Lago do Junco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Lago do Junco
"Junco"
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 26 de outubro
Fundação 26 de outubro de 1961 (55 anos)
Gentílico juncoense
CEP 65710-000[1]
Prefeito(a) Osmar Fonseca dos Santos (PT)
Localização
Localização de Lago do Junco
Localização de Lago do Junco no Maranhão
Lago do Junco está localizado em: Brasil
Lago do Junco
Localização de Lago do Junco no Brasil
04° 36' 32" S 45° 02' 56" O04° 36' 32" S 45° 02' 56" O
Unidade federativa  Maranhão
Mesorregião Centro Maranhense IBGE/2008[2]
Microrregião Médio Mearim IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Lago da Pedra, São Luís Gonzaga do Maranhão, Igarapé Grande, Lago dos Rodrigues, Poção de Pedras e Bom Lugar
Distância até a capital 316 km
Características geográficas
Área 328,525 km² [3]
População 10 602 hab. IBGE/2015[4]
Densidade 32,27 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,581 baixo PNUD/2010[5]
PIB R$ 53 981 mil IBGE/2012[6]
PIB per capita R$ 4 492,94 IBGE/2012[6]
Página oficial

Lago do Junco é um município brasileiro do estado do Maranhão. Sua população estimada para o ano de 2015 foi de 10.602 habitantes (IBGE/2015).

Está ligado aos municípios vizinhos de Lago da Pedra (a oeste) e Lago dos Rodrigues (a leste) pela rodovia MA 119.

Tornou-se conhecido nacionalmente por ser um grande exportador de óleo de babaçu através da agroindústria do extrativismo.

Devido a sua localização centralizada, no âmbito do Médio Mearim, está marcado para o ano de 2016 o início as primeiras aulas do polo regional da Universidade Federal do Maranhão (Plataforma Freire) no município.

É, ainda, considerado município modelo para o Maranhão por ter sido o pioneiro na criação de uma legislação municipal, de cunho social, ambiental e econômico, que tem levado desenvolvimento e melhoria de renda e qualidade de vida às quebradeiras de coco babaçu do município, a Lei 05/1997, ou simplesmente Lei do Babaçu Livre (a Lei 01/2002 é uma atualização e complementação daquela primeira).

História[editar | editar código-fonte]

O povoamento de Lago do Junco foi iniciado em 1918 por Gonçalo Rodrigues, que lá se fixou com o objetivo de trabalhar na agricultura. A partir de 1925, com a chegada de contingentes de migrantes nordestinos, passaram a ser desenvolvidas atividades nos setores do extrativismo e da agropecuária, o que tornou o lugar num centro de comércio e exportação de grande importância na região do Mearim. Esse crescimento econômico e populacional estimulou Hosano Gomes Ferreira, político local de grande prestígio, a lutar pela emancipação de Lago do Junco, o que ocorreria em 26 de outubro de 1961, pela Lei 2151. Foi desmembrado do município de Ipixuna, hoje São Luís Gonzaga do Maranhão.[7]

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município está localizado na parte oeste da Microrregião do Médio Mearim, uma região densamente povoada e composta por muitos municípios, localizada na região central do Maranhão.

Lei do Babaçu Livre[editar | editar código-fonte]

A Lei do Babaçu Livre é considerada um divisor de águas para a cadeia produtiva do babaçu. Foi primeira ferramenta jurídica criada por um ente público (no caso, a o município de Lago do Junco) visando a garantia dos direitos das quebradeiras de coco babaçu. Foi através desta lei que as quebradeiras de coco babaçu tiveram livre acesso às fazendas para a coleta do coco para, posteriormente, extraírem sua amêndoa. Além de garantir o livre acesso, os proprietários de terra ficaram obrigados a respeitar uma determinada cota de derrubada das palmeiras de babaçu, tendo em vista que a espécie é muito comum na região.

Depois de Lago do Junco, a lei foi copiada pelos municípios de Lago dos Rodrigues (Lei 32/1999), Esperantinópolis (Lei 255/1999), São Luís Gonzaga do Maranhão (Lei 319/2001), Imperatriz (Lei 1.084/2003), Lima Campos (Lei 466/2003), São José dos Basílios (Lei 52/2005), Cidelândia (Lei 01/2005) e Pedreiras (Lei 1.137/2005). Há, ainda, projeto de lei em tramitação no legislativo do município de Capinzal do Norte e discussão profunda em Dom Pedro e Governador Archer.

Educação Rural[editar | editar código-fonte]

No município de Lago do Junco existem duas Escolas Famílias Agrícolas (EFAs). A primeira é a Escola Família Agricola Antonio Fontenele, na comunidade São Manoel. A outra é o CEFFA (Centro de Formação Familiar por Alternância) Manoel Monteiro que está localizado cerca de dois quilômetros da comunidade Pau Santo. No CEFFA Manoel Monteiro é oferecido o curso de ensino médio integrado na área agropecuária.

Carnaval[editar | editar código-fonte]

Lago do Junco tem um dos melhores carnavais do Estado do Maranhão, atraindo foliões tanto de cidades vizinhas como daquelas mais distantes e até brincantes oriundos de outros estados, que procuram na cidade, diversão aliada a segurança, boa organização e muita paquera.

Referências

  1. Correios. «Busca CEP - Faixas de CEP». Consultado em 26 de fevereiro de 2015 
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (28 de agosto de 2015). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2015 
  4. «Estimativa Populacional 2015». Estimativa Populacional 2015. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 28 de agosto de 2015. Consultado em 28 de setembro de 2015 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 28 de setembro de 2015 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2012». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 28 de setembro de 2015 
  7. «Lago do Junco - Histórico» (PDF). biblioteca.ibge.gov.br. Consultado em 9 de junho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.