Economia da Finlândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Economia da Finlândia
Helsinki.
Moeda Euro (EUR)
Ano fiscal ano calendário
Blocos comerciais União Europeia, OMC
OCDE e outras
Estatísticas
PIB $247.2 mil milhões (2012 est.) (54º lugar)
Variação do PIB 0,3% (2012 est.)
PIB per capita $36.700 (2011 est.) (PPP)
PIB por setor agricultura: 2.6%; indústria: 29.1%; serviços: 68.2% (2010 est.)
Inflação (IPC) 3.3% (2011 est.)
População
abaixo da linha de pobreza
17.9% em risco de pobreza ou exclusão social[1]
Coeficiente de Gini 28.2 (2010)[2]
Força de trabalho total 2,818 milhões (2011))[3]
Força de trabalho
por ocupação
agricultura e florestas 4.5%, indústria 18.3%, construção civil 7.3%, comércio 16%, finanças, seguros e negócios 14.5%, transporte e comunicações 7%, serviços públicos 32.4% (2008)
Desemprego 7.3% (2012 est.)[4]
Principais indústrias metais e produtos de metal, eletrônicos, máquinas e instrumentos científicos, construção naval, celulose e papel, alimentos, produtos químicos, têxteis, roupas
Exterior
Exportações $78.83 mil milhões (2011 est.)
Produtos exportados equipamentos elétricos e óticos, máquinas, equipamentos de transporte, papel e celulose, produtos químicos, metais básicos; madeira
Principais parceiros de exportação Suécia 11.8%, Alemanha 10%, Rússia 9.2%, Países Baixos 6.8%, Reino Unido 5.2%, Estados Unidos 4.9%, China 4.7% (2011)
Importações $80.34 mil milhões (2011 est.)
Produtos importados alimentos, petróleo e derivados, produtos químicos, equipamentos de transporte, ferro e aço, máquinas, fios e tecidos, grãos
Principais parceiros de importação Rússia 17.6%, Suécia 13.6%, Alemanha 13.6%, Países Baixos 7.6%, China 4.2% (2011)
Dívida externa bruta $370.8 mil milhões (30 de junho de 2010)
Finanças públicas
Receitas $129.4 mil milhões (2012 est.)
Despesas $134 mil milhões (2012 est.)
Fonte principal: [[5] CIA World Fact Book]
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

A Finlândia possui uma economia de mercado altamente industrializada, com produção per capita maior que a do Reino Unido, França, Alemanha e Itália. O padrão de vida finlandês é elevado. O setor chave de sua economia é a indústria - principalmente madeireira, metalurgia, engenharia, telecomunicações (destaque para a Nokia) e produtos eletrônicos. O comércio externo é importante, representando cerca de 1/3 do PIB. Com exceção de madeira e de vários minérios, a Finlândia depende de importações de matérias primas, energia, e alguns componentes de bens manufaturados.

Por causa do clima rigoroso, o desenvolvimento da agricultura é limitado a produtos básicos de subsistência. A exploração madeireira, uma importante fonte de renda, fornece um segundo trabalho para a população rural.

O processo de rápida integração à Europa Ocidental - a Finlândia foi um dos 11 países que aderiram ao Euro - dominará o cenário dos próximos anos. O crescimento do país foi fraco em 2002 e se reduziu novamente em 2003 devido à depressão global.

O país é o quarto no ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial.[6]

Setor primário[editar | editar código-fonte]

Mineração[editar | editar código-fonte]

Recursos Naturais
  • Ouro
  • Prata
  • Urânio
  • Madeira
  • Minério de Ferro
  • Cobre
  • Zinco
  • Niquel
  • Calcário

Setor terciário[editar | editar código-fonte]

Comunicação[editar | editar código-fonte]

Código Postal
  • Código Postal: 5 dígitos
Telefone
  • Linhas telefônicas: 2.548.000
Celular
  • Linhas telefônicas móveis: 5.000.000+
  • Freqüencia do celular
  • GSM 900
  • GSM 1800
  • UMTS 2100
  • Tecnologia do Celular
  • GSM
  • GPRS
  • EDGE
  • UMTS

Referências

Bandeira da Finlândia Finlândia
Bandeira • Brasão • Hino • Culinária • Cultura • Demografia • Economia • Forças Armadas • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens