Acadêmicos do Cubango

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de GRES Acadêmicos do Cubango)
Ir para: navegação, pesquisa
Cubango
Bandeira do GRES Acadêmicos do Cubango.jpg
Fundação 17 de dezembro de 1959 (57 anos) [1][2]
Cores

Verde

Branco
Símbolo Partenon , aonde se encontram um livro aberto ao meio, uma caixa e uma pena em um tinteiro [2]
Bairro Cubango [1][2]
Presidente Rogério Belisário
Carnavalesco Gabriel Haddad e Leonardo Bora
Intérprete oficial Evandro Mallandro [3]
Diretor de carnaval Alexandre Brittes
Diretor de harmonia Allan Guimarães
Daniel Katar
Alexandre Brittes
Diretor de bateria Mestre Demétrius [4][5]
Rainha da bateria Thais Macedo[6]
Mestre-sala e porta-bandeira Diogo Jesus e Thais Romi
Coreógrafo Hélio Bejani e Beth Bejani
Desfile de 2018
Enredo O Rei Que Bordou o Mundo
Posição de desfile 5° a desfilar no sábado (10/2/2018)
entre 1h e 1h40
Site oficial
academicosdocubango.org.br

Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos do Cubango (referida simplesmente como Acadêmicos do Cubango ou Cubango) é uma escola de samba brasileira da cidade de Niterói, que desde os anos oitenta participa do carnaval carioca. Sua sede localiza-se no bairro do Cubango.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A participação da "Academia Cubango" nos desfiles de Niterói começa em 1960 quando ganhou o tetracampeonato num grupo chamado "Academias", uma espécie de segundo grupo do carnaval, com o enredo “Sonho das Esmeraldas”. Seu primeiro presidente foi o sambista Ney Ferreira, que até 1966 atuou também como carnavalesco.

No carnaval de 1964 fez sua estreia entre as escolas do primeiro grupo e passou a ser chamada pelo nome atual. Neste ano conquistou o vice-campeonato com o enredo “Maurício de Nassau”.

Seu primeiro título na elite do carnaval de Niterói ocorreu em 1967 com o enredo “O Brasil pintado por Debret”. Mas foi em 1972 que a escola se consagrou o tema “Um rei Congo Sabará” um estilo de enredo afro, que passou a ser o mais preterido pela escola a partir daí.

Em 1975, a Cubango desfilou na avenida Amaral Peixoto com o enredo “Folclore: riqueza do Nordeste” e saiu campeã. Este campeonato foi o primeiro de uma sequência de cinco títulos. Em 1979, com o enredo “Afoxé”, a Cubango consolidou seu império no carnaval de Niterói. Nos anos 70 foram sete títulos em dez dos disputados. A grande rivalidade era com a Unidos do Viradouro.

Nos anos 80, juntamente com a Unidos do Viradouro, a escola deixa o carnaval de Niterói e passa a desfilar no carnaval do Rio de Janeiro. Naquela época o carnaval de Niterói enfrentava uma crise financeira e se extinguiria na década de 1990. Em 1986, no seu primeiro ano no desfile carioca, a Cubango foi a campeã do Grupo IV, adquirindo assim o direito de subir para o Grupo III. Em 1992, com o enredo “Negro que te quero negro”, chegava ao Grupo I.

Em 2004, a escola que participava do Grupo A, surpreendeu quando era apontada ao rebaixamento pela mídia, e obteve um honroso quinto lugar[7]

Para o carnaval 2009, a direção da escola optou em reeditar o enredo Afoxé, samba que deu o 14º título a escola, no carnaval de Niterói, dos carnavalescos Sérgio Silva e Léo Moraes, e tendo Samantha Schmütz como madrinha de bateria. A escola retornou ao Grupo A, ao ser a campeã junto com a Unidos de Padre Miguel. no ano seguinte, com o enredo Os loucos da praia chamada saudade, de Milton Cunha, terminou na 9º colocação[8].

Para o carnaval 2011, a escola trouxe o intérpretes David do Pandeiro, que poucos meses depois acertou sua volta para a Santa Cruz[9] e Igor Vianna, que tava na escola da zona oeste, passando a ser o intérprete oficial da escola. Além disso, trouxe de volta o carnavalesco Jaime Cezário e a rainha Juliane Almeida[10]. Terá como enredo A emoção está no ar, que abordará sobre a história da humanidade através de diversas emoções sentidas pelo homem[11]. fez um desfile perfeito[12], mais no entanto o que se viu não contrastou com o desfile, o que indignou o presidente da escola que mais uma vez não disparou com a direção da LESGA[13] em relação ao resultado. sendo que foi punida pela entidade[14], por mais uma vez discordar do resultado. no ano de 2012, optou pelo enredo homenageando Barão de Mauá, tendo um trio como intérprete oficial, formado por sereno, Marcelo Guimarães e Hugo Júnior[15]. terminou na 4°colocação.

Em 2014, foi especulado que a escola reeditaria o enredo Peguei um Ita no Norte, que deu ao Salgueiro, o título no carnaval de 1993[16] e apostando no carnavalesco Márcio Puluker para conquistar o inédito acesso ao Especial. Mas a ideia acabou rechaçada pela direção da escola, [17] [18] [19] que decidiu por apostar em mais um enredo afro. Fazendo uma correta apresentação, ficou na 5º colocação.

