Lista de personagens de A Praça É Nossa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Edit-delete-not encyclopedic3.svg
Este artigo ou parte de seu texto pode não ser de natureza enciclopédica. (desde maio de 2017)
Justifique o uso dessa marcação e tente resolver essas questões na página de discussão.


Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas em seu conteúdo. Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes fiáveis e independentes.

A lista abaixo contém os personagens do programa humorístico A Praça É Nossa e seus bordões, ordenados de acordo com o nome de seu respectivo intérprete.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Artista Personagem Bordões Descrição
Aldo César Inspetor / Seu Menezes " Conte-nos sobre o crime." Insepetor que sempre interroga com o policial Verdugo (Felipe Levoto) o suspeito do crime, Magnólio (Tutuca). Funcionário do chefinho da Dona Dadá.
Alexandre Frota Robin[1] / Juninho "Chega, Menino Prestígio!" / "BATplaystation, BATproblema, BATparceiro..." / "Morceguinho 'morcegay'" Versão homossexual do personagem homônimo dos quadrinhos, Robin.
Alexandre Porpetone Cabrito Tevez[2][3] / Maísca[4] / Jô soy Jô[5][6] / Milton Névoas / Ronalducho[7] / Golmário / Vanderlei Lucheeseburger / Calça Grande / Muricy Baralho / Pedro Bilau / Roberto Avellone / Palmirinha / Roberto Cabrini / Val Marchiore / Arrotinho / Marcelo Revende / Raul Gel / Gordilma / Dr. Enrola o Wood[8] / Mama Porpeta / Donald Trampo / Otávio Mosquito / Gula / Kim Mijou em um / Jair Bolsomagro / Bisneto / hepatite / Nicolas Maisduro / Cabritina / Silvio Sandros / Felipão de Forma "La pregunta?"
"Segura la niña."
"Tanta produción para absolutamente nada..." / "Está começando mais um 'Sábado e o Desanimado" (apontando para Carlos Alberto) / Eu estou obeso de gordo. / "Cala a boca, Bira!" / "Jogaaar...? Você disse 'jogaaar'!? Pô, de novo!?" / "Corta aqui pra mim, corta aqui pra mim, meu camarada!
Paródia do futebolista argentino Carlos Tévez / da apresentadora Maísa / do apresentador Jô Soares / do jornalista Milton Neves / do futebolista Ronaldo / do futebolista Romário / do treinador Vanderlei Luxemburgo / do futebolista Casagrande / do treinador Muricy Ramalho / do apresentador Pedro Bial / do jornalista Roberto Avallone/ da culinarista Palmirinha Onhepexe/ do apresentador Roberto Cabrini/ da participante Val Marchiori do reality-show "Mulheres Ricas" / do apresentador Ratinho / do jornalista Marcelo Rezende / do apresentador Raul Gil / da ex-presidente Dilma Rousseff / do cirurgião Robert Rey / da apresentadora Mamma Bruschetta / do empresário e presidente americano Donald Trump / do apresentador Otávio Mesquita / do ex-presidente Lula. / do líder norte-coreano Kim Jong-un. / do presidente Jair Bolsonaro. / do ex-jogador e apresentador José Ferreira Neto. / do ex-jogador e técnico Tite. /do presidente da Venezuela Nicolás Maduro. / da empresaria Bettina. / do apresentador Sílvio Santos. / do técnico Luiz Felipe Scolari.
Alexandre Régis Batman / Maluco "Eu não sou maluco!" Maluco que dizia que não era maluco.
Alice de Carli Dona Dadá "Ui, ui, ui, ui, chefinho!" Personagem muito oferecida sexualmente e faz tudo para agradar o chefe.
Anna Claudiah Vidal Elenco de Apoio
Andréa de Nóbrega Nova Rica[9] / Patsa[10] "Como essa vida de rica me cansa..."
"Meu marido é um bobo!"
"Ai, que chique!"
"Azar nosso!" (com Carlos Alberto)
Rica que está sempre fazendo compras e falando mal do marido. / Aluna burra.
André Lucas Policial Aranha[11] "PULIÇA! P-U-L-I-C cidrilha-A! 'Otoridade Máuxima'! E dos brabo!"
"Que que é 'ilsso'? 'Dexa dilsso'! Para com 'ilsso'!"
Policial que sempre fala errado e detesta ser chamado de guarda/segurança/vigia/etc.
Ary Toledo Ele mesmo Contador de piadas.
Arnaud Rodrigues Coronel Totonho / Xitãoró / Povo Brasileiro / Shop Centis / Mundinho o Mudinho "Olooooou!?"
"Jéééésuiiiiis...!"
Fazendeiro que adorava contar "causos" sobre sua sogra. Em vários momentos ele recebia um telefonema durante a sua visita na praça da empregada maria para narrar alguma proeza que sua sogra estava aprontado. / Paródia do cantor Chitãozinho. / Homem magro, sem força nem para falar e vestindo roupa verde e amarela, representando a pobreza do país. / ? / Homem mudo que sempre vinha com seu amigo (Tuca Graça).
Beto Gabriel Tibúrcio[12] "Tchê!" Gaúcho contador de histórias.
Beto Guarany Seu Raulzinho "Mestriiiiiiiinho!"
Bibi Graça Zezé / Bibi Souza e Silva "Cala a boca." Irmã de Zé (Tuca Graça) / Milionária irmã burra de Lalau (Tuca Graça).
Borges de Barros Mendigo Nobre[13] "Caro Colega..." Um mendigo que se orgulhava de conviver com os políticos e com gente de alta nobreza.
