DJ Alpiste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Dj Alpiste)
Ir para: navegação, pesquisa
DJ Alpiste
Informação geral
Nome completo Luis Werneck Alpiste
Nascimento 18 de dezembro de 1975 (41 anos)
Origem São Paulo, SP
País  Brasil
Gênero(s) Rap
Gospel
Rap gospel
Período em atividade 1980 - Atualmente
Gravadora(s) Gospel Records
Sony Music Entertainment
Página oficial [1]

DJ Alpiste (São Paulo, 18 de Dezembro de 1975) é um cantor de rap brasileiro gospel natural de São Paulo. É mais conhecido por ser um dos primeiros rappers brasileiros a fazer letras com temática religiosa protestante.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

DJ Alpiste nome de carreira, iniciou sua carreira nos anos 1980, como DJ de equipes como Zimbabew e Black Mad.[2] Em 1993, após ter se convertido ao protestantismo, gravou o rap "Ser ou não ser" com a banda Kadoshi[3] e em 1995 lançaria o álbum Transformação, que lhe conferiu fama nacional no meio evangélico.

Já ganhou vários prêmios como o Huttuz de 1993, assim como várias indicações de outras premiações dentro do meio Gospel, como o Troféu Talento.[4]

No dia 24 de junho de 2010 a gravadora Sony Music anunciou a contratação do DJ Alpiste.[5] Atualmente lançou o CD "20 anos de Rap Cristão" em 2012 de forma independente.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1997 - Transformação
  • 1999 - Efésios 6:12
  • 2001 - O Peso da Palavra
  • 2003 - Fanático
  • 2004 - Acústico
  • 2006 - Coisas que Você Precisa Ouvir
  • 2007 - Pra Sempre
  • 2008 - Arrebatador
  • 2010 - Invencível
  • 2012 - 20 anos de rap cristão
  • 2013 - 2013 – The Best Of Volume 1
  • 2013 - 2013 – The Best Of Volume 2


Participações Especiais[editar | editar código-fonte]

  • Kadoshi - "Ser ou Não Ser"
  • Virtud - "Viver Assim"
  • VL3 - "Deixe Fluir"
  • Danreis - "Nós Capota Mas Não Breka"
  • Eddie Blue - "Hip Hop"
  • Apocalipse 16 - "Muita Tretze"
  • Convocados - "Vamos Seguir"
  • LDIAS - "Sacrifício"
  • Grupo Dú Alto - "O Monstro"

Participações em Coletaneas[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Ref
2003 Prêmio Hutúz Grupo ou Artista Solo Gospel [6]
2009 Prêmio Hutúz Melhores grupos ou artistas solo gospel da década [7]

Referências

  1. «Perfil de Servo: DJ Alpiste». Cadê Cristo.com. Consultado em 23 de março de 2013. No ano de 1992 alguém usado por Deus me achou depois de muito tempo e começou a falar do amor desse Deus maravilhoso. O amigo Carlos Elias veio ao meu encontro numa época em que eu estava em meio ao uso abusivo de cocaína e ao fato de que vender a droga me dava condições de usar mais e também morando de favor na casa da minha avó em Santana, junto com meu pai, sem perspectiva nenhuma de um futuro bom para a minha vida. Depois de passar pela vida do crime e ficar detido na FEBEM e ser preso em flagrante trabalhando com jogo de bicho depois de ter sido condenado no artigo 155 do código penal que corresponde a furto qualificado e passar um mês detido no 13º DP, no bairro da casa verde, em SP, nada disso me inspirava para melhorar, já que minha vida se resumia aos bailes onde tocava como DJ e curtia tudo que a noite tinha pra oferecer, entre outras coisas, sexo, drogas e Hip-Hop, assim eu caminhava para o mais fundo do poço que alguém ja havia estado. Mas todo fundo do poço tem apenas uma saída: para cima. Aquele encontro com meu amigo de infância ia mudar a minha vida para sempre. Primeiro, porque ele sabia do meu interesse por musica e sabiamente me mostrou algumas musicas evangélicas que tinham tudo a ver com o estilo que eu costumava escutar: BLACK MUSIC. Aquilo me chamou a atenção e me fez parar pra pensar em Deus de uma forma que eu nunca havia pensado antes. Depois de longas conversas e muita paciência por parte desse amigo, Deus foi trabalhando em meu coração para aquilo que ainda estava por vir: a salvação completa e restauração sobrenatural que Ele ia fazer na minha vida. Um dia, cansado de marcar e nunca conseguir, resolvi eu mesmo ir naquela famosa igreja que ficava no bairro do Cambuci, na rua lins de vasconcelos 1108, mais conhecida como RENASCER EM CRISTO e foi numa daquelas segundas-feiras que tudo começou a mudar na minha vida. Me lembro que tomei o ônibus e fiquei prestando atenção pra não perder o ponto. Logo avistei uma multidão parada em frente ao que se parecia mais com uma festa ou algo assim. Entrei e pude ouvir o barulho do som enquanto a banda tocava, parecendo que estavam realizando um show… mas era um show, era o show que ia salvar a minha vida. Nunca me esqueço de quando vi no palco a banda Kadoshi cantando “Razão para viver”. Aquilo era muito louco, demais para quem jamais tinha ouvido Deus falar daquela maneira. Mas o melhor ainda estava por vir… bem no meio da apresentação uma pausa para alguém que nem de longe se parecia com um pastor abrir a Biblia e começar a falar do amor de Deus… pronto! Aquilo já era o inicio de uma mudança radical na vida de uma pessoa desacreditada e sem fé. As palavras foram saindo do pastor e entrando no coração de pedra que por um momento não queria acreditar no que estava ouvindo… a respeito de um Deus de amor… um Deus poderoso… um Deus vivo… que estava alí pronto para me salvar. Veio o apelo e em seguida o choro, as lágrimas, e a vontade de me entregar nas mão desse JESUS maravilhoso que com certeza era o único capaz de dar um novo sentido a uma vida quase sem sentido. Depois veio a libertação completa dos vícios, junto com a busca e o entendimento da Palavra, a cura de traumas antigos e mal resolvidos, o perdão dos pecados e muita benção sem medida… pronto! Lá estava eu, mudado, diferente, transformado pelo poder de Deus. Eu que um dia já fora o pior dos homems agora estava lá, salvo pelo sangue de JESUS. Eu que já tinha feito coisas horríveis com muita gente e comigo mesmo, agora estava lá pronto para servir a Deus. Sem saber do plano maravilhoso de Deus para minha vida, segui firme na direção do meu novo alvo: JESUS CRISTO, depois vieram as lutas mas tambám as primeiras vitórias que deram início a um ministério abençoado e bem sucedido nas mãos poderosas desse Deus amoroso e misericordioso…  line feed character character in |acessodata= at position 21 (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. Rap Brasil, Volume 5, Edições 32-36. [S.l.]: Editora Escala 
  3. Editora SimboloEspecial Raça Brasil. 1997  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  4. «Biografia DJ Alpiste». DJ Alpiste Site Oficial. Consultado em 23 de março de 2013 
  5. «Biografia DJ Alpiste». Gospel Prime. Consultado em 23 de março de 2013 
  6. «.: Universo Musical - Prêmio Hutús :.». www.universomusical.com.br. Consultado em 23 de Dezembro de 2009 
  7. «.:. HUTÚZ 10 ANOS .:.». 74.125.47.132. Consultado em 23 de Dezembro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.