Fera Radical

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde setembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Fera Radical
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 55 minutos aproximadamente
Criador(es) Walther Negrão
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Gonzaga Blota
Elenco Malu Mader
José Mayer
Thales Pan Chacon
Carla Camurati
Yara Amaral
Elias Gleizer
Laura Cardoso
ver mais
Tema de abertura "Fera Radical" - Solange
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil Rede Globo
Transmissão original 28 de março de 1988 - 18 de novembro de 1988
N.º de episódios 203
Cronologia
Último
Último
Bambolê
Vida Nova
Próximo
Próximo

Fera Radical é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo no horário das 6, entre 28 de março e 18 de novembro de 1988, em 203 capítulos, substituindo Bambolê[1] e sendo substituída por Vida Nova.

Escrita por Walther Negrão, Ricardo Linhares e Luís Carlos Fusco[1] ,com direção-geral de Gonzaga Blota, direção de Blota, Denise Saraceni e Fernando R. de Souza, foi a 35ª "novela das seis" exibida pela emissora.

Malu Mader interpreta "Cláudia", a protagonista de uma trama onde sua personagem vingará o massacre de sua família ocorrido na ficticia Rio Novo. Tal personagem foi considerada pelo jornal Folha de S. Paulo, a "fera radical no Dallas tupiniquim".[1] O mesmo texto de Fera Radical, tendo sido inspirado na peça A Visita da Velha Senhora (Der Besuch der alten Dame, no idioma original), do suíço Friedrich Dürrenmatt, já havia originado outra novela do mesmo autor e produzida pela mesma emissora, Cavalo de Aço, tendo Tarcísio Meira como o protagonista Rodrigo.[2] [3]

Foi reprisada no Vale a Pena Ver de Novo, entre 16 de dezembro de 1991 à 8 de maio de 1992 em 105 capítulos, substituindo Cambalacho e antecedendo Vale Tudo.

Foi reapresentada no Video Show pelo quadro Novelão entre 28 de janeiro e 8 de fevereiro de 2013 em um compacto de 10 capítulos, substituindo O Bem-Amado e antecedendo Vale Tudo.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Chamas, fogo e a casa que queima em meio a gritos, correria e desespero. Imagens gravadas para sempre por uma menina. Mesmo hoje, 15 anos mais tarde, Cláudia ainda se assusta com as cenas presenciadas, que voltam sempre em repetidos pesadelos. Mesmo longe, Rio Novo ficou esquecida no passado - no conforto de Ipanema, Rio de Janeiro, a agora jovem Cláudia não perdoa seus algozes. O massacre de sua família, pai, mãe e irmãos, precisa ser vingado, para cumprir a promessa feita a si própria. Obstinada, prepara-se para voltar à pequena Rio Novo, empregada em uma das fazendas possível e provavelmente envolvidas no seu triste passado. No meio a tantas dúvidas, apenas uma certeza: quer descobrir os verdadeiros culpados e se vingar de cada um deles. Mas o grande mistério está em descobrir quem são esses culpados.[3]

A pequena cidade de Rio Novo cresceu apenas o suficiente para manter o frigorífico, que pertence às fazendas Olho D'água e do Gaibú, de Altino Flores e Donato Orsini, respectivamente os poderosos da região. Tem uma população flutuante de jovens, filhos de fazendeiros, que estudam na Escola de Agronomia da cidade e moram na pensão de Lourdes e Robério. Mas são os jovens das duas famílias - Flores e Orsini - quem conduzem a história. De um lado, os irmãos Fernando e Heitor. Do outro, Marília, filha de Donato, que fica noiva de Heitor, selando a amizade entre seus pais. Distante dali, no Rio, moram Olívia, filha mais velha de Altino, seu marido Jorge Mendes, um mau-caráter, e os filhos Rafael e Ana Paula. Além de Cláudia e Marta, que a acolheu e criou depois do massacre dos seus pais, dando-lhe todo carinho e conforto possíveis.