Buiú Ele mesmo / Jornaleiro / Azeitona "Bobeou, a gente pimba!"
"É chato ser gostoso." / "Traduzindo: ..."
Na banca de jornal, Buiú é o jornaleiro que observa a conversa dos clientes e traduz em poucas palavras algumas das muitas desculpas, mentiras e eufemismos que as pessoas dizem umas às outras. Como Azeitona, formava dupla com Vera Verão.
Canarinho Ele mesmo[14] / Boneco "Alô? É (nome de quem atende o telefone)? Aqui é o Canarinho do (lugar citado)..."
"Calma, tio!"
"Agora me solte, que o teu (adjetivo) tá cutucando o meu/a minha (adjetivo)..."
Personagem que fala alto, interferindo na conversa dos outros ao falar no telefone, principalmente de Aurélio (Carlos Koppa).


Caíque Aguiar Peladão da Praça / Renata Fanha Aparece no quadro de Dapena, no qual sempre está envolvido em algum caso de traição ou atentando a honra de alguma moça de família. Toda vez acaba de cueca. / Paródia da apresentadora Renata Fan.
Carlos Alberto de Nóbrega Ele mesmo "Eu aqui no meu velho e querido banco; vocês em todo o Brasil. Por quê?" Apresentador do programa.
Carlos Koppa Seu Aurélio Crisanto "Tio é o cacete!"
"Fala baixo nesse telefone que (executa uma ação), tá certo?"
"Quem é que é/tem o (a)/..."
"Mentira!"
"E a próxima gracinha vou (executa uma ação contra Canarinho)", tá certo?"
Homem que fica ofendido a cada vez que Canarinho fala ao telefone, interferindo nas suas conversas.
Carlos Leite Kelé Metaleiro / Mauro Maurício "Doido, doido, doido!" / "Meu nome é Maugo Mauguício de Agagacuaga."
"I-dai-i-dai-i-dai-i-dai..." (chorando)
Roqueiro punk. / Personagem que quer ser artista, mas apresenta grave problema de fala.
Charles Daves Creidi[15] "Meu marido, o Neurótico.", "Você quer saber? Nem te conto!" Faxineira que conta para Carlos Alberto sobre suas aventuras nas casas dos famosos onde trabalha.
Charles Gutemberg Rapadura[16] "Aaaaaai...! Meus ca-be-li-nho!"
"Que que isso, rapá!"
"Cal-ma, Carlos A-ber-to! (antes era "Cal-ma, De-dé" e ele errava o nome do Carlos Alberto)"
"Pode me dê, Po-de me dê!"
Integrante do Comando Maluco. Soldado que é irmão mais velho de Bananinha, porém com uma diferença: Bananinha é idiota, e Rapadura pode ser burro, segundo o Comandante Durão. Sempre fala com sotaque paraibano e adora fazer piadas sobre a idade de Carlos Alberto.
Cláudio Cunha Benzão[17]
Clayton Silva Louco / Caipira "Tô di ôio nu sinhô!"
"Vâmo fazê nossa postinha...?"
"Pregunto..."
"Bobinho esse minino!" / "Eita fuminho bão sôr!"
Louco que gosta sempre de fazer aposta de 100 reais para adivinhar charada. / Caipira que conta "causos" na companhia do compadre (Paulo Pioli).
Conceição da Fonseca Nhá Barbina[18] "Arranquei pena!" Solteirona caipira, desesperada atrás de um marido.
Consuelo Leandro Cremilda[19] / Lola / Alfreda / Tagarela "Vamo?"
"Foooooooi...!"
Cremilda vive esnobando os pobres e enaltecendo a fortuna de seu marido Oscar. / Lola é uma repórter que distorce as palavras do entrevistado.
Costinha Ele mesmo Contador de piadas.
Dalila de Nóbrega Lila[20] / Doutora Camomila[21] / Dadá / Sensuellen[22] ? / ? / "O que eu penso, eu falo."
"Num 'guento'. Sou 100% sincera!"
Prima de Nina (Marlei Cevada). / Advogada que gosta de processar pessoas por motivos absurdos. / Personagem que se veste de forma exuberante, e tem a sinceridade como principal característica.
David Castillo Leão Loco Paródia do apresentador Leão Lobo no quadro "Futricando" ao lado de Mama Porpeta (Alexandre Porpetone).
Davi Novaes Apolo "Oh se sô!" Marido de Renata (Renata Brás).
Deborah Seabra Elenco de Apoio
Dedé Santana General Dedé "Bestificante!"
"Eu não vou com a cara desse cara! (se referindo ao Comandante Durão)"
"Aonde estão esses idiotas?! (quando ele vai procurar os seus homens"
"Ah, mas você não me conhece!"
Integrante do Comando Maluco, é um general com subordinados atrapalhados. Também foi integrante dos humorísticos de Renato Aragão.
Dercy Gonçalves Ela mesma "P...!"
Dimas Rosa Segurança do Bolsomagro Segurança do Bolsomagro (Alexandre Porpetone).
Duca Pantaleão Dardinho "Sabe uma parada que eu não entendo?" Integrante do quadro dos Malandros de Niterói.
Edna Velho Fifa "Seu velho babão!"
"Phipho! Phiphinho!"
Mulher bonita que tentava seduzir Philadelpho (Roni Rios), mas o velhinho não dava bola às suas investidas.
Edu Mascarenhas Xaropinho / Professor Givanildo[23] "Seu fidido!" / "Pra pra..." (se referindo a alguma situação) / "Grande Marcelo de Nóbrega!" O famoso ratinho, que ganha vida pelas mãos de Eduardo Mascarenhas, faz inúmeras piadinhas durante todo o programa.
Emílio Fingoli Nhô Moraes Caipira.
Ênio Vivona Sami / Seu Amâncio "Eu sou o Sami!" Personagem árabe que conta piadas para o seu primo Kafed (Renê Vanorden). / Um homem que vive às turras com sua esposa, Dona Nica (Priscila Menucci).
Eros Prado Zé Zuêra "Mentira!"
"Pra que fazer isso?"
Renomeação do personagem "Inconveniente", que o ator interpretava no Pânico na Band.[24]
Fábio Silvestre Bigode "Seu Carlos, atrás desse bigode tem um ser humano..."
" Eu amo, amo, amo."
"Eu odeio, odeio, odeio."
Motorista de ônibus sempre bem humorado.
Fafy Siqueira Dona Jupira[25] / Gardênia Alves
Felipe Levoto Verdugo / Pipo "Eu ainda vou matar... essa bicha."
"O senhor não me explica!"
Policial que interroga com o Inspetor (Aldo César) o suspeito do crime, Magnolio (Tutuca). / Italiano parceiro atrapalhado de Don Scallone (Victor Branco).
Guilherme Uzêda Zildo "Graças a Deus!" Mendigo que conta as coisas engraçadas da vida de pobre, sempre dizendo "Graças a Deus!"
Geraldo Magela Ceguinho "É mui difícil..."
"Belessss?"
Cego que conta sobre as dificuldades do dia-a-dia que enfrenta como deficiente visual.
Giovani Braz Saideira / Chefinho / Caixeiro do Riso "Ô, Jão...! Jão...!"
"Deixa eu filosofar."
Bêbado que refere-se às pessoas como 'Jão'. / Um caixeiro-viajante que conta suas historias. /Um chefe que deseja saber as ordens de Dona Dadá, defendendo-se do seu Menezes.
Gorete Milagres Filomena "Oh, coitado!"
"Cala a boca, minina!"
"Creio em Deus pai...!"
Empregada que contava a Carlos Alberto suas aventuras e causos.
Guto Franco Guajarina / Sonaldinho "Vou fazer um chuveirinho, passar um arfazema..." / "Que é, Suzana?"
"Sou sonolento!"
Personagem com sotaque paulista. / Paródia do futebolista Ronaldo.
Ilvio Amaral Lolô[26] Espírito homossexual que incorpora em Vicente (Maurício Canguçu).
Ivan Gomes Batoré "Ah, pára ô!"
"Você pensa que é bonito ser feio?"
"Você é 'forgado'!"
Personagem feio que conta sobre os problemas causados por sua feiura.
Jeffinho Farias Zé Olhinho "Cego" Cego do quadro dos Malandros de Niterói.
Joaquim Derico / Pouca sombra Anão que faz figuração. Parodia do saxofonista Derico no quadro do Jô Soy Jô (Alexandre Porpetone). / Parodia do narrador Sombra, no quadro do Arrotinho (Alexandre Porpetone).
Jorge Lafond Vera Verão "Eeeeeeepa! Veja lá como fala, sua... Bicha não, meu amor! Eu sou uma quase (nome feminino)..."
"E aí Charles Albert, o que é que se 'assucede' no pedaço?"
Homossexual que fica furioso quando lhe chamam de "bicha".
Jorge Loredo Zé Bonitinho "Zé Bonitinho, o perigote das mulheres."
"Voz quente e olhar extremamente caliente."
"Para me ter..."
"Câmera close, please!"
"Eu beijei 999 mulheres. Estou com a boca mole!".
"Eu tenho nojo de homem."
Ostentando um enorme topete, imensos óculos escuros e um bigodinho finíssimo, Zé Bonitinho caminha com requebrados como se fosse de galã hollywoodiano. Ele se gaba de conquistar todas as mulheres e detesta homens.
José Miziara Oliveira "Lindo!" Empresario de Mauro Maurício (Carlos Leite).
José Santa Cruz Jojoca / Cornélio "Tudo o que você falar pra sua, eu falo pra minha! Tudo o que você falar para a sua, eu falo pra minha!"
"(Chegando, aproximando...) funhanhando!" / "Tu não conhece a Adelaide."
Sujeito bobalhão que repetia tudo o que o seu parceiro Pepê (Péricles Flaviano) falava./ Marido de Adelaide que sempre levava chifres dela mais ele não percebia.
José Vasconcellos Rui Barbosa Sá Silva "Ih! Esqueci..." Homem gago.
Júlia Franco Tirinha "Cê tem 'pobrema', né?"
"Vai 'chicré'?"
Menina que vinha oferecendo chicletes e chocolates a Carlos Alberto. Cada vez que o apresentador ficava irritado, achava que ele não gostava de doces.
Kleber Lopes Gigi / Rick Marcos[27] Cantor que, apesar de ser bastante assediado pelas fãs, esconde sua verdadeira opção sexual, que ele não assume devido a "contratos comerciais" que possui.
Lian Costa Leonardo "Esse alguém sou eu, ai ai ai sou eu." Paródia do cantor Leonardo no quadro do boteco do Arrotinho (Alexandre Porpetone).
Lílian Fernandes Mãe de Miss "Não é 'eu só compinto': é 'eu nunca ganho'." Sempre corrigia a filha após o bordão e contava a Carlos Alberto sobre o último concurso que a Miss participava.
Lilico Homem do Bumbo "Pra cá com esse negócio!"