Para 2015, a escola promove o retorno do carnavalesco Jaime Cezário, que já esteve na agremiação por duas vezes, além de contratar o experiente intérprete Preto Joia.[20][21] Com o enredo "Cubango, a realeza africana de Niterói", a escola conquista a quarta colocação.

Em 2016, a escola contratou o carnavalesco Cid Carvalho, vindo da Mangueira para desenvolver o enredo "Um banho de mar à fantasia", obtendo o sexto lugar. Já em 2017, a escola homenageou o sambista João Nogueira e o centenário do samba, tema também desenvolvido por Cid Carvalho [4][22] que nos preparativos do carnaval, deixou a escola, sendo substituído por Lúcio Sampaio. Outro desfalque foi de Cris Alves, que após quatro anos foi destronada do cargo de rainha de bateria, que passa a ser ocupado pela cantora Thais Macedo. Num desfile bem abaixo da crítica, onde ficaram nítidos os problemas financeiros, a Cubango terminou em oitavo lugar.

Em maio de 2017 a chapa de oposição liderada por Rogério Belisário vence as eleições da escola, pondo fim a gestão de Olivier Luciano Almeida, o Pelé, a frente da verde e branca, que durou 14 anos. Belisário recebeu 721 votos, enquanto Pelé, 668.

Antes da eleição, a diretoria anterior havia definido que o enredo da Cubango seria o bicentenário da cidade de Nova Friburgo. Mas, em meio a polêmica acerca das negociações com a prefeitura local, o tema acabou descartado pela nova diretoria, que decidiu por um enredo autoral sobre Arthur Bispo do Rosário cujo título será "O rei que bordou o mundo", desenvolvido pelos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Minervino Ferreira 1959-1960 [23]
Ney Ferreira 1961-1989 [23]
Waldir Santana 1990 [23]
Nilton Gomes de Carvalho 1991-1993 [23]
Ari Sérgio 1994 a 1995 [23]
Ney Ferreira 1996-1999 [23]
Marcos Alexandre Madeira 2000-2001 [23]
Gustavo Frickmann 2002 [23]
Olivier Luciano Vieira (Pelé) 2003-2017 [23]
Rogério Belisário 2017-atual [23]

Intérpretes[editar | editar código-fonte]

Carnavais Intérprete oficial Referências
1974 Flavinho Machado [24]
1979 Elza Soares [24][25]
1980–1981 Flavinho Machado [24]
1985 Flavinho Machado [24]
1988 Flavinho Machado [24]
1994 Wantuir [26]
1995–1996 Alexandre Lopes [27]
1997–1998 Marcio Souto e Huguinho [28]
1999 Rixxah [29]
2000 Elza Soares, Taroba, Lima e Billy Boy [25]
2001 Eduzinho e Huguinho [30]
2002–2003 Palito do Porto [31][32]
2004–2008 Tiãozinho Cruz [33]
2009 Júnior Duarte [34]
2010 Tiãozinho Cruz [33]
2011 Igor Vianna [35]
2012 Marcelo Rodrigues, Hugo Júnior e Sereno [36][37]
2013–2014 Marcelo Rodrigues [38][39]
2015 Preto Jóia [40]
2016–2017 Hugo Júnior [41]
2018 Evandro Malandro

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de carnaval Diretor de harmonia Mestre de bateria Ref.
2008 Marlúcia Nunes Cruz Marlúcia Nunes Cruz Ricardinho
2009 Robertinho Robertinho Gilmar
2010 Guilherme Nóbrega Robertinho Jonas
2011 Luis Carlos Amancio Jorginho Harmoniao Jonas
2012 Luis Carlos Amancio Luis Carlos Amancio Jonas
2013 Luis Carlos Amancio Luis Carlos Amancio Jonas
2014 Jorge Ripper Décio Bastos Jonas [42]
2015 Jorge Ripper Décio Bastos Maurão [43]
2016 Jorge Ripper Decio Bastos Maurão
2017 Jorge Ripper Jorge Ripper Demétrius
2018 Alexandre Brittes Allan Guimarães, Daniel Katar e Alexandre Brittes Demétrius [44]

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014 Carlinhos Salgueiro [45]
2015 Roberto De La Costa [46]
2016 Marcio Moura [47]

Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2013 Marquinhos e Andréia
2014 Diego Machado e Natália [48]
2015-2017 Diego Falcão e Jaqueline Gomes [49]
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Acadêmicos do Cubango

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Período Rainha Madrinha Ref.
2007 Fabiana Tati Pink
2008 Júlia Vieira
2009 Júlia Barcelos Samantha Schmütz [50]
2010 Rayanne Santos Samantha Schmütz [51][52][53]
2011 Juliane Almeida [10][54]
2012 Dani Sperle [55][56]
2013-2016 Cris Alves [57]
2017- Thais Macedo [6]

