Froid (rapper)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre um cantor. Para o psicanalista, veja Sigmund Freud. Para a cidade nos Estados Unidos, veja Froid.
Froid
Á esquerda da foto Froid, mais á direita Emtee e Yank
Informação geral
Nome completo Renato Alves Menezes Barreto
Também conhecido(a) como Froid
Nascimento 01 de setembro de 1993 (28 anos)
Local de nascimento Belo Horizonte
 Brasil
Gênero(s) Rap, Hip-Hop, Freestyle rap
Ocupação(ões) Cantor e compositor
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 2012-Atualidade
Gravadora(s) Novo Egito, UBR Records, alaska
Afiliação(ões) Cynthia Luz, Yank, Sampa, Disstinto

Renato Alves Menezes Barreto[1] mais conhecido pelo seu nome artístico Froid é um rapper nascido em Belo Horizonte no ano de 1993. Atualmente, Froid mora em Brasília principalmente após o nascimento de seu filho. Seu nome artístico Froid vem em homenagem ao pensador e pai da psicanalise Sigmund Freud, em sua versão simplificada para o português, o artista brasileiro decidiu trocar Freud por Froid.[2][3]

Em suas musicas Froid tenta trazer ideias sobre problemas sociais e sobre sua visão perante o mundo, em uma de suas musicas mais famosas "Pseudosocial" o cantor deixa claro algumas visões sobre o mundo e escancara problemas sociais em seus versos como o seguinte:[4]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Froid no inicio de sua carreira na "Batalha do Neurônio"

Sua carreira começou na musica no ano de 2011 quando o cantor e compositor fundou com outros dois parceiros o grupo de Hip Hop "Um Barril de Rap". Inicialmente os integrantes do grupo eram o próprio Froid, Sampa e Yank. Após um tempo, o beatmaker Disstinto também entrou no grupo. Em 2017, o grupo foi desfeito após a saída de Yank, assim Froid seguiu em sua carreira solo.[3][1]

Enquanto era integrante do grupo "Um Barril de Rap", Froid também participava de batalhas de rap freestyle frequentando a Batalha do Neurônio e a Batalha do Museu em Brasília, assim crescendo no cenário do rap nacional e ganhando sua notoriedade. Em sua carreira solo, Froid lançou diversos hits a partir do ano de 2017 no qual ficaram rapidamente notórios por sua batida envolvente e rimas filosóficas, assim agradando diversos tipos de amantes de rap.[1]

Em 2018, Froid fez sua primeira grande turnê nacional e foi convidado para o festival João Rock onde conseguiu se tornar notório para públicos além dos já amantes de Rap.[3]

Indicações e prêmios[editar | editar código-fonte]

Premio Categoria Ano Resultado
MTV MIAW[5] #Prestatenção 2018 Indicado
Prêmio Genius Brasil de Música[6] Melhor Musica de Rap 2017 3° Colocado

Discografia[editar | editar código-fonte]

Solo[editar | editar código-fonte]

Álbum Ano Musicas Gravadora Participações Especiais
O Pior Disco do Ano[7] 2017
  • Ce Sabe Quem
  • Fran's Café
  • SK8 do Matheus
  • Cortina de Fumaça
  • Vida Loka, PT. 3
  • Lamentavel PT. III
  • Déja-vu
  • Negro é Foda
  • Original Rudeboy
  • Debate Sobre a Erva
  • Debate Sobre a Industria
  • Chuva
Novo Egito Rodrigo Cartier

Nissin

Cynthia Luz

Makalister

Teoria do Ciclo da Água[8] 2018
  • Intro
  • Teoria do Ciclo da Água
  • Garota
  • Fique Rico ou Moralismo
  • Bilhete I
  • Q?
  • Lamentavel PT. II
  • Alaska PT. 2
  • Bilhete II
  • Cristal
  • Colibri
  • Bilhete III
  • Blogueira
  • Bang!
Novo Egito Sampa

Cynthia Luz

Don L

Sol (part. Cynthia Luz)[9] 2019
  • Lambada
  • Sol
  • Mãos Sujas
  • Eu Penso
  • Regai
  • Homem Sensivel
  • A Ilha
Alaska Zeca Baleiro
Oxigênio (Corona Disco)[10] 2020
  • Intro
  • Best Friend
  • Inverno
  • Sem Teto
  • O Mundo é Mal
  • Seu Edson
  • Vapor
  • Indea Moss
  • Tio Phill
  • Lupa Nova
UBR Cynthia Luz