"É bonito isso! Que é pior..."
"Num sabe brincar, num brinca!"
"Tempo bom não volta mais. Saudade de outros tempos iguais..." (cantando)
Lívia Andrade Dona Dadá / Maria dos Prazeres / Isabé "Pi-pi-pi-pi-pi-pi!"
"Ô se é!"
Isabé sempre conta mentiras exagerando.
Luana Bertoletti Dona Dadá Esposa fogosa do fazendeiro Nhonhô Gastão (Oscar Pardini).
Luciana Rocha Miss "Mas eu só compinto...!" Sempre justificava suas derrotas com esse bordão, pois disputava vários concursos e, em todos, sairia derrotada.
Luziane Baierle Dona Dadá Esposa fogosa do fazendeiro Nhonhô Gastão (Oscar Pardini).
Marcelo Beny Bananinha "Eu sou idiota!"
"Eu gosto de 'nanana'."
"Você tem que trabalhar com intestino" (apontando com o dedo para a cabeça)
"Quase que eu caio" (após um tombo)
"Eu sei (ou faço) de "tudo"'."
Integrante do Comando Maluco. Bananinha, como ele adora ser chamado, é o soldado mais idiota do Comando Maluco que sempre fala banana na maneira errada: "nanana" e é a fruta que ele mais gosta de comer. Sempre quer paquerar uma menina bonita, mas sempre se dá mal, ou às vezes se dá bem.
Marcelo Médici Zoinho "Se liga, Magnata!"
"Meu pai..."
Personagem que dizia ser filho de Carlos Alberto e sempre se metia em confusões.
Marcelo de Nóbrega Explicadinho / Xorãozinho "Eu gosto das coisas muito bem explicadinhas nos seus míííínimos... detalhes! Mas prossiga..." Professor Explicadinho irrita as pessoas com as suas perguntas, ao exigir explicações detalhadas. Personagem intepretado originalmente pelo humorista Roni Rios. / Paródia do cantor Xororó.
Márcio Amaral Ele mesmo "Vai que cola!"[28] O típico "171", que às voltas com problemas amorosos ou financeiros, tenta utilizar sua malandragem para se dar bem, porém não é bem-sucedido.
Marlei Cevada Nina / Sangue / Mamá "Ô tio!" / "Tioô!" / "Dãrr, nada a verrr...!" / "Aê, tiozão!" Garota que inocentemente tenta achar respostas para todos os seus questionamentos, que muitas vezes deixam todos constrangidos. / Rapaz de classe baixa que foi preso por roubar um pacote de biscoito e sua “temporada” no xilindró o fez pensar que era perigoso e malvado, o que o transformou em um cara marrento, metido e muito empolgado porém inocente em todos os sentidos. Morre de medo da mãe, é relaxado, xavequeiro, e muito divertido. / ?
Maria Teresa Dona Vamércia / Lady Grace Benedita / Mãe Mundinha / Marieta "Minha boca é um 'túmbalo'!" "Quem furunfou, furunfou, quem não furunfou não furunfa mais." "Por isso que te admiro você, Vitório." Não existe homem mais inteligente do que você na face da terra. Ah, Vitório, eu sei que o que seria de mim sem você. É por isso que digo e repito sempre: E VIVA O VITÓRIO!" Senhora que vive na janela de sua casa, falando mal dos convidados do programa. / Uma cantora que fingia falar inglês e só enrolava, falando palavras sem sentido em inglês, misturando com o português. / Mãe de santo. / Esposa de Vitório (Murilo Amorim Corrêa), é uma italiana muito desastrada, mas se julgava inteligente.
Mariette Arecco Detotto Dona Dadá "Ui, ui, ui ,ui, chefinho!" Personagem muito oferecida sexualmente e faz tudo para agradar o chefe.
Marisa Maia
Marquito Garçom do Bar / Bêbado do Bar
Marta Pessoa
Martinho Beny Comandante Durão / Percival / Velho "Macaco-prego é a senhora sua mãe!"
"Estou furibundo! (quando está furioso)"
"Eu odeio essa Genéreca (se referindo ao General Dedé)"
Integrante do Comando Maluco. Ele costumava ser mal-humorado na época do Dedé e o Comando Maluco, mas após o fim do programa e a saída do Dedé, passa a comandar tudo e ele demonstra ser intolerável apenas com Bananinha e Rapadura, geralmente quando é chamado de "macaco-prego". / Paródia do jornalista Percival de Souza. / Velho do quadro de Dapena.
Matheus Ceará Ele mesmo "Estou por aí 'socano' a bucha!"
"Carlos Alberto do céu!"
Matheus Ceará é o matuto cearense contador de histórias, que vê com bom-humor as desgraças da vida.[29]
Maurício Bonatti Sonrisal Tião "Nhonhô!" Empregado do fazendeiro Nhonho Gastão (Oscar Pardini).
Maurício Canguçu Vicente[30] / Amora / Seu Menezes Um rapaz atormentado pelo espírito gay de Lolô (Ilvio Amaral). / ? / Funcionário do chefinho da Dona Dadá.
Maurício Manfrini Paulinho Gogó "Se tá, tá! Se num tá, num tá!"
"Quem num tem dinheiro, conta história."/ Tô no twist Carlos Alberto... Fato 'venério'."
Paulinho Gogó é um contador de histórias com um jeito bastante peculiar de falar, cheio de gírias e troca de sílabas.
