Las Estrellas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de XEW-TV)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Las Estrellas
Tipo Rede de televisão comercial aberta
País  México
Fundação 21 de março de 1951 (69 anos)
por Emilio Azcárraga Vidaurreta
Proprietário Grupo Televisa
Presidente Emilio Azcárraga Jean
Sede Cidade do México,  México
Slogan Con las estrellas
Lo tienes que ver con las estrellas
Formato de vídeo 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Canais irmãos Las Estrellas Internacional
Foro TV
Canal 5
Canal 9
Televisa Regional
Televisa Networks
Nome(s) anterior(es) Canal 2 (1951–1984)
El Canal de las Estrellas (1985–1998)
Canal de las Estrellas (1998–2016)
Página oficial lasestrellas.tv
Disponibilidade digital
Guigo TV
Canal 101 (HD)

Las Estrellas é um rede de televisão comercial aberta mexicana de propriedade do Grupo Televisa. Sua primeira transmissão oficial foi em 21 de março de 1951. O canal transmite em sinal aberto em todo o território mexicano por meio de uma rede de 129 emissoras próprias, 2 emissoras afiliadas e 1 emissora multiprogramação.

A Las Estrellas é considerada o canal de televisão com maior audiência em território mexicano e é o principal canal do Grupo Televisa.[1] É canal nacional de televisão mexicana mais antiga, sendo sua estação de origem, XEW-TV, a segunda estação mais antiga do México, atrás apenas da XHTV-TDT.

Sua programação consiste principalmente em novelas, concursos de televisão, programas de comédia, programas esportivos e noticiários. Nos fins de semana, veicula filmes, reality shows, programação infantil, eventos especiais (shows, prêmios) e ocasionalmente, os episódios finais das principais Telenovelas (transmitidos simultaneamente para as principais emissoras da rede Regional Televisa). Além disso, nos finais de semana são transmitidos jogos importantes do futebol mexicano e em algumas ocasiões, eventos de boxe. Em maio de 2017, a tendência de streaming de filmes internacionais foi adicionada.

História[editar | editar código-fonte]

Foi ao ar pela primeira vez em 21 de março de 1951, na Cidade do México. Na época, existia na cidade apenas o Canal 4 XHTV, hoje também parte da Televisa. A concessão da emissora foi dada para a empresa Televimex, de Emilio Azcárraga Vidaurreta.

Sua primeira transmissão foi de uma partida de baseball, com a participação de Roberto De la Rosa (cameraman), Roberto Kenny (produtor), Germán Adalid (assistente) e Pedro Septien "El mago" (narração).

O canal, inicialmente, fica instalado no prédio do Televicentro que ainda estava em obras, bem perto do centro histórico da capital mexicana.

A empresa General Electric é que forneceu os primeiros técnicos que tornaram possível o funcionamento do canal.

Utiliza o indicativo de chamada XEW-TV, pois pertencia na época de sua fundação, e ainda hoje, ao mesmo grupo dono das rádios XEW-AM e XEW-FM.

[editar | editar código-fonte]

Presença no Brasil[editar | editar código-fonte]

O Canal de Las Estrellas Internacional já esteve presente no Brasil, na década de 1990, exibindo conteúdo mexicano consagrado para os latino-americanos residentes no país. A emissora atuou nas operadoras de cabo Multicanal e TVA. Em 2012, voltou a operar no Brasil, através da GVT TV, mas em 2013 cancelou o canal. O Las Estrellas Internacional voltou a estar presente no Brasil em 2019 através da plataforma de streaming Guigo TV, que também possui em sua programação o canal TLN (conhecido pela sua programação dublada em português). No Brasil, o SBT costuma exibir muitas das telenovelas e das séries produzidas pelo Las Estrellas, dubladas em português.

Programação[editar | editar código-fonte]

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Reprises:
Inéditas:
Próximas:

Séries[editar | editar código-fonte]

Las Estrellas Internacional[editar | editar código-fonte]

A Televisa Networks gera o sinal internacional do Canal de las Estrellas. Este sinal apresenta programas próprios, produzidos exclusivamente pela Televisa.

Existem dois sinais internacionais:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]