Lloyd Brasileiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Emblema da companhia em 1910 com uma variante da bandeira do cruzeiro.
SS Baependy um dos navios do Lloyd Brasileiro.
SS Atalaia desaparecido no Oceano Atlântico em 1941.

Lloyd Brasileiro (Companhia de Navegação Lloyd Brasileiro), também chamado de Loide Brasileiro foi uma companhia estatal ou paraestatal, de navegação brasileira.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Fundada em 19 de fevereiro de 1894, no ano de vigência da Constituição que se sucedeu a Proclamação da República, após o governo do marechal Deodoro da Fonseca. Pela incorporação ou encampação de diversas empresas de navegação.[1]

Como sendo um dos vencedores da 2 Guerra mundial, o Brasil incorporou navios Alemães a sua frota estatal apreendidos durante o periodo de Guerra. As embarcações foram vendidas pelo governo na decada de 90.

A empresa foi extinta em outubro de 1997, durante o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso com o plano nacional de desestatização.[2]

Referências

  1. «Lloyd Brasileiro». Navios & Portos - A história da Marinha Mercante Brasileira. Consultado em 29 de março de 2017 
  2. «Extingue a Companhia de navegação Lloyd Brasileiro - Lloydbras e dá outras providências .». Diário das Leis. 15 de outubro de 1997. Consultado em 29 de março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.