Ronaldo Sardenberg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ronaldo Mota Sardenberg.

Ronaldo Mota Sardenberg OCComIHGOIH (Itu, 8 de outubro de 1940) é diplomata de carreira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formado pela Faculdade Nacional de Direito - Universidade do Brasil (RJ).

A 20 de Dezembro de 1977 foi feito Comendador da Ordem do Infante D. Henrique, a 28 de Dezembro de 1978 foi feito Oficial da Ordem Militar de Cristo e a 22 de Setembro de 1981 foi elevado a Grande-Oficial daquela Ordem de Portugal.[1]

Foi ministro chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República de 1995 a 1998, responsável pelas políticas nuclear e espacial, pela pesquisa sobre segurança das comunicações.

No governo de Fernando Henrique Cardoso assumiu o Ministério da Ciência e Tecnologia, onde assinou, em nome do governo brasileiro, o acordo com o governo dos Estados Unidos para uso do centro de lançamento de Alcântara. Foi embaixador nas Nações Unidas, na Rússia e na Espanha.

Presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) de 2007 a 2011, sucessor do conselheiro Plínio de Aguiar Júnior.

Referências

  1. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Ronaldo Motta Sardenberg". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 2016-04-02. 
Precedido por
Bresser Pereira
Ministro da Ciência e Tecnologia do Brasil
1999 — 2003
Sucedido por
Roberto Amaral