Moacyr Franco Jeca Gay / Suspiro[31]
Gabriel a Caminho do céu
"Chique no úrtimo!", "Choreeeeeeeeeeei largado!", "Carmô?", "Cê escreve uma carta pra mim? Põe aí: 'Luizim'...", "Bão e buniiiiiito!", "E é verdade, é sim sinhor! Quem me contou foi um pescador..." (cantando), "Viver é bão, mais dá um trabaio!",

"Eu tinha dois cachorrinho", "Cala a boca Suspiro"
(Frase aleatória) "Como todo mundo...", "Posso anunciar?"
"É, Pedro!"

É o simplório e inocente matuto, que trabalha na lavoura, e que vem contar suas dificuldades em se adequar à cidade grande ao mesmo tempo em que é explorado, sem que perceba, pelo impiedoso amigo Malão. / Personagem que pretende vender tudo que possui antes de ir pro céu.[32]
Murilo Amorim Corrêa Vitório / Cacique / Frei Antão / Jurupoca "E viva à Marieta!" Itáliano, marido desastrado de Marieta (Maria Teresa), se julgava inteligente.
Nany People Ela mesma[33] "Amigaaaaaaaa!" (ao encontrar Rogéria)
Neide Ribeiro
Nestor Bertolino Neto Bira Ha, ha, ha, ha." Parodia do baixista Bira, no quadro do Jô Soy Jô (Alexandre Porpetone).
Octávio Mendes Valmir[34]/ Seu Memê / Suzete / Mônica Goldstein "Carlãããão" (para o apresentador)
"Eu sou maaaacho!"
"Não é da sua conta!"
Valmir é um ex-gay que comenta seus perrengues com sua nova opção sexual. Mas, apesar de acreditar de fato ter se transformado num "hétero", não percebe que vive tendo "recaídas". / Seu Memê é um idoso que vive sempre mal-humorado. / Colunista social e conhecedora do universo feminino, sempre aparecia na Praça para dar conselhos às mulheres. / Apresentadora de um programa sensacionalista.
Orival Pessini Patropi / Juvenal / Sócrates / Fofão / Charles "Pá daqui, pá dali, pá de lá, pá de cá...", "Sei lá, entende?", "Cê parece que não sei!" / "Alô Pessoal", "Tavares" / "Nuuuuuuma velocidade!" O saudoso Orival Pessini fez vários personagens para os infantis e humorísticos da televisão brasileira.
Oscar Pardini Sílvio Santos / Shop Man / Nhonhô Gastão / Dr. Arthur Lockenstein / Padre Quevesgo / D. Paulo Evaristo Arns / Paulo Maluf cover / Donald Trampo / Simões Fernandes, o Repórter Português "Hey, man!" / "Tiãããããããão!" / "Eu sou Simões Fernandes, da TelePortugal, contribuindo à Cultura Internacional..." Paródia do apresentador Sílvio Santos. / Vendedor maluco que tenta vender produtos ruins. / Fazendeiro que não percebe, mais ele sempre é traido pela sua esposa Dona Dadá (Luana Bertoletti - Luziane Baierle) com o seu empregado Tião (Maurício Bonatti Sonrisal). / Psiquiatra louco. / Paródia do Padre Quevedo. / do cardeal Paulo Evaristo Arns. / do politico Paulo Maluf. / do presidente dos Estados Unidos Donald Trump. / Repórter português que irrita os famosos entrevistados, os confundido com outras pessoas.
Ossamá Sato Ele mesmo / Soldado norte-coreano / Japonês da Federal "Ih, complicou!" Mágico. / Soldado norte-coreano de Kim Mijou em um (Alexandre Porpetone). / Paródia do "Japonês da Federal" Newton Ishii no quadro do presidente Gula (Alexandre Porpetone).
Paola Rodrigues Nenenzona
Paulo Pioli Caipira "Cê quer pitar com nois?"
"Eta fuminho bão sôr!"
Caipira que conta "causos" na companhia do compadre (Clayton Silva).
Paulo Silvino Homem do açucareiro Paulo Silvino e um amigo sempre se sentavam a uma mesa de um bar para tomarem café e conversarem sobre as notícias e atualidades da semana, porém, os açucareiros (com bico dosador) dados a eles estavam invariavelmente entupidos. Silvino e o amigo iam conversando e tentando adoçar seus respectivos cafés, agitando levemente os açucareiros na tentativa de que saísse açúcar dali. Quando a conversa ia ficando mais enfática, os amigos iam se inflamando com os descalabros praticados contra a nação e sacudindo cada vez mais forte o açucareiro, até que, no auge da indignação, Silvino segurava o açucareiro de ponta cabeça com uma das mãos e batia com a palma da outra mão contra a parte inferior.
Pedro Bismarck Nerso da Capitinga "É ieu." Caipira nascido na Capetinga.
Pereira França Neto Cucurucho "Oh! que Pega!". Guru safado que gosta de enganar as pessoas.
Péricles Flaviano Pepê "Tudo o que eu falar pra minha...", "Chegando, aproximando..." Parceiro de Jojoca (José Santa Cruz).
Pierre Bittencourt Policial da Praça irei leva-lo pra minha caaaaasa". Policial homossexual que aparece no quadro de Dapena (Zé Américo) que sempre bate no peladão (Caíque Aguiar) e o leva pra sua casa.
Pirulito Homem do Saco Murcho / Décio Piquenique / Soldado norte-coreano / Soldado do Bolsomagro Anão que faz figuração / Paródia do Homem do Saco no quadro futricando com Mama Porpeta (Alexandre Porpetone). / Paródia do apresentador Décio Piccinini, no quadro "Futricando" com Mama Porpeta (Alexandre Porpetone). / soldado norte-coreano de Kim Mijou em um (Alexandre Porpetone). / Soldado do Bolsomagro (Alexandre Porpetone).
