Star Wars Episódio VII

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Filme
Este artigo ou seção contém informações sobre um filme cujo lançamento ainda não ocorreu, podendo sofrer alterações substanciais assim que informações se tornarem disponíveis. Por favor, evite fazer especulações sobre o artigo, lembrando-se sempre de citar as suas fontes de publicação junto com as informações.
Star Wars Episode VII
Pôster não oficial do filme.
 Estados Unidos
2015 • Cor
Direção J. J. Abrams
Produção Kathleen Kennedy
J. J. Abrams
Bryan Burk
Roteiro Michael Arndt
Lawrence Kasdan
J. J. Abrams
Baseado em Star Wars, de George Lucas
Elenco Carrie Fisher
Harrison Ford
Mark Hamill
Peter Mayhew
Anthony Daniels
Kenny Baker
Lupita Nyong'o
Andy Serkis
Max von Sydow
Idioma Inglês
Música John Williams
Estúdio Lucasfilm
Bad Robot Productions
Distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures
Lançamento 18 de dezembro de 2015
Cronologia
Último
Último
Star Wars Episódio VI: O Retorno/Regresso de Jedi (1983)
Star Wars Episódio VIII
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)


Star Wars Episode VII é um filme americano a ser lançado, a futura sequência de O Retorno (Regresso) de Jedi. Será o primeiro filme de Star Wars produzido após a venda da LucasFilm por George Lucas para a Walt Disney Pictures, que agora distribuirá os lançamentos da franquia. Será também o primeiro da nova trilogia de Star Wars. Os episódios seguintes estão agendados para lançamentos com dois ou três anos de diferença entre si.[1] O filme tem a data de estreia agendada para 18 dezembro de 2015 no Brasil.

Produção[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Os planos para o lançamento de um sétimo episódio da saga datam em quase 40 anos.[1] Após o sucesso do primeiro filme de Star Wars, em 1977, George Lucas expandiu seus planos para a saga incluir três trilogias, ao invés de duas.[1] A terceira trilogia incluiria os episódios VII, VIII e IX. Porém, após completar a trilogia original e a nova trilogia, Lucas revelou que não tinha planos detalhados para uma nova trilogia, e não teria entusiasmo para completá-la. As reações negativas dos fãs perante os novos projetos contribuíram nessa falta de interesse.[2] Até mesmo o jornalista americano Dan Rather, na época do telejornal CBS Evening News, fez uma brincadeira em 1999: "Eu tenho que ir ao cinema para ver Star Wars Episódio VII: Há Algo Sobre Anakin."[3]

No começo de maio de 2002, perto da estreia do Episódio II: Ataque dos Clones e enquanto Lucas estava trabalhando no roteiro do Episódio III: A Vingança dos Sith, rumores sobre o lançamento dos episódios VII, VIII e IX foram postados na internet.[4] Em resposta, Lucas declarou que não haveria novos episódios até que fosse o momento certo para seguir com a história:

"Eu vou fazer meus próprios filmes. Eu tenho algumas ideias, mas esses tipos de filmes não são populares, eles não vão ser bem sucedidos em termos de faturamento. Eu consegui um fundo para fazer esses filmes blockbusters que me permite a liberdade criativa para fazer coisas que talvez nunca vejam a luz do dia — se eles forem distribuídos terão um público muito limitado, porque eles não serão filmes de entretenimento em massa. Há várias coisas que eu ainda quero fazer. Eu quero fazer um programa de TV, alguns filmes para TV, a maior parte será de natureza histórica."[4]

Lucas também declarou: "Finalmente, a saga terá seis filmes, uma história de 12 horas. As pessoas então podem assistir a todos os seis filmes juntos, assim como era a intenção deles serem vistos."[4]

Mais de dois anos depois, em setembro de 2004, Lucas desmentiu os rumores que o lançamento em 2005 do Episódio III seria seguido do anúncio de novas continuações: "Não há episódios VII, VIII e IX. Nunca houve. [...] A história foi originalmente concebida para ser os episódios IV, V e VI. Mas eu tinha uma história por trás que achava fascinante, e agora vocês tem a história completa do começo ao fim. Não há realmente mais nada."[5] Apesar disso, o jornal Chicago Tribune intitulou um sumário de maio de 2005 do crítico de cinema americano Gene Siskel (originalmente uma crítica do Episódio IV) de Star Wars Episódio VII.[6] Um mês depois o produtor da franquia, Rick McCallum, confirmou que Lucas não estava fazendo os episódios VII, VIII e IX.[7]

Em julho de 2008, Lucas explicou as dificuldades lógicas de fazer um Star Wars Episódio VII:

A história, a saga, de Star Wars, — que é a saga de Skywalker ou da tragédia de Darth Vader — começa com ele tendo 10 anos de idade. E termina quando ele morre. O papel de Luke na história é o fato dele redimir seu pai, mas aquilo é a história. Não há mais história depois daquilo. O que acontece com Luke depois daquilo não é relevante para a história sobre o que acontece com Darth Vader, porque ele já se foi.[8]