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Carnavais da Acadêmicos do Cubango
Ano Colocação Divisão Enredo Carnavalesco Ref.
1960 Campeã Academias "Homenagem ao Rei Momo" Ney Ferreira e Mãe Tiana [58][59]
1961 Campeã Academias "Libertação dos escravos" Ney Ferreira e Mãe Tiana [58][60]
1962 Campeã Academias "Carlos Gomes" Tuta [58][61]
1963 Campeã Academias "Sonho das esmeraldas" Ney Ferreira [58]
1964 Vice-campeã Especial "Maurício de Nassau" Ney Ferreira [58]
1965 3.º Lugar Especial "República Negra de Palmares" Ney Ferreira [58][62]
1966 3.º Lugar Especial "Marquesa de Santos" Ney Ferreira [58][63]
1967 Campeã Especial "Brasil pintado por Debret" Bernardo Ferreiro [58][64]
1968 Campeã Especial "Reisado" Bernardo Ferreiro [58][65]
1969 Campeã Especial "Dançada" Bernardo Ferreiro [58][66]
1970 Campeã Especial "Zé Pereira" Bernardo Ferreiro [58][67][68]
1971 3.º Lugar Especial "Nêga Rosa" Ney Ferreira [58][69]
1972 Campeã Especial "Coroação do Rei Congo em Sabará"
(Samba-enredo composto por Coutinho e Betinho)
Ney Ferreira [58][67][70]
1973 3.º Lugar Especial "Praia Grande" Ney Ferreira [58]
1974 Vice-campeã Especial "Explode saudade" Itamar Leal e Maria Tereza Soares [58][71]
1975 Campeã Especial "Folclore, riqueza do Nordeste" Neline Ogeda e Milton Teixeira [72]
1976 Campeã Especial "Rosinha minha canoa" Ney Ferreira [73][74]
1977 Campeã Especial "Sapucaia Oroca" Ney Ferreira [58][75]
1978 Campeã Especial "Madrugada" Ney Ferreira [58][76]
1979 Campeã Especial "Afoxé" Ney Ferreira e Carlos Alberto Costa [77][78]
1980 Vice-campeã Especial "Mundo mágico" Marcos Madeira [58][79]
1981 Vice-campeã Especial "Fruto do amor proibido" José Luiz Melo [58][80]
1982 3.º Lugar Especial "O Olimpo de Olímpia" Luiz Fernandes e Ricardo Aquino [58]
1983 Vice-campeã Especial "Metais e pedrarias que embelezam o Brasil" Evans de Brito [58]
1984 Campeã
(Empatada com a Viradouro)
Especial "Porque Oxalá usa Ekodidé"
(Samba-enredo composto por Heraldo Faria, Flavinho Machado e Jair)
Nilson Feitosa [58]
1985 3.º Lugar Especial "Explode Saudade" Carlos Alberto [58][81]
1986 Aprovada Desfile de Avaliação "Vamos ao teatro" Paulo Roberto da Costa [58][82]
1987 Vice-campeã Grupo 4 "O encantamento de Soboadam"
(Samba-enredo composto por Sardinha, Rolian do Cavaco, Ribeiro e Gira)
Paulo Roberto da Costa e Paulo Flores [58][83]
1988 4.º Lugar Grupo 3 "Ave Bahia, cheia de graça"
(Samba-enredo composto por Heraldo Faria e Flavinho Machado)
Max Lopes [84][85]
1989 4.º Lugar Grupo 3 "Dançadas"
(Samba-enredo composto por Zequinha)
Alexandre Louzada [58][86]
1990 4.º Lugar Grupo B "O místico José Ferreira"
(Samba-enredo composto por Naval, Dulindo e Paulo Gongolo)
Paulo Roberto da Costa e Alexandre Louzada [58][87]
1991 3.º Lugar Grupo B "Terra de Santa Cruz dos abacaxis e dos filhos da fruta"
(Samba-enredo composto por Eduardo Poeta, Mário Di Minas, Quinzinho e Sardinha)
Gil Gouvêa e Ivan Carneiro [58][88]
1992 Vice-campeã Grupo B "Negro que te quero negro"
(Samba-enredo composto por Ismael do Nascimento, Odir Sereno e Plínio)
José Luiz Mello e Ronaldo Silva [58][89]
1993 11.º Lugar Grupo A "Do fogo às águas recriando a terra"
(Samba-enredo composto por Maneco, Chico e Bujico)
José Luiz Mello [58][90]
1994 15.º Lugar Grupo A "Ao mestre com carinho"
(Samba-enredo composto por Maneco, Rogerinho e Huguinho)
Etevaldo Brandão [91][92]
1995 7.º Lugar Grupo A "Da Villa Real da Praia Grande à Cidade Sorriso"
(Samba-enredo composto por Ismael do Nascimento, Odir Sereno e Rolian do Cavaco)
Rosângela da Rosa e Renato Dias [58][93]
1996 9.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo A "Dos brasões do reino de Portugal, ao esplendor da Bandeira Nacional"
(Samba-enredo composto por Henrique Inspiração, Paulinho Degrau, Huguinho e Maneco)
Rosângela da Rosa e Renato Dias [58][94]
1997 Vice-campeã Grupo B "Nos pontos de nossos contos"
(Samba-enredo composto por Márcio Souto, Márcio André, Boró do Porto e Fernando de Lima)
Rosângela da Rosa e Renato Dias [58][95]
1998 4.º Lugar Grupo A "Nausicaa - a odisséia cubanga nos verdes mares"
(Samba-enredo composto por Marcio Souto, Marcio André, Fernando de Lima, Boró e Huguinho)
Carlinhos D’Andrade [58][96]
1999 8.º Lugar Grupo A "Tempero, uma pitada na História"
(Samba-enredo composto por Eduardo Poeta, Mário di Minas, Quinzinho, Jo Ennes, Lênio da Costa e Eduzinho)
