Campeonato Paulista de Futebol de 1912

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Paulista de Futebol de 1912
XI Campeonato da Liga Paulista Foot-Ball
Dados
Participantes 7
Organização Liga Paulista de Foot-Ball
Período 7 de abril27 de outubro de 1912
Gol(o)s 162
Partidas 38
Média 4,26 gol(o)s por partida
Campeão Americano (1º título)
Vice-campeão Paulistano
Melhor marcador Friedenreich (Mackenzie) - 16 gols
Maior goleada
(diferença)
Germânia 8 – 0 Ypiranga
Velódromo PaulistanoSão Paulo
13 de outubro de 1912
◄◄ São Paulo 1911 Soccerball.svg 1913 São Paulo ►►

O Campeonato da Liga Paulista Foot-Ball de 1912 foi a décima primeira edição dessa competição entre clubes de futebol paulistanos filiados à LPF. É reconhecido oficialmente pela Federação Paulista de Futebol como o Campeonato Paulista de Futebol daquele ano.[nota 1] Disputado entre 7 de abril e 27 de outubro, contou com a participação de sete equipes, teve o Americano como campeão e o Paulistano em segundo lugar. Friedenreich, do Mackenzie, terminou como artilheiro, com 16 gols.

História[editar | editar código-fonte]

No dia 29 de fevereiro de 1912, a assembleia geral da Liga Paulista de Foot-Ball se reuniu para eleger sua nova diretoria. O encontro ocorreu nos escritórios cedidos pela Casa Vanorden (família que controlava o Americano), em lugar da sala do edifício Martinico Prado (família que controlava o Paulistano), que nos anos anteriores era emprestada pelo major Fonseca (ex-presidente da liga).[2] Foi eleito como presidente o estadunidense William Edward Lee, um empresário do comércio importador e agente consular dos Estados Unidos em São Paulo. Sem qualquer experiência anterior como esportista, Lee era um aliado dos Vanorden, família que possuía profundos laços com os Estados Unidos e a Igreja Presbiteriana.[3] Daquela reunião, não havia representantes do Paulistano, em um sinal de descontentamento da agremiação que, embora continuasse dentro da liga, havia ditado os rumos por uma década da entidade e perdia autoridade política.[3]

A mudança na direção da LPF, pela primeira vez fora do controle da elite fazendeira, logo se comprovou com o aumento do número de participantes no campeonato daquela temporada, com o retorno dos antigos filiados Internacional, perdoado do banimento sofrido três anos antes, e Mackenzie, cujo núcleo futebolístico foi recriado cinco anos após ter sido extinto pela direção do Mackenzie College.[4]

Tradicionalmente com seu início agendado para maio, o torneio de 1912 foi antecipado para abril para acomodar o aumento de partidas. A disputa pelo título foi protagonizada por Americano e Paulistano. Com ambos se revezando na liderança até meados de julho, o segundo confronto entre ambos ocorreu em 11 de agosto e resultou na vitória americana por 2-0 e a retomada do primeiro lugar, com 14 pontos em oito partidas, ante os 13 pontos e nove partidas do clube do Velódromo.

Mas na sequência o Paulistano perdeu um de seus jogos e ficou em situação difícil, enquanto o Americano venceu mais duas. Em 27 de outubro, o Americano venceu o Germânia por 3-0, chegando a 18 pontos e ainda com um jogo a mais por fazer (podendo atingir 20 pontos). Embora o segundo colocado Paulistano somasse 15 pontos e ainda tinha duas partidas antes do término da competição (podendo alcançar 19 pontos), as quatro partidas restantes do campeonato (Americano - Internacional; Paulistano - Mackenzie; Paulistano - São Paulo AC; Internacional - Mackenzie) foram canceladas em comum acordo entre os clubes, por conta de uma excursão de um combinado paulista ao Rio Grande do Sul, não restando datas para a realização dos jogos pendentes, e o Americano sagrou-se campeão pela primeira vez.

Ao final, foram realizados 38 jogos no campo do Velódromo Paulista, com 162 gols marcados (uma média de 4,26 por partida).