Porteiro Zé Ele mesmo Porteiro de um prédio.
Priscila Menucci Mara Mais Ervilha / Dona Nica[35] Paródia da apresentadora Mara Maravilha no quadro "Futricando" com Mama Porpeta (Alexandre Porpetone). / Personagem que não suporta as brincadeiras de Seu Amâncio (Ênio Vivona) por sua baixa estatura.
Rafael Mello Ney Latorrada Paródia do ator Ney Latorraca, é um "astro" da televisão brasileira que vive sempre de mau humor.
Raphael Véles Marilha Gabi / Paulinho / Porteiro Osório "Porrrque?" / "Você é lesado hein!" Paródia da apresentadora Marília Gabriela. / Garoto que gosta de fazer perguntas de duplo sentido e não larga do minigame enquanto fala. / Um porteiro mal-humorado que conta para Carlos Alberto suas histórias e reclamações com os condôminos.
Raphael Carvalho Mané Marreco "Caraplégico" Líder dos Malandros Cariocas, que sempre aprontam com Carlos Alberto, além de fazer piadas com Zé Olhinho (Jeffinho Farias), o integrante cego do trio.
Renata Brás Renata Me fala, me fala, me fala, me fala. Não fala!
"Olha não é fácil ser casada com um homem LGBT, Lindo, tesão, bonito e gostosão."
Mulher ciumenta que acha que o seu marido Apolo (Davi Novaes) a está traindo.
Renê Vanorden Kafed / Serginho Grosma / Seu Takeo / Desinfetante Hamilton "E eu sou o Kafed!"
"Pergunta! Fala garoto (a)!"
Personagem árabe que dá gargalhadas das piadas de seu primo Sami (Ênio Vivona). / Paródia do apresentador Serginho Groisman, apresenta o "Falta Horas", uma paródia ao programa Altas Horas. / Um japonês que possui dificuldade em aprender a língua portuguesa. / Paródia do Comandante Hamilton.
Roberto Marquis Guarda Juju / Seu Tanaka / Osório Policial homossexual.
Robson Bailarino Mauro Maurício / Garçom do Bar "Meu nome é Maugo Mauguício de Agagacuaga." Personagem que quer ser artista, mas apresenta grave problema de fala. Nova versão do personagem interpretado por Carlos Leite.
Ronald Golias Profeta / Pacífico / Bronco / Professor Bartolomeu Guimarães / Isolda "Wualaaaaaaahhhh...!" / "Cadê neném? Cadê neném?" / "Ô, Cride! Fala pra mãe..." / "Professor Bartolomeu Guimarães é meu nome." /"Vá tomar no..." Pacífico é um menino levado que está sempre falando desculpas esfarrapadas de suas traquinagens.
Ronaldo Ciambroni Donana[36] "Eu despeço aqui." Velhinha que gosta de falar do seu marido Astolfo.
Rony Cócegas Lindeza "Callllma, Cocada!"
"Chanelllllll..."
"Você allllcha?"
Sujeito que tinha uma gravata chamada "Cocada", que levantava cada vez que via mulheres bonitas.
Roni Rios Velha Surda / Explicadinho / Philadelpho (Fifo) "Ó querido Clementino..."
"Apolôôôôôôôôôônio... ! É você, Apolônio?"
"Meu nome é Bizantina Escatamáquia... Pinto!" / "Eu gosto das coisas muito bem explicadinhas, nos seus míííííííííííínimos detalhes." / "Meu nome é Philadelpho, com dois "ph"s: um no "Phi" e outro no "Pho". Phi-Pho!"
"Bobão, babão... bundãoooooo!"
Bizantina Escatamáquia Pinto possuía problemas de surdez, levando Apolônio (Viana Jr.) à loucura. / Professor Explicadinho irrita as pessoas com as suas perguntas, ao exigir explicações detalhadas. / Velhinho que sempre era seduzido por Fifa (Edna Velho), mas ele não dava bola as suas investidas.
Saulo Laranjeira Deputado João Plenário[37] / Kelé Metaleiro / Gilmar Memes "Entendeu...? Nem eu!"
"A-cá! A-cá!"
"Essa é a minha 'secretosa': mistura de secretária com gostosa." "Ô pai? que que é isso, pai? (olhando para cima)" "...'deputaiada'..." "...a vagabunda da tua irmã..."
Deputado corrupto que só pensa em se dar bem. / Roqueiro punk, intepretando originalmente pelo humorista Carlos Leite. / Paródia do jurista Gilmar Mendes.
Serginho Leite Agnaldo Timóteo / Cauby Peixoto / Lula / Pelé / Maguila / Vicente Matheus / Clementina de Jesus / Paulinho da Viola / Paulo Maluf Humorista que fazia imitações de várias celebridades.
Scheila Carvalho Rosa Fogosa[38] Ninfomaníaca que vive dando em cima dos homens, deixando-os sem graça.
Sill Esteves Margarida[39] "Eu não sou feminista, eu vou feminina!" Personagem que defende os direitos das mulheres, expondo as diferenças entre elas e os homens.
Simplício Osório / Rosauro "Ô, hôme!" Homem que afirma que em sua cidade, Itu, tudo é grande, e sempre vinha acompanhando de sua esposa Ofélia (Valéria Luercy). / Menino que tentava perturbar Carlos Alberto. Sempre usava uma camisa do Ituano.