Clara Lima

Hot e Oreia

Sampa

Rincon Sapiência

Santz

Um Barril de Rap[editar | editar código-fonte]

Album Ano Musicas Gravadora Participações Especiais
2a Via[11] 2015
  • Mágoa Para Elefantes
  • Vatomanocu
  • Carteira de Habilitação
  • Eram os Deuses os Astronautas?
  • O Resgate Do Soldado Brownie
  • Habeas Corpus
  • Certidão de Óbito
  • N.A.D.A C.O.N.S.T.A
  • Carteira de Trabalho
  • Registro de Identidade
Jacob

Jean Tassy

Atentado Napalm

Vitor Xamã

Dimomo

Rhay

CD dos Menino[12] 2015
  • A Culpa é das Igrejas
  • A Fantástica Fabrica de Charlates
  • Bicho de 7 Cabeças
  • Deus é Estrangeiro
  • Inteligência Artificial
  • Lisbela e o Prisioneiro
  • Meu Nome Não É Jones
  • O Homem Que Copiava
  • O Lobo Atrás da Porta
  • O Rapto do Menino Dourado
  • Sinais
  • Deus é Estrangeiro PT2
  • As Vantagens de Ser Invisível
ChinxilaRecords Dimomo

Jean Tassy

Participação na Pineapple Storm[editar | editar código-fonte]

Musica Ano Gravadora Participantes Icon-youtube
Poesia Acústica #4 - Todo Mundo Odeia Acústico 2018 Pineapple e Brainstorm Estúdio Bob

Mv Bill

Djonga

Azzy

Delacruz

143 milhões de visualizações
Férias em Punta 2020 Pineapple e Brainstorm Estúdio Chris

Luccas Carlos

1,5 milhões de visualizações
Mô-zaico 2020 Pineapple e Brainstorm Estúdio Cynthia Luz 2,4 milhões de visualizações
Poetas no Topo - Renascimento 2020 Pineapple e Brainstorm Estúdio Luccas Carlos

Cesar Mc

Chris

Dk47

Cynthia Luz

Xamã

10 milhões de visualizações
Poesia Acústica Paris 2020 Pineapple e Brainstorm Estúdio Luccas Carlos

Dk47

Xamã

Chris

Cynthia Luz

69 milhões de visualizações

Referências

  1. a b c «Tudo sobre Froid | Perfil». Revista Rap. 19 de outubro de 2018. Consultado em 1 de junho de 2021 
  2. «Conheça Froid, rapper brasileiro que acredita que a Terra é plana: "A Nasa é uma mentira"». GZH. 22 de junho de 2017. Consultado em 1 de junho de 2021 
  3. a b c «Biografia de Froid». Last.fm. Consultado em 1 de junho de 2021 
  4. «Pseudosocial - Froid». Letras.mus.br. Consultado em 1 de junho de 2021 
  5. «Confira os vencedores do prêmio MTV MIAW; Anitta e Felipe Neto se destacam - Emais». Estadão. Consultado em 1 de junho de 2021 
  6. «Genius Brasil – Prêmio Genius Brasil de Música 2017». Genius. Consultado em 1 de junho de 2021 
  7. «O Pior Disco do Ano | Discografia de Froid». Letras.mus.br. Consultado em 1 de junho de 2021 
  8. «Teoria do Ciclo da Água | Discografia de Froid». Letras.mus.br. Consultado em 1 de junho de 2021 
  9. «Sol | Discografia de Froid». Letras.mus.br. Consultado em 1 de junho de 2021 
  10. «Oxigênio (Corona Disco) | Discografia de Froid». Letras.mus.br. Consultado em 1 de junho de 2021 
  11. «2ª Via by Um Barril de Rap». Genius (em inglês). Consultado em 1 de junho de 2021 
  12. «CD dos Menino by Um Barril de Rap». Genius (em inglês). Consultado em 1 de junho de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Instagram do artista

Twitter do artista

Canal no YouTube do artista

Spotify do artista

Facebook do artista