Ao articular a destruição de todos que a fizeram sofrer, Cláudia se defronta com a amizade leal de Altino, que se vê preso a uma cadeira de rodas desde a noite da chacina, e o ódio de Joana, mulher de Altino. Tal ódio aumenta quando ela descobre quem é Cláudia e que ela vive com Marta, antigo amor de Altino, cujo romance no passado gerou Olívia, criada por ela. Mas os planos de Cláudia podem vir por terra quando ela se envolve com os filhos de Altino, Fernando e Heitor, e se sente arrebatada pelo amor de Fernando.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

José Mayer interpretou o protagonista Fernando Flores.
Carla Camurati interpretou a antagonista Marília Orsini.
Cláudia Abreu interpretou Ana Paula Flores Mendes.
Ator Personagem
Malu Mader Cláudia da Silva / Claúdia Esteves Borges
José Mayer Fernando Flores
Paulo Goulart Altino Flores
Carla Camurati Marília Orsini
Thales Pan Chacon Heitor Flores
Yara Amaral Joana Flores
Laura Cardoso Marta / Mirtes
Elias Gleizer Donato Orsini
Denise Del Vecchio Olívia Flores Mendes
George Otto Rafael Flores Mendes
Cláudia Abreu Ana Paula Flores Mendes
Tato Gabus Mendes Paxá
Lutero Luiz Seu Vargas
Older Cazarré Robério
Cleyde Blota Lourdes
Reynaldo Gonzaga Vítor Menezes
Lícia Magna Dulce
Ivan Cândido Luan Motta
Chica Xavier Júlia
Zezé Macedo Hermínia
Milton Gonçalves Delegado Damasceno
Ísis de Oliveira Suzana Motta (Sú)
Rodrigo Santiago Jorge Mendes
Raul Gazolla Marcelo
Alexandra Marzo Betty (Elizabeth Cristina)
Daúde Jacy
Pratinha Etelvino
Luiz Maçãs Dudu
Cláudia Magno Vicky (Victória Regina)
Henri Pagnoncelli Juca

Elenco de apoio[editar | editar código-fonte]

  • Renato Neves - Renato
  • Pedro Cassador - Evaldo
  • Guaracy Valente - Ramires
  • Vera Brito - Vera
  • Zezé Fassina - Cris
  • Fernando Marmorato
  • Alexandra Plubins - Rosa
  • Carlos Henrique Dorrescan - Estudante de Agronomia
  • Rodrigo Octávio (Rudi Cascaes) - Aluno da Faculdade de Agronomia
  • Cesar Perez- Filho de Fernando e Cláudia

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Nacional[editar | editar código-fonte]

Fera Radical Nacional
Trilha sonora
Lançamento 1988
Gênero(s) Vários
Gravadora(s) Som Livre

Capa: Carla Camurati

N.º Título Música Personagem Duração
1. "Verdades e Mentiras"   Maria Bethânia Cláudia 3:42
2. "A Cura"   Lulu Santos Cláudia 4:33
3. "Sonhos"   Jane Duboc Cláudia e Fernando 4:05
4. "Más Companhias"   Virginie e o Fruto Proibido Ana Paula 3:41
5. "Castigo"   Eduardo Dusek Robério e Lourdes 2:06
6. "Cremoso"   César Camargo Mariano Joana 3:20
7. "Peão"   Almir Sater Fernando 3:12
8. "Me Faz Bem"   Gal Costa Marília 3:21
9. "Tabuleiro"   Sá & Guarabira Altino 3:33
10. "Vida Fácil"   Cazuza Paxá 3:45
11. "Paraíso"   Heitor 3:30
12. "Sobrou Pra Mim"   Tunai Betty 3:03
13. "Pedaços"   João Caetano Olívia 4:11
14. "Fera Radical"   Solange Abertura 3:24

Internacional[editar | editar código-fonte]

Fera Radical Internacional
Trilha sonora de Vários Artistas
Lançamento 1988
Gênero(s) Vários
Formato(s) CD, LP, K7
Gravadora(s) Som Livre

Capa: José Mayer

N.º Título Música Personagem Duração
1. "She's Like The Wind" (part. Wendy Fraser) Patrick Swayze Ana Paula 3:51
2. "Get Outta My Dreams, Get Into My Car"   Billy Ocean Geral 3:51
3. "(You Make Me Feel Like A) Natural Woman"   Carrie Hamilton & Yutaka Tadokoro Cláudia e Fernando 3:23
4. "Living In A Box"   Living In A Box Geral 3:00
5. "That's What Love Is All About"   Michael Bolton Marília e Heitor 3:51
6. "Lessons In Love"   Level 42 Cláudia 3:41
7. "Magic Emotions"   Joel Paul Drade Altino e Marta 4:01
8. "Love Changes Everything"   Climie Fisher Rafael 3:47
9. "Tell It To My Heart"   Taylor Dayne Geral 3:34
10. "Just A Little Love"   Rainier Hoeglmeier Betty e Dudu 2:40
11. "Promises"   Basia Paxá 4:03
12. "Special Way"   Kool & The Gang Vicky 4:50
13. "Watch Your Step"   Star Geral 2:34
14. "Mary's Prayer"   Danny Wilson Geral 3:53

Referências