Diferenças entre edições de "Telecomunicações do Rio de Janeiro"

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
36 bytes adicionados ,  05h41min de 5 de fevereiro de 2019
m
sem resumo de edição
(inserindo predefinição e referências)
m
|img-des =
|slogan =
|fundação = {{Dtlink|||19751976}}
|destino =
|sede = {{BR-RJ-Rio de Janeiro}}
|locais =
|fundador =
|proprietário = [[Telecomunicações Brasileiras S.A.|Telebras]]
|presidente =
|vice-presidente =
|rodapé =
}}
'''Telecomunicações do Rio de Janeiro S.A. - TELERJ''' foi a empresa operadora de telefonia do grupo [[Telecomunicações Brasileiras S.A.|Telebras]]<ref>{{citar web|URL=http://www.planalto.gov.br/Ccivil_03/leis/L5792.htm|título=LEI Nº 5.792, DE 11 DE JULHO DE 1972 - Autoriza o Poder Executivo a constituir a empresa Telecomunicações Brasileiras S/A. - TELEBRÁS|data=|acessodata=|publicado=Presidência da República|ultimo=|primeiro=|autor=}}</ref> no estado do [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]] entre [[19751976]] e [[1998]], quando foi [[privatização|privatizada]]<ref>{{citar web|URL=http://www.planalto.gov.br/Ccivil_03/leis/L9472.htm|título=LEI Nº 9.472, DE 16 DE JULHO DE 1997 - Dispõe sobre a organização dos serviços de telecomunicações|data=|acessodata=|publicado=Presidência da República|ultimo=|primeiro=|autor=}}</ref>.
 
A Telerj foi criada após a fusão dos estados do [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]] e da [[Guanabara]], quando incorporou os serviços telefônicos prestados na maioria dos municípios fluminenses pela [[Companhia Telefônica Brasileira|Companhia Telefônica Brasileira-CTB]] (alguns municípios dispunham de empresas locais de telefonia, posteriormente absorvidas pela Telerj). A [[Companhia Estadual de Telefones da Guanabara]] (CETEL), que atendia as regiões Norte e Oeste da cidade do Rio de Janeiro, manteve marca e administração separadas até a década de 1990.
7 672

edições

Menu de navegação