Alexandre Louzada [97][98]
2000 11.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo A "Uma independência de fato"
(Samba-enredo composto por Celso Tropical, Rolian do Cavaco, Pepê, Willian e Altair)
Max Lopes e Amarildo de Mello [99][100]
2001 6.º Lugar Grupo B "Cubango mostra tua raça, Niterói e teu berço a cidade te abraça"
(Samba-enredo composto por Flavinho Machado, Rogerão, João Belém, Paulinho, William, Juarez e Maurilinho)
Roberto Reis [101][102]
2002 Campeã Grupo B "África, o exuberante paraíso negro"
(Samba-enredo composto por Jacy Inspiração, Celso Tropical, Rogerão e Gilberth Castro)
Roberto Reis e Antônio Sérgio [103][104]
2003 9.º Lugar Grupo A "Cândido Mendes - Um século de paixão na história da educação"
(Samba-enredo composto por Quinzinho, Eduardo Poeta, Eduzinho, Lenio da Cotia e Sardinha)
Roberto Reis [105][106][107]
2004 5.º Lugar Grupo A "Cubango é shopping no mundo do toma lá da cá"
(Samba-enredo composto por Quinzinho, Eduardo Poeta, Eduzinho, Lenio da Cotia e Sardinha)
Roberto Reis e Antônio Sérgio [7][108][109]
2005 6.º Lugar Grupo A "O fruto da África de todos os deuses no Brasil de fé. Candomblé"
(Samba-enredo composto por Flavinho Machado, Rogerão, Gilberth de Castro, Rubinho e Carlinho da Penha)
Jaime Cezário [110][111]
2006 8.º Lugar Grupo A "Na magia da escrita a viagem do saber"
(Samba-enredo composto por Diego Nicolau, Marcelo Camões, Gustavo Soares, Luciano Tinoco e Bruno Derani)
Jaime Cezário [112][113]
2007 7.º Lugar Grupo A "De fio a fio na Real, para lá para li. Paracambi"
(Samba-enredo composto por Arthur Bernardes, Sardinha, Junior Duarte, Carlinhos da Penha e Edson Carvalho)
Comissão de Carnaval
(Ana Zerbini, Marlúcia Cruz, Lilian, Walter Nicolau, Annik Salmon, Carlos Carvalho e Alexandre Louzada)
[114][115]
2008 9.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo A "Mercedes Batista, de Passo a Passo, um Passo"
(Samba-enredo composto por Diego Nicolau, Arthur Bernardes, Sardinha, Jr. Duarte e Carlinhos da Penha)
Wagner Gonçalves [116][117][118]
[119][120][121]
2009 Campeã Grupo RJ-1 "Afoxé é cortejo, é ritual, é festa. Afoxé é carnaval"
(Reedição de 1979)
Sérgio Silva e Léo Moraes [122][123]
2010 9.º Lugar Grupo A "Os loucos da praia chamada saudade"
(Samba-enredo composto por Sardinha, Carlinhos da Penha, Junior Duarte, Diego Nicolau, Dílson Marimba e Raphael Prates)
Milton Cunha [124][125]
2011 4.º Lugar Grupo A "A emoção está no ar"
(Samba-enredo composto por Sardinha, Carlinhos da Penha, Junior Duarte, Diego Nicolau, Dílson Marimba e Raphael Prates)
Jaime Cezário [12][126]
2012 4.º Lugar Grupo A "Barão de Mauá - Sonho de um Brasil moderno"
(Samba-enredo composto por Beto Gama, Belo, Regina Angélica, Emerson e Totonho)
Jaime Cezário [127][128]
2013 11.º Lugar Série A "Teimosias da imaginação"
(Samba-enredo composto por Junior Duarte, Carlinhos da Penha, Huguinho, Coquinho e Felipe de Paula)
Severo Luzardo [129][130][131][132]
2014 5.º Lugar Série A "Continente negro - Uma epopeia africana"
(Samba-enredo composto por Sardinha, Gustavo Soares, Diego Moura, Deigre Silva, Junior Fionda, Lequinho e Igor Leal)
Marcio Puluker [16][133]
2015 4.º Lugar Série A "Cubango, a realeza africana de Niterói"
(Samba-enredo composto por Sardinha, Gustavo Soares, Wagner Big, Diego Moura, Junior Fionda, Lequinho, Gabriel Martins e Igor Leal)
Jaime Cezário
2016 6.º Lugar Série A "Um banho de mar à fantasia"
(Samba-enredo composto por Sardinha, Gustavo Soares, Wagner Big, Diego Moura, Julio Alves, Marco Moreno, Samir Trindade, Elson Ramires, Cláudio Russo e Adriano Boinha)
Cid Carvalho
2017 8.º Lugar Série A "Versando Nogueira nos cem anos do ritmo que é nó na madeira"
(Samba-enredo composto por Gabriel Martins, Belo, Rafael Coutinho, Robson Ramos, Sergio Careca, Dema Chagas, Tricolor, Vinicius Xavier, Thiago Farias, Duda, Fadico e Igor Leal)
Lúcio Sampaio [134]
2018 Série A O Rei Que Bordou o Mundo Gabriel Haddad e Leonardo Bora [135]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Carnaval do Rio de Janeiro[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Carnaval do Rio de Janeiro
Carnaval do Rio de Janeiro Município do Rio de Janeiro
Divisão Títulos Temporadas Ref.
Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Grupo 3
(Atual Série B)
2 2002, 2009 [136][137]