Mesmo em janeiro de 2012, poucos meses antes do novo filme ser anunciado, Lucas continuou a afirmar que não haveria Episódio VII. Em uma participação no programa americano The Daily Show, Lucas afirmou que as cenas de combate aéreo no seu filme de guerra de 2012, Red Tails, "são o mais perto que vocês vão chegar de um (Star Wars) Episódio VII."[9]

Quando Lucas anunciou a sua saída do controle da Lucasfilm, em outubro de 2012, ele mostrou maior aceitabilidade para a nova trilogia, declarando: "Agora é o momento de eu passar Star Wars para uma nova geração de cineastas."[10] No começo de agosto de 2012, Lucas relevou para as estrelas da trilogia original, Mark Hamill e Carrie Fisher, os planos confidenciais para filmar os episódios VII, VIII e IX. Nesta época, ele declarou que ele não iria dirigir os filmes e que a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, iria produzi-los. Ele não discutiu o envolvimento de Hamill e Fisher na produção.[11] A produção do Episódio VII foi anunciada em 30 de outubro de 2012, pela The Walt Disney Company.[12] [13] O anúncio foi feito em um comunicado para a imprensa, junto com a notícia da aquisição completa da Lucasfilm por 4,05 bilhões de dólares pela companhia.[10]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Até o presente momento, o filme está em "desenvolvimento inicial", com a data de lançamento programada para 18 de dezembro de 2015.[14] [15] A presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, será a produtora executiva do filme, e George Lucas estará na produção como consultor criativo.[12] Será o terceiro episódio da saga que não terá a direção de Lucas.

No começo de novembro de 2012 foi confirmado que Michael Arndt, ganhador do Oscar de melhor roteiro original pelo filme Little Miss Sunshine, foi escolhido para escrever o roteiro do filme.[16] [17] [18] De acordo com a notícia, o objetivo de Arndt é trabalhar com versões mais antigas dos personagens principais, junto com outros personagens favoritos dos fãs.[19] Depois do enfoque na mídia sobre a possibilidade da volta do elenco antigo, Fisher gravou um vídeo declarando que gostaria de atuar novamente como Princesa Leia.[20] Foi noticiado que Harrison Ford também está disposto a atuar novamente na franquia, e que o trio protagonista estava "otimista" para o retorno.[21]

Foi também confirmado que Chewbacca iria aparecer com o ator original Peter Mayhew e o droid R2-D2 iria acompanhar C-3PO, mas com outro ator.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Dos filmes originais:


Novos Atores:

Enredo[editar | editar código-fonte]

A trama do Episódio VII deverá ser original, sem se basear diretamente em nenhum dos vários livros, histórias em quadrinhos e outros materiais que foram lançados na franquia Star Wars.[22] Como parte da aquisição, a Disney recebeu uma "extensiva explanação do enredo" por Lucas. Em uma entrevista em vídeo que foi parte do anúncio da compra, Kennedy explicou que ela e Lucas já se reuniram com os roteiristas para discutir o roteiro do filme.[23]

Dale Pollock, o biógrafo de Lucas que já leu as doze histórias originais escritas por ele, observou que os novos episódios devem mostrar o personagem Luke Skywalker em seus 30 ou 40 anos de idade. Em uma entrevista, Pollock declarou: "As três histórias mais interessantes eram as 7, 8 e 9. Elas tinham uma ação propulsiva, mundos novos realmente interessantes e novos personagens. Eu lembro que pensei que queria ver aqueles 3 filmes."[24] Pollock espera que os roteiros dos novos filmes sigam o texto escrito por Lucas.[24]

Trilogia de Thrawn[editar | editar código-fonte]

Timothy Zahn, o autor da Trilogia de Thrawn (série de livros pertencente ao universo expandido de Star Wars)[25] , foi informado por Lucas dos planos de várias trilogias de Star Wars durante as discussões de desenvolvimento da trilogia de Thrawn. Depois do anúncio da Disney, chegou a se especular que o material seria a base para a nova trilogia, mas Zahn declarou que a trilogia de Thrawn deve ficar na lacuna entre o Episódio VI e o Episódio VII. A terceira trilogia cinematográfica deve envolver os filhos de Luke, o que faria com que cada trilogia compreenda diferentes gerações dos Skywalkers.[26] Zahn também falou sobre a especulação de algum conflito lógico entre os filmes e o universo expandido, declarando que "os livros sempre foram apenas os livros." A trilogia de Thrawn introduziu noções que foram usadas depois nos livros e filmes de Star Wars, indicando que Lucas "tem mantido um olhar atento sobre o que já foi feito."[26] .

Possível Sinopse[editar | editar código-fonte]

Foram reveladas informações sobre o enredo de Star Wars: Episódio 7. De acordo com o "Latino Review", o principal vilão da trama será o Inquisidor. Os defensores da Ordem Sith estariam recebendo ordens diretas do icônico Darth Vader, que poderá fazer uma pequena aparição no filme.