Sônia Almeida Alemanha Aluna inteligente. Sempre corrige seus colegas de classe, Pacífico (Ronald Golias) e Patsa (Andréa de Nóbrega).
Soraya Zafarani Danielle Albaguette Assistente do Dr. Enrola o Wood (Alexandre Porpetone).
Suzy Joy Batatinha Integrante do Comando Maluco.
Syang Mina
Sylvia Massari Maria Santa "Lá vem o golpe."
"Olha o golpe aí, gente!"
A irmã, como de costume, se lamenta a respeito de suas questões financeiras. A moça pede donativos enquanto a bonequinha desbocada solta os conhecidos bordões: "Lá vêm o golpe!" "Olha o golpe ai, gente!"
Talyta Rametta Ela mesma Mulher que sempre é paquerada por Matheus Ceará, mas ela sempre o evita.
Thaís de Andrade Elenco de Apoio
Tidinha Ela mesma "Tio, quero ser artista!"
Tiririca Ele mesmo "Quem é você?"
"Ô minino lindo!"
"Quando eu gosto, eu gosto. Mas quando eu odio, eu o-di-o!"
Contador de piadas.
Tuca Graça Amigo do Mundinho o Mudinho / Mano / Batman / Jorjão / Zé / Lalau Souza e Silva "Balanga Morcego, eu não tô ouvindo!"
"Seu moleque!" / "É briga!" / "Como é que eu posso dizer de maneira suave."
Amigo do Mundinho o Mudinho (Arnaud Rodrigues). / Mano e Mina são uma dupla de funk que sempre está precisando de dinheiro. Toda semana, eles querem aplicar um golpe diferente no Carlos Alberto ou tentam convencê-lo, de alguma maneira, a dar dinheiro a eles. / Morcego gay que sempre fica com ciúmes de Robin quando vem uma mulher e dá em cima. / Personagem que veio do interior com sua irmã Zezé (Bibi Graça) para a capital. Os dois tiram vantagem de qualquer coisa e fazem qualquer coisa por dinheiro. Milionário irmão de Bibi (Bibi Graça) que perde a paciência com as burrices da irmã.
Tutuca Magnólio / Clementino / Chefinho[40] "Meninos, eu vi!"
"Bicha não morre, bicha vira purpurina..." / "Xiiii-iiii-ii..."
"Ah, se ela me desse bola..."
"Como é boa essa secretária!" / "Tadinha, seu Menezes!"
Homossexual que sempre é suspeito de um crime e sempre é interrogado pelo Inspetor (Aldo César) e Verdugo (Felipe Levoto). / Um faxineiro sempre de olho na mulherada, mais era tímido. / Um chefe que deseja saber as ordens de Dona Dadá (Alice de Carli), defendendo-se do seu Menezes (Aldo César).
Valéria Luercy Ofélia / Pureza "Ié oh se é." Esposa de Osório (Simplício). / Uma mulher ingênua que vive na esperança de arrumar um marido.
Viana Jr. Apolônio / Mendigo "Não me confunda!" Homem que lia o jornal, mas sempre ficava irritado quando a Velha Surda (Roni Rios) o perturbava.
Victor Branco Don Scallone (Mafioso)[41] Mafioso italiano que perde a paciência com as trapalhadas de seu parceiro Pipo (Felipe Levoto).
Vinícius Vieira João Dólar[42] / Adora Júnior / Calvão Bueno / Sérgio Morro Paródia do empresário, apresentador e atual governador de São Paulo João Dória. / Paródia do narrador Galvão Bueno. / Parodia do ministro da justiça e segurança pública Sérgio Moro.
Vivi Fernandez Elenco de Apoio
Walmir Silveira Elenco de Apoio
Walter Stuart Maluco Elenco de Apoio
Wilson Vaz Jornaleiro / Saco do Pobre "A tocha traz."
"Ajude a encher o saco do pobre."

"Me engana que eu gosto."
Jornaleiro que divulgava o jornal "A Tocha". / Mendigo que pedia auxílio.
Zé Américo Taíde / Dapena / Paraíba / Super Mama[43] / Narcisa Tamborindeguy / Laura Milha / Comprador bobo "O Mixirica traz, o Marcelo põe na praça!"
"Eu quero imagens!"
"É uma barbaridade!" / "Paraíba, tá aqui o meu cartão." / "É uma brincadeira!"
"Cala a boca! Homem não fala no meu programa, fala gostosa!" / "Ai que batista!" / "Ai que...!"
"Me ajuda aí... pô!" / "Sou eu, sou eu!"
Jornalista que sempre chega nervoso quase explodindo. Carlos Alberto sempre tenta acalmá-lo, mas não adianta nada, pois ele sempre fica falando diversos casos acontecidos e fica nervoso dizendo que aquilo era uma barbaridade. Paródia de José Luiz Datena. / Paródia da socialite Narcisa Tamborindeguy. / Paródia da sexóloga Laura Müller. / Comprador bobo que acredita nos produtos de Shop Man (Oscar Pardini).
Zezinho Alex / Perdigoto Anão que faz figuração. Paródia do garçom chileno Alex no quadro do Jô Soy Jô (Alexandre Porpetone). / Amigo de Paulinho Gogó (Maurício Manfrini).
Zilda Cardoso Catifunda "Saravá!" Mendiga que sempre porta um charuto na mão.