Carnaval de Niterói[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Carnaval de Niterói
Carnaval de Niterói Niterói
Divisão Títulos Temporadas Ref.
WikiCup Trophy Gold.png Grupo Especial 11 1967, 1968, 1969, 1970, 1972, 1975, 1976, 1977, 1978, 1979, 1984 [58]
Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Academias de samba 4 1960, 1961, 1962, 1963 [58]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmios recebidos pelo GRES Acadêmicos do Cubango.

Ano Prêmio Categoria / premiados Divisão Ref.
2001 S@mba-Net Ala de passistas Grupo B [138]
2002 S@mba-Net Samba-enredo ("África, o exuberante paraíso negro" - Compositores: Jacy Inspiração, Celso Tropical, Rogerão e Gilberth Castro) Grupo B [139]
Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira (Rogério e Aline)
Ala de passistas
2004 S@mba-Net Comunicação com o público Grupo A [140]
Bateria (Diretor responsável: Mestre Jorjão)
Ala de passistas
2005 S@mba-Net Samba-enredo ("O fruto da África de todos os deuses no Brasil de fé: Candomblé" - Compositores: Flavinho Machado, Rogerão, Gilberth de Castro, Rubinho e Carlinho da Penha) Grupo A [141]
Velha guarda
Destaque de luxo (Edmilson Silva - Fantasia: "Águas de Oxalá")
Plumas & Paetês Destaque masculino (Edmilson Silva) [142]
2007 S@mba-Net Samba-enredo ("De fio a fio na Real, pa-ra-lá, pa-ra-alí - Paracambi" - Compositores: Júnior Duarte, Arthur Bernardes, Sardinha, Carlinhos da Penha e Edson Carvalho) Grupo A [143]
Intérprete (Tiãozinho Cruz) [143]
Plumas & Paetês Personalidade (Mestre Ricardinho) [144]
2008 Estandarte de Ouro Samba-enredo
("Mercedes Batista, de passo a passo, um passo" - Compositores: Diego Nicolau, Arthur Bernardes, Sardinha, Júnior Duarte e Carlinhos da Penha)
Grupo A [145]
S@mba-Net Samba-enredo
("Mercedes Batista, de passo a passo, um passo" - Compositores: Diego Nicolau, Arthur Bernardes, Sardinha, Júnior Duarte e Carlinhos da Penha)
[146]
Troféu Rádio Manchete Samba-enredo
("Mercedes Batista, de passo a passo, um passo" - Compositores: Diego Nicolau, Arthur Bernardes, Sardinha, Júnior Duarte e Carlinhos da Penha)
[147]
2009 S@mba-Net Bateria (Diretor responsável: Mestre Gilmar) Grupo B [148]
Ala de passistas
2010 S@mba-Net Conjunto de fantasias Grupo A [149]
Troféu Rádio Manchete Melhor escola [150]
2011 Estrela do Carnaval Melhor escola Grupo A [151]
S@mba-Net Melhor desfile [152]
Ala das baianas
Conjunto de fantasias
Alegoria ("Mensageiro da emoção" - Carro abre-alas)
Destaque de luxo
Tupi Carnaval Total Melhor escola [153]
Plumas & Paetês Carnavalesco (Jayme Cesário) [154]
Aderecista (Antonio Carlos)
Carpinteiro (Paulo Roberto)
Escultor (Rema)
Destaque feminino (Thatiana Guimarães)
2012 Gato de Prata Intérprete (Marcelo Rodrigues) Grupo A [155]
S@mba-Net Ala ("Banco do Brasil") [156]
Ala das baianas
Destaque de luxo (Eduardo Junior - 3.ª alegoria - Fantasia: "O banqueiro de sucesso internacional")
Plumas & Paetês Historiador / pesquisador (Jaime Cezário) [157]
2013 Estrela do Carnaval Conjunto de alegorias e fantasias Série A [151][158]
Ala das baianas
S@mba-Net Ala das baianas [159][160]
Alegoria ("O fabuloso mundo imaginário de J. Borges" - 3.ª alegoria)
Troféu Apoteose Mestre-sala (Marquinhos) [161]
Personalidade (Manoel Dionísio)
Plumas & Paetês Carpinteiro (Paulo Roberto Pinto Nogueira “Rabicó”) [162]
Costureira (Indiara Soares Bráz)
2014 Estandarte de Ouro Samba-enredo da Série A
("Continente negro - Uma epopeia africana" - Compositores: Sardinha, Gustavo Soares, Diego Moura, Deigre Silva, Junior Fionda, Lequinho e Igor Leal)
Série A [163]
Estrela do Carnaval Samba-enredo
("Continente negro - Uma epopeia africana" - Compositores: Sardinha, Gustavo Soares, Diego Moura, Deigre Silva, Junior Fionda, Lequinho e Igor Leal)
[151][164]
Gato de Prata Samba-enredo
("Continente negro - Uma epopeia africana" - Compositores: Sardinha, Gustavo Soares, Diego Moura, Deigre Silva, Junior Fionda, Lequinho e Igor Leal)
[165]
S@mba-Net Samba-enredo
("Continente negro - Uma epopeia africana" - Compositores: Sardinha, Gustavo Soares, Diego Moura, Deigre Silva, Junior Fionda, Lequinho e Igor Leal)
[166][167]
Ala ("Amas de leite")
Troféu Apoteose Ala de passistas [168]
Plumas & Paetês Ferreiro (Ancelmo Rosa Pereira) [169]
2015 SRZD-Carnaval Bateria (Mestre Maurão) Série A [170]
S@mba-Net Ala das baianas [171][172]
Gato de Prata Ala de passistas [173]
Diretor de carnaval (Jorge Ripper)
2016 Gato de Prata Revelação (Intérprete Hugo Júnior) Série A [174][175]
Troféu Jorge Lafond Homenagem especial (Pedro Araújo) [176]

