteve-se como o candidato do CHP contra Gökçek. Em uma eleição muito controversa, Gökçek foi declarado vencedor por apenas 1% de votos à frente do Yavas em meio a alegações de fraude eleitoral sistemática. Com o Conselho Supremo Eleitoral e os tribunais rejeitaram apelos de Yavas, ele declarou a intenção de tomar as irregularidades ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos. Embora Gökçek foi tenha tomado posse, a maioria dos observadores eleitorais acreditam[24] que Yavas foi o vencedor da eleição.[25] [26] [27] [28] [29] [30]

Cidades Irmãs[editar | editar código-fonte]

Europa e Ásia
Américas

Economia[editar | editar código-fonte]

Vista do centro financeiro da cidade

É uma importante cidade comercial, industrial e cultural e se está a desenvolver muito ultimamente. Também serve como centro de comércio para a zona agrícola que a rodeia. Antes de tornar-se capital do país, a cidade era famosa pela lã das suas cabras (lã de angorá, antigo nome da cidade).[13]

A cidade tem exportado mohair (cabra angorá) e lã de angorá (do coelho angorá) internacionalmente por séculos. No século XIX, a cidade também exportou quantidades substanciais de goma, cera, mel, frutos e raíze. Ela estava ligado a Constantinopla através de uma ferrovia antes da Primeira Guerra Mundial, continuando a exportar mohair, lã, bagas e grãos.

Ancara é o centro de empresas turcas estatais e privadas da área de defesa e do setor aeroespacial, como a Turkish Aerospace Industries, a FNSS,[31] a Nurol Makina,[32] e várias outras. As exportações para países estrangeiros destas indústrias têm vindo a aumentar nas últimas décadas. O IDEF em Ancara é uma das maiores exposições internacionais da indústria mundial de armas. Várias empresas automotivas globais também têm instalações de produção em Ankara, como o ônibus e fabricante de caminhões alemã MAN SE.[33] A cidade também hospeda a Zona Industrial OSTIM, o maior parque industrial da Turquia.

Panorama cidade à noite

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Transportes[editar | editar código-fonte]

A Electricity, Gas, Bus General Directorate (EGO)[34] opera o Metrô de Ancara e outras formas de transporte público. Ancara está atualmente servida por um comboio suburbano chamado Ankaray (A1) e três linhas de metrô (M1, M2, M3) com cerca de 300 mil viajantes diários, enquanto uma linha de metrô adicional (M4) está em construção. Um teleférico de 3,2 km de comprimento e quatro estações liga o distrito de Şentepe a estação de metro Yenimahalle.[35]

A Estação Central de Ancara é um importante pólo ferroviário da Turquia. A Turkish State Railways opera o serviço de trem de passageiros a partir de Ancara para outras grandes cidades, como Istambul, Eskisehir, Balıkesir, Kütahya, Izmir, Kayseri, Adana, Kars, Elazig, Malatya, Diyarbakir, Karabük, Zonguldak e Sivas. Trens urbanos também correm entre as estações de Sincan e Kayas. Em 13 de março de 2009, o novo Yüksek Hızlı Tren (YHT), um serviço ferroviário de alta velocidade começou a funcionar entre Ancara e Eskişehir. Em 23 de agosto de 2011, uma outra linha de alta velocidade YHT começou seu serviço comercial entre Ankara e Konya. Em 25 de Julho de 2014, a linha de alta velocidade Ankara-Istambul de YHT também entrou em serviço.[36]

O Terminal Interurbano de Ancara também é uma parte importante da rede de ônibus, que abrange todos os bairros da cidade. Bilhetes de ônibus a partir de todas as outras cidades para Ancara podem ser encontradas em Otobusbileti.[37] O Aeroporto Internacional de Ancara Esenboğa é o principal da cidade.

Universidades[editar | editar código-fonte]