Referências

  1. Alexandre Frota - Carreira UOL, acessado em 24 de novembro de 2009
  2. 23/06/2009 - O humorista Alexandre Porpetone comenta sobre seus personagens e o programa A Praça É Nossa Rádio Transamérica, acessado em 24 de novembro de 2009
  3. Cabrito Tévez encarna sushiman em A Praça é Nossa SBT, acessado em 24 de novembro de 2009
  4. Alexandre Porpetone é um dos maiores destaques d'A praça é nossa Arquivado em 8 de junho de 2010, no Wayback Machine. Divirta-se, acessado em 24 de novembro de 2009
  5. Ator de A Praça É Nossa senta na poltrona de Jô Soares OFuxico, acessado em 24 de novembro de 2009
  6. Cazalbé recebe Hebe em 'A Praça é Nossa'[ligação inativa] Área Vip, acessado em 24 de novembro de 2009
  7. Ronalducho da Praça é nossa está sob treinamento pesado Arquivado em 11 de março de 2009, no Wayback Machine. Divirta-se, acessado em 24 de novembro de 2009
  8. Novos personagens estreiam no banco da Praça
  9. 24/04/2009 - Andréa de Nóbrega fala sobre o programa humorístico A Praça É Nossa e sobre o marido Carlos Alberto de Nóbrega Transamérica, acessado em 26 de novembro de 2009
  10. Quinze anos de praça Correio Braziliense, acessado em 26 de novembro de 2009
  11. «Em abril, Globo tem o pior ibope da manhã desde 1998». F5 - Folha de S.Paulo. 3 de maio de 2012. Consultado em 6 de julho de 2012 
  12. 'A Praça É Nossa' estreia novo participante, o gaúcho Tibúrcio Área Vip, acessado em 28 de setembro de 2011
  13. Morre o veterano dublador e ator Borges de Barros[ligação inativa] Omelete, acessado em 26 de novembro de 2009
  14. "A Praça é Nossa" faz homenagem a Canarinho Folha Online, acessado em 26 de novembro de 2009
  15. Creidi faz sucesso com pancadão nas rádios e na internet Extra Online, acessado em 26 de novembro de 2009
  16. Fora da TV, Dedé Santana trabalha no circo de Beto Carrero OFuxico, acessado em 26 de novembro de 2009
  17. Em cartaz, o “Analista de Bagé” Arquivado em 14 de abril de 2014, no Wayback Machine. Jornal Metas, acessado em 26 de novembro de 2009
  18. Nhá Barbina Arquivado em 9 de janeiro de 2009, no Wayback Machine. Mulheres do Cinema Brasileiro, acessado em 26 de novembro de 2009
  19. Consuelo Leandro Arquivado em 5 de março de 2016, no Wayback Machine. Pró-TV, acessado em 26 de novembro de 2009
  20. Carlos Alberto se emociona com estreia da neta na Praça é Nossa
  21. Dalila Nóbrega estreia nova personagem na A Praça é Nossa desta quinta
  22. "A Praça É Nossa" estreia nova personagem de Dalila Nóbrega
  23. Kelly Key participa de A Praça é Nossa de hoje[ligação inativa] JC Online, acessado em 24 de novembro de 2009
  24. "A Praça é Nossa" se despede de político e estreia ex-Pânico
  25. Personagem de Fafy Siqueira agita A Praça é Nossa Área Vip, acessado em 16 de dezembro de 2017
  26. “Acredite, um espírito baixou em mim” está de volta ao Tatuapé Jornal O Retrato, acessado em 16 de fevereiro de 2017
  27. Personagem Rick Marcos estreia nesta quinta no A Praça é Nossa SBT, acessado em 16 de fevereiro de 2017
  28. 8 horas de festa - ‘A Praça É Nossa’[ligação inativa] Comércio da Franca, acessado em 24 de novembro de 2009
  29. http://www.sbt.com.br/apracaenossa/quadros/?id=27508
  30. A Praça É Nossa conta com Matheus Carrieri OFuxico, acessado em 16 de fevereiro de 2017
  31. A Praça é Nossa comemora mil edições com programa especial OFuxico, acessado em 24 de novembro de 2009
  32. [1]
  33. Nany People e Rogéria se encontram em A Praça é Nossa SBT, acessado em 24 de novembro de 2009
  34. Garimpados no teatro Diário do Nordeste, acessado em 24 de novembro de 2009
  35. A Praça é Nossa estreia o quadro “Dona Nica” nesta quinta
  36. Há 13 anos fora do ar, Velha Surda volta à Praça É Nossa com novo ator Veja, acessado em 16 de fevereiro de 2017
  37. João Gordo é convidado de 'A Praça é Nossa'[ligação inativa] Área Vip, acessado em 24 de novembro de 2009
  38. Scheila Carvalho faz sucesso em ‘A Praça é Nossa’ Arquivado em 12 de novembro de 2013, no Wayback Machine. Todo Dia, acessado em 26 de novembro de 2009
  39. Uma novo sucesso na “Praça é Nossa” FolhaPE, acessado em 16 de fevereiro de 2017
  40. Morre o humorista Tutuca, de "A Praça é Nossa"; velório será neste sábado NaTelinha, acessado em 16 de fevereiro de 2017
  41. Franco leva filho João Vitor para A Praça é Nossa OFuxico, acessado em 26 de novembro de 2009
  42. Ex-Pânico Viny Vieira participa de "A Praça é Nossa" com personagem João Dólar Portal N10, acessado em 4 de maio de 2017
  43. Super Nanny faz participação em A Praça é Nossa OFuxico, acessado em 26 de novembro de 2009
Wiki letter w.svg Esta lista está incompleta. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-a.