Ipanema (Rio de Janeiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ipanema
—  Bairro do Brasil  —
Praia de IpanemaAo fundo, o Leblon e, à esquerda, o Vidigal.
Praia de Ipanema
Ao fundo, o Leblon e, à esquerda, o Vidigal.
Ipanema.svg
Distrito Subprefeitura da Zona Sul
Criado em 1894
Área
 - Total 308,49 ha (em 2003)
População
 - Total 42 743 (em 2 010)
 - IDH 0,962[1] (em 2000)
Domicílios 23 018 (em 2010)
Limites Copacabana, Leblon e Lagoa.[2]
Subprefeitura Subprefeitura da Zona Sul
Fonte: Não disponível

Ipanema é um bairro nobre da cidade brasileira do Rio de Janeiro, fundado em 1894 por José Antônio Moreira, conde de Ipanema. Faz divisa com os bairros de Copacabana, Leblon e Lagoa.[2]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome tupi Ipanema admite duas interpretações semânticas:

  • "água ruim, rio sem peixes", através da junção dos termos 'y ("água") e panema ("imprestável").[3]
  • "lagoa fedorenta", através da junção dos termos upaba ("lago") e nem ("fedorento")[4] .

O nome faz referência a uma região do atual município de Iperó, no estado brasileiro de São Paulo, onde José Antônio Moreira Filho (1830-1899), feito segundo Barão de Ipanema em 1847 (e conde em 1868), tinha uma metalúrgica. Essa metalúrgica, chamada Real Fábrica de Ferro São João do Ipanema, se localizava aos pés do Morro de Ipanema e havia sido fundada por seu pai, o primeiro Barão de Ipanema. José Antônio Moreira Filho investiu seu capital na região atualmente ocupada pelo bairro de Ipanema, fundando a Villa Ipanema. Com esse nome, homenageava o seu local de nascimento, a vila de São João de Ipanema, hoje pertencente ao município de Iperó[5] .

História[editar | editar código-fonte]

Pedra Portuguesa[editar | editar código-fonte]

O projeto paisagístico das calçadas de Ipanema é do arquiteto e paisagista Renato Primavera Marinho, em comemoração do quarto centenário da cidade.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Edifício da Raoul Dufy na Rua Prudente de Morais

Praia de Ipanema[editar | editar código-fonte]

Os visitantes da praia de Ipanema devem ter cuidado na hora de mergulhar, pois há correntezas fortes. O Arpoador, uma das pontas de Ipanema, é um paraíso do surfe. O Posto Nove é considerado um dos melhores pontos da praia carioca, frequentado por celebridades e pelos jovens. Um hábito bastante comum é aplaudir o pôr do sol, um costume lançado no verão de 1968/1969, quando o jornalista Carlos Leonam, inconformado com a beleza, começou a aplaudir, sendo logo em seguida acompanhado pela roda de amigos, que contava com a presença de Gláuber Rocha, João Saldanha, Jô Soares, entre outros.[6] Esse costume de aplaudir o pôr-do-sol foi consagrado pelo publicitário Roberto Duailibi, numa propaganda para televisão de protetor solar.

Economia[editar | editar código-fonte]

O rendimento nominal médio mensal das pessoas de 10 anos ou mais de idade (com rendimento) do bairro é de R$ 6.533,14 Reais (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, censo do ano de 2010)[7] . Ipanema é um bairro de classe-média alta e Alta.

Comércio[editar | editar código-fonte]

O comércio de luxo vem crescendo no bairro:, lojas e butiques como Osklen e Farm têm suas origens ligadas ao bairro. As sedes de grandes joalherias como Amsterdam Sauer e H. Stern também são localizadas em Ipanema. Grandes marcas internacionais como Mont Blanc e Louis Vuitton também escolheram lojas em pontos do bairro. Estas lojas se concentram nas ruas Garcia D'Avila e Visconde de Pirajá (principalmente na Galeria Forum de Ipanema) e Maria Quitéria.

O bairro ainda possui alguns dos melhores e mais tradicionais bares e restaurantes do Rio de Janeiro, como o Bar Garota de Ipanema, onde Vinícius de Morais criou a famosa canção homônima. Podemos citar, também, o Bar Vinte, na Rua Visconde de Pirajá, onde antigamente o bonde fazia a volta e o bar Paz e Amor, na esquina das ruas Garcia D'ávila e Nascimento Silva.

O primeiro supermercado da rede Zona Sul, conhecida pelo seu padrão de qualidade e serviço, se encontra próximo à Praça General Osório. Além das feiras de frutas e verduras nas praças General Osório e Nossa Senhora da Paz, aos domingos acontece a tradicional Feira Hippie, com venda de artesanato e quadros.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Ipanema figura entre os principais pontos turísticos da cidade do Rio de Janeiro, tanto para turistas brasileiros quanto internacionais. Todo ano, turistas lotam o tradicional bairro e sua praia, que conta com infraestrutura hoteleira de qualidade.

O Parque garota de Ipanema e a Pedra do Arpoador são pontos turísticos interessantes. Assim como a vista para o Morro Dois Irmãos, um cartão-postal do Rio de Janeiro.

Merece destaque também a Igreja de Nossa Senhora da Paz, recentemente reformada.

Recentemente, também vários albergues têm sido instalados no bairro, o que aumentou consideravelmente o número de jovens de todos os lugares do mundo, nas ruas. Isso valorizou imóveis antes menos procurados, como as casas mais antigas localizadas principalmente nas pitorescas vilas do bairro.

População: a população é de classe média alta à classe alta.

Demografia e sociedade[editar | editar código-fonte]

A população do bairro caiu de 46 808 habitantes, em 2000, para 42 743 em 2010.

Escolas tradicionais como o Colégio Notre Dame e Colégio São Paulo e a Universidade Cândido Mendes estão presentes no bairro.

  • Escolaridade: 12,54 anos (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, censo do ano 2000)

A expectativa de vida média do bairro (homens e mulheres) é de 77,6 anos (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, censo do ano 2000)

Cultura[editar | editar código-fonte]

O bairro é conhecido também pelos seus teatros e cinemas como a Casa de Cultura Laura Alvim, Teatro Ipanema e Estação Ipanema. Durante o carnaval, vários blocos tradicionais como a Banda de Ipanema, o Simpatia é Quase Amor e o Rola Preguiçosa circulam pelo bairro. A sede carioca da Rede Record de televisão fica na Praça Nossa Senhora da Paz.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ipanema (Rio de Janeiro)