Danilo Luiz da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Danilo Luiz da Silva
Danilo Luiz da Silva
Informações pessoais
Nome completo Danilo Luiz da Silva
Data de nasc. 15 de Julho de 1991 (23 anos)
Local de nasc. Bicas (MG),  Brasil
Nacionalidade  Brasil
Altura 1,84 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Portugal Porto
Número 2
Posição Lateral-Direito
Clubes de juventude
2007–2009 Brasil América Mineiro
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2009–2010
2010–2011
2012–
Brasil América Mineiro
Brasil Santos
Portugal FC Porto
0037 0000(4)
0087 000(10)
0051 0000(3)
Seleção nacional3
2010
2012
2011–
Brasil Brasil Sub-20
Brasil Brasil Sub-23
Brasil Brasil
0015 0000(2)
0004 0000(1)
0006 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 19 de janeiro de 2013.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 7 de setembro de 2012.

Medalhas
Jogos Olímpicos
Prata Londres 2012 Futebol

Danilo Luiz da Silva (Bicas, 15 de julho de 1991) é um futebolista brasileiro que atua como lateral-direito e volante[1] . Assinou pelo Porto em janeiro de 2012.

Carreira[editar | editar código-fonte]

América Mineiro[editar | editar código-fonte]

Revelado nas categorias de base do América-MG, teve sua estréia no time profissional em 2009 no hexagonal final do Campeonato Mineiro totalizando participação em 2 partidas. Disputou 9 partidas no Campeonato Brasileiro (Série C), as quais colaborou como titular para o acesso do time para a Série B do Brasileiro 2010. No ano de 2010 no Campeonato Mineiro, Danilo disputou 14 jogos e marcou 2 gols no clássico contra o Atlético Mineiro pela as quartas de final da segunda fase. Duas partidas foram disputadas, a primeira no estádio Mineirão e a outra no estádio Ipatingão em Ipatinga no interior do estado, ambas ficaram empatadas, mas com a lei do gol fora o Atlético Mineiro avançou para a semifinal. No final do campeonato Danilo foi considerado a maior revelação do campeonato mineiro de 2010 despertando o interesse de outros clubes do Brasil como o Santos. No inicio do Campeonato Brasileiro da Série B o Santos já havia anunciado a contratação de Danilo, mas o jogador demonstrou seu amor pelo América-MG pedindo ao clube praiano para jogar um puco mais em Minas. O Santos atendeu o pedido do craque e o liberou para jogar 3 partidas pelo clube mineiro no Campeonato Brasileiro da Série B.

Santos[editar | editar código-fonte]

Equipes do Peñarol e do Santos perfiladas para a execução dos hinos antes da final da Libertadores no Estádio do Pacaembu.

Foi contratado pelo Santos, e logo após a Copa do mundo foi apresentado. Em 2011 o jogador foi campeão do Campeonato Paulista e foi um dos destaques do Santos na Copa Libertadores da América. No primeiro jogo da final sob a pressão de mais de 60.000 torcedores no Estádio Centenário, campo do adversário, o Santos segurou um empate de 0-0. Na finalíssima, em 22 de junho de 2011, deu quase tudo certo para o Santos. Após empatar em 0-0 no primeiro tempo, Neymar começou a vitória santista, ao receber passe preciso de Arouca, e assim, marcando no primeiro minuto do segundo tempo. Danilo marcou o segundo e praticamente selou a conquista. No final da partida, o zagueiro Durval marcaria contra, mas era tarde para o Peñarol conseguir um eventual empate. A partida terminou em 2-1 e o Santos se sagrou pela terceira vez campeão da Copa Libertadores da América, após 48 anos do último título conquistado pelo clube (1963). Em ótima fase pelo Santos Danilo acabou despertando o interesse dos clubes europeus como o AC Milan, FC Porto, Benfica e Juventus. No Mundial De Clubes Danilo estreou bem no primeiro jogo do santos contra o Kashiwa Reysol do Japão na semifinal do Mundial, marcando um belíssimo gol de falta no jogo, selando a ida do santos para a final do torneio. Na final do Mundial na partida contra o poderoso Barcelona Danilo faria sua ultima partida pelo Santos que acabou perdendo por um placar de 4 a 0 com Danilo sendo substituído aos 31 minutos do primeiro tempo depois de uma forte dividida com o zagueiro Gerard Piqué.