O campeonato marcou a última participação do São Paulo Athletic, o primeiro e até então maior vencedor da LPF, em competições oficias. O Mackenzie e o Paulistano também abandonariam a liga na temporada seguinte, mas para fundar a dissidente Associação Paulista de Sports Athleticos.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Fundação Participação Títulos
Americano Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo* 21 de maio de 1903 -
Germânia Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo 7 de setembro de 1899 11ª 1 (1906**)
Internacional Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo 19 de agosto de 1899 1 (1907)
Mackenzie Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo 18 de agosto de 1898 -
Paulistano Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo 29 de dezembro de 1900 11ª 2 (1905 e 1908)
São Paulo Athletic Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo 13 de maio de 1888 11ª 4 (1902, 1903, 1904 e 1911)
Club Athletico Ypiranga Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo 10 de julho de 1906 -

*Naquela temporada, o Americano transferiu sua sede de Santos para São Paulo.
**A Liga Paulista de Foot-Ball considerou o campeonato de 1906 sem vencedor, mas o título é reconhecido pela Federação Paulista de Futebol como do Germânia.[5][6]

Tabela[editar | editar código-fonte]

07/4 Americano 2-0 São Paulo AC

14/4 Paulistano 8-3 Ypiranga

20/4 Americano 3-2 Mackenzie

21/4 Internacional 3-2 Germânia

28/4 Paulistano 1-1 Americano

03/5 Mackenzie 8-2 Ypiranga

05/5 Internacional 2-2 Ypiranga

12/5 Paulistano 4-2 Germânia

13/5 Mackenzie 4-0 Internacional

19/5 Americano 3-0 Ypiranga

26/5 Paulistano 3-1 São Paulo AC

02/6 Internacional 1-0 São Paulo AC

09/6 Americano 1-1 Internacional

16/6 São Paulo AC 3-2 Ypiranga

23/6 Paulistano 3-1 Internacional

29/6 Paulistano 2-0 Mackenzie

30/6 Germânia 2-1 Ypiranga

07/7 Germânia 1-1 São Paulo AC

13/7 Mackenzie 6-2 São Paulo AC

14/7 Americano 2-0 Germânia

20/7 Germânia 2-1 Mackenzie

21/7 São Paulo AC 0-3 Americano

28/7 Ypiranga 1-2 Paulistano

04/8 Germânia 1-1 Internacional

11/8 Americano 2-0 Paulistano

15/8 Mackenzie 2-2 Germânia

18/8 Ypiranga 3-1 Internacional

24/8 São Paulo AC 0-5 Mackenzie

25/8 Germânia 3-1 Paulistano

01/9 Ypiranga 1-7 São Paulo AC

07/9 Ypiranga 3-4 Mackenzie

15/9 São Paulo AC 1-0 Internacional

29/9 Ypiranga 2-2 Americano

06/10 Internacional 1-4 Paulistano

12/10 Mackenzie 3-3 Americano

13/10 Ypiranga 0-8 Germânia

20/10 São Paulo AC 1-4 Germânia

27/10 Germânia 0-3 Americano

Internacional x Americano (não realizado)

Mackenzie x Paulistano (não realizado)

São Paulo AC x Paulistano (não realizado)

Internacional x Mackenzie (não realizado)

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Classificação - Final
Time PG J V E D GP GC SG
1 Americano 18 11 7 4 0 25 9 16
2 Paulistano 15 10 7 1 2 28 15 13
3 Germânia 13 12 5 3 4 27 20 7
4 Mackenzie 12 10 5 2 3 35 19 16
5 Internacional 7 10 2 3 5 11 21 - 10
6 São Paulo Athletic 7 11 3 1 7 16 28 - 12
7 Ypiranga 4 12 1 2 9 20 50 - 30
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas; GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols
Campeão da LPF de 1912

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Paulista de Futebol de 1912
Bandeira da cidade de São Paulo.svg
AMERICANO
Campeão
(1º título)

Notas

  1. Fundada em 1941, a FPF se tornou a entidade máxima do futebol paulista em 1941 e reconheceu os campeonatos organizados pela Lfesp, LAF, Apea e LPF como edições oficiais do Campeonato Paulista, que contavam quase que exclusivamente com clubes da capital. Os principais jornais de São Paulo à época muitas vezes se referiam aos torneios disputados pelos maiores clubes paulistanos como campeonato de futebol da cidade.[1] No entanto, a FPF não concede o mesmo status para edições do Campeonato do Interior e o Campeonato entre os campeões da capital e do interior (Taça Competência), disputados pela primeira vez em 1919.

Referências

  1. «O melhor prelio da rodada inicial» (PDF). Correio de S.Paulo. 25 de abril de 1936. p. 6. Consultado em 24 de dezembro de 2014 
  2. O Estado de S. Paulo, 1 mar. 1912, p. 6.
  3. a b Gambeta, Wilson R (2013). A bola rolou. o velódromo paulista e os espetáculos de futebol (1895/1916) (Tese de Doutorado em História Social). São Paulo: Universidade de São Paulo. p. 326. 408 páginas 
  4. O Estado de S. Paulo, 16 mar. 1912, p. 8.
  5. O Estado de S. Paulo, 18 dez. 1909, p. 7.
  6. Mazzoni, Thomaz (1950). História do futebol no Brasil, 1894-1950. São Paulo: Leia. p. 61 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]