Também já foi dito que os personagens de John Boyega e Daisy Ridley iriam encontrar a mão decepada de Luke Skywalker, presumivelmente a mão robótica que ele perdeu algum tempo depois dos eventos de O Retorno de Jedi e entregariam a Chewbacca e Han Solo, pois reconhecem o sabre de luz preso na mão. Quando ele reaparece, pode explicar que ficou sumido nos últimos 30 anos por ter sido feito prisioneiro, então surge a conexão com os inquisidores.

Referências

  1. a b c Rinzler, J.W.. The Long, Winding, and Shapeshifting Trail to Episodes VII, VIII & IX StarWars.com. Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  2. Curtis, Bryan (17 de janeiro de 2012). George Lucas Is Ready to Roll the Credits New York Times. Página visitada em 9 de setembro de 2012.
  3. Dan Rather. "There's something about the Academy Awards", 21 de março de 1999, p. 6. Página visitada em 4 de novembro de 2012.
  4. a b c Darrell Giles. "Beyond Star Wars", 11 de maio de 2002, p. 40. Página visitada em 4 de novembro de 2012.
  5. Marc Schwarz. "The Scoop", 27 de setembro de 2004. Página visitada em 4 de novembro de 2012.
  6. Gene Siskel. "Star Wars Episode VII", 20 de maio de 2005, p. 1. Página visitada em 4 de novembro de 2012.
  7. Shogo Hagiwara. "For 'Episode III' release, Japan seems far, far away", 23 de junho de 2005, p. 17. Página visitada em 4 de novembro de 2012.
  8. "ask the man", 31 de julho de 2008, p. 53. Página visitada em 4 de novembro de 2012.
  9. Roger Ebert. "Adventure bails out on history", 20 de janeiro de 2012, p. 1. Página visitada em 4 de novembro de 2012.
  10. a b Ciepley, Michael. "Disney Buying Lucasfilm for $4 Billion", New York Times, 30 de outubro de 2012. Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  11. Rottenberg, Josh (31 de outubro de 2012). Mark Hamill weighs in on the future of 'Star Wars' -- EXCLUSIVE Entertainment Weekly. Página visitada em 1 de novembro de 2012.
  12. a b Pomerantz, Dorothy. "Disney Planning New 'Star Wars' Movie With Lucasfilm Purchase", Forbes, 30 de outubro de 2012. Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  13. New Star Wars Movies Announced as Disney Enters Agreement to Acquire Lucasfilm Ltd. StarWars.com. StarWars.com. Página visitada em 31 de outubro de 2012.
  14. Associated Press. Disney buying 'Star Wars' maker Lucasfilm for $4.05B FOX News.. Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  15. Cowley, Stacey. "Disney to buy Lucasfilm for $4 billion", CNN, October 30, 2012. Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  16. MICHAEL ARNDT TO WRITE SCREENPLAY FOR STAR WARS: EPISODE VII starwars.com. Página visitada em 9 de novembro de 2012.
  17. Update: Screenwriter Michael Arndt confirmed to write 'Star Wars Episode VII'.
  18. Star Wars 7 Gets the Disney Force: Toy Story 3 Scribe Michael Arndt Writing Screenplay E! Online. Página visitada em 12 de novembro de 2012.
  19. Brodesser-Akner, Claude (8 de novembro de 2012). Star Wars: Episode VII May Have Found Its Writer Vulture.. Página visitada em 8 de novembro de 2012.
  20. CARRIE FISHER: Damn Right I Wanna Be In the New 'Star Wars' TMZ. Página visitada em 8 de novembro de 2012.
  21. Boucher, Geoff (6 de novembro de 2012). 'Star Wars' sequel: Harrison Ford open to idea of Han Solo role EW.com.
  22. Gornstein, Leslie. "Star Wars 7 Plot Will Be "an Original Story," Says Lucasfilm Source", E! Online, 30 de outubro de 2012. Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  23. Chitwood, Adam (30 de outubro de 2012). George Lucas and Kathleen Kennedy Talk the Future of STAR WARS; Reveal They’ve Already Met with Writers for EPISODE VII Collider.com. Página visitada em 1 de novembro de 2012.
  24. a b Waxman, Sharon (30 de outubro de 2012). 'Star Wars' 7, 8 and 9 Are 'The Most Exciting,' Says George Lucas Biographer (Exclusive) The Wrap. Página visitada em 1 de novembro de 2012.
  25. http://starwars.wikia.com/wiki/The_Thrawn_Trilogy Página em inglês, visitada em 13 de agosto de 2014
  26. a b Breznican, Anthony (2 de novembro de 2012). 'Star Wars' sequel author Timothy Zahn weighs in on new movie plans -- EXCLUSIVE Entertainment Weekly. Página visitada em 3 de novembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]