Porto[editar | editar código-fonte]

No dia 19 de julho de 2011 foi oficializado como jogador do Porto, depois de um longo período de negociações, (que segundo o presidente do Santos demoraram menos de 24 horas) o Porto conseguiu adquirir os direitos federativos do jovem craque brasileiro por um montante de 13 milhões de euros.

Danilo foi vendido por € 13 milhões (R$ 29 milhões). No Porto , ele terá uma cláusula rescisória de € 50 milhões (R$ 111,8 milhões). Ele é o segundo jogador mais caro da história do Porto, atrás apenas do atacante Hulk, que custou € 19 milhões (R$ 42,5 milhões).

Teve sua estreia no FC Porto no dia 22 de janeiro de 2012 na partida contra o Vitória de Guimarães pelo Campeonato Português.

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2010 foi convocado pelo técnico Ney Franco para defender a Seleção Brasileira de Futebol Sub-20 na disputa do Campeonato Sul-Americano de 2011. O Brasil se sagrou campeão do campeonato com Danilo marcando seu gol na final. No dia 16 de Julho de 2011 Danilo foi novamente convocado, para a disputa do Campeonato Mundial de Futebol Sub-20.

Seleção principal[editar | editar código-fonte]

No dia 18 de Agosto de 2011 foi convocado pelo técnico Mano Menezes para servir a seleção principal no amistoso contra Gana no dia 5 de Setembro em Londres. Sua estreia na seleção principal foi no dia 14 de Setembro de 2011 no primeiro jogo do Superclássico das Américas de 2011 contra a Argentina no estádio Mario Alberto Kempes em Córdoba. A partida terminou empatada levando a decisão para Belém no dia 28 de Setembro de 2011. No dia 15 de Fevereiro de 2011 Danilo foi novamente convocado para o amistoso contra a seleção da Bósnia e Herzegovina no dia 28 de Fevereiro na Suíça. No mês de Maio foi convocado para uma série de quatro jogos contra a Dinamarca,Estados Unidos, México, Argentina. No dia 5 de Julho de 2012 foi convocado para a disputa dos Jogos Olímpicos de Londres. No terceiro jogo contra Nova Zelândia marcou o primeiro gol na vitória por 3 a 0.

Golos pela seleção nacional[editar | editar código-fonte]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

# Data Local Adversário Placar Resultado Competição
1. 12 de fevereiro de 2011 Estádio Monumental da UNSA, Arequipa, Peru UruguaiUruguai 3–0 6–0 Sul-Americano Sub-20 2011
2. 29 de julho de 2011 Estádio Metropolitano Roberto Meléndez, Barranquilla, Colômbia EgitoEgito 1–0 1–1 Mundial Sub-20 2011

Sub-23[editar | editar código-fonte]

# Data Local Adversário Placar Resultado Competição
1. 1 de agosto de 2012 St James' Park, Newcastle, Inglaterra Flag of New Zealand.svg Nova Zelândia 1–0 3–0 Jogos Olímpicos de Londres de 2012

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Abaixo estão listadas as estatísticas de Danilo pelos clubes em que passou somando-se todas as competições.

Clube País Ano Jogos Gols
América Mineiro  Brasil 20092010 37 4
Santos  Brasil 20102012 87 10
FC Porto  Portugal 2012 31 1
Total 155 15

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela sua seleção nacional.

Sub-23

Títulos[editar | editar código-fonte]

América-MG
Santos
Porto
Seleção Brasileira Sub-20

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

América Mineiro

Referências

  1. Danilo (em português). Página visitada em 11 de Maio de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]