Referências

  1. a b c Samba Rio Carnaval. «Acadêmicos do Cubango». Consultado em 4 de janeiro de 2011 
  2. a b c Samba Rio Carnaval. «Dados básicos Cubango». Consultado em 10 de abril de 2016 
  3. http://revistacarnaval.com.br/index.php/2017/03/17/cubango-desliga-interprete-hugo-junior/
  4. a b Apoteose.com. «Acadêmicos do Cubango – Carnaval 2017». Consultado em 10 de abril de 2016 
  5. Carnavalesco.com. «Mestre Demétrius é o novo comandante da Ritmo Folgado». Consultado em 10 de abril de 2016 
  6. a b Sambarazzo (5 de junho de 2016). «Nova majestade! Cantora Thais Macedo vira rainha de bateria da Cubango» 
  7. a b «Acesso A - Equilíbrio e bom nível marcam desfile». OBatuque. Consultado em 18 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 14 de junho de 2004 
  8. G1 (14 de fevereiro de 2010). «Acadêmicos do Cubango enlouquece a Sapucaí». 7h15. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  9. SRZD-Carnaval (21 de outubro de 2010). «David do Pandeiro é da Santa Cruz». 14h20. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  10. a b EGO (8 de setembro de 2010). «Juliane Almeida, do É o Tchan, recebe a faixa de rainha de bateria no Rio». Consultado em 12 de dezembro de 2010 
  11. «A EMOÇÃO ESTÁ NO AR!». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 11 de junho de 2011 
  12. a b Ramiro Costa - SRZD (6 de março de 2011). «Cubango 'mostra seu valor' e mexe com o público da Sapucaí». 3:44. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  13. «Presidente da Cubango diz que Eduardo Paes tem que 'acabar com a Lesga'». O Dia na Folia. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 13 de março de 2011 
  14. Vicente Almeida, para o Carnavalesco (18 de maio de 2011). «Absurdo: Lesga pune Cubango, que terá que abrir o Grupo A». Consultado em 23 de maio de 2011 
  15. Rodrigo Coutinho, para o Carnavalesco. «Cubango troca intérprete». Consultado em 17 de abril de 2011 
  16. a b Carnavalesco (4 de abril de 2013). «Márcio Puluker será o carnavalesco da Acadêmicos do Cubango em 2014». 16:34. Consultado em 4 de abril de 2013 
  17. Rodrigo Coutinho-Carnavalesco (28 de abril de 2013). «Cubango confirma Márcio Puluker e encaminha reedição em entrega do prêmio Jorge Lafond». 4:53. Consultado em 28 de abril de 2013 
  18. Carnavalesco (27 de maio de 2013). «Cubango 'abandona' ideia de reedição e se reencontra com a África por vaga na elite». 0:03. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  19. Carnavalesco (17 de setembro de 2013). «Em final de luxo, Cubango faz escolha correta e vai 'refletir o negro em seu manto verde e branco'». 5:13. Consultado em 17 de setembro de 2013 
  20. SRZD (26 de março de 2014). «Cubango contrata Jaime Cezário». 15h42. Consultado em 5 de abril de 2014 
  21. Carnavalesco (26 de março de 2014). «Jaime Cezario está de volta à Acadêmicos do Cubango». 12:08. Consultado em 5 de abril de 2014 
  22. Carnavalesco.com. «Cid Carvalho renova com Cubango e revela propostas de enredos patrocinados». Consultado em 10 de abril de 2016 
  23. a b c d e f g h i j Academia do Samba. «Diretoria». Consultado em 15 de maio de 2014 
  24. a b c d e «Flavinho Machado». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  25. a b «Elza Soares». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  26. «Wantuir». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  27. «1996». Galeria do Samba. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  28. «Marcio Souto». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  29. «Rixxah». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  30. «2001». Galeria do Samba. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  31. «Cubango 2002». Academia do Samba. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  32. «Cubango 2003». Academia da Samba. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  33. a b «Tiãozinho Cruz». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  34. «2009». Galeria do Samba. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  35. «Igor Vianna». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  36. «2012». Galeria do Samba. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  37. «Sereno». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  38. «2013». Galeria do Samba. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  39. «2014». Galeria do Samba. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  40. «Preto Jóia». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  41. «Hugo Junior é o novo intérprete do Cubango: 'Sensação maravilhosa'». Carnavalesco.com. 6 de março de 2015. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  42. [1]
  43. [2]
  44. «Acadêmicos do Cubango traz nome de peso para a direção de Carnaval - Revista Carnaval». Revista Carnaval. 25 de maio de 2017 
  45. [3]
  46. [4]
  47. [5]
  48. Acadêmicos do Cubango (2014). «DIEGO MACHADO E NATÁLIA PEREIRA NÃO RENOVAM COM A CUBANGO». Consultado em 6 de junho de 2015 
  49. Rota do Samba (9 de abril de 2015). «Cubango renova com Diego Falcão e Jaqueline Gomes». Consultado em 6 de junho de 2015 
  50. EGO. «Samantha Schmutz recebe faixa de madrinha de bateria em Niterói». Consultado em 1 de janeiro de 2009 ]
  51. BAND. «Acadêmicos do Cubango». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  52. Galeria do Samba (23 de novembro de 2009). «Nova rainha de bateria da Cubango será coroada no Sambódromo». 18:05. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  53. Rafaella Javoski - SRZD (7 de dezembro de 2009). «Rainha de bateria da Acadêmicos do Cubango é coroada na Sapucaí». 4h25. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  54. Babado (3 de novembro de 2010). «Juliane Almeida cai no samba para se dar bem no Carnaval». 9:47. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  55. SRZD-Carnaval (26 de novembro de 2011). «Dani Sperle é coroada com festa na Cubango». 16h02. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  56. Terra (26 de novembro de 2011). «Dani Sperle é coroada rainha de bateria de escola de samba». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  57. SRZD-Carnaval (11 de novembro de 2012). «Cris Alves é apresentada como rainha da Cubango». 14h29. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  58. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj «Desfiles da Cubango». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  59. «1960». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 20 de novembro de 2007 
