Renan Samam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Renan Samam
Informação geral
Nome completo Renan de Jesus Batista
Nascimento 1989
Origem Campo Limpo, São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Rap
Ocupação(ões) Beatmaker
Produtor musical
Cantor
Período em atividade 2005 - Presente
Influência(s) Fernandinho Beat Box

Renan de Jesus Batista (Campo Limpo, 1989), mais conhecido pelo nome artístico Renan Samam é um produtor musical, compositor, e rapper brasileiro.[1] [2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou a carreira em 2005 quando integrante do grupo 4ª Estrofe, lançando seu primeiro álbum Ritmo e Poesia em 2008.

Em 2011 fez parte do "Ano de Ouro" do rap no VMB, onde produziu a música "Então Toma" de Emicida, dirigida por Fred Ouro Preto, vencedora da categoria "Video Clipe do Ano" e em 2012 voltando a parceria com Emicida na música "Dedo na Ferida" que causou polêmica, ganhou como "Melhor Música do Ano".

Produziu trilha sonora da campanha “Deixe Sua Marca” da marca de canetas Sharpie, junto com Marcelo D2 e também produziu para a propaganda da marca UnderBrazil “Atitude Under”[3] . Produziu também o álbum de Fernandinho Beatbox Caminho Estreito no qual fez parceria com Seu Jorge e Tita Lima na música “Minha Mademoiselle”.

Em 2012 produziu músicas para o EP de Kamau contando com participação de Di Ferreiro (Nx Zero) em “Entre”, André Maini (Strike) em “Eu Vou”, Daniel Ganjaman e Tulipa Ruiz em “Lagrimas do Palhaço” e um Remix da música “Resistência” que conta com a rapper INVINCIBLE de Detroit, EUA.

Em 2013 produziu a música que fez parte da trilha sonora do jogo FIFA 14[4] , “Você Diz Que O Amor Não Dói”, faixa do álbum Nada Pode Me Parar que contou ainda com mais duas produções “A cara do Povo” e “420”. No mesmo ano produziu a trilha do filme “O menino e o Mundo” com participação de Emicida e Drik Barbosa, produziu 3 faixas do disco “Agora” que ganhou destaque na Revista Rolling Stone[5] , do artista Henrick Fuentes “Pé na Estrada”, “Simples Assim” com participação de Kamau, Stephanie e DJ Will, e “Efeito colateral” com participação do DJ Erick Jay, tri-campeão do DMC Brasil (campeonato de DJ's) e 5° colocado no DMC Mundial.

Artistas como Phat Kat, Guilty Simpson, Frank n Dank e Illa J, rappers de Detroit que trabalharam com J Dilla (considerado um dos maiores produtores da historia do hip hop) também gravaram nas produções de Renan Samam, que serão lançadas em 2014.

Renan Samam como rapper já dividiu palcos com Kamau, Fernandinho Beatbox, Marcelo D2, Start , Max B.O., Marechal, Flora Matos, Karol Conka, Thaíde, Negra Li, Criolo, Projota, Z’africa Brasil, Lurdes da Luz, Emicida, Deltron 3030 e Slum Village.

Seu último single lançado foi a música e o video clipe “Fundo Do Mar” em parceria com Felipe Vassão, som que prepara o terreno para o primeiro álbum de Renan Samam como rapper solo.

No final de 2014, lançou um EP chamado 'Kush e Garotas' com o grupo 5 pra 1, um projeto com Renan Samam, DJ Will, Filiph Neo, Dee e Minizu.

O álbum solo '23' está previsto para o segundo semestre de 2015.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Com 4ª Estrofe

  • Ritmo e Poesia (2008)

5 pra 1 (Renan Samam, DJ Will, Filiph Neo, Dee e Minizu)

  • Kush & Garotas (2014)

Solo

  • 23 (2015)

Principais Produções[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.