Lagoa do Ouro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Lagoa do Ouro
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 25 de março
Fundação 31 de dezembro de 1958 (58 anos)
Gentílico lagoa-ourense
Prefeito(a) Marquidoves Viera Marques (PSB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Lagoa do Ouro
Localização de Lagoa do Ouro em Pernambuco
Lagoa do Ouro está localizado em: Brasil
Lagoa do Ouro
Localização de Lagoa do Ouro no Brasil
09° 07' 37" S 36° 27' 32" O09° 07' 37" S 36° 27' 32" O
Unidade federativa  Pernambuco
Mesorregião Agreste Pernambucano IBGE/2008[1]
Microrregião Garanhuns IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Norte: Garanhuns e Brejão - Sul:AL - Leste:Correntes - Oeste: Bom Conselho
Distância até a capital 269 km
Características geográficas
Área 198,768 km² [2]
População 12 777 hab. estatísticas IBGE/2014[3]
Densidade 64,28 hab./km²
Altitude 653 m
Clima tropical As'
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,525 baixo PNUD/2010[4]
PIB R$ 66 307 mil IBGE/2012[5]
PIB per capita R$ 5 387 76 IBGE/2012[5]
Página oficial

Lagoa do Ouro é um município brasileiro do estado de Pernambuco.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1902, o capitão da Guarda Nacional, Amador José Monteiro, apresentou um manifesto em nome da população do local à prefeitura da cidade sede do município, Correntes. A partir daí, foi autorizada a primeira feira do povoado, que foi elevado à categoria de vila, com o nome de Igatauá. O nome foi alterado para Lagoa do Ouro em 9 de Dezembro de 1938. A origem do nome deve-se ao encontro de pepitas ou barras de ouro numa lagoa local pertencente à propriedade de João Alves da Silva, o João do Ouro.

O município de Lagoa do Ouro foi criado pela Lei estadual nº 3.335, de 31 de dezembro de 1958, desmembrando-se de Correntes.

Anualmente, no dia 25 de março o município comemora a sua emancipação política. A padroeira da cidade é Nossa Senhora da Conceição.

Administrativamente, Lagoa do Ouro é formada pelo distrito sede e pelo segundo distrito Igapó e pelo povoado de Campo Alegre.

Dados gerais[editar | editar código-fonte]

  • População: 12.121 habitantes
  • Zona urbana: 6.018 habitantes
  • Zona rural: 6.103 habitantes
  • Mesorregião: Agreste Pernambucano
  • Microrregião: Garanhuns
  • Região de desenvolvimento: Agreste Meridional

Perfil econômico[editar | editar código-fonte]

(Fonte IBGE - Censo demográfico de 2000)

Geografia[editar | editar código-fonte]

  • Área: 199 km²
  • Altitude: 653 metros
  • Relevo: Planalto da Borborema
  • Temperatura média: 22°C
  • Bacia hidrográfica: rio Mundaú
  • Vegetação: floresta subcaducifólia

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima de Lagoa do Ouro é tropical As' (quente e úmido), tendo temperaturas elevadas no verão de 32°C, e baixas no inverno de 19°C. Com as quatro estações bem definidas, tem sua temperatura média de 22°C. É comum ter dias de garoa na cidade no período mais frios.

Gráfico climático para Lagoa do Ouro
J F M A M J J A S O N D
 
 
44
 
32
19
 
 
52
 
32
19
 
 
101
 
32
19
 
 
135
 
31
19
 
 
212
 
29
19
 
 
208
 
27
18
 
 
197
 
26
17
 
 
136
 
27
17
 
 
52
 
29
18
 
 
33
 
31
19
 
 
35
 
32
19
 
 
37
 
32
19
Temperaturas em °CPrecipitações em mm

Festas tradicionais[editar | editar código-fonte]

  • Festa de Reis (distrito de Igapó) - mês de janeiro
  • Cavalgada à Serra do Pedro - 29 de junho
  • Festa de São Cristóvão - julho ou agosto
  • Festa de Nossa Senhora das Dores (povoado de Campo Alegre) - setembro
  • Festa de Nossa Senhora da Conceição - de novembro a dezembro
  • Missa do Vaqueiro - dezembro
  • Festa de Natal e Ano Novo - 24 e 31 de dezembro

Rodovias[editar | editar código-fonte]

  • PE-203
  • PE-214

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativa Populacional 2014». Estimativa Populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Agosto de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 1 de outubro de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2012». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2014 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Pernambuco é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.