  60. «1961». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013  |arquivourl= é mal formado: path (ajuda)
  61. «1962». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 20 de novembro de 2007 
  62. «1965». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 20 de novembro de 2008 
  63. «1966». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 20 de novembro de 2008 
  64. «1967». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 20 de novembro de 2008 
  65. «1968». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 20 de novembro de 2008 
  66. «1969». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 20 de novembro de 2008 
  67. a b «Cubango 1972». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  68. «1970». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  69. «1971». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 20 de novembro de 2008 
  70. «1977». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 21 de abril de 2008 
  71. «1974». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 21 de abril de 2008 
  72. «Cubango 1975». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  73. «Cubango 1976». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  74. «1976». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 21 de abril de 2008 
  75. «1977». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 21 de abril de 2008 
  76. «1978». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 21 de abril de 2008 
  77. «Cubango 1979». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  78. «1979». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 23 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 21 de abril de 2008 
  79. «1980». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 7 de julho de 2007 
  80. «1981». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  81. «1985». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  82. «1986». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  83. «1987». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  84. «Cubango 1988». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  85. «1988». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2008 
  86. «1989». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  87. «1990». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  88. «1991». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2008 
  89. «1992». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  90. «1993». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  91. «Cubango 1994». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  92. «1994». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  93. «1995». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  94. «1996». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  95. «1997». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2008 
  96. «1998». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  97. «Cubango 1999». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  98. «1999». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  99. «Cubango 2000». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  100. «2000». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  101. «Cubango 2001». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  102. «2001». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  103. «Cubango 2002». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  104. «2002». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2008 
  105. «Cubango 2003». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  106. «Desfile das Escolas de Samba do Grupo de Acesso A». OBatuque. Consultado em 18 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 6 de fevereiro de 2009 
  107. «2003». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2008 
  108. «Cubango 2004». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  109. «2004». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2008 
  110. «Cubango 2005». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  111. «2005». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2008 
  112. «Cubango 2006». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  113. «2006». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  114. «Cubango 2007». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  115. «2007». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2008 
  116. «Cubango 2008». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  117. SRZD-Carnaval (2 de fevereiro de 2008). «Cubango deixa a desejar em alegorias e no canto». 23h16. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  118. «2005». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2008 
  119. «Homenagem de Cubango a Mercedes Baptista deixa a desejar». O Dia na Folia. Consultado em 8 de dezembro de 2013. Cópia arquivada em 19 de março de 2008 
  120. Mercedes Baptista
  121. Morre Mercedes Baptista, primeira bailarina negra do Theatro Municipal do Rio
  122. «Cubango 2009». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  123. «2009». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 23 de julho de 2008 
  124. «Cubango 2010». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  125. «2010». GRES Acadêmicos do Cubango. Consultado em 24 de novembro de 2013. Cópia arquivada em 23 de julho de 2008 
