Honda Racing F1 Team

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Japão Honda
Nome completo Honda Racing F1 Team
Sede Brackley, Northamptonshire, Reino Unido
Chefe de equipe Reino Unido Ross Brawn
Diretor técnico Japão Shuhei Nakamoto
Pilotos 16.Reino Unido Jenson Button
17.Brasil Rubens Barrichello
Pilotos de teste 38.Áustria Alexander Wurz
Reino Unido Mike Conway
Chassis Honda RA108
Motor Honda RA808E
Pneus Bridgestone
Histórico na Fórmula 1
Estréia GP da Alemanha de 1964
Último GP GP do Brasil de 2008
Corridas concluídas 95
Campeã de construtores 0
Campeã de pilotos 0
Vitórias 3
Pole Position 2
Voltas rápidas 2
Posição no último campeonato
(2008)
9° (14 pontos)

Honda Racing F1 Team foi uma equipe de automobilismo que competiu no campeonato da Fórmula 1 a partir de 1964, fornecendo motores para a Lotus, abandonando a ideia posteriormente, estreando com equipe própria, até 1968. Em 1983, a empresa voltou, fornecendo motores às equipes, mas saiu em 1992.

História[editar | editar código-fonte]

Honda RA272 de 1965, restaurado. O primeiro carro japonês a ganhar na Fórmula 1.

A Honda entrou para a Fórmula 1 em 1964, apenas quatro anos após produzir seu primeiro carro comercial. Começaram desenvolvendo o RA271 em 1962 e passaram a competir com uma equipe formada por japonêses, exceto por seus pilotos, os americanos Ronnie Bucknum e Richie Ginther). A equipe produzia os próprios chassis e motores, algo que apenas Ferrari e BRM haviam feito até então.

Fornecendo motores[editar | editar código-fonte]

A Honda retornou a Fórmula 1 como fornecedor de motores entre 1983 e 1992. Seus motores eram considerados os melhores na época, potentes e confiáveis. As vitórias dos carros que utilizaram os motores Honda somados contabilizam 71 vitórias até o fim de 92. Foram utilizados por seis construtoras campeães (2 vezes com Williams, 4 vezes com McLaren) e 5 pilotos campeões (3 vezes com Senna, 1 com Piquet e outra com Prost).

Parceria com a British American Racing[editar | editar código-fonte]

Em 2000, junto da British American Racing, entrou novamente a F1, como parceira para a terceira geração de operações de corridas de F1 da companhia, através de um contrato de fornecimento de motores e desenvolvimento conjunto de tecnologia de chassis.

O retorno[editar | editar código-fonte]

Em 2004, ela adquiriu 45% das ações da equipe BAR, e em dezembro de 2005, a Honda comprou os 55% remanescentes. A equipe, rebatizada Honda Racing F1 Team, teve a primeira operação 100% Honda na Fórmula 1 desde 1968. A BAT continuou como patrocinador, com a marca Lucky Strike em 2006, mas se retirou em 2007.

Em 2007, teve uma péssima temporada, enfrentando muitos problemas com o carro e sendo apenas a oitava colocada no mundial de construtores, com apenas seis pontos. Após essa decepção, a equipe tenta se reerguer para a temporada de Fórmula 1 de 2008, preparando o RA108. O carro dessa temporada é branco com uma pequena porção da imagem do planeta na carenagem, mantendo o estilo apresentado em 2007.

Jenson Button pilotando o RA108 na Malásia em 2008.

Honda se retira da Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Afetada pela crise econômica mundial, a Honda anunciou, no dia 5 de dezembro de 2008, sua retirada da F1, deixando o espólio da equipe à venda.[1] No dia 6 de março de 2009, através de um sistema chamado management buy-out, Ross Brawn adquire o que restou da equipe.[2]

Pilotos[editar | editar código-fonte]

RA301 em exibição no Festival de Goodwood de 2006.
RA217 utilizado na temporada de 1964 em exibição no Salon International de l'Auto de 2006.
Ano Nome Carro Pneus Motor Óleo Pilotos Pilotos de testes Classificação
2008 Honda F1 Team RA108 B Honda RA808E 2,4L V8 Total Reino Unido Jenson Button
Brasil Rubens Barrichello
Áustria Alexander Wurz
Reino Unido Anthony Davidson
Reino Unido Mike Conway
Itália Luca Filippi
Japão Takashi Kogure
Brasil Bruno Senna
9º lugar (14 pts)
2007 Honda F1 Team RA107 B Honda RA807E 2,4L V8 Total Reino Unido Jenson Button
Brasil Rubens Barrichello
Áustria Christian Klien
Reino Unido James Rossiter
Reino Unido Mike Conway
8º lugar (6 pts)
2006 Honda F1 Team RA106 M Honda RA806E 2,4L V8 Total Brasil Rubens Barrichello
Reino Unido Jenson Button
Reino Unido Anthony Davidson
Reino Unido Adam Carroll
4º lugar (86 pts)
1969 – 2005: Não participou como construtor. Entre 1983 – 2005 participou como fornecedor de motores.
1968 Honda Racing RA300
RA301
RA302
F


G

Honda RA273E V12
Honda RA301E V12
Honda RA302E V8
Reino Unido John Surtees
França Jo Schlesser
Reino Unido David Hobbs
7º lugar (14 pts)
1967 Honda Racing RA273
RA300
F Honda RA273E V12 Reino Unido John Surtees 4º lugar (20 pts)
1966 Honda R & D Company RA273 G Honda RA273E V12 Estados Unidos Richie Ginther
Estados Unidos Ronnie Bucknum
8º lugar (3 pts)
1965 Honda R & D Company RA272 G Honda RA272E V12 Estados Unidos Richie Ginther
Estados Unidos Ronnie Bucknum
6º lugar (11 pts)
1964 Honda R & D Company RA271 D Honda RA271E V12 Estados Unidos Ronnie Bucknum 9º lugar (0 pt)


Resumo da Equipe[editar | editar código-fonte]

    • 1964: Não pontuou.
    • 1965: 6ª no mundial, com 11 pts.
    • 1966: 8ª no mundial, com 3 pts.
    • 1967: 4ª no mundial, com 20 pts.
    • 1968: 6ª no mundial, com 14 pts.
    • 2006: 4ª no mundial, com 86 pts.
    • 2007: 8ª no mundial, com 6 pts.
    • 2008: 9ª no mundial, com 14 pts.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Honda Racing F1 Team