Ancara é um importante polo de ensino superior. A lista a seguir contém alguns dos principais universidades:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Ancara İlı». yerelnet.org.tr (em turco). YerelNET. Consultado em 19 de maio de 2013. 
  2. «Ancara Beledıyesı». www.yerelnet.org.tr (em turco). YerelNET. Consultado em 19 de maio de 2013. 
  3. «Büyüksehir belediyeleri ve bagli belediyelerin nüfuslari». TURKSTAT (em turco). rapor.tuik.gov.tr. Consultado em 19 de maio de 2013. 
  4. «Ministério das Relações Exteriores - O Brasil no Exterior». www.itamaraty.gov.br. 
  5. «Visita do Presidente Lula à Turquia». www.itamaraty.gov.br. 
  6. «Senado Federal - Informação sobre a Turquia». www.senado.leg.br. 
  7. «Ankara». Collins Dictionary. n.d. Consultado em 24 de setembro de 2014. 
  8. «Municipality of Ankara: Green areas per head». Ankara.bel.tr. Consultado em 29 de junho de 2010. 
  9. Holmes, Peter (1988) (em inglês), Turkey: a timeless bridge, Stork Press, p. 62, ISBN 9780951316504, http://books.google.pt/books?id=3GMMAQAAMAAJ&q=Ankuwash, visitado em 28 de maio de 2014 
  10. a b Ayliffe, Rosie; Dubi, Marc; Gawthrop, John; Richardson, Terry (2003) (em inglês), The Rough Guide to Turkey (5ª ed.), p. 687, ISBN 9781843530718, http://books.google.pt/books?id=TbC6B1uMgSAC&pg=PA687, visitado em 28 de maio de 2014 
  11. a b *Edmonds, Anna G. (1997) (em inglês), Turkey's religious sites, Damko, p. 253, ISBN 9789758227006, http://books.google.pt/books?id=xVbkAAAAMAAJ&q=Ankuwash, visitado em 28 de maio de 2014 
  12. Fernandes, Ivo Xavier (1941). Topónimos e Gentílicos I (Porto: Editora Educação Nacional, Lda.). 
  13. a b c d e «Ancara». Portal São Francisco[fonte confiável?]. Consultado em 1 de abril de 2012. 
  14. a b c Pausânias, Descrição da Grécia, 1.4.5 [em linha]
  15. Memnon de Heracleia, Livros XIII e XIV, citado por Fócio, Biblioteca de Fócio [em linha]
  16. Cneu Mânlio Vulsão submeteu os gálatas no ano em que foi cônsul.
  17. Dião Cássio, História de Roma, citado por Zonaras, 20 [em linha]
  18. Estrabão, Geografia, Livro XII, Capítulo 5, 1 [fr] [en] [en] [en]
  19. Teodoreto, The Ecclesiastical History, Dialogues, and Letters of Theodoret, Capítulo XX, Sobre as inovações de Eudóxio da Germânica, e o zelo de Basílio de Ancara e Eustácio de Sebasteia contra ele [em linha]
  20. João Malalas, Chronographia, Livro IX, 218 [em linha]
  21. «Yıllık Toplam Yağış Verileri - Ankara (Detalhes da precipitação anual em Ancara)». www.meteor.gov.tr. Serviço Meteorológico do Estado Turco (DMI). Arquivado desde o original em 7 de dezembro de 2010. Consultado em 11 de julho de 2011. 
  22. «Ankara, Turkey». www.weatherbase.com. Weatherbase. Consultado em 11 de julho de 2011. 
  23. «Turkish Protester Ethem Sarısülük Is Dead, Family Says [UPDATED]». The Huffington Post. 
  24. «Turkey's Prime Minister: Erdoğan v. judges, again». The Economist [S.l.: s.n.] 411 (8883): 32–36. 19 April 2014. 
  25. «Turkish opposition party will challenge Ankara vote - Al-Monitor: the Pulse of the Middle East». Al-Monitor. 
  26. «Is Something Rotten In Ankara’s Mayoral Election? A Very Preliminary Statistical Analysis - Erik Meyersson». Erik Meyersson. 
  27. Joe Parkinson And Emre Peker (1 de abril de 2014). «Turkish Opposition Cries Vote Fraud Amid Crackdown - WSJ». WSJ. 
  28. «Turkey's opposition to contest Ankara local poll result, citing election fraud». voiceofrussia.com. 
  29. «CHP’s Ankara candidate vows to defend votes as police crack down on protest - POLITICS». hurriyetdailynews.com. 
  30. «Turkey's Weirdest Mayor Won't Be Distracted By Electoral Fraud Allegations». VICE News. 
  31. FNSS Savunma Sistemleri A.Ş. «FNSS Savunma Sistemleri A.Ş.». FNSS Savunma Sistemleri A.Ş. 
  32. «Nurol Makina ve Sanayi A.Ş.». nurolmakina.com.tr. 
  33. «MAN Turkiye». man.com.tr. 
  34. «EGO Genel Müdürlüğü». Ego.gov.tr. Arquivado desde o original em 15 de abril de 2009. Consultado em 5 de maio de 2009. 
  35. «Largest urban ropeway on Eurasian continent opens to celebrations in Ankara». Leitner ropeways. Consultado em 21 de maio de 2014. 
  36. «Largest urban ropeway on Eurasian continent opens to celebrations in Ankara». Leitner ropeways. Consultado em 21 de maio de 2014. 
  37. «Otobüs Bileti». otobusbileti.gen.tr. 
Erro de citação: A etiqueta <ref> com nome "Ptel" definida em <references> não é utilizada no texto acima.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons
Wikivoyage Guia turístico no Wikivoyage
  • «Ancara». kurumsal.kulturturizm.gov.tr (em turco). Portal institucional do Ministério da Cultura e Turismo. Consultado em 19 de maio de 2013. 


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Turquia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.