  126. «Cubango 2011». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  127. «Cubango 2012». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  128. SRZD-Carnaval (19 de fevereiro de 2012). «Cubango conta história de Barão de Mauá com ajuda de Paulo Betti». 6h59. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  129. «Cubango 2013». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  130. Rodrigo Coutinho - Carnavalesco. «Cubango fará homenagem aos artistas populares». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  131. G1 (10 de fevereiro de 2013). «Acadêmicos do Cubango retrata trabalho de artistas brasileiros». 21h55. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  132. Terra (10 de fevereiro de 2013). «Com muito luxo, Cubango lembra Gentileza e artistas clássicos». Consultado em 23 de novembro de 2013 
  133. Carnavalesco (26 de maio de 2013). «Confira sinopse do enredo do Cubango para o Carnaval de 2014». 21:51. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  134. SRZD (3 de junho de 2016). «Leia a sinopse do enredo de 2017 da Cubango». 22:17 
  135. «Cubango anuncia carnavalescos Leonardo Bora e Gabriel Haddad - Carnavalesco». Carnavalesco. 30 de março de 2017 
  136. «Carnaval de 2002 - Galeria do Samba - As Escolas de Samba do Rio de Janeiro». Galeria do Samba - Carnavais. Consultado em 10 de abril de 2016 
  137. «Carnaval de 2009 - Galeria do Samba - As Escolas de Samba do Rio de Janeiro». Galeria do Samba - Carnavais. Consultado em 10 de abril de 2016 
  138. Academia do Samba. «S@mba-Net 2001». Consultado em 24 de novembro de 2013 
  139. Academia do Samba. «S@mba-Net 2002». Consultado em 24 de novembro de 2013 
  140. Academia do Samba. «S@mba-Net 2004». Consultado em 24 de novembro de 2013 
  141. Academia do Samba. «S@mba-Net 2005». Consultado em 24 de novembro de 2013 
  142. «Plumas e Paetês 2005». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 10 de junho de 2016 
  143. a b Academia do Samba. «S@mba-Net 2007». Consultado em 24 de novembro de 2013 
  144. «Plumas e Paetês 2007». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 10 de junho de 2016 
  145. «Estandarte de Ouro - Grupo 2». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 6 de maio de 2016 
  146. Academia do Samba. «S@mba-Net 2008». Consultado em 24 de novembro de 2013 
  147. «Definidos os premiados com o Troféu da Rádio Manchete». Galeria do Samba - Notícias. Consultado em 25 de maio de 2016 
  148. Academia do Samba. «S@mba-Net 2009». Consultado em 24 de novembro de 2013 
  149. Academia do Samba. «S@mba-Net 2010». Consultado em 24 de novembro de 2013 
  150. «Rádio Manchete faz festa nesta quinta-feira para entregar o Troféu Manchete aos melhores do Carnaval». Galeria do Samba - Notícias. Consultado em 25 de maio de 2016 
  151. a b c «Confira aqui todos os ganhadores do Estrela do Carnaval de 2008 a 2014». Carnavalesco. Consultado em 12 de maio de 2016 
  152. Academia do Samba. «S@mba-Net 2011». Consultado em 24 de novembro de 2013 
  153. «Super Rádio Tupi entrega prêmio aos melhores do carnaval 2011». SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 25 de maio de 2016 
  154. «Plumas e Paetês 2011». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 10 de junho de 2016 
  155. «Troféu Gato de Prata aos melhores do Carnaval 2012 será entregue nesta sexta-feira». Galeria do Samba - Notícias. Consultado em 7 de junho de 2016 
  156. Academia do Samba. «S@mba-Net 2012». Consultado em 24 de novembro de 2013 
  157. «Plumas e Paetês 2012». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 10 de junho de 2016 
  158. «Vila Isabel ganha Estrela do Carnaval 2013 como Desfile do Ano do Grupo Especial». Carnavalesco. Consultado em 12 de maio de 2016 
  159. «Sábado (18/5) é a festa de entrega do Prêmio S@mba-Net». Blog de bamba - O Globo. Consultado em 19 de maio de 2016 
  160. Rodney de Figueiredo (16 de fevereiro de 2013). «Prêmio S@mba-net divulga relação dos ganhadores da 15ª edição». Consultado em 24 de novembro de 2013 
  161. «Entrega do Troféu Apoteose será neste domingo». Rádio Arquibancada - O melhor do carnaval. 26 de maio de 2013. Consultado em 25 de maio de 2016 
  162. «9ª edição do Troféu Plumas & Paetês será na Cidade do Samba». CARNAVAL CARIOCA - O melhor carnaval do mundo - Ano 7. Consultado em 13 de junho de 2016 
  163. «Estandarte de Ouro homenageia melhores do carnaval 2014». O Globo. Consultado em 6 de maio de 2016 
  164. «Estrela do Carnaval 2014». Carnavalesco. Consultado em 12 de maio de 2016 
  165. «5ª Festa de entrega do Troféu Gato de Prata aos melhores do Carnaval 2014 em julho ‹ Rota do Samba». www.rotadosamba.com. Consultado em 7 de junho de 2016 
  166. «Prêmio S@mba-Net será neste sábado». Extra Online. Consultado em 19 de maio de 2016 
  167. «16º Prêmio S@mba-Net será entregue no dia 17 de Maio». www.sambasul.com. Consultado em 19 de maio de 2016 
  168. «Confira os vencedores do troféu Apoteose do Samba». Carnavalesco. Consultado em 25 de maio de 2016 
  169. «Conheça os premiados do Prêmio Plumas & Paetês Cultural de 2014». SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 13 de junho de 2016 
  170. «Prêmio SRZD-Carnaval/RJ 2015: São Clemente vence como melhor escola». SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 10 de maio de 2016 
  171. «Em noite de festa, Sambanet premia os melhores do Carnaval 2015». sambarazzo.com.br. Consultado em 19 de maio de 2016 
  172. «Samba-Net será em 16 de maio». Rádio Arquibancada - O melhor do carnaval. 18 de março de 2015. Consultado em 19 de maio de 2016 
  173. «Confira os ganhadores da 6ª edição do Troféu Gato de Prata». CARNAVAL CARIOCA - O melhor carnaval do mundo - Ano 7. Consultado em 7 de junho de 2016 
  174. «Diretora do SRZD será homenageada na 7ª edição do Troféu Gato de Prata». SRZD - Sidney Rezende. Consultado em 8 de junho de 2016 
  175. «7ª Edição do Troféu Gato de Prata vai homenagear os 100 anos do samba – Ziriguidum». ziriguidum.net.br. Consultado em 8 de junho de 2016 
  176. «Apoteose.com é premiado na 12ª edição do Troféu Jorge Lafond». www.apoteose.com. Consultado em 28 de junho de 2016